sábado, 2 de maio de 2015

[CAMPEONATO AMAZONENSE 2015] - Fast Clube/AM vence em jogo que marca o ressurgimento de Deivid Macedo

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Lissandro Widson

Manaus/AM - Na abertura do segundo turno da Fase Classificatória do Campeonato Amazonense 2015, o principal fato da partida acabou sendo o ressurgimento do atacante Deivid Macedo, autor de dois gols na vitória do Fast Clube/AM por 3-0, na tarde deste domingo (19/04), no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, em Manaus/AM. Deivid Macedo começou a temporada como titular mas perdeu essa condição e, em tese, é hoje o quinto atacante de área do elenco, atrás de Charles, Felipe e os recem contratados Thiago Pereira e Luizão - sem contar o velocista Eliélton.

Tanto é verdade que o treinador João Carlos Cavalo, sem poder contar com o artilheiro Charles, suspenso, optou por apenas um homem de área, Thiago Pereira, usando cinco homens no meio de campo, curiosamente, a mesma formação tática do adversário. Com um time claramente superior, o Fast Clube/AM criou a primeira jogada de perigo aos 3 minutos, quando Romarinho cruzou da esquerda, o goleiro adversário soltou a bola ao tentar a defesa, sofrendo falta em seguida de Thiago Pereira.

Logo aos 6 minutos, Michell cobrou escanteio pela direita, o grandalhão Thiago Pereira desviou de cabeça e William Kremer marcou, tocando com estilo, de costas. A chance do segundo gol foi desperdiçada por Michell, aos 14 minutos, depois que Amaral cruzou da direita, o goleiro adversário mais uma vez largou a bola, Michell dominou o rebote, se livrou do goleiro e mesmo com o gol aberto bateu para fora. Dominando a partida, o Tricolor de Aço continuava criando e desperdiçando sucessivas chances de gols.

Roberto Dinamite arriscou de fora da área aos 15 minutos, mas o goleiro adversário encaixou com segurança. Um minuto depois, Romarinho desceu pela esquerda, entrou na área e cruzou com o goleiro falhando pela terceira vez e a zaga tirando o perigo. Aos 19 minutos, Amaral ganhou a jogada no meio de campo e rapidamente acionou Michell, que descobriu Thiago Pereira na frente, mas o atacante, livre, perdeu, isolando a bola a conclusão.

Aos 24 minutos Michell cobrou falta na área e Thiago Pereira, livre, perdeu de cabeça, mas o assistente Luis Cláudio Rodrigues da Costa já acusava o impedimento. Cinco minutos mais tarde, Romarinho recebeu na esquerda, entrou na área com liberdade e cruzou rasteiro e razante, mas não havia jogador fastiano posicionado dentro da área adversária.

O esquema 4-5-1 funcionava bem para o Fast Clube/AM, diante do frágil adversário. Pela direita, triangulavam bem Amaral, Roberto Dinamite e Michell, com Romarinho, Fernando Guilherme e William Kremer criando pela esquerda, com Rondinelli jogando como único volante de marcação, ganhando o reforço de Fernando Guilherme e Roberto Dinamite, quando necessário, raramente. Thiago Pereira era o único jogador fastiano que destoava da boa atuação.

As primeiras descidas adversárias, sem sucesso, ocorreram aos 30 e 31 minutos, o primeiro em cobrança de falta que bateu na barreira e o segundo em cruzamento da direita que não encontrou ninguém bem posicionado. Michell cobrou falta, aos 38 minutos, e Thiago Pereira cabeceou como zagueiro, afastando da área. Na sobra, Michell perdeu a jogada proporcionando contra-ataque perigo aos oponentes, com uma bela arrancada do lateral-direito, que se livrou inclusive da falta de Michell, entrou na área mas na hora da conclusão já estava sem pernas, com o próprio Michell cortando para escanteio.

Romarinho cruzou da esquerda, aos 44 minutos, e Thiago Pereira novamente cabeceou mal, por cima do gol. Aos 46 minutos, Márcio Abrahão tirou um cruzamento que levava perigo para a área fastiana.

Na volta para o segundo tempo, cada time veio com uma alteração, modificando também o esquema tático. No Fast Clube/AM, João Carlos Cavalo tirou William Kremer e colocou Deivid Macedo, passando para o 4-4-2, mantendo em campo o ineficiente Thiago Pereira. O adversário trocou de atacante e passou a jogar no 5-4-1, com três zagueiros, a partir de uma mexida de posicionamento. O Fast Clube/AM perdeu o xerifão Márcio Abrahão aos 10 minutos, substituído por Valnei. Aos 14 minutos, João Carlos Cavalo queimou sua terceira alteração, tirando finalmente Thiago Pereira e colocando o estreante Luizão.

Na primeira bola de Luizão no jogo, aos 20 minutos, o atacante recebeu de Valnei, se livrou do marcador com uma bela finta de corpo, entrou na área e bateu na saída do goleiro, com a bola explodindo na forquilha, bem na junção da trave esquerda com o travessão. O segundo gol finalmente surgiu, aos 23 minutos, com Deivid Macedo recebendo na esquerda, dentro da área, e batendo cruzado, com a bola ainda desviando na zaga antes de dormir no canto esquerdo do goleiro adversário. (Foto da postagem: Deivid Macedo, número 11 comemorando o gol abraçado a Romarinho. Ediglê [3] e Roberto Dinamite também chegam para festejar).

Aos 32 minutos, Luizão recebeu pela direita e bateu cruzado, com muito perigo. Logo em seguida, Michell recebeu de Amaral e bateu muito mal, por cima, tendo Luizão livre e pedindo a bola desesperadamente. Em sua primeira participação ofensiva no segundo tempo, Romarinho entrou na área aos 34 minutos e cruzou com a defesa aliviando.

Aos 35 minutos, Roberto Dinamite dominou e entrou na área enfileirando seus marcadores, batendo com categoria mas carimbando a trave direita. No rebote ficou fácil para Deivid Macedo marcar o terceiro, seu segundo gol, ressurgindo como boa opção para o treinador Cavalo no elenco fastiano. Já nos descontos, aos 47 minutos, em boa jogada tricolor, com a bola de pé em pé, Roberto Dinamite abriu para Amaral, que cruzou na cabeça de Luizão, mas o atacante testou para fora.

Ficha Técnica:
Vitória do Fast Clube/AM por 3-0
Campeonato Amazonense de Futebol 2015
Décima Rodada da Primeira Fase
Domingo, 19 de abril de 2015, às 16h
Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, em Manaus/AM
Árbitro: Francisco da Conceição Costa/AM
Assistente 1: Elaine Nogueira dos Santos/AM
Assistente 2: Luis Cláudio Rodrigues da Costa/AM
4º Árbitro: Francisney Oliveira dos Santos/AM
Delegado: Basílio Monteiro da Silva/AM
Renda: R$ 870,00
Público pagante: 72
Cartões amarelos: Thiago Pereira 34 minutos do primeiro tempo. Roberto Dinamite 18, e mais quatro cartões amarelos para jogadores do time adversário.
Gols: William Kremer 6 minutos do primeiro tempo. Deivid Macedo 33 e Deivid Macedo 35 minutos do segundo tempo.

Fast Clube/AM: Zé Carlos; Amaral, Ediglê, Márcio Abrahão (Valnei 10/2º) e Romarinho; Rondinelli, Fernando Guilherme, Roberto Dinamite, Michell e William Kremer (Deivid Macedo, no intervalo); Thiago Pereira (Luizão 14/2º). Treinador: João Carlos Cavalo.
Suplentes: Fernando Pompeu, Jamesson, Valnei, Rodrigo Ítalo, Lê, Marcus Vinícius, Da Silva, Felipe, Eliéton, Deivid Macedo e Luizão.

Por Decisão Editoral do Blog do Teófilo, em razão da recusa em divulgar suas atividades de pré-temporada, o time que enfrentou o Fast Clube/AM na estreia do Campeonato Amazonense de Futebol 2015 não terá divulgação neste Blog durante a competição. Lamentamos pelos jogadores que defendem as cores do clube, mas vamos respeitar a decisão da diretoria, de não querer divulgação. Os pesquisadores de outro Estados que queiram a Ficha Técnica completa desse jogo, favor solicitar via e-mal: teofilomesquita@yahoo.com.br.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita