sábado, 13 de dezembro de 2014

[FUTSAL] - Sesi/Salcomp e Estrela do Norte/Raimundo Belo Ferreira decidem título no Feminino

Texto e Fotos: Emanuel Mendes Siqueira
Assessoria de Imprensa do Estrela do Norte

Manaus/AM - As equipes do Estrela do Norte/Raimundo Belo Ferreira e Sesi/Salcomp são as finalistas do Campeonato Amazonense Adulto Feminino de Futsal. A decisão acontece na próxima terça-feira (16/12), no Ginásio do Sesi, a partir das 21h.

As semifinais aconteceram na noite desta quinta-feira (11/12), no Sesi. Debutante em competições oficiais da federação, o Estrela do Norte/Raimundo Belo Ferreira mostrou novamente seu brilho na quadra mais famosa de Manaus/AM e superou as meninas da Santa Etelvina por 3-0.

No primeiro tempo, o time da Zona Leste foi para cima e não deu chances para o adversário. A canhotinha Letícia Lima bateu de fora da área e abriu o marcador no começo do primeiro tempo. Antes da virada para o intervalo, Karen Barros fez o segundo, numa bela cobrança de falta.

Na etapa complementar, o Estrela do Norte/Raimundo Belo Ferreira cadenciou o jogo e esperou os contra-ataques. Num deles, Larissa Brito mostrou seu talento e colocou para dentro: 3-0 com categoria e vaga garantida na Decisão.
Na outra partida, o Sesi/Salcomp começou perdendo para o São Raimundo, mas sob o comando das craques Greisiany e Baiana, virou o placar para 5-3.

Na terça-feira (16/12), às 19h30, o Sesi receberá também a decisão do Estadual Masculino de Futsal, entre Abílio Nery e Unidos do Alvorada. A partida será transmitida ao vivo pelo Amazon Sat.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

[FUTSAL] - Equipes amadoras promovem disputa no Ginásio da Ulbra

Texto e Foto: Emanuel Mendes Siqueira
Manaus/AM - Enquanto o futsal profissional “pega fogo” com reta final os campeonatos estaduais da Federação, o amador também segue movimentado neste fim de ano em Manaus/AM. No próximo sábado (13/12), será realizado o 4º Torneio de Futsal Masculino do Ginásio Poliesportivo da Ulbra – Avenida Carlos Drumond de Andrade, 1460, Conjunto Atílio Andreazza, Japiim 2, Zona Sul. A competição de “tiro curto” vale um total de R$ 1,2 mil em prêmios.

Segundo o organizador do torneio, Eduardo Felipe Andrade, os jogos são disputados em dois tempos de sete minutos. Se a partida terminar empatada, a decisão vai para os pênaltis. Os jogos começam às 9h e a previsão é que a grande final aconteça às 14h. O campeão receberá R$ 800, o vice R$ 200 e o artilheiro R$ 200. “Até agora temos 16 equipes confirmadas, mas a previsão é chegarmos a 32 times. Os torneios de futsal amador estão se espalhando pela cidade”, explicou Eduardo.

As inscrições estão abertas e custam R$ 120 por equipe. Podem ser feitas com antecipação pelos telefones (92) 98174-2124 ou (92) 99450-5365. Dá para confirmar a participação também no dia do torneio, mas é preciso chegar cedo para garantir a vaga.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

[COPA VERDE 2015] - Site da CBF confirma Nacional/AM e Princesa do Solimões/AM

Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM - No início da noite desta quarta-feira (10/12), a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) publicou em seu site (http://www.cbf.com.br) os documentos técnicos da Copa Verde 2015, com o Plano Geral de Ação, o Regulamento Específico da Competição e o Ofício Circular 287/14, dando ciência às Federações com clubes na competição.
Chama atenção o último parágrafo do Ofício Circular, com o seguinte texto: "lembramos que a Tabela Básica da Copa Verde foi divulgada em 27/10/14. Oportunamente publicaremos a Tabela Detalhada, com os desdobramentos das rodadas e definição da grade de programação da TV".

No Anexo A do Regulamento Específico da Competição (REC), em sua página 13, a CBF relaciona os 16 (dezesseis) clubes participantes da Copa Verde 2015, com duas observações: "(1) todas as vagas são oriundas dos respectivos campeonatos estaduais (EST); (2) o Anexo A é parte integrante do REC da Copa Verde/2015 (Art. 2º)".
O Anexo B, em seu primeiro item (página 14), apresenta a composição dos grupos na 1ª Fase, confirmando o Vilhena/RO como adversário do Nacional/AM e o São Raimundo/RR como adversário do Princesa do Solimões/AM, com a seguinte observação: "o Anexo B é parte integrante do REC da Copa Verde/2015 (Art. 8º)".

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[FUTSAL] - Campeonato Adulto Feminino tem semifinais no SESI

Texto e Fotos: Emanuel Mendes Siqueira
Assessoria de Imprensa do Estrela do Norte

Manaus/AM - Os finalistas do Campeonato Amazonense Adulto Feminino de Futsal serão conhecidos nesta quinta-feira (11/12), no Ginásio do Sesi, no Clube do Trabalhador do Amazonas, em Manaus/AM. A entrada é grátis para o público.

No primeiro jogo, às 19h, o Sesi/Salcomp encara o São Raimundo. É o encontro do líder Salcomp contra o quarto colocado da fase de classificação.

Às 20h, o Estrela do Norte/Raimundo Belo Ferreira (foto acima) tem a grande chance de fazer sua história em seu ano de estreia. O time dirigido pelo trio Sonny Ferreira, Breno Freitas e João Paulo Guedes tem o desafio de passar pela Associação Esportiva Santa Etelvina.

O Estrela do Norte é o caçula do futsal amazonense. Na fase de classificação, a equipe da Zona Leste de Manaus foi segunda colocada, com 16 pontos.

Os vencedores jogam a finalíssima no próximo domingo, dia 14/12, a partir das 9h, no Sesi. O campeão garante vaga na Taça Brasil de Futsal 2015.

Entre os homens, os finalistas já foram conhecidos. Na primeira semifinal, o Abílio Nery superou o Grêmio Alvorada. Na segunda semifinal, deu Unidos do Alvorada. Dessa forma, Abílio Nery e Unidos do Alvorada jogam a grande final na próxima terça-feira, a partir das 19h, no Ginásio do Sesi.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

[CLUBES DO AMAZONAS] - Jovem goleiro é a 21ª contratação do Nacional/AM para 2015

Ennas Barreto - Assessoria de Comunicação do Nacional/AM
Site Oficial do Clube - http://www.nacionalfc.com.br
Fotos: Divulgação

Manaus/AM - O ex-goleiro do Coritiba/PR e Londrina/PR, Thiago Neves Nunes de Jesus é o 21º jogador contratado pelo Nacional Futebol Clube para a temporada de 2015, quando o clube tem pela frente a Copa Verde, Copa do Brasil, Campeonato Amazonense e Série D. O anúncio foi feito na tarde desta terça-feira (09/12), na Rádio Web Nacional.

Antes de assinar com o Nacional/AM o jogador defendia o Rio Claro/SP. Ele se apresenta no próximo dia 15/12 junto com os demais companheiros do plantel do Nacional/AM. “O Nacional/AM montou uma boa equipe. É um clube que briga por títulos e tem um calendário cheio em 2015, é disso que qualquer jogador precisa para mostrar a que veio”, afirmou o novo contratado.

O goleiro, de 20 anos, ressalta que apesar de ser um dos mais jovens contratados pelo Leão, possui experiência suficiente para encarar a temporada de 2015 e o contato com o técnico Sinomar Naves, no União de Rondonópolis/MT, vai ajudar na pré-temporada. “Comecei minha carreira aos 14 anos, no Rondonópolis/MT, desde então nunca mais parei. Tenho o hábito de me cobrar. Meu sucesso depende do meu esforço e, assim, estou crescendo na minha profissão e pretendo ir longe. Conheço o Sinomar e sei do compromisso dele”, garante.

Thiago destaca que está feliz em vestir a camisa do Nacional/AM e diz que quer trabalhar forte para conquistar títulos e fazer história no clube. “No Nacional/AM não será diferente. Estou preparado e focado”, enfatizou.

Carreira
Thiago Neves nasceu em Rondonópolis, no Estado de Mato Grosso e ser jogador de futebol foi a realização de um grande sonho. Ele lembra que iniciou como atacante, mas encontrou talento nas luvas. “Sempre sonhei ser jogador, tanto que até joguei como atacante, mas acabei descobrindo talento para defender mesmo”.

O goleiro iniciou a carreira no União de Rondonópolis/MT. Em seguida, foi para o Londrina/PR, depois para o Coritiba/PR. Em 2014, ele defendeu o Rio Claro/SP até ser contratado pelo Leão Mais Querido do Norte.

No dia 8 de fevereiro, o Nacional/AM começa sua saga, enfrenta pela Copa Verde, o Vilhena/RO. De acordo com o recém-anunciado, Thiago, o calendário do Nacional/MG é uma oportunidade para qualquer jogador mostrar seu talento.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[CLUBES DO AMAZONAS] - Nacional Borbense/AM tem elenco completo para 2015

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Perfil do Facebook de Naça Borbense

Manaus/AM - Com Comissão Técnica definida e 23 atletas confirmados, o Nacional Borbense/AM se prepara para disputar, pela segunda vez, o Campeonato Amazonense da Elite, a Divisão Principal. É o time com estágio mais avançado, tendo fechado o elenco nesta terça-feira (09/12), após acerto com o goleiro Douglas, ex-Holanda/AM e que disputou a Série D 2014 pelo Princesa do Solimões/AM.

O último reforço anunciado veio para substituir o titular de 2014, Pablo, que depois de disputar a Segunda Divisão pelo Rio Negro/AM resolveu ficar no clube da Praça da Saudade. Os trabalhos físicos são a tônica neste final de 2014, sob o comando de Rafael Bispo e a Supervisão do veterano e competente Paulo Feitosa. O treinador deste ano será mantido, Róbson Sá, que levou o time estreante à quarta posição, desbancando forças tradicionais como Penarol/AM e São Raimundo/AM.

Dos 23 atletas, 10 são amazonenses, três são paranaenses, três são baianos e dois paulistas. Completam o plantel um mineiro, um sergipano, um alagoano, um carioca e um gaúcho, sendo este bastante conhecido da torcida baré, o veterano volante Alberone, que defendeu o São Raimundo/AM no Estadual deste ano. O treinador Róbson Sá confirmou a relação dos 23 jogadores.

ELENCO DO NACIONAL BORBENSE
Goleiros - Manga, natural do Estado do Paraná, Joelmir, 33 anos, amazonense; e Douglas, 21 anos, amazonense.
Laterais - Negrety, 24 anos, paranaense; Guilherme, 25 anos, mineiro; e Diego Bahia, 32 anos, baiano.
Zagueiros - Manuel Júnior, 29 anos, sergipano; Preto, 34 anos, amazonense; Adalto, 28 anos, baiano; e Pedrinho, 19 anos, amazonense.
Volantes - Luis Gustavo, 25 anos, paranaense; Robinho, amazonense; Ronaldo, 25 anos, amazonense; Alberone, 35 anos, gaúcho; Felipe Graça, 28 anos, amazonense; e Beto, 26 anos, baiano.
Meias - Raphael, vai fazer 23 anos dia 12/12, carioca; Jeferson, 25 anos, paulista; e Neto, amazonense.
Atacantes - Murilo, 26 anos, paulista; Márcio Ribeiro, amazonense; Élson Bala (foto acima), amazonense; e Jaílton, alagoano.

Treinador - Róbson Sá
Preparador Físico - Rafael Bispo
Coordenador Físico - Paulo Feitosa
Preparador de Goleiros - Dida

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

[CAMPEONATO AMAZONENSE DA SEGUNDA DIVISÃO] - Operário/AM vence Rio Negro/AM e fica com o título

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Site da Federação Amazonense de Futebol
http://faf-am.com.br/

Manaus/AM - A Decisão não foi na Arena Vivaldo Lima, como chegou a ser cogitado. Azar do Operário/AM que, apesar de ter conquistado o título da Segunda Divisão do Campeonato Amazonense de 2014, deixou de inscrever seu nome na Hitória como primeiro Campeão da Arena. Mas os jogadores e a torcida nem ligaram para esse detalhe e, mesmo com o Acesso para a Elite 2015 já garantido, comemoram o título, o segundo do time na Série B Baré e, de quebra, a artilharia de Charles (ao lado de Júnior, do Tarumã/AM) e o fechamento da temporada em grande estilo, com um golaço de Nilsão, que selou a vitória do Sapão de Manacapuru/AM por 3-1 sobre o Rio Negro/AM, na tarde/noite deste domingo (07/12), no Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/AM.

Com relação aos times que fecharam a Taça Cidade de Manaus, na última quarta-feira (03/12), cada equipe veio com uma alteração. O Rio Negro/AM não pode contar seu artilheiro Thiago Verçosa, que deixou o campo na última partida sentindo uma fisgada na coxa. Em seu lugar, Sérgio Duarte trouxe Nailson. No Operário/AM, Fábio Luiz fez uma alteração em cima da hora, optando por Cacau no lugar de Dan momentos antes do jogo começar. As duas mudanças foram decisivas no comportamento das equipes no gramado. No Galo da Praça da Saudade mais uma vez o rendimento de Weverton foi abaixo da média, sentindo a ausência de seu parceiro ofensivo, Thiago Verçosa, como já ocorrera no segundo tempo do jogo passado. Pelo lado do Sapão, Cacau e Neto Cabeção fechavam o meio de campo quando o adversário tinha a posse de bola e abriam ofensivamente quando o time de Manacapuru/AM saia atacando, flutuando de um esquema 4-5-1 (somente com Charles no ataque) para um 4-3-3, conforme a situação do jogo.

O Rio Negro/AM teve a primeira boa chance do jogo, logo aos 3 minutos, quando André Luiz lançou Nailson na cara da gol e o atacante cara a cara com Jonhatan encheu o pé, mas em cima do goleiro, que fez espetacular defesa, jogando para escanteio. Aos 8 minutos o Operário/AM armou seu primeiro contra-ataque, com Clayton He Man cruzando da esquerda buscando Charles e Fábio Gomes se antecipando e cortando o perigo com categoria. Três minutos depois, Gró cruzou da direita mas Nailson se enrolou na hora do domínio. O zagueiro Piru também errou e quase entregou o ouro para Weverton até que, no rebote, Nailson bateu forte, com endereço certo, mas a bola desviou no caminho e saiu em escanteio.

Aos 19 minutos o Operário/AM teve falta a seu favor, na entrada da área, mais pelo lado direito ofensivo. Eduardo cobrou no ângulo superior esquerdo de Pablo, que se esticou todo para fazer grande defesa. No rebote, a bola foi centrada na área e Charles, se livrando da marcação e quase dentro do gol, aproveitou com oportunismo e faro de gol, abrindo o marcador da Grande Decisão.

Não deu tempo sequer do Rio Negro/AM assimilar o golpe e, aos 22 minutos, em descida veloz da esquerda pera o meio da área de Nilsão, Luan cometeu pênalti em Fininho, que recebera o lançamento. Na cobrança de Charles, aos 23 minutos, Pablo escolheu o canto esquerdo e a bola foi certeira, no lado oposto. Charles, autor do gol da vitória por 1-0 contra o mesmo adversário no meio da semana, se tornou o carrasco rionegrinno e igualou a marca de Júnior, do Tarumã/AM, com oito gols, na disputa pela artilharia do certame.

O Rio Negro/AM esteve perto de diminuir em duas ocasiões, aos 40 e aos 43 minutos. Na primeira, em cobrança de falta de Rafael Oliveira, sofrida por ele mesmo. Na segunda, em chute de Weverton que desviou na zaga e se perdeu em escanteio. Aos 46 minutos o Operário/AM criou duas boas chances. Cacau bateu de fora com Pablo defendendo e depois Charles tabelou com Eduardo no contra-ataque, que de frente para o gol, preferiu devolver para o goleador Charles, mas Luan cortou o perigo.

Para o segundo tempo, Sérgio Duarte fez quase a mesma substituição do jogo passado, colocando o lateral-direito Pelezinho na vaga do volante Serginho (no jogo passado foi no lutar de Diogo), passando Gró para a armação, ao lado de Rafael Oliveira, deixando a função de volantes para Thiago Amazonense e Roberto Dinamite, ficando, na prática, ainda mais ofensivo. Fábio Luiz, pelo Operário/AM trocou o zagueiro Thiago Brandão por Martoni.

Logo aos 7 minutos, Pelezinho desceu pela direita e cruzou de forma perfeita, com o pequenino Weverton cabeceando para defesa de Jonhatan. No minuto seguinte, Roberto Dinamite recebeu de Pelezinho e, da entrada da área, bateu razante, com Jonhatan desviando para escanteio mas com o assistente um, Marcos Santos Vieira, e o árbitro central, Antônio Carlos Pequeno Frutuoso assinalando, de forma inexplicável, tiro de meta. Após roubada de bola na intermediária, aos 16 minutos, Charles tabelou com Neto Cabeção, que se precipitou e bateu fraco demais.

O Rio Negro/AM subiu de produção. Como Fábio Luiz congestionou o lado esquerdo ofensivo, deslocando Nilsão para ajudar Clayton He Man, passando Júnior Baé para a função de volante, após a entrada de Clemilton, o Galo Carijó quase sempre chegava pelo lado esquerdo, com André Luiz, em jogadas em cima de Clemilton. Aos 25 minutos, André Luiz arriscou de longe e acertou a trave esquerda de Jonathan. Na sequencia foi a vez de Gró avançar com perigo pelo setor. De tanto insistir pelo lado esquerdo, o Rio Negro/AM conseguiu seu gol, agora em jogada do quarto-zagueiro Fábio Gomes, que avançou sem marcação e bateu cruzado e forte, no canto esquerdo de Jonathan, aos 29 minutos.

O empate só não aconteceu logo em seguida, aos 30 minutos, por obra e arte de Jonathan, que operou verdadeiro milagre. Weverton desceu pela direita e cruzou, Peteka bateu de primeira e Jonhatan salvou, em cima da linha, de forma sensacional. Dois minutos depois Roberto Dinamite voltou a arriscar de fora da área, com Jonhatan defendendo de novo. Aos 34 minutos Charles avançou em velocidade, driblando seus adversários e, quando estava frente a frente com o goleiro Pablo, o árbitro acenou irregularidade, anotando condução da bola com a mão pelo atacante do time manacapuruense.

Um balde de gelo desabou sobre todos os jogadores rionegrinos aos 35 minutos, quando Nilsão saiu enfileirando seus marcadores, um a um, pelo meio, entrando na área e batendo com categoria na saída de Pablo, estabelecendo 3-1 no marcador. Em dois contra-ataques comandados por Charles, o Rio Negro/AM voltou a levar sustos. Aos 38 minutos o artilheiro arrancou em velocidade desde a intermediária, só sendo parado com falta por Rafael Oliveira. Dois minutos depois, ele tocou para Robenilson e arrancou, com Robenilson lançando Fininho em velocidade, mas o meia foi desarmado, após demorar para definir a jogada.

A última chance da partida foi do Rio Negro/AM, aos 44 minutos. André Luiz encheu o pé, mas cruzando para o meio da área. Peteka ainda tentou cabecear, mas a bola veio com muita força, saindo uma tijolada, quase pela linha lateral. Final da partida e muita comemoração da torcida manacapuruense, com o Operário/AM sendo o primeiro clube a conquistar por duas vezes o Campeonato Amazonense da Segunda Divisão, curiosamente sempre em cima do Rio Negro/AM - 2010 e 2014.

Ficha Técnica:
Rio Negro/AM 1-3 Operário/AM
Domingo, 7 de dezembro de 2014
Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/AM
Campeonato Amazonense da Segunda Divisão
Decisão - Jogo Único
Árbitro: Antonio Carlos Pequeno Frutuoso/AM
Assistente 1: Marcos Santos Vieira/AM
Assistente 2: Alexsandro Lira de Alexandre/AM
4º Árbitro: Weden Cardoso Gomes/AM
Delegado: Lázaro Pinheiro D'Ângelo
Renda: R$ 8.205,00
Público pagante: 993 (1.255 presentes)
Gols: Charle 19, Charles (pênalti) 23 minutos do 1º tempo. Fábio Gomes 29 e Nilsão 35 minutos do 2º tempo.
Cartões amarelos: Fininho 30, Cacau 33 e Piru 40 minutos do 1º tempo. Pelezinho 13, Rafael Oliveira 38 e Charles 46 minutos do 2º tempo.

Rio Negro/AM Pablo; Gró, Luan, Fábio Gomes e André Luiz; Serginhoo (Pelezinnho, no intervalo), Thiago Amazonense (Peteka 23/2º), Roberto Dinamite e Rafael Oliveira; Nailson (Françuar 39/2º) e Werverton. Treinador: Sérgio Duarte.
Suplentes: Daniel, Pelezinho, Diogo, Peteka, Françuar, Alailson, Ruan e Lucas Pinheiro.
Operário/AM: Jonhatan; Júnior Baé, Piru, Thiago Brandão (Martoni, no intervalo) e Clayton He Man; Nilsão, Eduardo, Fininho e Cacau (Clemilton 14/2º); Charles e Neto Cabeção (Robenilson 27/2º). Treinador: Fábio Luiz.
Suplentes: Victor, Raylan, Thiaguinho, Martoni, Clemilton, Robenilson, Fabrício, Kelton, Haílton Lima e Dan.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita