sábado, 29 de agosto de 2015

[COPA NORTE SUB-20] - Fast Clube/AM vai decidir o título contra o Paysandu/PA

Texto e Fotos: Teófilo Benarrós de Mesquita
Belém/PA - O Fast Clube/AM é finalista da III Copa Norte de Futebol Sub-20. Pelo terceiro ano consecutivo a competição terá na Decisão a reedição da maior rivalidade futebolística do Norte do Brasil: Amazonas versus Pará. E o grande desafio será levar pela primeira vez o título para o Amazonas - nas duas edições anteriores, o Clube do Remo/PA superou Holanda/AM (2013) e Tarumã/AM (2014).

Na partida Semifinal disputada neste sábado (29/08) pela manhã no Estádio Francisco Moreira Vasques, o Souza, em Belém/PA, o Fast Clube/AM dominou por completo o primeiro tempo, quando Jackie Chan marcou, de pênalti e aos 31 minutos, o único gol da partida, mas foi dominado na etapa complementar, levando inclusive uma bola no travessão no último lance da partida, aos 48 minutos. Apesar do sufoco, venceu por 1-0 e volta a campo neste domingo (30/08), para decidir o título e a vaga na Copa do Brasil de Futebol Sub-20, em partida que terá a transmissão da Web Rádio Gazeta da Tarde, www.agazetadatarde.com.

O Fast Clube/AM criou a primeira chance logo aos 2 minutos de jogo, com Matheus Iton lançando Jackie Chan na esquerda e o artilheiro, mesmo marcado por dois adversários, fez a jogada individual dentro da área do São Raimundo/RR e bateu para defesa do goleiro Leonay, que encaixou com segurança. Três minutos depois, o time roraimense atacou com perigo, com Sabonete arracando, deixando Guigui para trás na corrida e tocando para Gílson, com China cortando o lance e tirando o perigo.

Pedra cruzou na área aos 6 minutos, Kelvym tirou errado de cabeça e Jackie Chan bateu de primeira, de perna esquerda, mas para fora. O meia amazonense poderia tranquilamente ter dominado a bola e completado melhor a jogada, pois estava rigorosamente livre. Nesse lance começou o domínio fastiano sobre o adversário, com sucessivas jogadas perigosas. Aos 13 minutos Matheus Iton tocou para Jackie Chan na esquerda, que virou completamente o jogo para Pedra, na direita. O lateral-direito jogou à meia-altura, na área, Róbson fez um lindo corta-luz e Alexsander recebeu na cara do gol, livre, mas bateu para fora, à esquerda de Leonay.

Lucas Castro cruzou da esquerda, aos 17 minutos, e Alexsander dominou com estilo mas bateu prensado; no rebote Róbson, na meia lua, bateu rasteiro, à esquerda do goleiro roraimense, com muito perigo. Três minutos depois, Matheus Iton cobrou falta pela direita, a zaga cortou parcialmente e Lucas Castro cruzou da esquerda, com a bola pererecando na área adversária, até Leonay sair do gol para praticar a defesa, em cima. Aos 22 minutos, Eli desarmou uma saída do São Raimundo/RR e fez bela enfiada de bola para Alexsander, com Leonay precisando sair de sua área e cortar de cabeça. No rebote, Lucas Castro dominou mas não bateu direto, preferindo o passe para Alexsander, que estava impedido.

Marcado de forma implacável por dois e às vezes até três adversários, Jackie Chan sofreu falta na entrada da área aos 25 minutos. Na cobrança, com 7 jogadores do São Raimundo/RR na barreira, Jackie Chan tentou rasteiro, mas o chute saiu fraco, facilitando a defesa de Leonay, no meio do gol. Aos 29 minutos a equipe de arbitragem deu uma pausa no jogo para reidratação, a famosa parada técnica. No retorno, dois minutos depois, Alexsander foi lançado na área e derrubado por Leonay, em pênalti a favor do Fast Clube/AM. Após atendimento a Alexsander, Jackie Chan foi para a cobrança e colocou no canto direito de Leonay, que se esticou todo mas não conseguiu evitar o gol, o sétimo de Jackie Chan, artilheiro isolado da competição.

O São Raimundo/RR esboçou uma tímida reação e aos 32 minutos teve dois escanteios a seu favor, o primeiro sem perigo e o segundo com falta de Gílson sobre Bruno Saul. Pedra deu um chutão para frente, aos 35 minutos, e num lance despretensioso por pouco o goleiro Leonay toma o segundo gol, no quique da bola quase encobrindo-o. Dois minutos depois Jackie Chan desarmou uma saída adversária e acionou Lucas Castro rapidamente, mas Seco fez corte providencial, mandando a escanteio. Um minuto depois um replay do lance anterior e desta vez Lucas Castro bateu para fora, tendo Alexsander livre na esquerda implorando o passe que não saiu.

A superioridade do Fast Clube/AM era incontestável e o São Raimundo/RR não conseguia se organizar em nada. Seus laterais perdiam os lances a todo instante, não havia criação no meio de campo e as bolas eram jogadas diretamente para a direção de Gílson, atacante alto e porte físico diferenciado, mas isolado na frente, com China e Guigui sempre levando vantagem nas disputas. Aos 40 minutos Eli roubou no meio de campo e tocou para Alexsander, que rolou para Róbson na direita, com o meia fastiano cruzando para a área onde Jackie Chan raspou de leve, com a bola tirando tinta da trave esquerda de Leonay.

Aos 42 minutos Jackie Chan desceu em velocidade pela esquerda e cruzou para Eli que dominou na entrada da área e teve tempo para escolher o canto, mas escorregou bem na hora do chute, batendo para fora, à direita. A melhor chance do São Raimundo/RR no primeiro tempo só aconteceu aos 43 minutos, quando Kayo Cristian pegou da intermediária com estilo e cheio de efeito, com defesa segura de Bruno Saul, encaixando com firmeza. Lucas Castro iniciou ataque perigoso do Fast Clube/AM aos 45 minutos e tocou para Alexsander, que acabou desarmado por Kelvym. Jackie Chan bateu escanteio aos 46 minutos e Alexsander desviou sutilmente, quase marcando o segundo gol. E assim terminou o primeiro tempo, com total supremacia fastiana, mas com o placar magro de apenas 1-0, embora o suficiente para levar o Tricolor de Aço para a Decisão. No intervalo da partida na Curuzú, Paysandu/PA e Tuna Luso/PA seguiam empatando em 0-0, na outra Semifinal.

No segundo tempo o panorama mudou totalmente. O treinador Beto Vieira tirou o meia Léo e colocou o polivalente Ricardo, que foi jogar de segundo atacante, mais próximo de Gílson. Mexeu também no posicionamento de seu time em campo, recuando Seco para ser o terceiro zagueiro, mudando Kayo Cristian da esquerda para a direita e trazendo Kayo para a ala esquerda. Mas o primeiro lance de perigo foi do Fast Clube/AM, aos 8 minutos, com Róbson descendo pela direita e cruzando rasteiro para a área, onde Seco quase marca contra, na tentativa do corte. A resposta foi imediata e Gílson penetrou na área, mesmo perseguido de perto por quatro fastianos e bateu, com a bola desviando na zaga e com Bruno Saul defendendo antes da chegada de Ricardo.
A partir dos 9 minutos o São Raimundo/RR passou a dominar a partida, jogando num 3-5-2 com os zagueiros avançados, os alas no campo ofensivo, os dois volante (Nilson e Andrey) no círculo central, Sabonete recuando para armar e Rafael mais próximo de Gílson. A primeira chance do empate veio dos pés de Ricardo, que bateu cruzado e com muito perigo, raspando a trave esquerda de Bruno Saul. Aos 11 minutos, Jackie Chan arrancou pela direita e cruzou rasteiro na área, com Alexsander furando de forma incrível, dentro da pequena área, e Lucas Castro, no lado esquerdo, batendo muito mal, isolando por cima do gol. Um minuto depois, Guigui recuou no fogo para Bruno Saul, que chutou nos pés de Gílson, mas este desperdiçou, batendo para fora, à esquerda da trave.

O Fast Clube/AM perdeu Róbson aos 13 minutos, quando arrancava pela esquerda e sofreu estiramento na parte posterior traseira da perna esquerda. Em seu lugar entrou Renê, com Eli passando a jogar mais adiantado. Gilson ganhou a jogada no meio, aos 17 minutos, avançou e bateu para fora, à esquerda de Bruno Saul. Antes da cobrança do tiro de meta, Bruno Saul levou cartão amarelo, pela demora. Ioran entrou no lugar de Eli, aos 21 minutos. No minuto seguinte, Seco parou Alexsander no cotovelo, quando o atacante arrancava perigosamente, mas ficou barato. O certo teria sido a aplicação do segundo cartão amarelo para o jogador roraimense e sua consequente expulsão.

Aos 23 minutos, em nova jogada de cotovelada, Kayo recebeu cartão amarelo, em jogada sobre Jackie Chan. Siri também levou seu cartão amarelo, aos 25 minutos, em mais uma jogada de cotovelo sobrando, agora sobre Alexsander. Rafael Lobato entrou no lugar de Lucas Castro, que caiu muito de rendimento no segundo tempo, aos 26 minutos, na última alteração feita por Darlan Barroso. Ricardo foi lançado perigosamente aos 26 minutos, com Bruno Saul precisando sair do gol para efetuar o corte. Matheus Moura entrou no lugar de Sabonete, aos 29 minutos, logo depois do tempo técnico.

Num vacilo de Seco, Alexsander roubou-lhe a bola aos 38 minutos e entrou na área, batendo à esquerda, para defesa de Leonay. Nilson segurou Jackie Chan aos 41 minutos, quando o artilheiro amazonense tomou a bola e partia em contra ataque, com o volante roraimense também levando cartão amarelo. O único que escapou do árbitro José Magno Teixeira do Nascimento foi o volante Andrey, embora tenha batido tanto quanto seus companheiros de clube, tendo como alvo preferencial o meia fastiano Jackie Chan. Cansado, Gílson deu lugar a Leandro aos 41 minutos, com Ricardo passando a atuar de ala direita e Kayo Cristian passando para o meio.

Com jogos disputados dia sim, dia não, os dois times se apresentavam exaustos no final da partida, aumentando a dramaticidade na definição da vaga para a Decisão da competição. A essa altura, na Curuzú, o Paysandu/PA vencia a Tuna Luso/PA, com um gol de Marquinhos aos 35 minutos do segundo tempo, que acabou sendo o resultado final da outra Semifinal. Aos 47 minutos o volante Niashe cometeu falta providencial quase na risca da grande área e contou com a benevolência do árbitro, pois deveria ter recebido o segundo cartão amarelo, o que acarretaria sua expulsão da partida. Na cobrança, aos 48 minutos, a bola foi rolada de lado para Kayo que encheu o pé, com a bola caprichosamente beijando o travessão e saindo pela linha de fundo. Nem deu tempo para a cobrança do tiro de meta, com José Magno Teixeira do Nascimento indicando o final da partida.

A delegação do Fast Clube/AM deixou o Estádio Francisco Moreira Vasques sem saber exatamente hora e local da Decisão da III Copa Norte. Era dada como certa a disputa no próprio Estádio da Tuna Luso/PA, na manhã deste domingo (30/08), a partir das 9h30min. Somente no meio da tarde veio a confirmação oficial da Federação Paraense de Futebol e a Final entre Paysandu/PA - Fast Clube/AM será às 16 horas local (15h em Manaus/AM), no Estádio Leônidas de Castro Sodré, a Curuzú.

Ficha Técnica:
Fast Clube/AM 1-0 São Raimundo/RR
Sábado, 29 de agosto de 2015, às 9h15min (de Belém/PA)
III Copa Norte de Futebol Sub-20
Fase Semifinal - Jogo Único
Estádio Francisco Moreira Vasques, o Souza, em Belém/PA
Árbitro: José Magno Teixeira do Nascimento/PA
Assistente 1: Wanderson Damião dos Santos/PA
Assistente 2: Anastácio da Silva Borcem/PA
4ª Árbitra: Elaine da Silva Melo/PA
Delegada: Vanessa Alves/PA
Assessor: José Gilberto Guilhermino de Abreu/PA
Cartões amarelos: Seco 9, Niashe 11, Leonay 29 e Ely 47 minutos do primeiro tempo. Bruno Saul 17, Kayo 23, Siri 25 e Nilson 41 minutos do segundo tempo.
Gol: Jackie Chan (pênalti) 31 minutos do primeiro tempo.
Fast Clube/AM: Bruno Saul; Pedra, Guigui, China e Matheus Iton; Niashe, Eli (Ioran 21/2º) e Róbson (Renê 15/2º); Jackie Chan, Alexsander e Lucas Castro (Rafael Lobato 26/2º). Treinador: Darlan Barroso.
Suplentes: Guanair, Rafael Lobato, Renê, Françoar, Salgado, Ioran e Leozinho.
São Raimundo/RR: Leonay; Seco, Siri, Kelvym e Kayo Cristian; Nilson, Andrey, Léo (Ricardo, no intervalo) e Kayo; Sabonete (Matheus Moura 29/2º) e Gílson (Leandro 41/2º). Treinador: Beto Vieira.
Suplentes: Ricardo Brasil, Ricardo, Wilson, Leandro, Matheus Moura

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita
e com Patrocínio de:

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

[COPA NORTE SUB-20] - Edição de 2015 é a recordista em gols marcados e Jackie Chan lidera artilharia

Teófilo Benarrós de Mesquita
Belém/PA - Foram 12 partidas disputadas, com 66 gols marcados, alcançando a inacreditável média de 5,50 gols marcados por partida. Esse é o resumo da III Copa Norte de Futebol Sub-20, que começou no sábado passado (22/08), e vai até o próximo domingo (30/08). Sempre com o mesmo sistema de disputa, dois grupos classificatórios, com Semifinais e Decisão, nas três edições da competição promovida pela Federação Paraense de Futebol (FPF) foram marcados 165 gols, sendo 56 em 2013 (média de 3,63) e 43 em 2014 (média de 2,87). Nas duas edições anteriores, o Clube do Remo/PA foi Bi-Campeão. Em 2013, Jayme (Clube do Remo/PA) e Daniel (Holanda/AM) dividiram a artilharia, com 6 gols marcados. Em 2014 o artilheiro foi o zagueiro Tsunami (Clube do Remo/PA), com 4 gols anotados.

Na rodada de encerramento da Primeira Fase, disputada no Estádio Francisco Moreira Vasques, o Souza, a partida preliminar da jornada dupla estabeleceu a maior goleada da história da competição, em 42 jogos já disputados. O Santos/AP goleou o Vasco da Gama/AC por 12-1. Já no final da partida, quando o placar era 12-0, o Vasco da Gama/AC conseguiu marcar seu gol, para espanto e até vibração irônica dos presentes ao Estádio da Tuna Luso/AM. Cabecinha foi o autor da façanha e era o único jogador a mostrar alegria na saída da delegação do Estádio, retribuindo com sorriso os poucos acenos e tapinhas na costa que recebia por quem o reconhecia como o autor do gol.

Informações colhidas pelo Blog do Teófilo junto a representantes da Federação Paraense de Futebol (FPF) e equipe de arbitragem, ao final da partida, indicam como goleadores do Santos/AP na partida o atacante Esquerdinha (5x), Fernando (3x), Dedé, Dadinho, Jari e Orlando. Assim, em apenas uma partida, Esquerdinha assumia a artilharia da competição, deixando para trás Romário (Paysandu/PA), Jackie Chan (Fast Clube/AM) e Gílson (São Raimundo/RR), todos com 4 gols.

O que Esquerdinha não esperava (e não viu, pois a delegação do Santos/AP saiu do Estádio do Souza no intervalo da partida, decepcionada com a vitória da Tuna Luso/PA e a eliminação de seu time) foi o show da equipe fastiana no segundo tempo e os dois gols marcados por Jackie Chan (foto da postagem), que terminou a Fase de Grupos como artilheiro isolado da III Copa Norte de Futebol Sub-20, com 6 gols marcados. Jackie Chan não passou em branco até agora, marcando em todos os jogos: um na estréia, contra o Santos/AP (vitória fastiana por 2-0), três na goleada por 7-0 frente ao Vasco da Gama/AC e dois no heróico empate com a Tuna Luso/PA.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita
e com Patrocínio de:

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

[COPA NORTE SUB-20] - Fast Clube/AM empata com a Tuna Luso/PA e fecha em primeiro lugar no Grupo B

Texto e fotos: Teófilo Benarrós de Mesquita
Belém/PA - Dois times distintos... Um primeiro tempo irreconhecível e um segundo tempo que beirou o irrepreensível. O empate em 2-2 com a Tuna Luso/PA, na tarde desta quinta-feira (27/08), no Estadio Francisco Moreira Vasques, em Belém/PA, garantiu a classificacao dos dois times para a Semifinal da III Copa Norte de Futebol Sub-20, com o Fast Clube/AM em primeiro no Grupo B, fugindo de um confronto contra o Paysandu/PA, teoricamente o time mais forte da competição, em todos os sentidos.

O jogo começou elétrico, com ligeira vantagem fastiana e frenética distribuição de cartões amarelos. Logo aos 3 minutos, em cobrança de escanteio de Jackie Chan, Thiago subiu livre de cabeça, mas errou o alvo, com a bola passando muito alta. No minuto seguinte, Jackie Chan saiu da falta e colocou Alexsander na cara do gol, mas o árbitro Danilo Lopes Viana parou o lance marcando falta, deixando de observar a lei da vantagem, e aplicou cartão amarelo para o zagueiro Ferrugem. Só para lembrar, a recomendação é que, em situações como essa, o árbitro deixe a jogada continuar e, após sua conclusão, aplicar o cartão amarelo para o infrator. Houve ainda um pênalti claríssimo em Jackie Chan, reconhecido até pelos componentes da FPF da Mesa, mas não marcado. Aos seis minutos, em disputa no meio de campo, Albeny esqueceu a bola e desferiu um pontapé em Pedra, ficando barato, pois recebeu apenas cartão amarelo. No lance seguinte o amarelado foi Alexsander, após cometer falta em jogada de ataque.

A partir dos 12 minutos, o Fast Clube/AM se tornou um time irreconhecível e passou a ser dominado em campo. O apatismo começou com um lance emblemático. Thiago cobrou tiro de meta fraco, nos pés de Abeny, no meio de campo, que avançou e bateu de fora da área, com a bola desviando no próprio Thiago e quase tirando do lance o goleiro Bruno Saul, que mostrou poder de recuperação, refez sua trajetória de defesa e espalmou para escanteio, nas últimas, no canto direito rasteiro.

Foi a senha para que Formiga, Abeny, Ivan e Iguinho passassem a comandar as jogadas ofensivas da Tuna Luso/PA, quase sempre envolvendo facilmente a defensiva fastiana, principalmente pelo lado esquerdo. Na sequência, Formiga penetrou na área, pelo lado esquerdo defensivo fastiano e bateu cruzado, com Thiago desviando para escanteio antes que a bola chegasse em Ivan. Aos 16 minutos Ferrugem, outra boa figura na partida, sério e seguro, desarmou Leozinho e lançou Abeny pela direita. O atacante entrou na área e cruzou rasteiro, com a zaga amazonense batendo cabeça e dando rebote para Ronaldo, que buscou o ângulo superior esquerdo de Bruno Saul, com muito perigo.

Aos 22 minutos, Abeny tentou de longe, mas fraco e sem direção. Um minuto depois Marcinho recebeu na entrada da área com muita liberdade, com a zaga assistindo a troca de passes da Tuna Luso/PA, e bateu à esquerda de Bruno Saul, com muito perigo. Aos 25 minutos Abeny fez jogada aguda, novamente pela direita, e ganhou escanteio. Em cobrança curta de Marcinho para Abeny, o atacante encontrou Ivan livre, que desviou de cabeça, quase abrindo o placar. O retrato da apagão defensivo fastiano teve lance característico aos 29, quando o valente Niashe desarmou ataque do time paraense, mas saiu jogando de forma equivocada, errando passe curto, entregando nos pés de Iguinho, que cruzou com perigo, com a bola saindo pela linha de fundo.

De tanto insistir, a Tuna Luso/PA acabou abrindo o marcador, em mais um vacilo defensivo fastiano, com Abeny recebendo em posição adiantada e duvidosa, matando no peito e fuzilando Bruno Saul à queima roupa. Aos 37 minutos o treinador Darlan Borges foi excluído da partida, por reclamar de forma veemente (e justa) de falta não marcada na saída de bola, quando Matheus Iton foi desarmado por Formiga, que lhe desferiu uma cotovelada e continuou o lance, perigoso, fazendo fila de seus marcadores, com a complacência do árbitro Danilo Lopes Viana.

Para piorar a situação, a Tuna Luso/PA chegou ao segundo gol ainda na primeira etapa, aos 41 minutos, quando Ivan recebeu livre de marcação e bateu no canto direito de Bruno Saul. Para piorar ainda mais, Thiago Durante, Diretor Executivo das Categorias de Base, também foi expulso e o time foi para o vestiário nervoso e cabisbaixo. Até a torcida a favor, da Delegação do Santos/AP perdeu as esperanças, e deixou o Estádio Francisco Moreira Vasques, o Souza, em Belém/PA, descrente.

Duas substituições foram processadas no Tricolor de Aço na volta para o segundo tempo. Róbson saiu para a entrada de Renê, com Eli passando a jogar mais adiantado e Leozinho deu lugar a Lucas Castro, com o Fast Clube/AM passando a ter três atacantes com a posse de bola, tendo Lucas Castro a função de quarto homem do meio de campo, quando o time estava sendo atacado.

Logo no primeiro lance do segundo tempo, aos 2 minutos, Lucas Castro aproveitou uma sobra na entrada da área e encheu o pé, com o defensor da Tuna Luso/PA usando a mão para desviar a trajetória da bola, pênalti ignorado pelo árbitro paraense. Dois minutos depois, em cobrança de escanteio o Fast Clube/AM tentou duas vezes, a primeira com Eli, com a zaga cortando parcialmente o perigo, e no rebote com Jackie Chan buscando o ângulo superior esquerdo, com a bola passando raspando. Aos 5 minutos, Lucas Castro fez boa jogada pela direita e rolou para Alexsander, mas o artilheiro bateu muito mal, isolando. No lance seguinte, Pedra cruzou da direita e Alexsander cabeceou bem, mas para fora. Tudo que não fizera no primeiro tempo, o Fast Clube/AM construiu em seis minutos no segundo tempo: sucessivas chances de gol, retomando o controle da partida.

Thiago saiu jogando aos 7 minutos e quando já estava no campo de ataque acabou perdendo para Thiaguinho. Sem opções, para conter o veloz meia paraense, o zagueiro amazonense cometeu falta, providencial para corrigir seu erro, levando cartão amarelo. Marabá fez a primeira mudança na Tuna Luso/PA aos 8 minutos, trocando Douglas por Barcarena. Aos 10 minutos o Fast Clube/AM fez boa jogada e para cortar o perigo, o goleiro Matheus saiu do gol, mas de forma errada, com Jackie Chan devolvendo para a área e Lucas Castro, livre, perdendo de forma inacreditável, cabeceando na trave, com a bola saindo depois pela linha de fundo, em tiro de meta.

Em cobrança de escanteio pelo lado direito, aos 13 minutos, Carlinhos cometeu pênalti sobre Guigui, que subiu ao ataque para tentar de cabeça. No lance, Carlinhos recebeu cartão amarelo. Na cobrança de Jackie Chan (foto abaixo), a bola foi para o canto esquerdo do goleiro Matheus, que se deslocou para o lado direito. A essa altura, os papéis estavam totalmente invertidos com relação aos desempenhos do primeiro tempo. Aos 15 minutos, Renê fez lançamento vertical desde o campo defensivo, buscando Alexsander, com Matheus precisando sair mais uma vez de sua meta para evitar o gol fastiano.
Aos 20 minutos antes em um raro momento de perigo, Abeny desperdiçou contra-ataque vantajoso (três da Tuna Luso/PA contra dois do Fast Clube/AM) entrando na área pela esquerda e batendo para segura defesa de Bruno Saul. Com a Tuna Luso/PA dominada, Marabá fez suas duas últimas alterações aos 22 minutos, trocando Fernando por William e Ivan por Renê, respectivamente. Mas o lance decisivo aconteceu aos 26 minutos, quando o zagueiro Carlinhos, que já havia cometido o pênalti e levado cartão amarelo, quebrou Jackie Chan numa saída de bola rápida, levando o segundo cartão amarelo e, por consequência, o vermelho.

Em outra saída de bola errada, outro cartão amarelo para jogador fastiano, desta vez para Renê, que foi obrigado a segurar o perigoso Formiga, aos 27 minutos, após perder a bola para o meia. A última alteração do Fast Clube/AM trouxe a campo Ioran no Matheus Iton, para jogar por ali mesmo, pela esquerda. Aos 30 minutos Thiago apareceu como elemento surpresa no ataque e recebeu livre, na entrada da área, mas bateu fraco, para defesa de Matheus.

Nem bem repôs a bola em jogo e a Tuna Luso/PA já estava sendo atacada novamente, com Jackie Chan recebendo, olhando o posicionamento de Matheus e batendo forte, no canto direito, empatando a partida aos 31 minutos. O que se viu nos 14 minutos finais foi um massacre fastiano em busca do terceiro gol, contrapondo com um conformismo paraense pelo empate, que lhe assegurava a segunda vaga do Grupo B; mais um gol do Fast Clube/AM e o Santos/AP, cuja delegação já estava entristecida no Hotel Paraíso, no bairro de Marco.

Aos 32 minutos Eli lançou em profundidade para Alexsander, sendo necessária mais uma saída de Matheus para impedir que o atacante fastiano dominasse a bola. Dois minutos depois, Jackie Chan quase marcou um Gol Olímpico. Aos 35 minutos, em jogada ofensiva envolvente, Ioran tocou par Lucas Castro, na esquerda, que rolou para Alexsander recuar de volta para Ioran bater fortem com a zaga tirando o perigo depois de assistir passivamente a troca de passes. Para sorte do Fast Clube/AM, havia um pouco inspirado Renê do outro lado, que desperdiçou as melhores chances da Tuna Luso/PA.

Formiga puxou contra-ataque aos 36 minutos, ganhou de Thiago na corrida e colocou seu companheiro Renê na cara do gol, dentro da área, mas o paraense bateu cruzado e mal, à direita de Bruno Saul. Cinco minutos depois, Renê desperdiçou de novo, do mesmo jeitinho, o gol que tiraria o Paysandu/PA do caminho da Tuna Luso/PA. Aos 43 minutos, Jackie Chan lançou Ioran na esquerda, que cruzou para o corte da defensiva adversária. No rebote a bola caiu nos pés de Guigui que, sem o melhor traquejo de atacante, bateu muito por cima, perdendo mais uma chance de gol para o Fast Clube/AM. Um minuto depois, Alexsander faz boa jogada pela direita, com Matheus defendendo mais uma vez.

O final da partida foi digno de entra para os anais das anedotas futebolísticas. Aos 45 minutos, Thiago lançou Alexsander, com Matheus fazendo sua enésima saída de gol para evitar o domínio do camisa 9 fastiano. Ao perceber que Jackie Chan cobraria o lateral rapidamente para o ainda livre Alexsander, o goleiro paraense se jogou no chão, forçando o árbitro a aplicar a máxima de que o único jogador que pode receber atendimento imediato e em campo, paralisando a partida. A pressão sobre o árbitro era tanta que ele fez melhor: apesar de ter indicado três minutos de acréscimos, pediu a bola e encerrou a partida, aos 45 minutos do segundo tempo.

O empate acabou frustrando as esperanças de um empolgado Santos/AP, que na partida preliminar estabeleceu a maior goleada da curta história da competição: 12-1 sobre o Vasco da Gama/AC, embora tudo à toa. E pareceu não incomodar a Tuna Luso/PA, que agora terá pela frente o Campeão Paraense Sub-20, o Paysandu/PA, reeditando a Decisão na qual o Papão da Curuzú levou a melhor, vencendo as duas partidas e sagrando-se Campeão Paraense de Júnior 2015, no Estádio Leônidas Sodré de Castro, a partir das 9h30min deste sábado (29/08). Diante das circunstâncias, parecia bem melhor do que ficar Fase Semifinal. No mesmo dia e horário, Fast Clube/AM e São Raimundo/RR fazem a outra Semifinal, no Estádio Francisco Moreira Vasques, o Souza.

Ficha Técnica:
Tuna Luso/PA 2-2 Fast Clube/AM
Quinta-feira, 27 de agosto de 2015, às 16h (de Belém/PA)
III Copa Norte de Futebol Sub-20
Terceira Rodada da Fase Classificatória - Grupo B
Estádio Francisco Moreira Vasques, o Souza, em Belém/PA
Árbitro: Danilo Lopes Viana/PA
Assistente 1: Iago Lopes dos Santos/PA
Assistente 2: José Rodrigo Pereira de Souza/PA
4º Árbitro: Gustavo Ramos Melo/PA
Assessor: Olivaldo da Silva Moraes/PA
Cartões amarelos: Ferrugem 4, Albeny 6 e Alexsander 6 minutos do primeiro tempo. Thiago 7, Marcinho 12, Carlinhos 13, Renê (Fast Clube/AM) 27 minutos do segundo tempo.
Expulsão: Carlinhos 26 minutos do segundo tempo.
Exclusões: Darlan Borges 37 minutos do primeiro tempo. Thiago Durante, no intervalo.
Gols: Abeny 31 e Ivan 41 minutos do primeiro tempo. Jackie Chan (pênalti) 13 e Jackie Chan 31 minutos do segundo tempo.

Tuna Luso/PA: Matheus; Marcinho, Carlinhos, Ferrugem e Ronaldo; Douglas (Barcarena 8/2º), Fernando (William 22/2º), Iguinho e Formiga; Ivan (Renê 22/2º) e Abeny. Treinador: Marabá.
Suplentes: Erick, Barcarena, William, Renê, Matheus Dias e Arthur.
Fast Clube/AM: Bruno Saul; Pedra, Guigui, Thiago e Matheus Iton; Niashe, Eli, Róbson (Renê, no intervalo) e Leozinho (Lucas Castro, no intervalo); Jackie Chan e Alexsander. Treinador: Darlan Barroso.
Suplentes: Guanair Júnior, Rafael Lobato, China, Salgado, Renê, Françoar, Ioran e Lucas Castro.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita
e com Patrocínio de:

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

[COPA NORTE SUB-20] - Com goleadas, Paysandu/PA e São Raimundo/RR se classificam no Grupo A

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Divulgação Federação Paraense de Futebol
www.fpfpara.com.br

Manaus/AM - Rodada dupla realizada na manhã desta quarta-feira (26/08) definiu os classificados do Grupo A da III da Copa Norte de Futebol Sub-20, no Estádio Leônidas Sodré de Castro, a Curuzú, em Belém/PA. Abrindo a jornada, a partir das 7 horas (de Manaus/AM), o São Raimundo/RR cumpriu seu papel e ficou no aguardo do resultado do jogo de fundo, quando a vitória do Paysandu/PA confirmou os dois clubes classificados. O Papão da Curuzú fechou com aproveitamento de 100%, com três vitórias em três jogos, 16 gols marcados e apenas 1 gol sofrido. O São Raimundo/RR fechou o grupo A em segundo lugar, com 6 pontos obtidos com duas vitórias e uma derrota, com 9 gols marcados e 6 gols sofridos.

Na preliminar, o São Raimundo/RR mostrou que não estava disposto a correr riscos e jogou desde o início da partida para confirmar a vaga. Kelvin abriu o placar logo aos 2 minutos. O Rolim de Moura/RO ainda empatou, aos 29 minutos, com Malisson. Porém, em apenas 12 minutos Gílson marcou três gols, aos 2, 7 e 12 minutos, abrindo a goleada em 4-1 para o São Raimundo/RR. Logo em seguida, Léo fez o quinto gol, aos 14 minutos. Nos cinco minutos seguintes o Rolim de Moura/RO teve quatro jogadores expulsos, forçando o encerramento da partida aos 19 minutos do segundo tempo, por falta de número legal de jogadores no time rondoniense para continuar o jogo.

Jogando na partida principal da rodada dupla, o Paysandu/PA também goleou, confirmando a liderança do Grupo A. O Gurupi/TO entrou em campo com chances de classificação, ainda que remotas: tinha que vencer o Papão por três gols de diferença, no mínimo, para ficar com a segunda vaga, tirando o São Raimundo/RR da competição. Mas a realidade começou a se mostrar mais cruel e verdadeira logo aos 7 minutos do primeiro tempo, quando Mariano abriu o marcador, iniciando a goleada. Adrian, aos 46 minutos, aumentou para 2-0. No segundo tempo, Romário aos 20 minutos fez 3-0 marcando seu quarto gol na competição, se igualando na artilharia ao fastiano Jackien Chan. Aos 33 minutos Diogo Daniel marcou o quarto gol e Wasley, aos 37 e aos 48 minutos, fechou a goleada.

Agora Paysandu/PA e São Raimundo/RR aguardam a definição de seus adversários na Semifinal, com os jogos desta quinta-feira (27/08) pelo Grupo B. No Estádio Francisco Moreira Vasques, o Souza, Santos/AP e Vasco da Gama/AC fazem a preliminar, com o time amapaense precisando golear e torcer depois contra a Tuna Luso/PA, que enfrenta o Fast Clube/AM, já classificado, no jogo de fundo. O Santos/AP abre a rodada com um ponto ganho e saldo negativo de dois gols, enquanto a Tuna Luso/PA tem três pontos conquistados e saldo de oito gols a favor. O Blog do Teófilo vai estar presente no Estádio Francisco Moreira Vasques, cobrindo os jogos decisivos.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[COPA NORTE SUB-20] - Blog do Teófilo vai fazer sua primeira cobertura interestadual

Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM - Em 1.392 postagens sobre desporto amazonense e cotidiano familiar, algumas foram feitas fora de Manaus/AM. Em 2011, passei quase três meses em São Paulo/SP, com minha amada Carla Alessandra, ainda viva, buscando tratamento. Eram notícias com o título [DIÁRIO DE VIDA]. Mas, em termos desportivos, o Blog do Teófilo sempre produziu matérias desde Manaus/AM, ainda que as competições noticiadas fossem disputadas fora dos limites de nossa cidade. Agora, de forma inédita, o Blog do Teófilo parte para sua primeira cobertura interestadual.

A vontade era estar presente desde o início da competição mas somente agora todos os fatores (profissionais, familiares, financeiros e logísticos) puderam ser superados conjuntamente. Assim, com muito sacrifício, principalmente financeiro e familiar (o Raul Carlos vai precisar faltar três dias de aula, por exemplo, além da minha ausência por cinco dias, longe também de minha filha Scarlett Syssi e da minha netinha Maria Cecília), o Blog do Teófilo desembarca no raiar da próxima quinta-feira (27/08) em Belém/PA para cobertura da reta final da III Copa Norte de Futebol Sub-20.

Vai dar tempo de cobrir a terceira e última rodada do Grupo B, com os jogos Vasco da Gama/AC - Santos/AP e Tuna Luso/PA - Fast Clube/AM, no Estádio Francisco Moreira Vasques, além dos dois jogos Semifinais, programados para o sábado (29/08), e da Decisão da III Copa Norte, logo no dia seguinte, domingo (30/08). O Blog do Teófilo vai por conta própria, arcando com todas as despesas de passagem, hospedagem, alimentação e transporte.

Em razão dessa conjuntura, e também de forma inédita, o Blog do Teófilo lança a ideia de cobertura patrocinada. Se você quer ver a marca de sua empresa ou de seu negócio nas chamadas das postagem e também no final matérias da III Copa Norte Sub-20 entre em contato conosco através do e-mail teofilomesquita@yahoo.com.br, ou contactando-nos pelo celular OI 98819-2978/TIM 98207-5382, pelo in box do Facebook (Teófilo Mesquita) ou ainda pelo Whatsap 98207-5382 para fecharmos parceria.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

terça-feira, 25 de agosto de 2015

[COPA NORTE SUB-20] - Fast Clube/AM goleia Vasco da Gama/AC e está na Semifinal. Tuna Luso/PA tropeça

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Facebook de Thiago Durante
Diretor Executivo de Futebol de Base do Fast Clube/AM

Manaus/AM - O Fast Clube/AM já é Semifinalista da III Copa Norte de Futebol Sub-20. A classificação veio de forma categórica, com a goleada sobre o Vasco da Gama/AC por 7-0, no início da tarde desta terça-feira (25/08), no Estádio Francisco Moreira Vasques, em Belém/PA. Líder do Grupo B, o Tricolor de Aço volta a campo na tarde da próxima quinta-feira (27/08) para decidir a primeira colocação, contra a vice-líder Tuna Luso/PA. Independente do resultado, o representante amazonense volta a campo no sábado (29/08), para uma das Semifinais da competição. Terminar o Grupo B em primeiro lugar pode evitar um confronto semifinal contra o Paysandu/PA, em tese o time mais forte do Grupo A, adiando o possível embate para a Decisão, no domingo (30/08).

No primeiro tempo, o Fast Clube/AM abriu o marcador aos 18 minutos, em cobrança de Jackie Chan e Róbson ampliou aos 37 minutos, além de um gol de Alexsander, mal anulado. A goleada foi construída no segundo tempo, com cinco gols marcados no espaço de 20 minutos. Jackie Chan fez o terceiro fastiano aos 22 minutos. Depois de ter dois gols anulados de forma equivocada (um em cada tempo), o atacante Alexsander finalmente deixou o dele para valer, aos 26 minutos, fazendo 4-0. O quinto gol foi novamente de Jackie Chan, aos 32 minutos. Alexsander teve outro gol anulado, o terceiro, mas desta vez o tento foi irregular mesmo. Françoar aos 41 minutos e Róbson aos 44 minutos completaram a goleada.

Artilheiro da partida com três gols, o borbense Jackie Chan assumiu também a artilharia da III Copa Norte Sub-20, com quatro gols. A vice-artilharia é dividida por Edmilson e Romário, ambos jogadores do Paysandu/PA, com três gols. Em seguida aparecem Alexsander e Róbson (Fast Clube/AM) e Érick e Abeny (Tuna Luso/AM), com dois gols marcados. Na partida principal do Estádio Francisco Moreira Vasques, a Tuna Luso/AP penou para empatar com o Santos/AP em 1-1, com seu marcado nos acréscimos, fruto de um pênalti duvidoso.

Ficha Técnica:
Fast Clube/AM 7-0 Vasco da Gama/AC
Terça-feira, 25 de agosto de 2015, às 13h (de Manaus/AM)
III Copa Norte de Futebol Sub-20
Segunda Rodada da Fase Classificatória - Grupo B
Estádio Francisco Moreira Vasques, o Souza, em Belém/PA
Árbitro: Marcelo Silva Ramos/PA
Assistente 1: Ducival da Silva Brito/PA
Assistente 2: Anastácio da Silva Borcem/PA
4º Árbitro: Lucélia Braga Ferreira/PA
Assessor: Joel Silva dos Santos/PA
Gols: Jackie Chan (pênalti) 18 e Róbson 37 minutos do primeiro tempo. Jackie Chan 22, Alexsander 26, Jackie Chan 32, Françoar 41 e Róbson 44 minutos do segundo tempo.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

[COPA NORTE SUB-20] - Paysandu/PA goleia de novo e já é Semifinalista

Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM- A segunda rodada do Grupo A da III da Copa Norte de Futebol Sub-20 foi disputada na manhã desta segunda-feira (24/08), no Estádio Leônidas Sodré de Castro, a Curuzú, em Belém/PA. Os resultados garantiram a classificação antecipada do Paysandu/PA para as Semifinais da competição, mas deixou a segunda vaga aberta, a ser definida na terceira e última rodada, na tarde da próxima quarta-feira (26/08).

Na partida preliminar, disputada às 8 horas local, o Gurupi/TO perdeu a chance de se garantir na Semifinal e deixou o São Raimundo/RR ainda na briga pela vaga, graças a vitória por 3-1. O Gurupi/TO saiu na frente, gol de Rudnei cobrando pênalti aos 4 minutos do segundo tempo e mantinha a vitória e a vaga até aos 37 minutos do segundo tempo, quando Kaio Cristian empatou a partida. A virada do São Raimundo/RR veio com gols de Sabonete, aos 41 minutos, e Ricardo aos 44 minutos. O próximo adversário do Gurupi/TO vai ser o irresistível Paysandu/PA, enquanto o São Raimundo/RR joga pela vitória contra o saco de pancadas, Rolim de Moura/RO.

O Paysandu/PA goleou de novo, na partida principal da rodada dupla, metendo 6-0 no Rolim de Moura/RO. Lucas Geovane abriu o marcador para o Papão da Curuzú. Edmilson aumentou para 2-0, Diogo Daniel fez o terceiro, Jeferson aumentou para 4-0 e Romário fechou a goleada, anotando o quinto e o sexto do Paysandu/PA.

Os clubes do Grupo B entram em campo na tarde desta terça-feira (25/08), no Estádio Francisco Vasques, o Souza, em Belém/PA. A partir das 13 horas (de Manaus/AM), o Fast Clube/AM volta a campo para enfrentar o Vasco da Gama/AC na preliminar e, no jogo de fundo, a Tuna Luso/PA enfrenta o Santos/AP. Em caso de vitórias de Fast Clube/AM e Tuna Luso/PA, os dois times se classificam antecipadamente e jogam na terceira e última rodada da Fase de Grupos, na próxima quinta-feira (27/08) para a definição do Campeão do Grupo.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[FUTSAL] - Corinthians Manaus/AM vence Palas Atena/AM e conquista título do Sub-13 da Liga Amazonense

Texto e Foto: Willian D'Ângelo/Assessoria
Manaus/AM - Jogando de forma ofensiva e com muita determinação, o Corinthians Manaus/AM venceu o Palas Atena/AM por 3-0 no Ginásio Casimiro de Abreu, conquistando o título do Campeonato da Categoria Sub-13 da Liga Amazonense de Futsal (LAF). Os gols foram marcados por Gustavo (2x) e Ronald. Herrison, Ronald e Gustavo foram os destaques do Timão na grande final da LAF. Na preliminar, em jogo válido pela Fase Classificatória da Categoria Sub-9, o Palas Atena/AM ficou no empate de 1-1 com o Amigos do Ademir/AM.

O Corinthians Manaus/AM foi campeão com Herrison Cardoso, Alessandro Júnior, Ronald Vitor, Jonathan Araújo, Gustavo Oliveira, Sérgio Vítor, Leonardo Lincon, Guilherme Araújo, Davi Wesley e Alan Matheus.

O Palas Atena/AM perdeu com Yan Ozzy, Diego Pereira, Herbert Andrey, Edinaldo Caldeira, Darlysson Breno, José Pedro, Matheus Cardozo, João Felipe, Marcos Gabriel, Josué Luiz, Erivelton Lopes, Luiz Paulo, Everton Pinto, Israel Mota, Luiz Felipe dos Santos, Hugo Medeiros e Pedro Gabriel. A arbitragem foi de Neiran Fernandes e Walldo Maciel.

Na abertura do Campeonato da Liga Amazonense de Futsal Sub-11 Masculino, com jogos disputados no Ginásio Denizar Rivail os resultados foram:

CIMP/AM 0-2 Escolinha do Bolinha/AM
Imperial/AM 1-7 Martha Falcão/AM
Amigos do Ademir/AM 6-2 Escolinha Menezes/AM
Corinthians Manaus/AM 0-6 Palas Atena/AM
Sensação da Raiz/AM 5-1 Escolinha do Clipper Parque 10

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[SÉRIE D 2015] - Rio Branco/AC vence Náutico/RR com dois gols de Charles

Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM - O Rio Branco/AC fez seu dever de casa e venceu o Náutico/RR por 2-1, na tarde/noite deste domingo (23/08), jogando na Arena da Floresta, em Rio Branco/AC. Com a vitória, o time manteve a vice-liderança do Grupo A1 do Campeonato Brasileiro da Quarta Divisão, a Série D, com 11 pontos, enquanto o Náutico/RR estacionou em um ponto ganho e está, matematicamente, eliminado. O representante do Amazonas, o Nacional/AM, que vinha em situação difícil, ficou ainda mais longe das chances de classificação: precisa vencer seus três jogos restantes para chegar a 13 pontos e torcer contra o Rio Branco/AC, que ainda joga contra o Nacional/AM em Manaus/AM no próximo dia 31/08 e fecha sua participação na Fase de Grupos contra o Clube do Remo/PA na Arena da Floresta, no dia 06 de setembro.

O Rio Branco/AC entrou em campo com o peso de estar a dois jogos sem vencer na competição, o que acarretou mudanças no seu comando técnico, com a estreia de Édson Júnior no lugar de Nei Gaúcho. O goleiro Stanley, do Náutico/RR, grande destaque da vitória contra o Clube do Remo/PA, começou a partida fazendo defesas fáceis, em razão do pouco poderio ofensivo do Rio Branco/AC. Somente a partir dos 10 minutos é que a partida começou a melhorar. Kássio aos 10 minutos, Robinho aos 16 minutos e Evandro Russo aos 19 minutos tentaram de fora da área, mas sem direção e perigo.

O Náutico/RR quase abriu o marcador em sua primeira chegada ofensiva. Depois de cobrança de escanteio, Thiago Vinícius cabeceou e Pedro Balú tirou a bola em cima da linha, embaixo da meta de Ricardo Vilar. Logo em seguida houve paralisação por tempo técnico, de dois minutos, para reidratação dos jogadores, em razão do forte calor. No retorno da partida, o Náutico/RR voltou a assustar. Em cobrança de falta na área, o zagueiro Jonathan cabeceou com perigo. Em resposta, no minuto seguinte, o Rio Branco/AC criou perigo também em cobrança de escanteio, de Thiaguinho, com a bola passando na frente do gol com perigo. No rebote, Evandro Russo arriscou, mas longe do gol de novo.

Aos 34 minutos, Joel lançou a bola na área do Náutico/RR e a zaga roraimense tirou para escanteio. Após a cobrança, Charles apareceu por trás da defesa e abriu o marcador, aos 35 minutos, em lance de oportunismo. No final do primeiro tempo, Carciano fez falta em Rian e na cobrança do próprio Rian, Ricardo Vilar soltou a bola, mas havia jogador do Náutico/RR em impedimento, com o lance sendo invalidado.

O goleiro Stanley não voltou para o segundo tempo, substituído por Leandro. O Rio Branco/AC começou o segundo tempo com mais presença ofensiva, mas em menos de cinco minutos, Evandro Russo foi flagrado duas vezes em impedimento. Aos seis minutos Robinho cruzou na área, o goleiro Leandro tirou de soco e na sobra André Lima perdeu a chance de ampliar o marcador. Dois minutos depois o zagueiro Carciano se aventurou ao ataque, mas cabeceou para fora.

A insistência foi premiada aos 12 minutos, novamente por intermédio de Charles, após cobrança de falta de Evandro Russo e no rebote do goleiro Leandro. Imediatamente o treinador Marcelo Pereira fez duas alterações no Náutico/RR, tirando Luiz Felipe e Rian e colocando em campo Hemílio e Alex, queimando todas as suas opções de mudanças. Três minutos depois, Édson Júnior também mudou o Rio Branco/AC, sacando Robinho e André Luiz e efetivando Dudu Mandai e Jeferson.

O Rio Branco/AC passou a controlar o jogo de forma tranquila. Aos 34 minutos, Evandro Russo recebeu passe de Charles e bateu para o gol, com a bola explodindo na trave de Leandro, que fez grande defesa no rebote, mandando a escanteio novo chute de Evandro Russo. Na cobrança do escanteio, o zagueiro Martinez cabeceia por cima do gol. Em cobrança de falta de Jeferson, aos 47 minutos, Leandro fez boa defesa para escanteio. No último minuto, em cobrança de falta na área, o artilheiro Washington diminuiu o placar. Mas não dava tempo para reação maior.

Ficha Técnica:
Rio Branco/AC 2-1 Náutico/RR
Domingo, 23 de agosto de 2015, às 18h30
Campeonato Brasileiro da Quarta Divisão - Série D
Sétima Rodada da Primeira Fase - Grupo A1
Arena da Floresta, em Rio Branco/AC
Árbitro: Marcelo Alves dos Santos/MT
Assistente 1: Rener Santos de Carvalho/AC
Assistente 2: Jean Carlos Rodrigues da Silva/AC
4° Árbitro: Fábio Santos de Santana/AC
Assessor: Josemir Raulino de Amorim/AC
Delegado: Leandro Santos Rodrigues/AC
Renda: R$ 11.070,00
Público pagante: 984
Cartões amarelos: Anderson Peixe 10 e Evandro Russo 19 minutos do segundo tempo.
Exclusão: Marcelo Pereira 30 minutos do segundo tempo.
Gols: Charles 35 minutos do primeiro tempo. Charles 12 e Washington 48 minutos do segundo tempo.
Rio Branco/AC: Ricardo Vilar; Pedro Balú, Carciano, Martinez e Thiaguinho; Kássio (Felipe Recife 25/2º), Joel, André Lima (Jeferson 17/2º), Evandro Russo e Robinho (Dudu Mandai 17/2º); Charles. Treinador: Édson Júnior.
Suplentes: Roger Kath, Tharle Jarques, Marcelo Felber, João Carlos, Léo, Felipe Recife, Dudu Mandai, Jeferson e Giancarlo.
Náutico/RR: Stanley (Leandro, no intervalo); Luiz Felipe (Alex 14/2º), Alan Caruarú, Jhonatan e Anderson Peixe; Wandão, Dudé e Heitor; Rian (Hemílio 14/2º), Thiago Vinícius e Washington. Treinador: Marcelo Pereira.
Suplentes: Leandro, Bruninho, Hemílio, Alex e Fábio.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

domingo, 23 de agosto de 2015

[COPA NORTE SUB-20] - Fast Clube/AM estreia vencendo Santos/AP

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Facebook de Thiago Durante
Diretor Executivo de Futebol de Base do Fast Clube/AM

Manaus/AM- O representante do Amazonas na III Copa Norte de Futebol Sub-20 estreou com vitória. Com jogadores que já disputaram a Copa Norte (Edição 2014) e a Taça São Paulo de Juniores deste ano, o Fast Clube/AM superou a expectativa da estreia e venceu o Santos/AP, que está em sua segunda participação, em partida disputada no início da tarde deste domingo (23/08), no Estádio Francisco Vasques, em Belém/PA.

No primeiro tempo, Jackie Chan, que disputou a competição em 2014 pelo Tarumã/AM, abriu o marcador para o Fast Clube/AM aos 28 minutos. Na etapa final, aos 25 minutos, Alexsander definiu o placar em 2-0. Funcionou o poderio ofensivo do Tricolor de Aço. Jackie Chan foi artilheiro do Campeonato Amazonense Sub-18 (Juvenil) de 2013, defendendo o Penarol/AM. Alexsander confirmou seu faro de artilheiro - foi goleador do Campeonato Amazonense Sub-16 (Infantil) em 2011 com 21 gols pelo Nacional/AM, do Campeonato Amazonense Sub-18 (Juvenil) em 2013 com 23 gols pelo Tarumã/AM e do Campeonato Amazonense Sub-20 em 2015 com 19 gols pelo Fast Clube/AM.

Com os resultados da rodada (no outro jogo do Grupo B a Tuna Luso/PA goleou o Vasco da Gama/AC por 8-0), o Fast Clube/AM se classifica antecipadamente para as Semifinais se vencer o Vasco da Gama/AC, nesta terça-feira (25/08), novamente às 13 horas de Manaus/AM. A III Copa Norte Sub-20 terá dois jogos nesta segunda-feira (24/08), válidos pelo Grupo 1: São Raimundo/RR - Gurupi/TO, às 08 horas (de Manaus/AM) e Paysandu/PA - Rolim de Moura/RO, às 10 horas (também de Manaus/AM), em rodada dupla no Estádio Leônidas de Sodré Castro, a Curuzú.

Ficha Técnica:
Santos/AP 0-2 Fast Clube/AM
Domingo, 23 de agosto de 2015, às 13h (de Manaus/AM)
III Copa Norte de Futebol Sub-20
Primeira Rodada da Fase Classificatória - Grupo B
Estádio Francisco Vasques, o Souza, em Belém/PA
Árbitro: Mosenias Machado dos Santos Galvão/PA
Assistente 1: Rafael Ferreira Vieira/PA
Assistente 2: Ruth Helena de Araújo Soares/PA
4º Árbitro: Cleonildo de Miranda Barros/PA
Assessor: José Gilberto Guilhermino de Abreu/PA
Gols: Jackie Chan 28 minutos do primeiro tempo e Alexsander 25 minutos do segundo tempo.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[COPA NORTE SUB-20] - Gurupi/TO e Paysandu/PA estreiam com vitória

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Divulgação Federação Paraense de Futebol
www.fpfpara.com.br

Manaus/AM- A 3ª Edição da Copa Norte de Futebol Sub-20 foi aberta neste sábado (22/08), com rodada dupla no Estádio Leônidas Sodré de Castro, a Curuzú, em Belém/PA, em jogos válidos pelo Grupo A da competição. Gurupi/TO e Paysandu/PA levaram a melhor e estrearam com vitórias, sobre Rolim de Moura/RO e São Raimundo/RR, respectivamente.

Na partida preliminar, o Gurupi/TO (foto da postagem) venceu o Rolim de Moura/RO por 3-0. O primeiro gol aconteceu aos 43 minutos do primeiro tempo, marcado por Jean, que inscreveu seu nome na história da competição, pois foi o 100º gol da Copa Norte de Futebol Sub-20, que começou a ser disputada em 2013. O Gurupi/TO aumentou para 2-0 com Édson Júnior aos 18 minutos do segundo tempo e Tharles fechou o placar aos 30 minutos.

No jogo de fundo, o Paysandu/PA estreou goleando o São Raimundo/RR por 4-1, em jogo relativamente fácil. Ainda assim, o treinador Samuel Cândido foi expulso de campo. Edmilson, duas vezes no primeiro tempo, aos 6 e aos 24 minutos, marcou para o Paysandu/PA. No segundo tempo, aos 8 minutos, Kaio descontou para o São Raimundo/RR. Mas Romário aos 32 minutos e Leandro Carvalho aos 35 minutos, completaram a goleada do Papão da Curuzú.

A III Copa Norte Sub-20 tem continuidade hoje, com a rodada inaugural do Grupo B, no Estádio Francisco Vasques, o Souza. Às 13 horas (horário de Manaus/AM), o Fast Clube/AM enfrenta o Santos/AP e a partir das 15 horas (também horário de Manaus/AM), a Tuna Luso/PA pega o Vasco da Gama/AC.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[SÉRIE D 2015] - Clube do Remo/PA vence e complica ainda mais a situação do Nacional/AM

Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM - Matematicamente, ainda há chances; remotas, mas ainda há chances. Tecnicamente houve melhoras, principalmente no primeiro tempo; pequenas melhoras é verdade, mas que foram engolidas pelas falhas individuais defensivas. Psicologicamente... Bem isso é uma incógnita. Tendo ainda pela frente Rio Branco/AC no dia 31/08 em Manaus/AM, Vilhena/RO no dia 06/09 fora de casa e Náutico/RR no dia 13/09 novamente em Manaus/AM, o time depende de uma difícil combinação de resultados. Já o Clube do Remo/PA deu um passo importante para avançar à Segunda Fase do Campeonato Brasileiro da Quarta Divisão, a Série D, coma a vitória por 3-2, na tarde/noite deste sábado (22/08), na Arena Verde, em Paragominas/PA.

Um sinal de que as coisas não seriam boas para o Nacional/AM foi um cartão amarelo com 20 segundos para Lídio, em tese o responsável pela armação das jogadas nacionalinas. A primeira conclusão do Nacional/AM, aos 4 minutos de jogo, foi de um volante, Felipe Manoel, mas por cima da meta de Fernando Henrique. Quatro minutos depois, Eduardo Ramos lançou Levy que, dentro da área, bateu rasteiro e forte, com muito perigo. Aos 16 minutos Edcléber teve liberdade na entrada da área e não titubeou, chutando forte, com a bola batendo no travessão e morrendo no fundo das redes de Rodrigo Ramos, piorando a situação do Nacional/AM.

Apesar do susto, o Nacional/AM quase empatou em seguida, aos 24 minutos, quando Felipe fez jogada pela direita e cruzou rasteiro, com Thiago Floriano tentando de carrinho, perdendo por pouco. Um minuto depois, Levy deu a resposta pela direita e cruzou rasteiro e forte, com Gílson cortando para escanteio. Aos 29 minutos, o árbitro deixou de marcar pênalti em jogada ofensiva nacionalina. Peter cobrou falta do meio de campo, jogando na área, onde Gílson escorou de cabeça, Nando passou pela bola e Felipe, quando ia concluir a gol, foi claramente empurrado por Chicão, sendo desequilibrando, com a bola tocando no atacante e saindo pela linha de fundo.

Em cobrança de falta de Rafael Vieira na área, aos 30 minutos, Thiago Floriano cabeceou para difícil defesa de Fernando Henrique, no canto rasteiro direito e no rebote Maurício Leal perdeu de forma incrível, batendo para fora, muito longe do gol. Sete minutos depois, o zagueiro Gílson falhou clamorosamente em lance na lateral-esquerda e Sílvio rolou para a entrada da área, onde tinha três jogadores remista. A conclusão foi de Chicão, com Rodrigo Ramos fazendo outra boa defesa, no canto direito, salvando o segundo gol e espalmando para escanteio. Peter cobrou falta na área, aos 40 minutos e Felipe, em posição de impedimento, não marcado pela arbitragem, cabeceia forte, para grande defesa de Fernando Henrique, que mandou a escanteio.

No segundo tempo, o Clube do Remo/PA perdeu Edcléber, logo aos 6 minutos de jogo, por contusão, sendo substituído por Juninho. No minuto seguinte, em bola lançada na área nacionalina, Felipe Manoel deu mole para Sílvio, que bateu cruzado, por entre as pernas de Rodrigo Ramos, marcando o segundo gol remista. Imediatamente, Paulo Morgado trocou Lídio por Júnior Paraíba, em tentativa desesperada de reverter o placar. Aos 9 minutos, Aleílson faz jogada pela direita mas acabou saindo com bola e tudo. Thiago Floriano foi substituído por Romarinho, aos 11 minutos.

Felipe levou cartão amarelo aos 14 minutos. Logo em seguida, aos 18 minutos, o atacante Sílvio precisou sair, também por contusão, sendo trocado pelo volante Felipe Macena. O Clube do Remo/PA quase chegou ao terceiro gol aos 20 minutos, em cobrança de escanteio pelo lado direito, fechado, com Júnior Paraíba se antecipando a Henrique para fazer o corte a novo escanteio. Um minuto depois o Nacional/AM deu resposta, com Romarinho tocando por cima buscando Nando, com Fernando Henrique saindo do gol de forma providencial para fazer a defesa. Na sequência o time paraense desperdiçou mais uma chance, em contra-ataque de três jogadores contra apenas dois adversários, mas Aleílson, após cortar seu marcador, bateu em gol, para defesa de Rodrigo Ramos, tendo companheiros abertos nas pontas à espera do passe.

Paulo Morgado fez sua terceira e última alteração aos 24 minutos, colocando Thiago Verçosa na vaga de Nando. Passados três minutos, Levy rolou para Juninho que ajeitou e bateu colocado, buscando o ângulo superior esquerdo de Rodrigo Ramos, que fez mais uma bela defesa, mandando para escanteio. O esforço do paredão nacionalino não adiantou muito pois na cobrança de escanteio pelo lado direito, o zagueiro Henrique se abaixou, praticamente se ajoelhando, para cabecear para o gol, marcando o terceiro, embora marcado pelo grandalhão Gílson.

Mais uma vez o Nacional/AM demonstrou não ter sentido o gol, buscando de pronto a reação. E ela começou a ser desenhada aos 30 minutos, quando Romarinho pressionou a saída de bola remista, forçando o erro de Felipe Macena, que tentou o recuo de bola mas acabou dando um grande passe para Felipe, livre dentro da área, com tempo de ajeitar, olhar o posicionamento de Fernando Henrique e escolher o canto, no caso o esquerdo, diminuindo o placar. Porém, trinta segundos depois, Felipe voltou a cometer falta violenta, levando o segundo cartão amarelo e sendo expulso da partida.

Aos 43 minutos, Peter apertou a marcação e novamente Felipe Macena entregou a rapadura. O lateral nacionalino tocou para Júnior Paraíba, que diminuiu mais ainda, reacendendo a esperança nacionalina em chegar ao empate. No minuto seguinte, Gílson saiu jogando errado e Léo Paraíba recebeu cruzamento da direita, livre para marcar o quarto gol, mas Maurício Leal chegou atrapalhando o atacante remista batendo muito por cima do gol. Nem os cinco minutos de acréscimos foi suficiente para mudar o placar da partida.

Ficha Técnica:
Clube do Remo/AM 3-2 Nacional/AM
Sábado, 22 de agosto de 2015, às 17h30
Campeonato Brasileiro da Quarta Divisão - Série D
Sétima Rodada da Primeira Fase - Grupo A1
Arena Verde, em Paragominas/PA
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão/GO
Assistente 1: Luiz Diego Nascimento Lopes/PA
Assistente 2: Heronildo Freitas da Silva/PA
4° Árbitro: Djonaltan Costa de Araújo/PA
Assessor: José Gilberto Guilhermino de Abreu/PA
Renda: R$ 15.244,00
Público pagante: 970

Cartões amarelos: Lídio 20 segundos, Max 8, Rafael Vieira 21 e Thiago Floriano 44 minutos do primeiro tempo. Felipe 14 e Fernando Henrique 36 minutos do segundo tempo
Expulsão: Felipe 30 minutos do segundo tempo.
Gols: Edcléber 16 minutos do primeiro tempo. Sílvio 7, Henrique 28, Felipe 30 e Júnior Paraíba 43 minutos do segundo tempo.

Clube do Remo/PA: Fernando Henrique; Levy, Henrique, Max e Alex Rhuan; Leandro Santos, Chicão, Edcléber (Juninho 6/2º) e Eduardo Ramos; Sílvio (Felipe Macena 18/2º) e Aleílson (Léo Paraíba 39/2º). Treinador: Cacaio.
Suplente: Fabiano Bolla, GAbriel, Igor João, Felipe Macena, Ratinho, Juninho, Welthon, Rafael Paty e Léo Paraíba.
Nacional/AM: Rodrigo Ramos; Peter, Maurício Leal, Gílson e Rafael Vieira; Dênis, Felipe Manoel e Lídio (Júnior Paraíba 7/2º); Felipe, Nando (Thiago Verçosa 24/2º) e Thiago Floriano (Romarinho 11/2º). Treinador: Paulo Morgado.
Suplentes: Wágner, Kelvin, João Rodrigo, Bruno Potiguar, Romarinho, Thiago Verçosa e Júnior Paraíba.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita