sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

[CAMPEONATO AMAZONENSE DA SEGUNDA DIVISÃO 2017] - São Raimundo/AM e CDC Manicoré/AM decidem a competição

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Fabrício Carvalho/São Raimundo E. C./AM

Manaus/AM - Garantidos na Elite do Futebol Amazonense em 2018, CDC Manicoré/AM e São Raimundo/AM decidem, neste sábado (16/12), em jogo único, o Campeonato Amazonense da Segunda Divisão 2017, a partir das 18 horas, na Arena Vivaldo Lima. Os ingressos custam 10 reais, preço único.

Será a chance da revanche para o Tufão da Colina, derrotado exatamente pelo adversário da Decisão, na rodada de abertura da competição. Em seis jogos, o São Raimundo/AM venceu cinco e perdeu um, logo na estreia, frente ao CDC Manicoré/AM. Marcou 16 gols (14 nos três últimos confrontos, todos contra o Cliper/AM) e sofreu 2. O representante de Manicoré/AM está invicto na competição, com quatro vitórias e dois empates; 10 gols marcados e 2 sofridos.

Branco, do São Raimundo/AM, é o artilheiro da competição, com 5 gols marcados.

Confira abaixo um raio x da Segunda Divisão 2018 do Campeonato Amazonense:

Primeira Rodada da Fase Classificatória - Domingo, 5 de novembro de 2017
Holanda/AM 0-1 Cliper/AM
Gol: Paulinho aos 15 minutos do primeiro tempo
Estádio Ismael Benigno, às 16 horas
CDC Manicoré/AM 1-0 São Raimundo/AM
Gol: Joiner aos 12 minutos do primeiro tempo
Estádio Ismael Benigno, às 18 horas

Segunda Rodada da Fase Classificatória - Domingo, 12 de novembro de 2017
Cliper/AM 0-1 CDC Manicoré/AM
Gol: Joiner aos 10 minutos do primeiro tempo
Estádio Ismael Benigno, às 16 horas
São Raimundo/AM 1-0 Tarumã/AM
Gol: Branco 9 minutos do primeiro tempo
Estádio Ismael Benigno, às 18 horas

Quarta Rodada da Fase Classificatória - Domingo, 19 de novembro de 2017
CDC Manicoré/AM 4-0 Tarumã/AM
Gols: Gelvane 37 minutos do primeiro tempo. Werley 3, Ronan 16 e Henrique Balotely 44 minutos do segundo tempo
Estádio Ismael Benigno, às 16 horas
São Raimundo/AM 1-0 Holanda/AM
Gol: Charles 41 minutos do segundo tempo.
Estádio Ismael Benigno, às 18 horas

Terceira Rodada da Fase Classificatória - Quarta-feira, 22 de novembro de 2017
Holanda/AM 0-0 CDC Manicoré/AM
Estádio Ismael Benigno, às 18 horas
Cliper/AM 3-0 Tarumã/AM
Gols: Geraldo 13 e Geraldo 16 minutos do primeiro tempo. Alex Coelho 37 minutos do segundo tempo.
Estádio Ismael Benigno, às 20 horas

Quinta Rodada da Fase Classificatória - Domingo, 26 de novembro de 2017
Tarumã/AM 1-6 Holanda/AM
Gols: Derick 1, Marinho 4 e Derick 35 minutos do primeiro tempo. João Lucas 5, Derick 13, Paulo Rossínio 16 e Christian (pênalti) 49 minutos do segundo tempo.
Estádio Ismael Benigno, às 16 horas
Cliper/AM 0-5 São Raimundo/AM
Gols: Branco 9 e Fábio Gomes 16 minutos do primeiro tempo. Neto 22, Cassiano 45 e Cassiano 48 minutos do segundo tempo.
Estádio Ismael Benigno, às 18 horas

Semifinais - Jogos de Ida - Domingo, 3 de dezembro de 2017
Holanda/AM 1-1 CDC Manicoré/AM
Gols: Thiago Brandão 12 e Max 38 minutos do segundo tempo.
Estádio Ismael Benigno, às 16 horas
Cliper/AM 1-4 São Raimundo/AM
Gols: Cassiano 2 e Branco 48 minutos do primeiro tempo. Branco 7, Neto 45 e Mauriney 47 minutos do segundo tempo.
Estádio Ismael Benigno, às 18 horas

Semifinais - Jogos de Volta - Domingo, 10 de dezembro de 2017
CDC Manicoré/AM 3-1 Holanda/AM
Gols: Werley 4, Ronan 6, Robinho 10 e Max 40 minutos do primeiro tempo.
Estádio Ismael Benigno, às 16 horas
São Raimundo/AM 5-0 Cliper/AM
Gols: Branco 5 minutos do primeiro tempo. Railson 13, Charles 22, Thiaguinho 33 e Charles 35 minutos do segundo tempo.
Estádio Ismael Benigno, às 18 horas

Artilheiros (40 gols marcados em 14 jogos):
Com 5 gols - Branco (São Raimundo/AM)
Com 3 gols - Cassiano e Charles (São Raimundo/AM) e Derick (Holanda/AM)
Com 2 gols - Joiner, Werley e Ronan (CDC Manicoré/AM), Neto (São Raimundo/AM), Max (Holanda/AM) e Geraldo (Cliper/AM)
Com 1 gol - Paulinho, Alex Coelho e Mauriney (Cliper/AM), Fábio Gomes, Railson e Thiaguinho (São Raimundo/AM), Gelvane, Henrique Balotely, Thiago Brandão e Robinho (CDC Manicoré/AM), Marinho, João Lucas e Paulo Rossínio (Holanda/AM) e Christian (Tarumã/AM).

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[COPA DO BRASIL 2018] - CSA/AL e Ponte Preta/SP são os adversários dos clubes amazonenses

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Manaus/AM - Sorteio realizado no início da tarde desta sexta-feira (15/12) definiu, na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), no Rio de Janeiro/RJ, os confrontos da Primeira Fase da Copa do Brasil 2018. O Manaus FC/AM, Campeão Amazonense, terá pela frente o CSA/AL, enquanto o Nacional/AM enfrentará a Ponte Preta/SP. Os adversários dos clubes amazonenses fecharam a temporada 2017 em situações distintas: o time alagoano conquistou a Série C (Terceira Divisão) no último dia 21 de outubro e a Ponte Preta/SP foi uma das quatro rebaixadas da Primeira para a Segunda Divisão.

Inicialmente, 80 clubes farão 40 duelos eliminatórios, na 30ª Edição da Copa do Brasil. Manaus FC/AM - CSA/AL são integrantes da Chave 6 e protagonizam o confronto número 22. Quem se classificar enfrenta o vencedor de Maudureira/RJ - São Paulo/SP. Pela Chave 5, confronto 22, Nacional/AM e Ponte Preta/SP disputam a vaga e, quem passar, cruzará com o vencedor de Internacional de Limeira/SP - Rio Branco/AC. Os confrontos serão em jogo único avançando de Fase quem vencer. Em caso de empate, se classifica o time visitante.

Onze clubes entram na competição diretamente na Fase Oitavas de Final. São eles: Cruzeiro/MG, Palmeiras/SP, Grêmio/RS, Santos/SP, Corinthians/SP, Flamengo/RJ, Vasco da Gama/RJ e Chapecoense/SC (classificados para a Libertadores); Bahia/BA (Campeão da Copa do Nordeste 2017); Luverdense/MT (Campeão da Copa Verde 2017); e América/MG (Campeão da Série B).

O Regulamento de 2018 tem duas novidades em relação ao de 2017. A competição não contará com o gol qualificado em nenhuma das Fases. Ou seja, os gols marcados na casa do adversário não valem mais como critério de desempate. A outra mudança estende o prazo para inscrição de jogadores, que agora vai até antes da Fase Quartas de Final.

O confronto Nacional/AM - Ponte Preta/SP trás excelentes recordações aos torcedores nacionalinos. Em 2013, o Mais Querido alcançou a melhor campanha de um clube amazonense na Copa do Brasil, caindo na 4ª Fase, diante do Vasco da Gama/RJ, depois de deixar para trás Águia/PA, Coritiba/PR e Ponte Preta/SP. Contra o time campineiro, pela 3ª Fase, foram duas vitórias. No Estádio Moisés Lucarelli, no dia 10 de julho de 2013, 1-0, gol de Danilo Rios aos 30 minutos do segundo tempo. No jogo de volta, no Estádio do Sesi, em Manaus/AM, novamente 1-0, gol de Leonardo, aos 18 minutos do primeiro tempo. O Manaus FC/AM é estreante na competição.

O chaveamento dos representantes amazonenses é o seguinte:
CHAVE 5
17 - Nacional/AM - Ponte Preta/SP
18 - Internacional de Limeira/SP - Rio Branco/AC
19 - URT/MG - Paraná/PR
20 - Independente/PA - Sampaio Corrêa/MA

CHAVE 6
21 - Madureira/RJ - São Paulo/SP
22 - Manaus FC/AM - CSA/AL
23 - Novo Hamburgo/RS x Paysandu/PA
24 - Dom Bosco/MT x CRB/AL

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[ULTRAMARATONA] - Desafio 90k vai aliar esporte e solidariedade

Da Agência ProMover Assessoria de Comunicação
Fotos: Divulgação

Manaus/AM - Fazer o bem através do esporte. Esse é o principal objetivo do Desafio 90k Solidário, que acontece neste domingo (17/12) quando os Ultramaratonistas Vitor Gadelha e André Costa percorrerão o trajeto do Açutuba, em Iranduba/AM, em direção a Ponta Negra, em Manaus/AM, com largada às 6 horas. O percurso possui 90 quilômetros, sendo 60 quilômetros de Corrida e 30 quilômetros de Natação. O projeto já arrecadou mais de 1 tonelada de alimento, até o momento, e a expectativa é que este número aumente.

“Este é um evento totalmente solidário, pensando em contribuir com aqueles que necessitavam através de uma inciativa esportiva. Um desafio importante para a carreira desses dois Ultramaratonistas, mas que também proporciona a interação entre outros atletas, pois muitos fizeram a doação de alimentos, contribuindo para o principal foco do evento. Em contrapartida, o André Costa vai correr 60 quilômetros, ao mesmo tempo em que o Vítor vai nadar 30 quilômetros, ambos saindo da Praia do Açutuba e chegando na Ponta Negra”, explicou o responsável pelo evento, Pierre Gadelha, proprietário da Aquática Amazonas.

A previsão é que a prova finalize por volta do meio-dia e apesar da experiência em provas de longas distâncias, Vitor afirma que o evento não deixa de causar grande expectativa, ainda mais por ser no quintal de casa. Nesta sexta-feira (15/12), o amazonense faz o último treino do ano na Aquática Amazonas de 1.500 metros e no sábado (16/12) um trabalho de fisioterapia com o profissional Francisco Coelho.

“Essa é uma prova muito especial para mim e o André, esperamos que ela se torne tradicional, e por ser a primeira vez a acontecer, isso nos deixa com uma expectativa enorme em querer fazer. Este ano tive vários desafios, inclusive internacionais como o Capri-Napoli, no meu caso, e o André fez a Comrades Race, então acredito que estamos bem preparados. Fiz alguns treinos aqui no Rio Negro de 20 quilômetros, nadei a Maratona Aquática tem duas semanas, então estou bem feliz e confiante. Essa vai ser minha última prova do ano e fecharei com chave de ouro, depois férias”, disse.

Para André, aliar o amor ao esporte e ao próximo é a união perfeita para o corpo e a mente. “Esse projeto quer disseminar o bem e espero que ele seja apenas o primeiro de muitos outros que possam surgir. Digamos que essa é uma pequena retribuição daquilo que recebemos o ano todo, como carinho, torcida, apoio, alegrias, conquistas. Tudo aquilo que veio de bom, queremos multiplicar. E cada passo, cada braçada, terá um sentido único”, vibrou.

Aqueles que desejarem contribuir com a iniciativa, ainda dá tempo. As doações estão sendo feitas na Aquática Amazonas, localizada na avenida Ephigênio Salles, s/n, em horário comercial, e quem doar acima de 30 quilos poderá participar da corrida, ao lado de André, optando por cinco tipos de provas, a partir de 11 quilômetros.

A entrega dos alimentos será feita a partir da próxima semana, nos seguintes locais: Casa de Sarah, em Iranduba/AM; Lar da Dona Val, Lar de Sheilla e Abrigo Nasser.

OS ULTRAMARATONISTAS
André Costa é atleta amador desde 2009. Apaixonado por esportes, principalmente pelo individual, como Corrida e Triathlon, participou de provas de curta e longa distâncias, como São Silvestre, Meia Maratona do Rio/RJ, Triathlon em Pirassununga/SP, Tristar Rio de Janeiro/RJ, Ironman Brasil em Florianópolis/SC, Ultramaratonas de 4 horas e de 50 quilômetros offroad em Manaus/AM e a Maior Ultramaratona do Mundo, a Comrades Marathon 2017.

Vitor Gadelha começou a nadar com apenas 9 anos. Após alguns anos, decidiu participar de uma nova modalidade: águas abertas. Atualmente se dedica a Ultramaratonas Aquáticas – provas com distância acima de 15 quilômetros. Além de ser o primeiro atleta do Norte/Nordeste e o mais novo completar a Travessia Leme ao Pontal, conquistou o 1º Lugar da Maratona del Golfo Capri Napoli, na Itália.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

[HANDEBOL] - Rio Negro/AM e Nassau/AM decidem Feminino Juvenil

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Foto: Mauro Neto/Sejel

Manaus/AM - Rio Negro/AM e Nassau/AM disputam nesta quinta-feira (14/12) o título do Campeonato Amazonense de Handebol Feminino Juvenil. A decisão será às 17h30min, no Ginásio René Monteiro, zona centro-sul de Manaus/AM. A entrada é gratuita. A competição é realizada pela Liga de Handebol do Amazonas (LIHAM), com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de juventude, Esporte e Lazer (Sejel). Antes da grande Final, A.E. Manacapuru/AM e Ceti João Braga/AM se enfrentam pelo terceiro lugar, a partir das 16 horas.

As Semifinais foram realizadas na noite desta terça-feira (12/12), onde as meninas do Nassau/AM venceram a equipe do Ceti João Braga/AM por 53-29. O Rio Negro/AM bateu o A.E. Manacapuru por 37-24 e garantiu uma vaga na Final.

Apesar de ser uma equipe nova, formada recentemente, o Rio Negro/AM fez uma boa partida, mas segundo a assistente-técnica Jéssica Alves, o time ainda precisa acertar alguns detalhes. “Para o jogo da Final vamos treinar um pouco mais e tentar acertar no que erramos hoje (terça-feira). É perceptível um déficit de entrosamento entre parte da equipe, mas vamos fazer o melhor para alcançar o título”, comentou.

Primeira a garantir uma vaga na Final, a Nassau/AM, aposta no espírito de equipe para alcançar a vitória, segundo o técnico Sidney Ferreira. “Nossa estratégia é o espírito de equipe, pois sempre buscamos desenvolver o trabalho conjunto, com a velocidade, resistência e companheirismo. E assim chegaremos ao título”, afirmou.

Segundo o presidente da LIHAM , Auricélio Andrade, a final do Handebol Feminino Juvenil encerra as atividades da modalidade no Amazonas. “Essa final é a última do ano e tenho certeza que Rio Negro/AM e Nassau/AM farão uma ótima partida. Pela campanha, são as duas melhores equipes tecnicamente e contam com atletas experientes”, pontuou o dirigente, que também ressaltou o trabalho realizado com o Handebol Feminino amazonense. “Nos últimos dois anos, fizemos um resgate do naipe feminino no Amazonas e em 2017 alcançamos ótimos resultados, o nível das disputas femininas melhorou bastante. Tivemos uma evolução muito boa”, finalizou.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[TÊNIS DE MESA] - Amazonenses da Seleção Brasileira conquistam Bronze no Sul Americano

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Foto: Divulgação

Manaus/AM - A Seleção Brasileira de Tênis de Mesa, composta pelos amazonenses Israel Barreto e Mario Costa, da Federação de Tênis de Mesa do Amazonas (FTMA) - conquistou o Bronze por equipe no Campeonato Sul-Americano de Tênis de Mesa, em Buenos Aires, na Argentina. A FTMA tem o apoio do Governo do Estado do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Com a Seleção Brasileira principal cumprindo agenda na Europa, os melhores atletas do Ranking Nacional foram convocados para esta competição, que teve início no último domingo (10/12). Nesta segunda-feira (11/12), segundo dia de disputas, os brasileiros já chegaram ao Pódio. Além dos amazonenses, a Seleção Brasileira na competição é composta pelo paulista Emerson Maeda.

A equipe teve uma segunda-feira intensa na competição. Para alcançar o Bronze no sistema Davis (jogos individuais), os brasileiros bateram o Paraguai por 3-1, o Uruguai por 3-0 e o Chile por 3-2, mas foram vencidos pelo time da casa. Os argentinos venceram os brasileiros por 3-0.

Os amazonenses estavam treinando intensamente para esta competição, de três a quatro horas por dia, não só a parte de mesa, mas também a parte física, de suma importância no esporte. Eles conquistaram o Bronze por equipe, mas ainda vão disputar nas categorias Individuais e de Duplas (formada por Israel e Mário), onde há a possibilidades do Ouro. O Campeonato segue até quinta-feira (14/12).

Segundo Mário Costa, a competição está difícil. “Na segunda-feira nós tivemos um dia bem intenso. Temos uma grande possibilidade de medalhar em dupla. Estamos confiantes nisso”, disse Mário.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

terça-feira, 12 de dezembro de 2017

[HANDEBOL] - Português/PE conquista o Octacampeonato Brasileiro Feminino Adulto

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Foto: Tácio Melo/Sejel

Manaus/AM - Em decisão entre dois times do estado de Pernambuco, o Português/PE venceu o Santa Cruz/PE por 25-21 e conquistou o Octacampeonato Brasileiro de Handebol Feminino Adulto. A Final aconteceu na noite deste sábado (09/12), no Ginásio Renné Monteiro, zona centro-sul de Manaus/AM. O torneio, realizado pela Confederação Brasileira de Handebol, contou com o apoio do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

O campeonato reuniu sete equipes, de quatro Estados do Brasil. Três times do Amazonas participaram da disputa: Handebol Clube de Manaus/AM, Rio Negro/AM e Adalberto Valle/AM – as equipes ficaram em quarto, quinto e sétimo lugar, respectivamente. O Montes Claros/MG garantiu a terceira colocação e o Paysandu/PA, a sexta. As três melhores equipes ganharam Medalhas e Troféus.

Favorito ao título, o Português/PE mostrou toda a sua superioridade ao abrir oito pontos de vantagem no início do primeiro tempo. Sem perder tempo e com grandes jogadas, o time encerrou a etapa inicial vencendo pelo placar de 15-8. Mas, no segundo tempo, as meninas do Português/PE viram a vantagem diminuir. O Santa Cruz/PE voltou melhor e encostou no placar, fazendo a diferença cair para quatro pontos. Aos dez minutos, a treinadora do Português/PE, Monique Costa, pediu tempo e cobrou mais atenção e garra das atletas em Quadra.

Mas a chamada fez efeito contrário. Para o desespero da treinadora, o Santa Cruz/PE continuou encostando e a diferença caiu para dois pontos. Com o placar de 20-18, faltando apenas dez minutos para o final da segunda etapa, o Português/PE errava mais, enquanto o Santa Cruz/PE aproveitava para fazer gols. Foi assim que, faltando sete minutos para o final, a diferença do placar caiu para um ponto.

Com 21-20, a partida ficou acirrada e emocionante. No banco do Português/PE, sob o comando da treinadora, as reservas incentivavam as titulares com muitos gritos. O incentivo ajudou e, aos 27 minutos do segundo tempo, o Português/PE voltou a abrir três pontos de vantagem.

No último minuto, o time Português/PE marcou mais dois pontos e sacramentou a vitória pelo placar de 25-21. No final, a festa foi mesmo pernambucana, com dois times de Recife/PE no pódio.

Antes de subir ao pódio, Monique Costa falou sobre o jogo e também sobre o oitavo título, que dessa vez foi conquistado na capital amazonense. “Manaus/AM nos dá muita sorte, toda vez que jogamos aqui levamos uma Medalha para casa. Nós sempre dizemos que não tem muito segredo, é muito trabalho, muito treino. Essas meninas são muito guerreiras, a gente treina de segunda a sexta-feira arduamente, não tem feriado, não tem folga, só trabalho e dedicação”, comentou a treinadora, que também falou sobre a queda de ritmo das atletas no segundo tempo da partida.

“O primeiro tempo a gente conseguiu manter uma intensidade bem grande no jogo, e no segundo tempo o ritmo caiu, mérito também da equipe do Santa Cruz/PE, que no intervalo conseguiu se reestruturar, se reorganizar. Mas ainda bem que nós conseguimos administrar a diferença e mesmo elas baixando os pontos não conseguiram ultrapassar a gente”, completou Monique.

O treinador da equipe Vice-Campeã do torneio, Clebson Oliveira ficou bem feliz com o resultado da partida e também com a entrega das atletas em Quadra. “A equipe toda está de parabéns, a gente conseguiu fazer uma campanha belíssima, chegamos até a Final sem nenhuma derrota, perdemos apenas a Decisão, fazendo um belo jogo e estamos levando para Pernambuco duas Medalhas, uma de Ouro e outra de Prata”, disse o técnico, que também elogiou o nível técnico do Campeonato.

“As equipes estavam muito equilibradas, todos os jogos foram bem duros, o nível foi muito forte, muito bom. Manaus/AM está de parabéns por mais uma vez sediar um Campeonato Nacional com qualidade e dando todo apoio a todos nós”, finalizou o treinador do Santa Cruz/PE.

Essa foi a segunda vez que o Amazonas foi sede do Brasileiro Feminino. A primeira foi em 2015, quando o Português/PE também garantiu o primeiro lugar. E apesar de não ter nenhuma equipe local no Pódio, o presidente da Liga de Handebol do Amazonas (Liham), Auricélio Andrade, destacou a evolução dos times amazonenses na competição nacional.

“Esses resultados (4º, 5º e 7º lugares) mostram a evolução das equipes femininas, reflexo do trabalho de resgate do Handebol Feminino, que vem sendo realizado há três anos. Nesse Brasileiro as equipes amazonenses mostraram uma melhora técnica e fizeram partidas no mesmo nível das equipes que estão no primeiro escalão do cenário do Handebol nacional. Esse intercâmbio foi muito importante”, disse o presidente.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[CAMPEONATO AMAZONENSE DA SEGUNDA DIVISÃO] - São Raimundo/AM volta à Elite, no ano do Centenário

Texto: Assessoria de Comunicação do São Raimundo/AM
Foto: Fabrício Carvalho/São Raimundo E. C./AM
Ficha Técnica: Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM - O São Raimundo/AM está de volta à Serie A do Campeonato Amazonense. Neste domingo (10/12), o Tufão da Colina bateu o Cliper/AM por 5-0, no Estádio Ismael Benigno, a Colina/AM, em Manaus/AM, pelas Semifinais do Campeonato Amazonense da Segunda Divisão 2017. Além do acesso, o São Raimundo/AM também está na final da Série B. A Decisão,no próximo final de semana, é contra o CDC Manicoré/AM, que também subiu à Elite do Estadual depois de eliminar o Holanda/AM.

Os cinco gols da vitória que devolveram o Tricampeão do Norte à Primeira Divisão foram marcados por Railson, Thiaguinho, Branco e Charles (duas vezes). No placar agregado dos jogos de Ida e Volta das Semifinais, o São Raimundo/AM venceu por 9-1, com 14 gols marcados nos últimos três jogos, todos diante do Cliper/AM, além de apenas um gol sofrido.

União e comprometimento. Para o comandante do Tufão na campanha do Acesso, treinador Sidney Bento, foram esses os fatores que devolveram o São Raimundo/AM à elite do futebol amazonense. “O começo foi difícil, o time demorou para engrenar, mas crescemos no momento certo. Diretoria, equipe e torcida estão todos de parabéns. Remamos todos para o mesmo lado e conquistamos o primeiro objetivo que é o Acesso. Agora é ir com tudo pra Final e trazer o Título pra essa torcida maravilhosa. É um momento de muita emoção”, disse o treinador.

O ataque do Tufão está voando, mas é no goleiro que a torcida depositou a alcunha de ídolo. Jonathan, mais uma vez, brilhou embaixo das traves. Além de grandes defesas, o goleiro pegou mais um pênalti, o segundo na competição. “Essa vitória foi gratificante. Fico feliz pela atuação, mas o importante mesmo é o Acesso. Sobre o carinho da torcida, não tenho palavras para descrever. Só tenho a agradecer e espero que possamos conquistar o Título semana que vem”, disse Jonathan, já pensando na Série A de 2018.

A Decisão da Série B do Campeonato Amazonense, entre São Raimundo/AM e CDC Manicoré/AM, ocorre no próximo final de semana.

Ficha Técnica:
São Raimundo/AM 5-0 Cliper/AM
Domingo, 10 de dezembro de 2017, às 18 horas
Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/Am
Campeonato Amazonense da Segunda Divisão 2017
Semifinal - Jogo de Volta
Árbitro: Weden Cardoso Gomes/AM
Assistente 1: Marleudo Nunes de Lima/AM
Assistente 2: Ivo Fernando da Costa de Souza/AM
4º Árbitro: Edmundo Tibúrcio Araújo/AM
Estagiário: Márcio da Silva Contreira/AM
Cartões amarelos: Róbson 4, Matheus Iton 16, Greg 23 e Getúlio 34 minutos do primeiro tempo. Allan 14, Amaralzinho 22 e Cassiano 29 minutos do segundo tempo.
Expulsão: Greg 23 minutos do primeiro tempo (pelo segundo cartão amarelo).
Gols: Branco 5 minutos do primeiro tempo. Raílson 13, Charles 22, Thiaguinho 33 e Charles 35 minutos do segundo tempo.
São Raimundo/AM: Jonathan; Getúlio, Pastor (Thiaguinho 25/2º), Fábio Gomes e Leozinho; Amaralzinho, Thiago Amazonense, Alessandro Toró e Raílson; Branco (Charles 18/2º) e Romarinho (Cassiano 14/2º). Treinador: Sidnei Bento.
Suplentes: Darlan, Kennedy, Thiaguinho, Thiago Tavares, Éric Souza, Paulo Sérgio, Neto, Cassiano e Charles.
Cliper/AM: Lucas Santos; Alan, Mauriney, Greg e Matheus Iton (Etevaldo 18/2º); Paulista, Gabriel Viana, Róbson (Herbert, no intervalo) e Kelve; Geraldo (Alex Souza, no intervalo) e Paulo Assis. Treinador: Neneca.
Suplentes: Aranha, Romário, Luis Gustavo, Leandro Leite, Etevaldo, Herbert, Lucas Furtado, Tauan e Alex Souza.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita