sábado, 26 de setembro de 2015

[COTIDIANO] - "Eu só vou viajar porquê o senhor também vai..."

Teófilo Benarrós de Mesquita

Belo Horizonte/MG - Estamos em Minas Gerais, eu (Teófilo) e meu filho Raul Carlos. Viemos por três motivos, embora o principal deles tenha se perdido no decorrer do período entre a aquisição das passagens e o embarque. E o título da mensagem, embora todos possam pensar que tenha sido dito pelo Raul a mim não foi... Fui eu quem disse a frase "eu só vou viajar porquê o senhor também vai...", a um outro passageiro, sentado um pouco mais à nossa frente. Já alerto que para entender o (con)texto, será necessário ler a postagem até o final, rs. Vou explicar, cronologicamente...

Após a conquista do Fast Clube/AM na III Copa Norte de Futebol Sub-20 (Juniores) e a confirmação de sua participação na Copa do Brasil de Futebol Sub-20 (Juniores) contra o Cruzeiro/MG, comprei nossas passagens para Belo Horizonte/MG, no dia 8 de setembro, mesmo sabendo que haveria risco de não ter o Jogo de Volta, o que acabou de fato acontecendo. Esse era o principal motivo, que acabou perdendo objeto. Os outros dois motivos são levar o Raul Carlos para conhecer o Estádio do Mineirão, o que acontecerá neste domingo (27/09) na partida entre Cruzeiro/MG - Coritiba/PR, pelo Campeonato Brasileiro, e levá-lo também para visitar o amigo Lucas, em Itabira/MG, o que vai ocorrer na segunda-feira (28/09).

Assim, deveríamos embarcar na quinta-feira (24/09). Sim, deveríamos, porquê pelo fato deu ter esquecido a Certidão de Nascimento original do Raulzito, não foi possível nosso embarque (gosto nem de lembrar, o Raul segurando o choro no check-in da Azul, e voltando para casa com as malas...). Menos mal que a passagem foi remarcada para o dia seguinte, sem ônus adicional.

E lá vamos nós, na sexta-feira (25/09), finalmente embarcar, nossa primeira viagem de Azul. De cara, me apaixonei pela Azul e fui tomado por enorme emoção ao ver que a aeronave em que iríamos viajar tem seu bico pintado reproduzindo o capacete de meu ídolo Ayrton Senna (foto abaixo). O sentimento de paixão só foi aumentando quando encontramos uma simpática, atenciosa e sorridente equipe de voo e ao tomar nossos assentos, com direito a Canal Sky - o Raul viajou assistindo o canal Gloob, de Manaus/AM a Belo Horizonte/MG.
A Embraer 195 da Azul taxiou na pista do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, parou na cabeceira e... Depois de alguns longos minutos, o comandante João Paulo pede desculpas e aponta estar havendo "uma discrepância de informações nos comandos de bordo, razão pela qual será necessária a volta para o ponto de embarque, onde a equipe de manutenção fará a checagem dos equipamentos", não sendo possível a decolagem sem que ele estivesse seguro de todas as condições. Engraçado que teve gente que não escutou o aviso e ficou surpresa e sem entender o retorno. Eu e o Raul ocupávamos os assentos 15A (janela) e 15B (corredor). Notei que o passageiro da poltrona 14E (corredor, logo à nossa frente, do outro lado da aeronave) levantou-se e pude ver, pelo cordão do seu crachá, que ele era funcionário da Azul.

Alguns minutos após o retorno para o ponto de embarque, veio a informação que a aeronave precisaria ser abastecida, gerando comentários do tipo: "putz, fizeram tudo e esqueceram de abastecer...". Mas o alarme foi falso, fruto provavelmente do desencontro de informações dos equipamentos de controle de voo. A aeronave estava devidamente abastecida, é lógico. E lá vamos nós taxiar, de novo... E lá paramos nós na cabeceira da pista, de novo. E lá voltamos ao ponto de partida, de novo. "Peço desculpas novamente, mas a discrepância de informações permanece e eu reitero nossa posição de só decolarmos com a máxima segurança possível. Vamos retornar para uma checagem mais aprofundada da equipe de manutenção", comunicou João Paulo. E lá se vai o passageiro da 14E, novamente...

Agora a coisa foi mais séria. Toda a eletrônica da aeronave foi reiniciada, duas vezes. Desligou-se tudo, painéis, comandos, luzes, a Sky, tudo, tudo, duas vezes. Aí eu já tinha perdido a paixão, que se transformou em medo. Pensei: "esse negócio de não termos viajado na véspera, transferindo a passagem não está me cheirando bem"; "rapaz, será que viajar num avião lembrando o Senna é uma boa ideia a essa altura do campeonato?"... No escuro, uma funcionária da Azul (a mesma do guichê de embarque, que confere documentos e passagens), passa alguns avisos: "as conexões para Porto Alegre, Santos Dumont e Goiânia foram perdidas..." e repassa aos passageiros nestas condições, algumas opções de escolha. Dois passageiros com destino a Porto Alegre, abdicaram da opção de pernoitarem em Belo Horizonte/MG com hotel pago pela Azul para embarcarem às 8 horas da manhã de BH para Poa, preferindo esperar no Eduardo Gomes até uma hora da madrugada do dia seguinte. Outros cinco ficaram no avião. Pensei em perguntar se havia opção de outro voo para quem ia direto para BH, mas achei prudente não perguntar, para não causa pânico, rs.

De Goiânia e do Santos Dumont, nenhum passageiro se manifestou... Um casal perguntou sobre a conexão para Campinas/SP e a resposta foi que haveria tempo hábil, sem comprometimento. De novo pensei em perguntar se eu podia ir em outro voo, talvez no dia seguinte (sábado), mas de novo achei melhor ficar calado, com medo e uma reação em cadeia. Ao final da nova checagem, enquanto o passageiro da 14E se acomoda, o comandante se posta no início do corredor, explica o que aconteceu, garante que agora o avião tem condições de voo e pergunta se alguém tem alguma dúvida. De novo eu engulo aquela vontade de perguntar se eu poderia ir em outro voo, mas de novo acho melhor não externar meu sentimento.

Tudo tranquilo então? Para mim não... Ligo a Sky e no Canal TNT está passando Ghost - Do Outro Lado da Vida, filme que eu a minha eterna Carlinha assistimos 12 vezes no cinema. E bem na hora em que o Sam morre. E, para quem não lembra, ele ia viajar no dia seguinte quando, assistindo o noticiário da TV, passa um acidente aéreo. Eu precisava, definitivamente, fazer algo, tomar uma atitude para tranquilizar-me...

Decidido, interrompo a conversa do funcionário da Azul com sua esposa (janela na poltrona 14), pergunto seu nome e digo-lhe: "Jorge, eu só vou viajar porquê o senhor também vai... Porquê se o senhor saísse do avião, eu também pediria para sair..."

Graças a Deus correu tudo bem, tirando o atraso de duas horas exatas.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

[COPA DO BRASIL SUB-20] - Em jogo de viradas, Fast Clube/AM é eliminado pelo Cruzeiro/MG

Teófilo Benarrós de Mesquita
Fotos: Site da Federação Amazonense de Futebol
http://www.fafamazonas.com.br/

Manaus/AM - Não deu... Os meninos do Fast Clube/AM estiveram perto da vitória, mas um apagão geral causou a eliminação do time sem direito ao jogo de volta, previsto para o dia 30 de setembro em Sete Lagoas/MG. Foi um jogo empolgante e eletrizante, com duas viradas no marcador. Nervoso e cometendo mais erros (e mais comprometedores), o Campeão do Norte Sub-20 foi derrotado na noite desta terça-feira (22/09), no Estádio Ismael Benigno, a Colina, sofrendo três gols em oito minutos.

Diante de um time superior sob todos os aspectos, o Fast Clube/AM começou melhor, ou pelo menos mais ousado, mostrando vontade em atender as determinações do treinador Darlan Barroso, de pressionar nos minutos iniciais em busca de um gol que pudesse trazer tranquilidade. Jogando praticamente com 4 atacantes quando tinha a posse de bola (Jackie Chan, Alexsander, Lucas Castro e Róbson), o time criou algumas chances de gol e deu um calor no sistema defensivo cruzeirense nos primeiros minutos de jogo, empolgando a torcida.

Herói da conquista da Copa Norte na Batalha da Curuzú, no último dia 30 de agosto, o goleiro Bruno Saul acabou falhando no gol inicial do Cruzeiro/MG, em cobrança de falta de Daniel Vançan, aos 19 minutos do primeiro tempo. O time amazonense sentiu o gol e demorou para se recuperar. Jogando na base da cautela, sentindo o forte calor de Manaus/AM, o time do Cruzeiro/MG praticamente devolveu o presente ao Fast Clube/AM quando seu goleiro, Lucas França, demorou na reposição de uma bola, tentando ganhar tempo, cometendo sobrepasso ao ficar com a posse da bola por mais de seis segundos, ensaiando por duas vezes repor a bola em jogo e depois retê-la.

Na cobrança, com praticamente todos os jogadores cruzeirenses na barreira, Matheus Iton rolou para o volante Niashe, sozinho na área, bater com consciência para estufar as redes e empatar a partida, aos 33 minutos, para delírio e comemoração de quase todos os presentes na Colina, em campo e nas arquibancadas (foto abaixo). Após o empate, o Tricolor de Aço melhorou e passou a der leve domínio da partida, perdendo algumas chances de ampliar, com Jackie Chan e Róbson.

Na volta para o segundo tempo, o Cruzeiro/MG tentou inverter o panorama e buscou mais o ataque, com os jogadores do sistema defensivo fastiano continuando a demonstrar nervosismo. Tudo mudou de figura aos 8 minutos, em cobrança de falta de Matheus Iton, pelo lado direito ofensivo, que o zagueiro Guigui completou com muita categoria, de letra, virando o marcador para o Campeão do Norte (foto abaixo). Em desvantagem, o treinador cruzeirense Marcos Valadares fez duas alterações, dois minutos depois de ter tomado a virada, colocando em campo Alex e Santiago nos lugares de Gonzalo Latorre e Thonny Anderson, respectivamente.

O Fast Clube/AM continuava insinuante no ataque, mesmo após a saída de Lucas Castro, aos 12 minutos, substituído por Leozinho, que passou a jogar em velocidade pela esquerda, buscando proximidade com Jackie Chan. Mas a saída de Matheus Iton, aos 25 minutos, que voltou a sentir uma contusão no tornozelo, a mesma que forçou sua saída também na Decisão da Copa Norte, contra o Paysandu/PA, em Belém/PA, acabou descaracterizando o time. Sensação nos treinos, Werley foi o escolhido para entrar em campo, mas acabou não rendendo bem. Numa saída de bola errada de Niashe no meio de campo, o Cruzeiro/AM avançou em velocidade e Alex empatou o jogo, aos 33 minutos. O Fast Clube/AM fez a segunda mudança, saindo Róbson para a entrada do volante Renê.

Mas um minuto depois, o Cruzeiro/MG virou o marcador, marcando o terceiro gol, em jogada de Roni pela esquerda, levando vantagem sobre Pedra e cruzando na área, onde o xerifão Thiago furou na tentativa de corte e Guigui, ao chutar para tirar da área, levou azar, com a bola batendo em Alex e entrando. "Foi sorte. O zagueiro deles foi tirar, a bola bateu em mim e entrou", disse o meia Alex ao final do jogo, com sinceridade total e sem conseguir conter o sorriso. Dois gols relâmpagos foi o suficiente para o Cruzeiro/MG, que até então administrava a derrota, jogando visivelmente cansado e buscando perder de pouco, pensando no Jogo da Volta, mudar de atitude em campo.

O cansaço foi esquecido por pelo menos um jogador, o veloz e habilidoso Roni e o que era ruim ficou pior ainda aos 41 minutos, quando ele fez jogada individual, entrou na área e bateu sem chances para Bruno Saul, comemorando com cambalhotas o quarto gol cruzeirense, que selava a vitória por 4-2 e desobrigação do Jogo de Volta, numa virada não só de placar, mas também de situação de jogo - um jogo praticamente perdido foi transformado em classificação antecipada. Houve ainda um lance de área onde o atacante Alexsander foi seguro pela camisa pelo zagueiro Antônio, com o árbitro amazonense Antônio Carlos Pequeno Frutuoso ignorando a penalidade máxima.

Apesar da vontade dos jogadores amazonenses em marcar o terceiro gol e garantir a realização da partida em Sete Lagoas/MA, o Cruzeiro/MG, com diversos jogadores com passagens pela Base da Seleção Brasileira e com jogos entre os profissionais, terminou a partida buscando cadenciar o jogo, garantindo a vaga. No final da partida, em reconhecimento ao esforço dos jogadores fastianos, à conquista inédita da Copa Norte de Futebol Sub-20 e também pela inédita participação na Copa do Brasil de Futebol Sub-20, a torcida presente aplaudiu os atletas amazonenses. O Cruzeiro/MG já tem adversário definido na próxima fase pois o Flamengo/RJ, ao vencer o Avaí/SC por 3-1 também fora de casa, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis/SC, igualmente eliminou a necessidade do Jogo de Volta.

Ficha Técnica:
Fast Clube/AM 2-4 Cruzeiro/MG
Terça-feira, 22 de setembro de 2015, às 20h (de Manaus/AM)
Copa do Brasil de Futebol Sub-20 (Juniores)
Primeira Fase - Grupo 7
Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/AM
Árbitro: Antonio Carlos Pequeno Frutuoso/AM
Assistente 1: Anne Kesy Gomes da Sá/AM
Assistente 2: Jander Rodrigues Lopes/AM
4° Árbitro: João Batista Cunha de Brito/AM
Assessor: Luis Cláudio Rodrigues da Costa/AM
Gols: Daniel Vançan 19 e Niashe 33 minutos do primeiro tempo. Guigui 8, Alex 33, Alex 35 e Roni 41 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Fabrício 35 minutos do primeiro tempo. Róbson 10 e Pedra 18 minutos do segundo tempo.
Renda: R$ 9.350,00
Público pagante: 1.235 (1.935 presentes)

Fast Clube/AM: Bruno Saul; Pedra, Guigui, Thiago e Matheus Iton (Werley 25/2º); Niashe, Eli, Róbson (Renê 34/2º) e Jackie Chan; Alexsander e Lucas Castro (Leozinho 12/2º). Treinador: Darlan Barroso.
Suplentes: Guanair Júnior, Rafael Lobato, Salgado, China, Françoar, Lucas Peteca, Leozinho, Ioran, Werley, Renê e David.
Cruzeiro/MG: Lucas França; Dione, Fabrício, Arthur (Antônio 16/2º) e Daniel Vançan; Thiago Costa, Tom, Andrey e Thonny Anderson (Santiago 10/2º); Roni e Gonzalo Latorre (Alex 10/2º). Treinador: Marcos Valadares.
Suplentes: Dalberson, Antônio, Luis Felipe, Alex, Alex Sandro, Dudu e Santiago.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

[CAMPEONATO AMAZONENSE JUVENIL 2015] - Sul América/AM mantem a vice-liderança ao vencer o Operário/AM

Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM - Vice-líder do Campeonato Amazonense Juvenil 2015, o Sul América/AM confirmou a condição na tarde desta terça-feira (22/09), no Estádio da Ulbra, em jogo isolado abrindo a quarta rodada da competição. Tiririca, Cristian Magno e William marcaram os gols da vitória sobre o Operário/AM por 3-0, que levou o Trem da Colina para oito pontos conquistados. O Operário/AM sofreu sua terceira derrota e continua na lanterna.

A rodada será completada na tarde desta quarta-feira (23/09), com Tarumã/AM (quarto colocado) - Fast Clube/AM (terceiro lugar) se enfrentando no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith; o Manaus FC/AM (7º) recebendo o Cliper/AM (5º) no Campo do Conjunto Oswaldo Frota; e Nacional Borbense/AM (8º) - ASA/AM (6º) jogando no Centro de Treinamento Barbosa Filho. O Nacional/AM, líder do Juvenil 2015, folga na rodada.

Na sexta-feira (25/09) à tarde, Fast Clube/AM - Operário/AM abrem a quinta rodada do Juvenil 2015, no Estádio da Ulbra. No sábado (26/09) pela manhã, Sul América/AM - Nacional/AM jogam no Centro de Treinamento Barbosa Filho, na disputa pela liderança; Tarumã/AM - Cliper/AM se enfrentam no Campo do Conjunto Oswaldo Frota; e ASA/AM - Manaus FC/AM duelam no Estádio Ismael Benigno, a Colina.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[CAMPEONATO AMAZONENSE INFANTIL 2015] - Sul América/AM vence na abertura da rodada e assume liderança provisória

Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM - A abertura da quarta rodada do Campeonato Amazonense Infantil 2015 teve um jogo isolado, na tarde desta terça-feira (22/09), no Estádio da Ulbra. O Sul América/AM venceu o Operário/AM por 2-0, gols do meia Andrew e do volante Lucas Sena, assumindo a liderança provisória da competição, superando o Manaus FC/AM pelo saldo de gols. O Operário/AM, mesmo derrotado, manteve-se na zona de classificação, em sétimo lugar.

A quarta rodada será completada nesta quarta-feira (23/09) à tarde, com três jogos. No Campo do Conjunto Oswaldo Frota, o Manaus FC/AM pode recuperar a liderança, em confronto contra o Cliper/AM, terceiro colocado. Um empate já basta para reconduzir o Gavião do Norte à ponta mas a vitória manterá o desempenho máximo, de 100%. No Centro de Treinamento Barbosa Filho jogam Holanda/AM - ASA/AM, respectivamente quarto e sexto colocados. O lanterna Fast Clube/AM tenta a reabilitação e chegar à zona de classificação enfrentando o Tarumã/AM (quinto colocado), no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith.

O Fast Clube/AM não terá descanso e voltará a campo na sexta-feira (25/09) à tarde, no Estádio da Ulbra, abrindo a quinta rodada contra o Operário/AM. Também pela sexta rodada, no sábado (26/09) pela manhã, Sul América/AM - Nacional/AM jogam no Centro de Treinamento Barbosa Filho; Tarumã/AM - Cliper/AM no Campo do Conjunto Oswaldo Frota; e ASA/AM - Manaus FC/AM no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

[CAMPEONATO AMAZONENSE JUVENIL 2015] - Com terceira goleada, Nacional/AM segue irresistível

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Celestino Nascimento


Manaus/AM - Quinze gols marcados em três jogos, com média de 5 gols marcados por partida. Líder inconteste do Campeonato Amazonense Juvenil 2015, o Nacional/AM fez mais uma vítima, a terceira, na rodada do final de semana. No Centro de Treinamento Barbosa Filho, o massacrado da vez foi o Operário/AM, goleado por 5-0, sua segunda derrota na competição, onde é o lanterna. Thiago marcou duas vezes e manteve a artilharia do Juvenil, com 6 gols marcados; Pernalonga também fez dois e Érick completou a goleada.

Com o novo triunfo, o Leão da Vila Municipal abriu quatro pontos de vantagem sobre o vice-líder, o Sul América/AM, que empatou em 2-2 com o Tarumã/AM, no Campo do Conjunto Oswaldo Frota, jogo marcador por três gols de pênaltis nos primeiros quinze minutos. Diego abriu o marcador, acertando a cobrança para o Tarumã/AM logo aos 7 minutos do primeiro tempo. Também de pênalti, o Sul América/AM empatou com Cristian Magno, aos 11 minutos. Diego colocou o Tarumã/AM novamente à frente, convertendo outra penalidade máxima, aos 14 minutos. O empate final do Sul América/AM foi suado e só veio aos 44 minutos do segundo tempo, através de Gabriel.

O terceiro jogo do sábado (19/09) pela manhã foi no Estádio Ismael Benigno, a Colina, onde o Cliper/AM derrotou o ASA/AM por 2-0, conquistando sua primeira vitória e assumindo a quinta posição. A terceira rodada havia começado na sexta-feira à tarde, no Estádio da Ulbra, onde Fast Clube/AM e Manaus FC/AM empataram em 1-1 (foto abaixo), com Maxsuel marcando o gol do Gavião do Norte.
O Campeonato Amazonense Juvenil 2015 segue neste meio de semana, com a disputa da quarta rodada. Na terça-feira (22/09) à tarde, no Estádio da Ulbra, jogam Operário/AM - Sul América/AM. Quarta-feira (23/09), três partidas completam a rodada, todas pela parte vespertina: o líder Manaus FC/AM recebe o Cliper/AM no Campo do Conjunto Oswaldo Frota; Nacional Borbense/AM e ASA/AM jogam no Centro de Treinamento Barbosa Filho; e Tarumã/AM - Fast Clube/AM se enfrentam no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith. O Nacional/AM folga na rodada.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

domingo, 20 de setembro de 2015

[CAMPEONATO AMAZONENSE INFANTIL 2015] - Manaus FC/AM vence de goleada e mantem liderança

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Site da Federação Amazonense de Futebol/FAF
www.fafamazonas.com.br

Manaus/AM - O Manaus FC/AM foi o grande destaque da terceira rodada do Campeonato Amazonense Infantil 2015. Após duas vitórias cirúrgicas nas duas primeiras rodadas, ambas por 1-0, ambas com gols Lucas Costa, o time deslanchou e goleou o Fast Clube/AM por 4-1, no Estádio da Ulbra, se isolando na liderança da competição com nove pontos ganhos em três jogos, fruto de três vitórias. O jogo foi disputado na tarde de sexta-feira (18/09) e Lucas Costa marcou duas vezes, assumindo a vice-artilharia do Infantil, com 4 gols marcados. Igor e João Vitor completaram os gols do Manaus FC/AM.

No sábado pela manhã, mais três jogos foram realizados, fechando a rodada. No Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, Cliper/AM e Holanda/AM empataram em 1-1, ocupando, respectivamente, terceira e quarta colocações. O Nacional/AM venceu o Operário/AM por 1-0, gol de João Rubens, em partida disputada no Centro de Treinamento Barbosa Filho. Completando a rodada, o Sul América/AM venceu o Tarumã/AM por 2-1, no Campo do Conjunto Oswaldo Frota, com um dos gols marcados pelo atacante Lucas Almeida, artilheiro do Infantil com 5 gols (na foto, no centro).

A quarta rodada começa nesta terça-feira (22/09) à tarde, no Estádio da Ulbra, com Operário/AM - Sul América/AM. Quarta-feira (23/09), três partidas completam a rodada, todas pela parte vespertina: o líder Manaus FC/AM recebe o Cliper/AM no Campo do Conjunto Oswaldo Frota; Holanda/AM e ASA/AM jogam no Centro de Treinamento Barbosa Filho; e Tarumã/AM - Fast Clube/AM se enfrentam no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith. O Nacional/AM folga na rodada.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita