sábado, 9 de agosto de 2014

[SÉRIE D 2014] - Jogos do Princesa do Solimões/AM com transmissão de Rádio FM

Texto e Fotos publicados originalmente no
Portal Paulo Repórter
http://pauloreporter.com.br

Manaus/AM – O torcedor ganhou mais uma opção para acompanhar o futebol amazonense. Sob comando do narrador, Ary Neto, do repórter esportivo Paulo Rogério e do comentarista, Teófilo Benarrós de Mesquita, uma equipe de profissionais experientes do radiojornalismo esportivo, iniciou um trabalho de transmissão dos jogos do Princesa do Solimões/AM, na disputa do Campeonato Brasileiro da Quarta Divisão, a Série D.

A mais nova equipe esportiva, faz parte da Rádio Comunitária FM A Voz das Comunidades – 87,9. Há 13 anos realizando um trabalho de jornalismo comunitário, nas Zonas Norte e Leste da cidade, a emissora tem no seu currículo de ter sido a primeira legalizada na região Norte, pelo Ministério das Comunicações, em 2001.

Além de Ary Neto, com mais de quatro décadas na crônica esportiva, com passagem em todas as emissoras de rádios com equipe esportiva, ainda tem Teófilo Benarrós de Mesquita, também com passagem nas Rádios Rio Mar, Globo Manaus e A Crítica FM. A equipe conta também com Paulo Rogério, que começou na Rádio Baré, e trabalhou na Rio Mar, Rádio Globo, A Crítica FM e recentemente, com participação na transmissão dos jogos finais do Campeonato Amazonense, pela Rádio Amazonas FM.

De acordo com Ary Neto, a equipe é formada por profissionais gabaritados e com boa rodagem em transmissões esportivas. Para ele, o futebol amazonense precisa ter um apoio maior da imprensa local, por isso, houve a adesão da Rádio Comunitária, que tem uma grande audiência nas Zonas Leste e Norte da cidade. "Nós montamos a equipe primeiramente com Teófilo e o Paulo Rogério, depois analisamos alguns nomes para chamar os outros membros. Conversamos com a direção da emissora, e fechamos a transmissão dos jogos do Princesa do Solimões. Nosso intuito não é apenas isso, mas também fazer os principais campeonatos comunitários das duas zonas, além de outras partidas, que acontecerão na Arena da Amazônia, palco de jogos da Copa 2104, em Manaus/AM", comentou Ary.

Com oito meses na função de administrador da Rádio Comunitária, e há 12 anos trabalhando dentro da emissora, Sidnei Tavares de Sousa, 29 anos (foto abaixo), diz que em 2001, quando o Ministério das Comunicações liberou as concessões das rádios comunitárias no país, a Voz das Comunidades, foi a primeira com inscrição de no órgão federal.
Para o gestor da emissora, o público das duas zonas geográficas tem ‘voz e vez’, por isso, o trabalho é feito de forma árdua para atender a comunidade como um todo. Segundo ele, a programação da Voz das Comunidades é eclética, que vai desde a criança ao idoso, até com povo indígena, mas agora com entra com força total no esporte, com a formação da equipe com tantos profissionais experientes. "É uma parceria muito interessante, muito boa, muito positiva, e quem vai ganhar são os comunitários. Nosso foco é levar a informação direta dos profissionais do seguimento esportivo, e graças a Deus, isso vai acontecer. Repito, quem vai ganhar é a rádio, a equipe, onde nossa meta maior são os comunitários com uma transmissão esportiva de qualidade".

Um dos membros da equipe, é o narrador Silva Júnior, conhecido como Borracha, pelas transmissões em circuito fechado dos principais campeonatos comunitários da Zona Leste. Ele, que já realizou um trabalho na própria emissora e passou pela Rádio Globo Manaus, diz que está satisfeito de fazer parte da equipe. "Em primeiro lugar é um prazer esta ao lado desses grandes profissionais. É mais uma etapa do nosso trabalho profissional, onde acredito que vai enriquecer mais ainda a crônica esportiva amazonense, mas principalmente a Rádio Comunitária com a proposta de fazer uma transmissão ousada, porque vamos agregar as duas maiores zonas da cidade".

Há nove anos com um trabalho na Rádio Comunitária, onde começou na equipe esportiva, mas hoje apresentando o programa Sábado Interativo, Francisco das Chagas de Souza Cardoso, conhecido como Chico da Graça, será um dos repórteres da equipe. Para ele, os profissionais da equipe são todos de muita bagagem na crônica esportiva, por isso, tem tudo para o trabalho ser bom. "Sem comentários da equipe, porque tem profissionais, que todos nós já conhecemos, como Ary Neto, Silva Júnior, Teófilo Benarrós de Mesquita e Adeilson Albuquerque. Nós completamos no último dia 15 de julho, mais um aniversário, portanto, já considero a emissoras dentre as grandes do Amazonas. Vamos fazer a diferença, por as outras duas que fazem esporte são de sintonia AM, e a nossa é FM. Além disso, o ouvinte pode acompanhar nossa programação pelo celular e na internet" disse Chico da Graça, lembrando que participa também da equipe esportiva da Rádio Rio Mar a seis anos, divulgando o esporte amador.
Para fechar o grupo, tem ainda o jovem narrador esportivo, Adeilson Albuquerque, que iniciou sua trajetória na própria Rádio Comunitária. No momento, ele trabalha no jornalismo da Rádio Rio Mar, mas em outra épocas fez parte da equipe esportiva. Adeilson, passou ainda pela Rádio Globo Manaus, A Critica FM, e recentemente, na Rádio Amazonas FM, transmitindo os quatro jogos da Copa Mundial da FIFA, Brasil’2014, na Arena Multiuso da Amazônia, em Manaus/AM.

A estreia da equipe esportiva foi na partida do Princesa do Solimões/AM com Rio Branco/AC, no Estádio Ismael Beningo, a Colina, em Manaus/AM. A narração foi dupla, com Ary Neto, no primeiro tempo, e depois Silva Júnior, na etapa complementar. O comentarista foi Teófilo Benarrós de Mesquita, e nas reportagens de Paulo Rogério e Chico da Graça. A partida da terceira rodada, contra o Genus, em Porto Velho/RO, no último domingo (03/08) também foi transmitida pela Rádio A Voz das Comunidades, em parceria com a Rádio Caiari/Bandeirante, de Porto Velho/RO. A transmissão dos jogos do Princesa do Solimões/AM na Série D e outras competições pela equipe esportiva podem ser acompanhadas também pelo site da emissora http://avozdascomunidadesfm.com.
Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

[JIU-JITSU] - Amazonenses conquistam medalhas no Rio de Janeiro/RJ

Texto: Bruce Andrade
Foto: Matheus Ravel Tenazo

Manaus/AM - Nas disputas internacionais, Rio Open e o Internacional Master de Jiu-Jítsu, atletas amazonenses provaram porque o Estado é considerado uma das potências na modalidade. Com o apoio da Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), os atletas Omar Salum, 39 anos, Victor Neves, 23 anos, Gabrielle McComb, 16 anos, e Ágatha Souza, 16 anos, foram contemplados com passagens aéreas para a disputa dos torneios, que ocorreram de 1º a 3 de agosto, no Tijuca Tênis Clube, Rio de Janeiro/RJ.

Após se inscrever para o Internacional Master de Jiu-Jítsu apenas no último dia, Omar Salum achava que não estava preparado adequadamente para a competição, mas mesmo assim sagrou-se Campeão. “Eu estava me guardando para lutar outras competições, mas no último dia de inscrição acabei optando por participar do Internacional Master e graças a Deus consegui vencer três lutas e conquistar a Medalha de Ouro”, revela o faixa-preta de 4º grau.

Discípulo do mestre Osvaldo Alves, um dos pioneiros do Jiu-Jítsu amazonense, o faixa-preta Victor Neves, após fazer três lutas, acabou conquistando a Medalha de Prata na categoria meio pesado. “Eu estou muito feliz com o resultado, óbvio que a intenção era ser Campeão na categoria, mas tenho consciência que o nível do Jiu-Jítsu brasileiro é alto, ainda mais no Rio Open onde estão reunidos os melhores atletas do mundo, e pra mim é um orgulho ser o único representante do Amazonas na minha categoria”, destaca Victor, que pertence a categoria meio pesado adulto.

Apesar de já ser experiente em competições, a faixa azul peso médio Juvenil Gabrielle McComb sempre fica nervosa ao entrar no tatame. “Eu já lutei várias vezes, mas sempre que vou lutar bate um nervosismo. Estou tentando superar esse obstáculo. Venci duas lutas por finalização e consegui conquistar a Medalha de Ouro”, ressalta Gabrielle, que ano que vem pretende disputar as competições na categoria adulto.

A faixa-azul peso leve Juvenil, Ágatha Souza, natural de Itacoatiara/AM, distante 270 km de Manaus/AM, participou pela primeira vez de uma competição a nível internacional. “Apesar de eu ter conquistado somente a Medalha de Bronze, valeu pela experiência adquirida. Espero voltar ano que vem mais forte e conquistar a medalha de ouro”, explica a atleta que agora se prepara para disputar o Mundial da categoria em São Paulo/SP.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

[JOGOS ESCOLARES 2014] - Dom Bosco conquista título no Infantil

Da Assessoria de Comuicação da Sejel
Fotos: Mauro Neto/Sejel


Manaus/AM - Após dois anos “batendo no aro”, o Dom Bosco enfim vestiu a faixa de Campeão. Desta vez, a equipe superou o clássico contra o La Salle por 48-19. A partida que selou o título de Campeão Infantil da 37ª edição dos Jogos Escolares do Amazonas (JEAs) para a escola aconteceu no Ginásio Ninimbergue Guerra, localizado no bairro São Jorge, Zona Oeste de Manaus/AM.

Com a vitória, a equipe deixou para trás dois vice-campeonatos seguidos e confirmou a presença nos Jogos Escolares da Juventude (JEJ) Infantil, que acontece de 03 a 14 de setembro em Londrina, no Paraná.
Aliviado com o título, o coordenador técnico de esportes da escola e responsável por dirigir a equipe na final da competição, Ahmed Assi, ressaltou a importância da conquista. “Sabiamos da qualidade do grupo e o que podíamos fazer. Foi difícil, mas conseguimos”, falou o treinador.

O treinador falou ainda sobre a partida. “Foi um jogo difícil. Perdemos na fase classificatória, mas mesmo assim consegui motivar os atletas. E vencemos com mais de 20 pontos de diferença. Parabéns aos jogadores e a organização do JEAs”, disse Ahmed.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

domingo, 3 de agosto de 2014

[SÉRIE D 2014] - Princesa do Solimões/AM vence a primeira, fora de casa

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Ozy Araújo

Manaus/AM - De vice-lanterna a vice-líder. Bastou um vitória, a primeira na competição, para o Princesa do Solimões/AM voltar à briga, com status de favorito à uma das duas vagas do Grupo A1 do Campeonato Brasileiro da Quarta Divisão, a Série D. Num grupo equilibrado e até então com poucos gols marcados (oito), a metade por zagueiros e volantes, o ataque do Tubarão do Norte mostrou serviço, marcando com Branco e Somália, na vitória por 2-0 sobre o Genus/RO, no Estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho/RO, na tarde deste domingo (03/08). O time rondoniense saiu de campo reclamando muito do trio de arbitragem formado por um matogrossense no apito e dois acrianos nas bandeiras, alegando a não marcação de dois pênaltis na primeira etapa.

A partida não apresentou muitas chances de gol. Aos sete minutos, Pemazza driblou dois adversários mas tentou cavar o pênalti, não convencendo o árbitro, que marcou apenas tiro de meta. Aos 19 minutos Somália faz boa jogada e serve Michell, que bate para difícil defesa de Dida. A descida seguinte do Princesa do Solimões/AM acabou convertida em gol, aos 21 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio, Somália cabeceou contra a trave e, no rebote, após bate-rebate na área do Genus/RO, Branco abriu o placar, marcando seu segundo gol na competição (foto acima). Logo em seguida, três minutos depois, o próprio Branco quase ampliou, em conclusão que explodiu contra o travessão de Dida.

Em desvantagem, o Genus/RO passou a ter o domínio da posse de bola e, em dez minutos, reclamou da não marcação de duas penalidades máximas. No primeiro lance contestado, Ronan entrou na área e foi atingido por Lídio, aos 28 minutos. Na segunda jogada, aos 37 minutos, Pemazza penetrou pelo lado esquerdo e foi derrubado, com a arbitragem anotando falta fora da área. Na cobrança do zagueiro Vágner Leonardelli, a bola explodiu contra o travessão de Paulo Wanzeler, após o goleiro desviar com a ponta dos dedos.

O segundo tempo começou com o Genus/RO pressionando seu adversário. Aos 6 minutos Somália apareceu em sua área defensiva, ajudando a cortar o perigo. No rebote, Thiago Vela bateu com perigo, mas para fora. Três minutos depois Ronan entrou na área após jogada individual e, na pequena área, bateu para o gol, com Paulo Wanzeler operando verdadeiro milagre em difícil defesa.

Aos 18 minutos, o inacreditável aconteceu no Estádio Aluízio Ferreira: João Paulo fez boa jogada e serviu para Pemazza livre. De pé esquerdo, bateu para fora, perdendo a melhor chance para empatar o jogo. O jogo seguia truncado e com muitas faltas até que aos 38 minutos Somália aproveitou jogada de Edinho Canutama pela esquerda e definiu o marcador. O Princesa do Solimões/AM ainda teve duas chances de ampliar, aos 39 minutos com Edinho Canutama batendo por cima do gol e aos 45 minutos com Somália quase marcando.

Ficha Técnica:
Genus/RO 0-2 Princesa do Solimões/AM
Domingo, 3 de agosto de 2014
Estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho/RO
Campeonato Brasileiro da Quarta Divisão - Série D
Terceira Rodada da Primeira Fase - Grupo A1
Árbitro: Rafael Odílio Ramos dos Santos/MT
Assistente 1: Rener Santos de Carvalho/AC
Assistente 2: Jean Carlos Rodrigues da Silva/AC
4º Árbitro: Arnaldo Vasconcelos Figarela/RO
Assessor: Almir Belarmino Caetano/RO
Renda: R$
Público pagante:
Gols: Branco 21 minutos do 1º tempo. Somália 38 minutos do 2º tempo.
Cartões amarelos: Guilherme 24 minutos do 1º tempo. Renato Medeiros 1, Paulo Wanzeler 10, Clayton He Man 17, Douglas (no banco de reservas) 22, Cavalo 30, Lídio 30 e Lourinho 35 minutos do 2º tempo.

Genus/RO: Dida; Guarate, Thiago Vela, Vágner Leonardelli e Marlon; Xana, Cavalo, Pinóquio (João Paulo 16/2º) e Ronan (Kerlon 36/2º); Pemazza (Quintino 26/2º) e Marcos Canhoto. Treinador: José Francisco.
Suplentes: Jonathan, Kerlon, Arlan Vitor, Quintino, João Paulo, Douglas, Cristiano e Thiago Mendonça.

Princesa do Solimões/AM: Paulo Wanzeler; Delciney, Lídio, Leandro Camilo e Guilherme (Clayton He Man 12/2º); Rondinelle, Amaralzinho, Renato Medeiros (Lourinho 10/2º) e Michell; Somália e Branco (Edinho Canutama 28/2º). Treinador: Charles Guerreiro.
Suplentes: Rascifran, Bruno Oliveira, Clayton He Man, Deurick, Flamel, Lourinho, Edinho Canutama e Nando.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita