sexta-feira, 28 de novembro de 2014

[CAMPEONATO AMAZONENSE DA SEGUNDA DIVISÃO 2014] - Operário/AM vence de novo e praticamente assegura o Acesso

Manaus/AM – O que parecia muito fácil se tornou praticamente certo. Em seu segundo jogo na Taça Cidade de Manaus, a 2ª Fase do Campeonato Amazonense da Segunda Divisão, o Operário/AM venceu de novo e tornou-se co-líder, ao lado do Rio Negro/AM, o Campeão da Taça Estado do Amazonas (1ª) e com Acesso garantido. E, com ampla vantagem sobre os demais concorrentes, é o time com a segunda melhor campanha geral, requisito para subir de Divisão caso o Rio Negro/AM conquiste também a 2º Fase e seja Campeão por antecipação.

Mas a facilidade geral demorou a acontecer na noite desta quarta-feira (26/11), tanto dentro como também fora de campo. Quedas de energia constates causaram quatro paralisações na partida disputada no Estádio Municipal Carlos Zamith, no Coroado, zona Leste de Manaus/AM. E o adversário, o Tarumã/AM, ainda abriu o marcador, com o artilheiro Júnior, que chegou a sete gols na competição. Ainda no primeiro tempo, o time de Manacapuru/AM chegou ao empate, com Fininho.

Na segunda etapa, Robenilson virou o marcador e Neto Cabeção definiu a vitória do Operário/AM. Com o resultado, só um desastre tira a segunda vaga para a Série A 2015 do Sapão de Manacapuru/AM. Na 2ª Fase, o time tem seis pontos conquistados, ao lado do Rio Negro/AM e ainda dois jogos a cumprir - CDC Manicoré/Nova Olinda/AM e o próprio Rio Negro/AM, na última rodada. No cômputo geral, o Operário está em segundo lugar, atrás apenas do Galo Carijó, com 13 pontos, cinco à frente do CDC Manicoré/Nova Olinda/AM, o único time que ainda pode lhe superar.

Ficha Técnica:
Terumã/AM 1-3 Operário/AM
Quarta feira, 26 de novembro de 2014
Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, em Manaus/AM
Campeonato Amazonense da Segunda Divisão
Terceira Rodada da Segunda Fase - Taça Cidade de Manaus
Árbitro: Ivan Guimarães da Silva Júnior/AM
Assistente 1: Bonifácio Smith/AM
Assistente 2: Alexandro Lira de Alexandre/AM
4º Árbitro: Reginaldo Vasconcelos Noronha/AM
Renda: R$ 400,00
Público pagante: 54
Gols: Júnior e Fininho no 1º tempo. Robenilson e Neto Cabeção no 2º tempo.

Tarumã/AM: Rafael; Lucas Autazes, Guigui, Keny, Thiago e Tom; Niashe, Dedé e Carioca; Lucas e Júnior. Treinador: Darlan Barroso.
Suplentes: Leno, Sorim, Bebe, Miguel, Geovani, Alex, Matheus, Lucas Yago e Renan.

Operário/AM: Jonathan, Clemilton, Piru, Thiago Brandão e Clayton He-Man; Júnior Baé, Nilsão, Fininho e Dan; Robenilson e Neto Cabeção. Treinador: Fábio Luiz.
Suplentes: Victor, Fabrício, Thiago, Heitor, Eduardo, Lucas, Cacau, Hayllan e Kelion.


Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

[CLUBES DO AMAZONAS] - Em postagem no Facebook, Rosembrick anuncia volta ao Fast Clube/AM

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Reprodução de Facebook de Rosembrick

Manaus/AM – No início da manhã desta quinta-feira (27/11), o meia Rosembrick, 35 anos, postou em seu perfil de Facebook (reprodução acima), seu retorno ao Fast Clube/AM, para a disputa do Campeonato Amazonense de 2015. O veterano atleta defendeu o Tricolor de Aço nesta temporada e foi um dos principais destaques do time, reeditando em Manaus/AM o apelido de "Mago", com o qual ficou conhecido em sua passagem pelo Palmeiras/SP, em 2006.

O anúncio do jogador contradiz as declarações dos dirigentes fastianos para a Imprensa Esportiva Amazonense, sempre afirmando que o Rolo Compressor "montará um time e elenco modesto para a próxima temporada". Mesmo assim, poucas são as informções sobre a montagem do time. Na semana passada saiu a primeira revelação, quando o nome do ex-zagueiro Ney Júnior, 38 anos, foi confirmado para ser o treinador de 2015.

Tomando forma
Aos poucos, os times que disputarão o Campeonato Amazonense 2015 vão se formando. O Nacional/AM foi o primeiro a se movimentar, anunciando no dia 31 de outubro o treinador Sinomar Naves, Campeão Amazonense de 2014, e o Coordenador de Futebol Aderbal Lana. Definido o treinador, começaram os anúncios dos jogadores, a partir do dia 12 de novembro. Destaques para alguns campeões de 2014, como o goleiro Vagner, o volante Bruno Potiguar e o atacante Leonardo, além dos regionais Thiago Verçosa, Weverton e Fininho, e novidades como o zagueiro Léo Fortunado e o atacante Wanderley, que chegou prometendo 25 gols na temporada.

O Penarol/AM também foi um dos primeiros a anunciar o treinador, Marquinhos Piter, ex-Princesa do Solimões/AM nas duas últimas temporadas. O Leão da Velha Serpa ainda venceu a corrida pela contratação do jovem Júnior, revelação do Tarumã/AM na Segunda Divisão Amazonense e anunciou também o goleiro Jairo, ex-Nacional/AM.

Em trabalhos adiantados está também o Nacional Borbense/AM, que manterá o treinador Róbson Sá e traz muitos jogadores importados e jovens como o lateral-direito Negrety, 24 anos, com passagens pela base do Vasco da Gama/RJ, Portuguesa de Desportos/SP (disputou a Taça São Paulo de Juniores de 2009), além de Santo André/SP e Central/PE, o atacante Murilo, 26 anos e o lateral-esquerdo Guilherme, 24 anos, além da promessa de contratação de 4 jogadores do Galícia/BA. O último anúncio foi do regional Élson Bala, atualmente no Cliper/AM.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

[CLUBES DO AMAZONAS] - Ney Júnior quer o filho Bianor sob seu comando

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Anderson Silva - Arquivo do GE - 01/04/2012

Manaus/AM – Recem anunciado como treinador do Fast Clube/AM para o Campeonato Amazonense de 2015, quando fará sua estréia na função, o ex-zagueiro Ney Júnior, 38 anos, revelou que gostaria de ter no clube, sob seu comando, o filho, o zagueiro Bianor, de 20 anos. A revelação foi feita em entrevista para a Equipe de Esportes da Rádio Comunitária A Voz das Comunidades - 87,9 FM, no intervalo do jogo disputado no último domingo (23/11), no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, que envolveu as equipes do Tarumã/AM e do CDC Manicoré/Nova Olinda/AM, válida pela segunda rodada da Taça Cidade de Manaus, a 2ª Fase do Campeonato Amazonense de Segunda Divisão.

"Ele (Bianor) tem compromisso contratual com o Paraná/PR até dezembro de 2015. Mas é lógico que gostaria de contar com ele no elenco que está sendo montado para a disputa do Campeonato Amazonense (de 2015). Estou conversando com os dirigentes do Paraná/PR e se for possível sua liberação, vai ser bom para o time", declarou Ney Júnior à Rádio 87,9 FM, admitindo a possibilidade de treinar o filho, mas ressaltando que ainda não é fato certo. No Paraná/PR desde o segundo semestre de 2012, Bianor já teve oportunidade no time titular, em 2013, sob o comando de Toninho Cecílio, durante o Campeonato Paranaense.

Bianor atuou pelo Infantil do Fast Clube em 2009 e 2010, quando foi Campeão Estadual pela categoria. Em 2009 foi treinado por Gilcimar Monteiro e depois Marcão, este sob a supervisão de Aderbal Lana, que assumiu a partir da 2ª Fase a função de Coordenador Geral de Futebol, das categorias de base até o Profissional, jogando como segundo volante. Em 2010 começou como titular orientado por Ivanilson Teixeira, já atuando como zagueiro; na 2ª Fase o comando técnico mudou, com Darlan Barroso assumindo a função. Ney Júnior jogou no Fast Clube de 2006 a 2010.

Juntos, pai e filho atuaram profissionalmente pelo Rio Negro/AM, no Campeonato Amazonense de 2012. A dupla de zagueiros estreou no dia 31 de março de 2012, contra o São Raimundo/AM (foto acima), no Estádio Roberto Simonsen, o SESI, pela quarta rodada da Taça Cidade de Manaus, a 2ª Fase do Campeonato Amazonense de 2012. O time rionegrino venceu por 1-0, gol de Edinho Canutama, de pênalti, aos 48 minuto do 2º tempo.


Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

terça-feira, 25 de novembro de 2014

[CAMPEONATO AMAZONENSE DA SEGUNDA DIVISÃO 2014] - Operário/AM estreia vencendo e lidera Taça Cidade de Manaus

Manaus/AM – Depois de folgar na rodada inaugural da Taça Cidade de Manaus, a 2ª Fase do Campeonato Amazonense da Segunda Divisão, o Operário/AM fez sua estreia neste domingo (23/11) e logo assumiu a liderança, pelo saldo de gols, fruto da vitória por 2-0 sobre o Cliper/Tefé/AM.

Nem bem começou a partida e o Operário/AM abriu o marcador, com um minuto de jogo, com Piru aproveitando uma cobrança de escanteio pelo lado esquerdo. Mesmo após a marcação dos gols, o Operário/AM continuou dominando a partida e criando boas oportunidades de gols. Somente nos minutos finas do primeiro tempo o Cliper/Tefé/AM chegou assustando e esteve perto de empatar por duas vezes, ambas com o lateral esquerdo Carlinhos.

No segundo tempo, o atacante Charles ampliou e definiu o marcador aos 4 minutos, depois de tentar duas vezes no mesmo lance. O jogo terminou com três expulsões: Charles e o treinador Fábio Luiz pelo lado do Operário/AM e Rogério Pedra pela equipe do Cliper/Tefé/AM.

Ficha Técnica:
Operário/AM 2-0 Cliper/Tefé/AM
Domingo, 23 de novembro de 2014
Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/AM
Campeonato Amazonense da Segunda Divisão
Segunda Rodada da Segunda Fase - Taça Cidade de Manaus
Árbitro: Carlos Augusto S. de Souza/AM
Assistente 1: Jeová dos Santos/AM
Assistente 2: Paulo Alves de Souza/AM
Renda: R$ 815,00
Público pagante: 99
Gols: Piru 1 minuto do 1º tempo e Charles 4 minutos do 2º tempo.
Expulsões: Charles 17, Fábio Luiz 30 e Rogério Pedra 42 minutos do 2 tempo.

Operário/AM: Jonathan, Clemilton (Tiago), Piru, Thiago Brandão e Clayton He-Man; Júnior Baé, Nilsão, Fininho (Robenilson) e Dan; Charles e Neto Cabeção (Cláudio). Treinador: Fábio Luiz.

Cliper/Tefé/AM: Luís Paulo; Emerson, Pastor, Victor e Carlinhos (Marinho); Rogério Pedra, Tubarão, Bruno e Neto (Roberto); Nando (Élson Bala) e Vidinha. Treinador: Carlos Prata.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

domingo, 23 de novembro de 2014

[CAMPEONATO AMAZONENSE DA SEGUNDA DIVISÃO 2014] - CDC Manicoré/Nova Olinda/AM vence Tarumã/AM e mantem chances de Acesso

Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM - Tarumã/AM e CDC Manicoré/Nova Olinda/AM abriram a segunda rodada da Taça Cidade de Manaus, 2ª Fase do Campeonato Amazonense da Segunda Divisão, na tarde deste domingo (23/11) no Estádio Carlos Zamith, em Manaus/AM, pressionados pela necessidade da vitória, em razão de derrotas anteriores, na rodada inaugural. Não havia meio-termo, não havia alternativas: era matar, morrer, ou afundar abraçados, em caso de empate, resultado que persistiu até os 42 minutos do segundo tempo, quando William Carioca fez o único gol do jogo e garantiu sobrevida ao time de Nova Olinda. Já o Tarumã, seguirá seu laboratório em preparação a Taça São Paulo de Juniores 2015.

Como só a vitória interessava, os dois times começaram os time com alterações, em comparação com os jogos anteriores. O CDC Manicoré/Nova Olinda/AM teve mais mudanças, quatro: o zagueiro Bel no lugar de Lidio, Alberto na lateral-esquerda na vaga de Felipe, Antônio Alex no meio de campo em substituição ao suspenso Kitó, e o experiente Da Costa no ataque, ao invés de Janderson, que além de jogador é também Diretor de Futebol do Clube. O Tarumã/AM apresentou como novidade Guigui no lugar de Kenedy na zaga e Lucas no comando de ataque na vaga de Miguel.

O jogo foi equilibrado com relação a posse de bola. Dois protagonistas se destacaram no primeiro tempo: o artilheiro Júnior pelo Tarumã/AM, que conduzia praticamente todas as jogadas ofensivas de seu time, sempre pelo lado esquerdo ofensivo e o veterano Da Costa, voltando à titularidade depois de recuperar-se de uma contusão na virilha. Entretanto, enquanto o primeiro era bem marcado, o segundo sofria com a falta de ritmo de jogo. Em vinte minutos de jogo, o Tarumã/AM criou quatro jogadas ofensivas, sempre pelo lado esquerdo, sempre com Júnior.

Aos 24 minutos Élton precisou ser substituído, e em seu lugar Paulo Goiano colocou William Carioca. Um minuto depois, o atacante Rafael deu trabalho a seu xará, o goleiro do Tarumã/AM, quase abrindo o marcador. A resposta foi imediata, com Lucas ganhando na corrida frontal da dupla de zaga adversária Bel e Preto, mas batendo completamente sem direção, para fora. O meia Carioca também assustou Naylson, aos 29 minutos, batendo com estilo, da intermediária, com muito perigo.

O lance mais bonito do primeiro tempo ocorreu aos 30 minutos, quando Carioca lançou desde o seu campo de defesa, de forma milimétrica, nos pés de Júnior, pelo lado esquerdo, que cruzou também na medida para Lucas, que furou cara a cara com Naylson, perdendo a melhor chance de gol até então. Pelo lado do CDC Manicoré/Nova Olinda, apesar da boa movimentação de Da Costa, o último toque sempre cabia a Rafael e sempre com falta de capricho. Aos 32 minutos Rafael cabeceou livre, quase da pequena área, mas para fora. William Carioca, aos 44 minutos, bateu de fora da área, um chute aparentemente sem perigo, mas quase o goleiro Rafael engoliu um frango histórico no Estádio Carlos Zamith, se recuperando a tempo, após a bola passar por entre suas pernas.

Para o segundo tempo, o Tarumã/AM voltou com Júnior pelo lado direito, invertendo seu posicionamento do primeiro tempo. Aparentando cansaço, o artilheiro da Segunda Divisão jogou muito fixo, sem penetrações pelo meio, facilitando ainda mais a marcação adversária. O primeiro chute de perigo foi dele, aos cinco minutos, com Naylson defendendo. Dois minutos depois Da Costa fez grande jogada pela direita e cruzou para Rafael, cara a cara com o goleiro xará, dentro da pequena área. O atacante desviou levemente e o goleiro fez grande defesa, praticamente um milagre, salvando o primeiro gol do CDC Manicoré/Nova Olinda/AM.

Em cobrança de escanteio de Lucas Autazes pelo lado direito, o Tarumã/AM esteve perto de marcar, aos 10 minutos, com Júnior cabeceando livre, mas para fora. Outro duelo entre os dois Rafaeis em campo aconteceu ainda aos 10 minutos. O atacante disputou com o goleiro e aplicou-lhe um chapéu. Quase dentro do gol, bastando empurrar a bola para as redes, "dormiu no ponto" e não viu a chegada do zagueiro Guigui, que tirou de cabeça rente á trave esquerda, jogando para escanteio. Rayner desceu com perigo pela direita, aos 13 minutos, batendo cruzando e com muito perigo, mas para fora. A jogada se repetiu aos 16 minutos, agora com Rafael e com defesa do goleiro xará.

Buscando a vitória, Darlan Barroso fez uma alteração ousada aos 26 minutos tirando o lateral-esquerdo China e colocando em campo o meia-atacante Lucas Yago, saindo do sistema tática 5-3-2 para 4-4-2. No minuto seguinte, Júnior desceu pela direita, ciscou na frente do marcador e bateu para fora. Em resposta a alteração tática de Darlan Barroso, o treinador adversário, Paulo Goiano, tirou o meia Antonio Alex, também sem ritmo de jogo, e colocou Berlem adiantado, jogando praticamente no 4-2-4, avançando também Rayner para formar o quarteto ofensivo ao lado de Rafael e Janderson. Em bonita jogada aos 29 minutos, a bola rolou com facilidade de pé em pé pelos jogadores do quarteto ofensivo de Paulo Goiano, até a zaga da Tarumã/AM afastar o perigo.

A supremacia ofensiva do CDC Manicoré/Nova Olinda/AM deu resultado aos 42 minutos, em jogada que começou com Janderson pelo lado direito e passou pelos pés de Rafael até chegar a William Carioca, na esquerda, que ajeitou, pensou e fuzilou Rafael, explodindo de emoção, chorando na beira do campo. Aos 49 minutos, a jogada praticamente se repetiu, com a bola chegando em Berlem, nas mesmas condições de William Carioca no lance do gol, mas Berlem chutou cruzado e bisonhamente, para fora. Foi o último lance do jogo.

Ficha Técnica:
Tarumã/AM 0-1 CDC Manicoré/Nova Olinda
Domingo, 23 de novembro de 2014
Estádio Carlos Zamith, em Manaus/AM
Campeonato Amazonense da Segunda Divisão
Segunda Rodada da Segunda Fase - Taça Cidade de Manaus
Árbitro: Odson Santos da Silva/AM
Assistente 1: Ivo Fernando da Costa de Souza/AM
Assistente 2: Edson Barros/AM
4º Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Júnior/AM
Delegado: Labíbio André de Lima
Renda: R$ 490,00
Público pagante: 56
Gol: William Cariocas 42 minutos do 2º tempo.
Cartões amarelos: Niashe 32. Bel 38 e Lucas Yago 47 minutos do 2º tempo.

Tarumã: Rafael; Lucas Autazes, Guigui, Thiago, Keny e China (Lucas Yago 26/2º); Niashe, Dedé e Carioca (Mateus 44/2º); Lucas (Miguel 9/2º) e Júnior. Treinador: Darlan Barroso.
Suplentes: Leno, Bebe, Matheus, Roger, Dener, Alex, Miguel e Lucas Yago.

CDC Manicoré/Nova Olinda/AM: Naylson; Guga, Bel, Preto e Alberto; Natal, Élton (William Carioca 24/1º), Rayner e Antonio Alex (Berlem 28/2º); Da Costa (Janderson 17/2º) e Rafael. Treinador: Paulo Goiano.
Suplentes: Davi, Berlem, Felipe, William Carioca. Geovane e Janderson,

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita