sexta-feira, 18 de setembro de 2015

[CAMPEONATO AMAZONENSE JUVENIL 2015] - Nacional/AM goleia Tarumã/AM e assume liderança

Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM - Dois jogos completaram, na tarde desta quinta-feira (17/09), a segunda rodada do Campeonato Amazonense Juvenil 2015. No Estádio Ismael Benigno, a Colina, o Cliper/AM estreou com derrota, perdendo para o ASA/AM por 0-1, gol de Esquerdinha. A vitória levou o ASA/AM para a quarta posição, enquanto o Cliper/AM ficou em oitavo lugar.

No Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, o Nacional/AM goleou o Tarumã/AM por 6-1 e assumiu a liderança isolada, com o Tarumã caindo para quinto lugar. Thiago marcou os dois primeiros gols do Mais Querido. Matheus Queiróz, do Nacional/AM foi expulso quando seu time vencia por 2-0. Birinha, de pênalti, fez o terceiro e Thiago voltou a marcar, estabelecendo 4-0 no placar. O Tarumã/AM descontou de pênalti. Birinha fez o quinto gol. O Nacional/AM ainda marcou mais um, fechando o placar em 6-1.

A terceira rodada começa nesta sexta-feira (18/09), com Fast Clube/AM - Manaus FC/AM, no Estádio da Ulbra, a partir das 14 horas. Sábado (19/09) pela manhã serão três jogos: Cliper/AM - Nacional Borbense/AM no Estádio Ismael Benigno, a Colina; Nacional/AM - Operário/AM no Centro de Treinamento Barbosa Filho; e Sul América/AM - Tarumã/AM, no Campo do Conjunto Oswaldo Frota.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

[CAMPEONATO BRASILEIRO FEMININO 2015] - Ferroviária/SP goleia Iranduba/AM e assume liderança do grupo pelo saldo de gols

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Willian D'Ângelo

Manaus/AM - Em seu primeiro jogo em Manaus/AM pelo Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino, o Iranduba/AM não resistiu ao maior poderio técnico da Ferroviária/SP, atual Campeã Brasileira e foi derrotado por 1-7. Consciente da diferença entre as realidades, principalmente quanto a apoio e estrutura, o treinador do time amazonense Olavo Dantas, ressaltou que o importante é tirar lições, enxergando na oportunidade dos confrontos contra Santos/SP, Rio Preto/SP e Ferroviária/SP, um aprendizado através do intercâmbio.

Os gols foram surgindo naturalmente e aos 7 minutos, após cobrança de escanteio de Rafaela pelo lado direito ofensivo e bate-rebate na área do Iranduba/AM, Tamires aproveitou um dos rebotes e mandou para o fundo das redes da goleira Wilce, abrindo o placar. O segundo gol surgiu aos 20 minutos, em contra-ataque puxado por Tabatha de novo pelo lado direito, depois de um desarme no campo ofensivo do time amazonense e após bola chutada na trave direita, com Ana Maria marcando na sobra. Pat, aos 43 minutos, e Ana Maria um minuto depois fecharam o placar do primeiro tempo em 4-0.

Para o segundo tempo, a artilheira Thabata (três gols na competição) não voltou, sendo substituída por Carina. E logo aos 3 minutos a Ferroviária/SP chegou ao quinto gol, novamente com Tamires. Ana Maria, que já havia marcado dois gols, cruzou na cabeça de Daiane, aos 17 minutos, que marcou o sexto gol do time de Araraquara/SP. Numa falha gritante da goleria Thaís, Bia aproveitou para marcar o gol irandubense, aos 33 minutos. Ainda deu tempo para Carina marcar o sétimo e fechar o placar da partida, aos 36 minutos.

Ficha Técnica:
Iranduba/AM 1-7 Ferroviária/SP
Quarta-feira, 16 de setembro de 2015, às 20h (de Manaus/AM)
Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino
Segunda Rodada da Primeira Fase - Grupo 1
Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/AM
Árbitro: Edmar Campos da Encarnação/AM
Assistente 1: Anne Kesy Gomes da Sá/AM
Assistente 2: Marcos Santos Vieira/AM
4° Árbitro: Antonio Carlos Pequeno Frutuoso/AM
Assessor: Luis Cláudio Rodrigues da Costa/AM
Gols: Tamires 7, Ana Maria 20, Pat 43 e Ana Maria 44 minutos do primeiro tempo. Tamires 3, Daiane 17, Bia 33 e Carina 36 minutos do segundo tempo.
Iranduba/AM: Wilce; Maisa, Lyndyara, (Jú, no intervalo) Joyce Kelle e Monalisa (Ariana Kelly 29/1º); Craque, Rose (Larissa 34/2º), Nilda e Bia; Deise e Lú. Treinador: Olavo Dantas.
Suplentes: Naiara, Ariana Kelly, Jaqueline, Larissa, Ketlen, Dayane, Jú, Sany, Carine e Tati.
Ferroviária/SP: Thaís; Daiane, Tamires, Juliana e Ana Maria; Júlia Bianchi, Nicoly, Pat e Rafaela (Isabela 20/2º); Nenê (Inojo 34/2º) e Tabatha (Carina, no intervalo). Treinador: Leonardo André.
Suplentes: Bruna, Isabela, Thaini, Carol, Luana, Inojo, Priscila e Carina.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[CAMPEONATO AMAZONENSE JUVENIL 2015] - Empates nos dois jogos da abertura da segunda rodada

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Facebook do Manaus FC/AM
www.facebook.com/ManausFutebolClube

Manaus/AM - Dois empates nos dois jogos disputados na tarde desta quarta-feira (16/09), na abertura da segunda rodada do Campeonato Amazonense Juvenil 2015. Fast Clube/AM e Sul América/AM, vencedores na rodada inaugural, entraram em campo sob a expectativa da segunda vitória, mas esbarraram em seus adversários, Nacional Borbense/AM e Manaus FC/AM, respectivamente.

No Campo do Conjunto Oswaldo Frota, Sul América/AM e Manaus FC/AM, empataram em 1-1. O Manaus FC/AM saiu na frente, mas o Sul América/AM empatou de pênalti, com o artilheiro Cristhian Magno marcando. Na Ulbra, o Fast Clube/AM vencia por 3-1, com três gols de Matheusinho, mas acabou cedendo o empate para o Nacional Borbense/AM, perdendo a oportunidade de se isolar na liderança. De consolo, Matheusinho assumiu a ponta da artilharia, com 4 gols marcados.

A segunda rodada será completada nesta quinta-feira (18/09) com dois jogos. No Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, Tarumã/AM e Nacional/AM, que venceram na primeira rodada, disputam a chance de assumir a liderança. No Estádio Ismael Benigno, a Colina, ASA/AM e Cliper/AM jogam em busca dos primeiros pontos.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[CAMPEONATO AMAZONENSE INFANTIL 2015] - Manaus FC/AM vence Sul América/AM no confronto de líderes

Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM - O Campeonato Amazonense Infantil 2015 teve rodada completa, na tarde desta quarta-feira (16/09), com quatro jogos disputados. Destaque para o Manaus FC/AM, que assumiu a liderança isolada da competição ao vencer o Sul América/AM por 1-0, no campo do Conjunto Oswaldo Américo, Zona Norte de Manaus/AM, gol de Lucas Costa.

Depois de vencer bem na rodada inaugural, o Sul América/AM entrou em campo com quatro alterações e o time sentiu, perdendo em conjunto e entrosamento. Foi uma partida disputada, pegada. Com a derrota o Trem da Colina perdeu a liderança e caiu para a terceira posição. O Manaus FC/AM tem desempenho cirúrgico. Em dois jogos, duas vitórias por 1-0, sempre com gol de Lucas Costa.

A vice-liderança agora é do Tarumã/AM, que goleou o Nacional/AM por 4-0, no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith. O Cliper/AM estreou na competição e já assumiu a quarta-posição, com a vitória sobre o ASA/AM por 2-0, no Estádio Ismael Benigno, a Colina. Na Ulbra, o Fast Clube/AM perdeu para o Holanda/AM por 0-2, sofrendo sua segunda derrota. O Nacional/AM, também com duas derrotas, é o lanterna da competição, que tem nove clubes e classifica oito para as Oitavas-de-Final.

A terceira rodada será disputada neste sábado (19/09), com quatro jogos, todos pela manhã. O líder Manaus FC/AM vai ao Estádio da Ulbra, enfrentar o oitavo colocado, o Fast Clube/AM. Tarumã/AM e Sul América/AM, segundo e terceiro colocados, duelam no Campo do Conjunto Oswaldo Frota. Quarto colocado, o Cliper/AM recebe o Holanda/AM (sexto na classificação), no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith. O Operário/AM, quinto colocado, enfrenta o lanterna da competição, o Nacional/AM, no Centro de Treinamento Barbosa Filho.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

terça-feira, 15 de setembro de 2015

[COPA AMAZONAS 2015] - Holanda/AM vence amistoso preparatório

Texto e Foto: Emanuel Sports
Manaus/AM - De volta ao futebol profissional, o Holanda/AM intensifica os treinamentos físicos e táticos de olho na estreia na Copa Amazonas 2015. O adversário da primeira rodada será o Fast Clube/AM, dia 10 de outubro, às 19h, no estádio Carlos Zamith. A competição do segundo semestre, que conta ainda com Manaus FC/AM, Operário/AM e Nacional Borbense/AM, dará ao Campeão uma vaga na Copa Verde 2016.

Na tarde do último domingo (13/09), o time do técnico Alencar Viana venceu o Millerplast por 1-0, em amistoso realizado no campo do Clube dos Empregados da Petrobras (CEPE). O gol foi marcado pelo atacante Elson Bala, de pênalti.

“Estamos trabalhando faz uns 10 a 12 dias, numa pegada forte. O treino foi muito bom para o nosso time e fechamos a semana com chave de ouro, vencendo um adversário de qualidade e formado por ex-profissionais”, analisou o técnico Alencar Viana. O Millerplast tem em seu elenco o atacante Zé Rebite, ex-São Raimundo/AM e Nacional/AM, o volante Batista (ex-Rio Negro/AM, Princesa do Solimões/AM e Grêmio Coariense/AM), o meia Lemichel (ex-Fast Clube/AM e Nilton Lins/AM), o atacante Fábio Marcus (ex-Rio Negro/AM), o zagueiro William Xuxa (ex-Nacional/AM), o volante Paulista (ex-São Raimundo/AM), o atacante Fabinho (ex-São Raimundo/AM, Princesa do Solimões/AM, Sul América/AM, Independência/AC e Nacional/SP), entre outros.

De acordo com o presidente do Holanda/AM, Leão Braúna, o elenco da Copa Amazonas é formado basicamente por jogadores de Manaus/AM e do Rio Preto da Eva/AM. O clube também trouxe atletas de fora do Amazonas para reforçar o grupo.

O Holanda/AM jogou o amistoso com o Millerplast com Lucas Silva; Vinícius Vieira, Adriano, Júnior e Leonardo; Vaca, Júlio, Gabriel e Cleberson; Dener e Elson Bala.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

[SÉRIE D 2015] - Nacional/AM vence na despedida com jogadores amazonenses se destacando

Teófilo Benarrós de Mesquita
Manaus/AM - Com grandes atuações de André Luiz, Raílson, Hayllan e Weverton, todos amazonenses, o Nacional/AM se despediu do Campeonato Brasileiro da Quarta Divisão, a Série D, vencendo o Náutico/RR por 2-1, na tarde/noite deste domingo (13/09), na Arena Vivaldo Lima, em Manaus/AM. A boa atuação do quarteto local serviu para amenizar um pouco a aura de melancolia que invadiu o Vivaldão, que recebeu seu pior público desde que se tornou Arena, em 2014. Apenas 260 torcedores compareceram ao jogo, que teve também a pior renda da nova fase do Estádio: R$ 2.385,00. E ainda teve o atraso para reinício do segundo tempo, em razão do deslocamento da ambulância para o Hospital Dr. João Lúcio Machado, na Zona Leste da cidade, onde o jogador Alex, do Náutico/RR, recebeu atendimento após sofrer um baque na cabeça. Sem falar nas faixas de protestos penduradas nos gradis da Arena...

O Nacional/AM começou o jogo melhor, envolvente na troca de passes e criando muitas oportunidades de gols. Com vinte minutos de jogo vencia por 2-0, mas bem poderia já estar goleando. Logo aos 2 minutos, o zagueiro Robinho fez desarme na defesa e lançou Weverton que sozinho contra três marcadores acabou tocando para ninguém, dentro da área. Dois minutos depois, Hayllan desceu pela esquerda, chegou à linha de fundo e cruzou para trás, com Alan cortando o perigo. Na sequência, André Luiz ganhou na intermediária avançou e bateu, muito mal, se precipitando na conclusão. Um minuto depois, André Luiz chegou de novo ao fundo e cruzou, com a bola desviando na zaga e saindo em escanteio. Aos 6 minutos Hayllan fez grande jogada pela direita, tabelou com Weverton e na hora da conclusão se desequilibrou, caindo na área e pedindo pênalti.

Raílson arrancou desde o meio de campo, aos 12 minutos, abrindo na direita para Peter, que cruzou rasteiro com Weverton perdendo um gol incrível, no pé da trave esquerda, batendo para fora. Continuando a blitz, no minuto seguinte Raílson dominou uma sobra de bola na entrada da área e bateu, com a bola desviando e saindo em escanteio. Na cobrança curta de Raílson, André Luiz recebeu e cruzou na área, onde Hayllan, livre, marcou eu primeiro gol pelo Nacional/AM, na Arena Vivaldo Lima. Dois minutos depois do gol, André Luiz cobrou lateral para Raílson, que entrou na área e cruzou para Hayllan, livre, perder o segundo, batendo para fora. Aos 18 minutos, em mais uma jogada ofensiva envolvente dos atacantes amazonenses, Raíson lançou Hayllan na cara do gol, e o jovem meia bateu meio displicente, para defesa de Leandro com o pé, tendo Weverton livre no meio. André Luiz fez mais uma boa jogada pela esquerda, aos 19 minutos, ganhando escanteio.

O segundo gol aconteceu aos 20 minutos, quando Raílson tocou para Peter, deslocado pelo lado esquerdo. Livre, o lateral penetrou até quase a pequena área e cruzou rasteiro, para Weverton só escorar para o fundo das redes. Após o segundo gol, o ímpeto nacionalino diminuiu e o Náutico criou algumas situações de perigo. Aos 26 minutos, Thiago tabelou com Washington, entrou na área, driblou Wágner mas ficou sem ângulo; quando conseguiu tocar para o meio da pequena área, Robinho cortou o perigo, dominando e saindo jogando. Dênis pegou uma sobra de bola na entrada da área, aos 31 minutos, mas bateu muito mal.

O meia Alex, que aos 16 minutos sofrera contusão, em disputa aérea, precisando de atendimento e voltando para o jogo com uma touca de natação na cabeça, não aguentou o ritmo e acabou caindo em campo, aos 34 minutos, substituído por Jhonatan, sendo levado de ambulância para o Hospital Dr. João Lúcio Machado, aos 43 minutos, o que ocasionou atraso no reinício do segundo tempo. Depois dos 15 minutos regulamentares, foi necessário mais 39 minutos de espera. O Nacional/AM voltou com uma alteração, com João Rodrigo no lugar do zagueiro Robinho. Paulo Morgado passou Peter para jogar de meia, ocupando espaços pela direita, triangulando com João Rodrigo e Hayllan.

E o Nacional/AM começou o segundo tempo criando chances. Aos 4 minutos, Dênis conduziu pelo meio e tocou para Peter, que lançou de primeira, encontrando André Luiz na esquerda. O lateral teve tempo de dominar, parar, pensar e cruzar para Hayllan, que cometeu falta sobre seu marcador na tentativa de cabeceio. Dois minutos depois, Raílson fez bela enfiada para Weverton, mas Élton se antecipou bem na jogada, cortando o lance. No Náutico/RR uma mexida tática melhorou o desempenho do time. Jhonatan passou a jogar de terceiro zagueiro, fazendo companhia a Alan e Élton, com os laterais Luiz Felipe e Anderson passando a jogar mais no campo de ataque. Com o decorrer do segundo tempo, o volante Boi trocou de posição com o zagueiro Élton, com o Náutico/RR ganhando mais qualidade na saída de bola. Na frente, Thiago e Washington passaram a render mais, com apoio das jogadas armadas por Rian.
Aos 8 minutos, Washington ajeitou para Rian na entrada da área, com o meia batendo colocado, mas fraco, facilitando a defesa de Wágner. Em resposta, Raílson fez mais um bom passe para Hayllan, que gingou na frente de seu marcador mas bateu prensado. Dois minutos depois, Kelvyn errou o corte, cabeceando para cima, com Thiago dominando e avançando, perseguido por Kelvyn, e batendo forte, com a bola explodindo no travessão e saindo pela linha de fundo, em tiro de meta. Hayllan fez jogada individual aos 12 minutos, passando entre seus marcadores mas cruzando fraco na tentativa de Weverton, livre na marca do pênalti.

Raílson afunilou da esquerda para o meio, aos 15 minutos, tabelou com Weverton e bateu por cima, à esquerda da meta do goleiro Leandro. Um minuto depois, Kelvyn recebeu na esquerda mas, sem vocação para atacante, não conseguiu dar sequência positiva à jogada, recuando para Dênis, que enfiou no ponto futuro para Peter, com o jogador nacionalino batendo em cima da defesa roraimense. João Rodrigo fez uma inversão de bola completamente errada, aos 18 minutos, entregando de presente para Thiago, que dominou no meio e abriu na direita para ninguém, mas o árbitro paraense percebeu que André Luiz havia pedido bola, punindo o Nacional/AM com a chamada falta técnica.

Em mais uma troca de passes envolventes entre Dênis, André Luiz, Raílson e Weverton, aos 20 minutos, André Luiz cruzou da esquerda e Hayllan se antecipou à marcação de Élton, mas cabeceou para fora. Rian enfiou para Washington aos 25 minutos, mas o goleiro Wágner saiu bem do gol, evitando o perigo do ataque do time roraimense. O terceiro gol nacionalino por pouco não ocorreu, ainda aos 25 minutos, quando Peter cruzou da direita e Weverton, de carrinho e debaixo do gol, perdeu, tocando por cima do gol. O Náutico/RR fez sua segunda alteração, aos 25 minutos, com a entrada do lateral-direito Felipe Fogaça no lugar de Anderson, o que ocasionou também uma mudança tática, com Luiz Felipe passando a jogar na lateral-esquerda. A última substituição do Náutico/RR veio aos 31 minutos, com Rian dando lugar a Fábio.

Em jogada cheia de efeitos e plasticidade, aos 31 minutos, João Rodrigo tocou de calcanhar para Peter, entre as pernas de Luiz Felipe, com o jogador nacionalino driblando seco seu marcador, que ficou no chão, mas batendo fraco. Mesmo assim Leandro não segurou, se atrapalhando na defesa e mandando para escanteio. Três minutos depois, Maurício Leal fez falta providencial sobre Washington, levando cartão amarelo.

Após saída de bola errada pelo lado direito, o Náutico/RR trabalhou bem a jogada, com a bola de pé em pé, com passes precisos e forma inteligente, até Washington limpar o lance, deixando Kelvyn sentado, e batendo sem chances de defesa para Wágner, diminuindo o placar. Foi o sexto gol de Washigton, que passa a dividir a vice-artilharia da Série D com Nonato (Treze/PB) e Josi (Estanciano/SE). O atacante Jô (São Caetano/SP) é o artilheiro isolado da competição, com 11 gols marcados.

Após sofrer o gol, o Nacional/AM voltou a acordar para o jogo, criando e perdendo novas chances de ampliar o marcador. Aos 37 minutos, em saída rápida para o ataque, a bola foi invertida para Bruno Potiguar, que virou de novo o jogo, agora para André Luiz, com o lateral batendo muito mal para o gol, de forma completamente equivocada. Um minuto depois, Peter recebeu de Weverton, que entrou na área em velocidade, atraindo a marcação da zaga roraimense e deixando Peter livre na direita, com o lateral improvisado na meia rolando para a meia-lua, onde Lídio limpou e bateu com muito perigo, à direita de Leandro.

Raílson cruzou da direita, aos 39 minutos, na direção de Weverton, com Alan se antecipando e cortando de forma providencial, jogando para escanteio. Aos 41 minutos, João Rodrigo arrancou pelo meio, fazendo fila, mas acabou fazendo falta sobre Boi, ao adiantar demais a bola. Aos 46 minutos o jovem Érik, que fazia sua estreia, arrancou pela direita e tocou no meio para Weverton, que rolou para Lídio, na entrada da área, com o volante finalizando e a bola batendo na trave direita de Leandro, com Érik passando pela bola, no rebote. O árbitro paraense sinalizou quatro minutos de acréscimos mas terminou o jogo aos 47 minutos, logo depois da expulsão de Maurício Leal, pelo segundo cartão amarelo.

Ficha Técnica:
Nacional/AM 1-2 Náutico/RR
Domingo, 13 de setembro de 2015, às 17h00
Campeonato Brasileiro da Quarta Divisão - Série D
Décima Rodada da Primeira Fase - Grupo A1
Arena Vivaldo Lima, em Manaus/AM
Árbitro: Joelson Nazareno Ferreira Cardoso/PA
Assistente 1: Heronildo Freitas da Silva/PA
Assistente 2: Rafael Ferreira Vieira/PA
4° Árbitro: Uésclei Regison Pereira dos Santos/AM
Assessor: Vladimir Pessoa Bastos/AM
Delegado: Lázaro D'Ângelo Pinheiro/AM
Renda: R$ 2.385,00
Público presente: 260
Cartões amarelos: Luiz Felipe 28, André Luiz 34 e Robinho 42 minutos do primeiro tempo. Maurício Leal 34 e Alan 38 minutos do segundo tempo.
Expulsão: Maurício Leal 47 minutos do segundo tempo (pelo segundo cartão amarelo).
Gols: Hayllan 13 e Weverton 20 minutos do primeiro tempo. Washington 35 minutos do segundo tempo.

Nacional/AM: Wágner; Peter, Kelvin, Maurício Leal, Robinho (João Rodrigo, no intervalo) e André Luiz; Dênis, Bruno Potiguar e Raílson (Érik 43/2º); Hayllan (Lídio 32/2º) e Weverton. Treinador: Paulo Morgado.
Suplentes: Thiago Neves, João Rodrigo, Erik, Paulo Gomes, Lídio e Felipe Manoel.
Náutico/RR: Leandro; Luiz Felipe, Alan, Élton e Anderson (Felipe Fogaça 25/2º); Boi, Alex (Jhonatan 40/1º), Ygor e Rian (Fábio 31/2º); Washington e Thiago. Treinador: Adroir Bassorici.
Suplentes: Altemar, Jhonatan, Hemílo, Felipe Fogaça, Beterraba e Fábio.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

domingo, 13 de setembro de 2015

[CAMPEONATO AMAZONENSE JUVENIL 2015] - Nacional/AM e Sul América/AM goleiam; Fast Clube/AM e Tarumã/AM também vencem

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Facebook do Atleta Emerson Lima

Manaus/AM - A exemplo do Infantil, quatro jogos foram disputados na rodada inaugural do Campeonato Amazonense Juvenil 2015, na manhã deste sábado (12/09), todos em Manaus/AM. A performance geral dos clubes foi ligeiramente melhor, com 16 gols, proporcionando média de 4,00 gols por partida. Mais uma vez o time do Sul América/AM, se destacou, goleando o Nacional Borbense/AM, por 5-2, no Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/AM. O Nacional/AM também goleou, enquanto Fast Clube/AM e Tarumã/AM venceram seus compromissos.

Na Colina, o Sul América/AM (foto da postagem) abriu o marcador logo aos 3 minutos do primeiro tempo, com Richardison. Cristian Magno marcou o segundo gol, aos 15 minutos. O Nacional Borbense/AM esboçou uma reação e diminuiu com Gilmar, aos 28 minutos, mas Richardison fez o terceiro do Sul América/AM, um minuto depois. No segundo tempo, Gilmar voltou a assustar, diminuindo para o Nacional Borbense/AM aos 9 minutos, mas o Sulão ainda fez mais dois, com João Paulo e Emerson, fechando o placar em 5-2.

No Estádio da Ulbra, o ASA/AM saiu na frente, aos 40 minutos do primeiro tempo, em jogada de Anderson Raika pela esquerda que encontrou Miguel livre, praticamente debaixo do gol, para abrir o placar. No segundo tempo, Adrianinho, que entrou no intervalo, sofreu pênalti, convertido por Matheus, aos 10 minutos, empatando a partida. A virada fastiana veio aos 40 minutos, após jogada individual de Elvis. No Centro de Treinamento Barbosa Filho o Nacional/AM goleou o Manaus FC/AM por 4-1, gols de Andrey, Thiago, Fábio e Adson, com Idani descontando, e no Campo do Oswaldo Frota o Tarumã/AM venceu o Operário/AM por 1-0, gol de Lázaro.

A segunda rodada será disputada nesta quarta-feira (16/09), com quatro jogos, todos à tarde. No Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, Tarumã/AM e Nacional/AM duas equipes que venceram na estreia, se enfrentam. Na Ulbra, jogam Nacional Borbense/AM - Fast Clube/AM. O ASA/AM recebe o Cliper/AM, que vai fazer sua estreia na competição, no Estádio Ismael Benigno, a Colina. No Campo do Oswaldo Frota, o Manaus FC/AM, goleado na estreia, enfrenta o Sul América/AM, que goleou na primeira rodada. O time que folga é o Nacional/AM.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[CAMPEONATO AMAZONENSE INFANTIL 2015] - Sul América/AM goleia; Operário/AM, ASA/AM e Manaus FC/AM também vencem

Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM - Quatro jogos abriram a disputa do Campeonato Amazonense Infantil 2015, na manhã deste sábado (12/09), todos em Manaus/AM. Foram marcados 14 gols, com média de 3,50 gol por partida. Destaque para o Sul América/AM, que já desponta como favorito, após a goleada sobre o Holanda/AM, por 5-2, no Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/AM. O atacante Lucas Almeida fez quatro gols e lidera a artilharia. ASA/AM, Operário/AM e Manaus FC/AM também venceram seus jogos.

A equipe do Trem da Colina, o Sul América/AM, foi o grande destaque da rodada, goleando o Holanda/AM, na Colina, por 5-2, gols de Lucas
Almeida (4 vezes) e Kallil, de pênalti. Cleilson e Vitor descontaram para o time laranja. No Centro de Treinamento Barbosa Filho, em partida equilibrada, o Nacional/AM perdeu em casa para o Manaus FC/AM por 0-1, gol marcado por Lucas Costa. No Campo do Oswaldo Frota, o Tarumã/AM perdeu para o Operário/AM por 1-2. Pedro marcou o gol do time rubro-negro, enquanto Filipe e Max fizeram os gols da vitória do Sapão de Manacapuru/AM. Outro anfitrião que também foi derrotado em casa foi o Fast Clube/AM, que no Estádio da Ulbra perdeu para o ASA/AM, por 1-2, gols de Enderson e Ramon Vitor para o ASA/AM e Matheusinho para o Fast Clube/AM. O Cliper/AM folgou na rodada.

A segunda rodada será disputada nesta quarta-feira (16/09), com quatro jogos, todos à tarde. No Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, Tarumã/AM e Nacional/AM duas equipes derrotadas na estreia, se enfrentam. Na Ulbra jogam Holanda/AM - Fast Clube/AM. O ASA/AM recebe o Cliper/AM no Estádio Ismael Benigno, a Colina. No Campo do Oswaldo Frota, encontro de líderes entre Manaus FC/AM e Sul América/AM. O time que folga é o Nacional/AM.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita