sábado, 31 de outubro de 2015

[COPA AMAZONAS 2015] - Acabou a nostalgia: Fast Clube/AM Campeão

Teófilo Benarrós de Mesquita
Manaus/AM - Para a torcida do Fast Clube/AM, hoje é dia alegria, pois acabou a nostalgia. Após 43 anos sem conquistar uma competição oficial chancelada pela Federação Amazonense de Futebol, o Tricolor de Aço quebrou o jejum de forma incontestável. Na noite desta sexta-feira (30/10), na Decisão da I Copa Amazonas, goleou o Manaus FC/AM, sagrou Campeão, teve os dois artilheiros da competição e garantiu presença em competição nacional, patrocinada pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), conquistando a segunda vaga do Amazonas para a Copa Verde 2016 - a última participação nacional do Fast Clube/AM foi na Copa do Brasil de 2013 (foto acima: Fã Page da Web Rádio A Gazeta da Tarde).

Mas antes da comemoração, teve angústia. Derrotado na terça-feira passada (27/10) pelo mesmo Manaus FC/AM por 0-1, na última rodada da Fase Classificatória, o Fast Clube/AM, até então com a melhor campanha, perdeu a vantagem do empate para o jogo da Decisão. E durante o jogo desta sexta-feira (30/10), o fantasma do Vice-Campeonato se manifestou mais fortemente quando o Manaus FC/AM, mesmo dominado na partida, abriu o marcador, ampliando sua gordura. O empate veio ainda no primeiro tempo e na etapa complementar o Rolo Compressor justificou o apelido, virando o placar e vencendo por categóricos 5-2.

O Fast Clube/AM começou o jogo melhor e em dois minutos teve duas chances de gol. Logo no primeiro minuto, Romarinho cruzou da esquerda e Weverton dominou na direita, com Gabriel cortando o lance de perigo. Em seguida Romarinho bateu falta da linha lateral direita da grande área, com Jonhatan acompanhando a bola sair pela linha de fundo. Depois, o Tricolor de Aço só voltou a assustar a meta do Manaus FC/AM aos 12 minutos, novamente pela esquerda com Romarinho, indo até a linha de fundo e cruzando para trás, onde Raílson recebeu livre, de frente, batendo para o gol certo, com Jonhatan tirando com o pé, quando já passava pela linha da bola, fazendo extraordinária defesa. Dois minutos depois a descida foi pela direita com Raílson, que cruzou para Jackie Chan, com Fábio Gomes cortando de forma providencial.

Só dava Fast Clube/AM, apesar da marcação ferrenha e exemplar dos comandados de Igor Cearense. Apesar de beirar a perfeição na marcação, o Manaus FC/AM não conseguia encaixar os contra-ataques, explorando a velocidade e habilidade de Meirelles, Leozinho e Têty. Aos 21 minutos Weverton foi lançado na área, dominou no peito de costas para o gol, mas em posição de impedimento, acusada pelo assistente Luis Cláudio Rodrigues da Costa. Cinco minutos depois, Delciney fez bela enfiada de bola para Romarinho, que cruzou rasante, mas Filipe Cristiano apareceu para cotar o perigo.

Na primeira bola que deu certo do Manaus FC/AM, Claílson abriu o marcador, ampliando ainda mais a vantagem do Gavião do Norte. Sérgio Duarte Júnior em lance de extrema habilidade e visão de jogo privilegiada fez lançamento milimétrico para Têty pelo lado esquerdo da grande área, com o veloz atacante cruzando rasteiro para o meio da área, onde Meirelles e Claílson surgiam livres. Coube ao atacante empurrar a bola para o fundo das redes, abrindo o marcador e assumindo, naquele momento, a artilharia da competição, com 4 gols marcados, desgarrando-se de Romarinho e Jackie Chan, ambos com 3 gols.

O Fast Clube/AM sentiu o gol e a prova disso foi a mudança na sua forma de jogar. Nos dois ataques seguintes após sofrer o gol, o time usou a tática da bola levantada na área, dificultando a vida dos baixinhos Jackie Chan e Weverton, saindo totalmente de suas características. Aos 31 minutos, quando voltou a atacar com a bola rasteira, Raílson deixou três marcadores para trás e lançou Romarinho, no mano a mano contra Fábio Gomes que travou a conclusão do fastiano e mesmo assim a bola passou perigosamente, tirando tinta do travessão. Aos 34 minutos Romarinho serviu a Jackie Chan, que acabou perdendo o ângulo para o chute e recuando para Matheus Iton, na esquerda, cruzar para a área onde a zaga adversária aliviou o perigo.

A esperança fastiana se renovou aos 37 minutos. Romarinho, pela direita, ganhou de Fábio Gomes e rolou para Jackie Chan, dentro da área. O atacante dominou, olhou o posicionamento de Jonhatan e bateu rasteiro, no canto esquerdo, empatando a partida e vazando pela primeira vez na competição a cidadela do Manaus FC/AM. Com o gol marcado, Jackie Chan alcançou Claílson na artilharia da Copa Amazonas, com 4 gols. Depois da igualdade, apenas um ataque representou perigo no primeiro tempo, aos 41 minutos, quando Raílson bateu bem de fora da área, mas por cima do gol.

O segundo tempo começou com o Fast Clube/AM pressionando o Manaus FC/AM desde o primeiro segundo. Com 2 minutos de jogo, Raílson cobrou escanteio pelo lado direito e na sobra o zagueiro Guigui bateu com perigo, mas para fora. Filipe Cristiano se machucou em lance ofensivo e logo aos 4 minutos acabou substituído por Bruno Silva. O treinador Igor Cearense aproveitou e tirou também Leozinho, colocando Paulinho em campo. Com as mudanças, Paulinho passou a ocupar a lateral-direita, com Pelezinho passando a jogar mais ofensivamente, como se fora um ponta direita das antigas.

Em seu primeiro lance, aos 5 minutos, Bruno Silva puxou contra-ataque do Gavião do Norte pela direita, inverteu o jogo para Paulo Henrique na esquerda que tocou de primeira para Meirelles bater rasteiro e colocado, à direita de Labilá, raspando a trave, quase marcando o segundo gol do Manaus FC/AM. A resposta do Fast Clube/AM foi imediata e mortal. Em jogada pela direita, aos 6 minutos, Ricardo serviu a Romarinho no bico da grande área, com o jogador limpando o lance e batendo cruzado, no ângulo superior direito de Jonhatan, estabelecendo a virada no placar e colocando o Fast Clube/AM na rota do título (foto abaixo: Perfil de Facebook do jogador Romarinho). Com o gol, Romarinho voltou a se igualar a Jackie Chan e Claílson na artilharia da competição, cada um com 4 gols marcados.
Após o gol, o jogo teve três minutos de paralisação, em razão de sinalizadores com fumaça colorida soltados pela Torcida Jovem, do Fast Clube/AM. Durante a paralisação, o atacante Claílson reclamava bastante contra a arbitragem, mostrando sinais de descontrole, sendo poupado por João Batista Cunha de Brito do cartão amarelo. No retorno do jogo, Claílson foi lançado em profundidade, aos 11 minutos, com Labilá precisando sair do gol com o pé, para dar um chutão tirando o perigo.

Darlan Barroso também fez duas alterações simultâneas, aos 14 minutos. Ricardo, machucado, deu lugar a Pedra e Raílson, que perdera rendimento na partida, foi substituído pelo volante Emerson. Aos 20 minutos, Paulinho segurou Romarinho que partia em velocidade para o ataque e foi punido com o cartão amarelo. Logo em seguida Pedra tocou para Jackie Chan, na direita, que rolou para Weverton, dentro da área, ser derrubado por Fábio Gomes, que além de ter cometido o pênalti ainda levou cartão amarelo. Foi o terceiro pênalti marcado a favor do Fast Clube/AM na competição. O detalhe é que os dois anteriores foram desperdiçados, por cobradores diferentes: Raílson bateu na trave direita contra o Holanda/AM (vitória por 7-0) e Weverton bateu para fora contra o Nacional Borbense/AM (vitória por 3-1).

Dessa vez a cobrança ficou a cargo de Delciney, que bateu rasteiro no canto esquerdo de Jonhatan, que ainda foi certo na bola mas não conseguiu evitar o terceiro gol fastiano, aos 22 minutos, aumentando a festa da torcida nas arquibancadas. Sem outra alternativa, Igor Cearense tirou o único volante que ainda tinha no time, Sérgio Duarte Júnior, colocando mais um atacante em campo, Purá, aos 24 minutos. Não deu tempo de reagir e aos 30 minutos, após cobrança de escanteio de Têty pela direita, Labilá defendeu no alto e rapidamente acionou Jackie Chan, que ganhou na corrida de seu adversário, fintou Gabriel e bateu colocado, na saída de Jonhatan, no canto esquerdo, marcando o quarto gol fastiano na partida e assumindo, naquele momento, a artilharia isolada com 5 gols.

Aos 32 minutos Têty cobrou falta na área, Labilá saiu em falso e a bola desviou no bolo de jogadores, indo para escanteio. Na cobrança pelo lado esquerdo, no minuto seguinte, Claílson ajeitou de cabeça para o meio da área onde Purá completou com perigo, raspando a trave direita, quase diminuindo para o Manaus FC/AM. Na última mudança do Fast Clube/AM, aos 35 minutos, Júnior entrou no lugar de Weverton. Um minuto depois, em jogada rápida pela direita, Jackie Chan cruzou na área e Romarinho completou para o gol, sem dificuldades, fazendo 5-1 e se igualando ao próprio Jackie Chan na artilharia da Copa Amazonas, com 5 gols.

Apesar da fatura liquidada, o jogo seguiu em ritmo bom, com o Manaus FC/AM tentando diminuir o placar e o Fast Clube/AM criando outras chances de gols com seus velozes meias e atacantes. Aos 39 minutos Têty cobrou falta com perigo, mas por cima do gol. Um minuto depois Júnior arrancou pela esquerda e acabou derrubado por Paulo Henrique na risca lateral da área. Matheus Iton cobrou e quase surpreendeu Jonhatan. Dois minutos depois Têty cobrou falta novamente jogando por cima na área, com Guigui desviando de cabeça para escanteio.

Paulinho fez falta em Júnior aos 46 minutos e recebeu o segundo cartão amarelo, sendo expulso do jogo. O Manaus FC/AM ainda marcou seu segundo gol, aos 50 minutos (houve 6 minutos de acréscimos no segundo tempo), com Têty indo até a linha de fundo, dentro da área, e cruzando para a boca do gol, onde Purá não perdou. Final de jogo e a festa desceu das arquibancadas para o gramado, onde a confraternização pelo tão esperado título reunia jogadores, comissão técnica, dirigentes, familiares dos atletas e torcedores. (fotos abaixo: Perfil de Facebook do torcedor Wallace Júnior e Deydiv Jhonatan/Fã Page da Web Rádio Já Panamazônica).
O público pagante divulgado foi de 619 pessoas. Mas a arquibancada em uso tem capacidade para 2.000 espectadores, segundo informações da Administração do Estádio o que leva a mensurar que pelo menos 1.800 pessoas estavam presentes no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith.

Ficha Técnica:
Manaus FC/AM 2-5 Fast Clube/AM
Sexta-feira, 30 de outubro de 2015, às 20h (de Manaus/AM)
Copa Amazonas 2015 - Decisão
Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, em Manaus/AM
Árbitro: João Batista Cunha de Brito/AM
Assistente 1: Luis Cláudio Rodrigues da Costa/AM
Assistente 2: Jeová Rodrigues dos Santos/AM
4º Árbitro: Weden Cardoso Gomes/AM
Delegado: Marks Jean Alves/AM
Renda: R$ 6.190,00
Público pagante: 619
Gol: Claílson 18 e Jackie Chan 37 minutos do primeiro tempo. Romarinho 6, Delciney (pênalti) 22, Jackie Chan 30, Romarinho 36 e Purá 50 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Paulo Henrique 19 e Filipe Cristiano 36 minutos do primeiro tempo. Bruno Silva 12, Jackie Chan 16, Paulinho 20, Fábio Gomes 21, Têty 23 e Gabriel 46 minuos do segundo tempo.
Expulsão: Paulinho (pelo segundo cartão amarelo) 46 minutos do segundo tempo.

Manaus FC/AM: Jonhatan; Pelezinho, Fábio Gomes, Gabriel e Paulo Henrique; Filipe Cristiano (Bruno Silva 4/2º), Sérgio Duarte Júnior (Purá 24/2º), Meirelles e Leozinho (Paulinho 4/2º); Claílson e Têty. Treinador: Igor Cearense.
Suplentes: Júnior, Bruno Silva, Natal, Paulinho, Tubarão, Rivelino, Garanha Júnior, Juca, Purá, João Paulo e Abraão.
Fast Clube/AM: Labilá; Ricardo (Pedra 14/2º), Guigui, Bianor e Matheus Iton; Delciney, Roberto Dinamite, Raílson (Emerson 14/2º) e Jackie Chan; Weverton (Júnior 35/2º) e Romarinho. Treinador: Darlan Barroso.
Suplentes: Guanair Júnior, Lê, Emerson, Lucas Castro, Pedra, Werley, Françoar, Niashe, Júnior, Damião e Eli.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

[COTIDIANO] - Instituto ALGUEM recebe ação solidária de atletas amazonenses

Texto e Fotos: Assessoria de Comunicação
Nathália Silveira

Manaus/AM - Você já imaginou fazer a diferença na vida das pessoas com um corte de cabelo? Pois essa é a intenção da ação #alguemdobem, que em parceria com o Salão Maison Luh, localizado na Rua Rio Madeira, 197, Vieiralves, doou 50% da renda dos cortes de cabelo desta quinta-feira (29/10), às crianças com Leucemia do Instituto ALGUEM.

A arrecadação visa colaborar com as principais demandas do Instituto, que é uma organização sem fins lucrativos, que promove, coordena e executa ações de apoio às famílias de crianças e adolescentes com câncer no norte do Brasil, em especial aquelas que são do Amazonas.

“Depois de conversar com alguns amigos e com a Hellen Belota, proprietária do Maison Luh, tivemos a ideia desta ação, que além da renda, tem o objetivo de se solidarizar com os pequenos em semelhança, pois raspamos o cabelo hoje, mas ele cresce amanhã”, disse o Dr. Euler Ribeiro Filho, um dos que cortou o cabelo na Ação Solidária, assim como o Vereador e atleta Fabricio Lima, o professor de Educação Maurício Tales, entre outros.

No Salão, ainda de acordo a Administradora do Instituto ALGUEM, Soraya Wallace, haverá um stand com produtos, como camisetas, capinhas de celular, bottons, adesivos, entre outros, cuja renda também será destinada ao tratamento das crianças. “Comprando nossos produtos exclusivos você contribui com o tratamento de dezenas de crianças com câncer da região Norte. Tenha o urso do ALGUEM (símbolo do Instituto) sempre com você”, disse Soraya.

A PRIMEIRA AÇÃO
Um grupo formado por 13 Triatletas de Manaus/AM deixou de lado os treinos na manhã desta quinta-feira (29/10) e usou a força do esporte para dar largada a campanha #alguemdobem, que visa colaborar com as principais demandas das crianças e adolescentes com Leucemia no norte do Brasil. A ação desafiou os desportistas a rasparem a cabeleira e toda renda do corte do Salão Maison Luh foi revertida em prol do Instituto ALGUEM, uma organização sem fins lucrativos, que promove, coordena e executa ações de apoio às famílias dos pequenos que tem câncer.
Dentre os que abriram mão da vaidade em prol da solidariedade, estava o cirurgião plástico Dr. Euler Ribeiro Filho, que explicou como surgiu a idéia da campanha. “Eu estava pedalando com o Fabrício (Fabrício Lima, Triatleta e vereador de Manaus/AM) quando surgiu a ideia da gente raspar a cabeça e colaborar com a causa. Dias depois, amadurecemos essa vontade e criamos a campanha em parceria com o Maison Luh e com o Instituto ALGUEM, que queremos viralizar por meio da rede social. Afinal, nada melhor que conscientizar e chamar atenção através do esporte, que é o exemplo de quem tem saúde”, contou o médico, pai de João Victor Ribeiro, 12, que desde os seis anos luta contra a Leucemia.

De acordo com Fabrício Lima, a campanha #alguemdobem terá várias ações durante os próximos dias, como o pelotão do bem, que participará do Ironman Fortaleza (3.8 km de natação, 180.2 km de ciclismo e 42.2 km de corrida), no próximo domingo (08/11) e será composto por ele, Euler Filho, Maurício Tadros, José Airton e Leandro Moreira. Durante todo o percurso da prova, os triatletas estarão com bandeiras, bottons, decalques e outros materiais que identifiquem a campanha. A outra atividade acontecerá no Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantil, 23 de novembro, quando 50% da renda dos cortes de cabelo, masculino e feminino, realizados no Salão Maison Luh, serão doados ao Instituto ALGUEM.

“Todos os triteltas do Amazonas que vão participar do Ironman estarão com a cabeça raspada, essa será nossa identidade com a campanha, nos assemelhando as crianças que ficam carequinhas devido à doença. Além disso, estamos preparando diversos materiais para chamar atenção dos participantes do evento, que tem gente de todo Brasil e do exterior, e que podem colaborar com o Instituto ALGUEM e viabilizar recursos para aqueles que necessitam”, comentou Fabrício Lima, ao afirmar que já garantiu a bandeira do Instituo ALGUEM para cruzar a linha de chegada.
Presente no lançamento da campanha, a chefe do Departamento de Atendimento a Pacientes da Fundação de Hemotologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam) e Hemato Pediatra, doutora Socorro Sampaio, falou sobre a importância de campanhas como essa, uma vez que o Amazonas tem o maior número de casos de Leucemia por base populacional do Brasil.

“O Amazonas tem uma média de 40 a 45 casos novos de Leucemia Linfóide Aguda (LLA) por ano e se contabilizar a Leucemia Mieloide, e outros tipos de linfoma, este número cresce para 55 a 60 doenças anualmente diagnosticadas e tratadas pelo Hemoam. A maioria dos pacientes é de Manaus e 30% do interior do Amazonas, além de crianças que vem do Pará, Porto Velho/ROe Boa Vista/RR. O Amazonas tem o maior numero de casos de leucemia por base populacional do Brasil e estamos fazendo um levantamento para que um estudo possa revelar os motivos que estimulam a doença, se um pesticidas ou a contaminação da água através de uso de agrotóxicos pode colaborar para isso. Porém, ainda não temos nada concretizado, estamos em fase de estudo”, disse a doutora.

Nota do Blog do Teófilo: O Instituto ALGUEM foi criado por Soraya Wallace e Carolina Varela Coelho, após perderem suas filhas crianças para o câncer. Giulia faleceu com 1 ano e 8 meses e Ana Luiza dias antes de completar 8 anos, ambas em São Paulo/SP, onde foram buscar tratamento especializado. Giulia se tratou no Hospital do GRAAC (Grupo de Apoio ao Adolescente e à Criança com Câncer), no bairro de Vila Mariana e Ana Luiza fez seu tratamento no Hospital A. C. Camargo (Hospital do Câncer), no bairro da Liberdade.

A sigla ALGUEM significa Ana Luiza e Giulia Unidas Em Missão

[FUTSAL] - Estrela do Norte/AM é Bicampeão no Adulto Feminino

Texto e Fotos: Emanuel Sports
Manaus/AM - Numa decisão espetacular e com emoção até o último segundo, o Estrela do Norte/AM confirmou o favoritismo, venceu o Sesi/Salcomp/AM de virada por 3-2 e conquistou o Bicampeonato do Amazonense de Futsal Adulto Feminino de forma invicta, garantindo também o direito de representar o Estado na Taça Brasil de Clubes em 2016. A partida aconteceu na noite desta terça-feira (27/10), com boa presença de público na Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira, em Manaus/AM.

Embalado pela campanha sem derrotas, o Estrela do Norte/AM foi surpreendido pelo adversário logo aos 6 minutos, quando Ana Paula aproveitou o cruzamento no meio da pequena área e desviou para o gol. Mas o time do São José 3, Zona Leste de Manaus/AM, empatou logo em seguida com a artilheira Tainá Miranda, num lance de oportunismo.

O Sesi/Salcomp/AM estava disposto a jogar água no chope do Bicampeonato. Aos 9 minutos, Valssíria chutou e a bola desviou na defesa antes de entrar: 2-1. O primeiro tempo virou com o time vermelho e branco em vantagem.

Na etapa complementar, brilhou a estrela da goleira Andrea Passos. Aos 5 minutos, a camisa 2 do Estrela do Norte/AM chutou da sua defesa e marcou um golaço – a bola morreu no ângulo.

Com o empate, as atletas dos dois times ficaram com os nervos à flor da pele. O lance decisivo veio numa cobrança de tiro livre direto. Aos 34 minutos, Tainá Barbosa bateu forte e partiu para o abraço: Estrela do Norte/AM 3-2 (foto abaixo).

Mas a emoção não parou por aí. Quando faltavam seis segundos para o fim do jogo, a árbitra Ângela Soares marcou pênalti para o Sesi/Salcomp/AM. Mas a noite era da goleira Andrea Passos, que defendeu o chute de Bárbara Letícia e correu para o abraço que celebrou o segundo título amazonense consecutivo do Estrela do Norte/AM.

“Treinamos muito para chegarmos a esse objetivo e o nosso adversário valorizou muito essa conquista. Tivemos e melhor campanha ao longo do campeonato e a vitória coroou toda a dedicação das atletas, da Comissão Técnica e da Diretoria”, comentou a capitã Andrea Passos, eleita a melhor goleira do Estadual de 2015.
O Estrela do Norte/AM foi Bicampeão com Andrea Passos, Beatriz Paixão, Adriana Oliveira, Karen Barros, Letícia Lima, Thaís Alves, Darlem Cavalcante, Tainá Miranda, Tainá Barbosa, Larissa Brito, Wilma Araújo, Iasmyn Beltrão, Lily Nataly e Shirlley Asmynne.

A Comissão Técnica foi composta por Sonny Ferreira, Breno Freitas, João Paulo Guedes, Diego Duarte, Ciro Eloim, Ivanildo Careca, Emanuel Mendes Siqueira e Gilmar Chinelinho. O Estrela do Norte/AM é presidido pelos irmãos Cleudinei e Cleudvan Lopes.

O Bicampeão Amazonense de Futsal é patrocinado pela Cachaçaria do Dedé e Exatidão Projetos. O clube recebe apoio da Prefeitura de Manaus e da Assessoria Emanuel Sports & Marketing.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[COPA AMAZONAS 2015] - Manaus FC/AM e Fast Clube/AM nunca empataram em confrontos diretos

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Divulgação/FVO

Manaus/AM - Os finalistas da I Copa Amazonas tem história recente de confrontos, a partir de 2014. Foram apenas 4 embates, com três vitórias fastianas, uma do Gavião do Norte, 10 gols marcados pelo Fast Clube/AM e cinco pelo Manaus FC/AM. E oito jogadores, quatro de cada lado, já sentiram o gostinho de disputar o confronto antes da Copa Amazonas: Roberto Dinamite, Rodrigo Ítalo, Labilá e Romarinho pelo Fast Clube/AM; Bruno Silva, Tubarão, Jonhatan e Fábio Gomes pelo Manaus FC/AM.

Dos 15 gols marcados, quase metade (sete) foram logo no jogo de estreia entre os clubes, disputado no Estádio Valdomiro Gusmão de Aguiar, em Manaquiri/AM. E foi nesse jogo que Carlinhos Bala e Rosembrick, ambos do Fast Clube/AM chegaram à marca de artilheiros do confronto, com dois gols cada. Dos 8 jogadores que estarão atuando novamente, na Decisão desta sexta-feira (30/10), dois são goleiros e apenas Roberto Dinamite já marcou gol nos jogos anteriores.

A Decisão da Copa do Amazonas será nesta sexta-feira (30/10), no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, a partir das 20 horas. João Batista Cunha de Brito será o árbitro, Luis Cláudio Rodrigues da Costa o assistente 1, Jeová Rodrigues dos Santos o assistente 2, Maks Jean Alves o quarto árbitro e Lázaro D'Ângelo Pinheiro o Delegado. O Campeão da Copa Amazonas 2015 será o segundo representante do Estado na Copa Verde 2016, ao lado do Nacional/AM, Campeão Amazonense de 2015.

O Blog do Teófilo apresenta abaixo as informações sobre os quatro jogos disputados entre Manaus FC/AM - Fast Clube/AM:

JOGO 1
Manaus FC/AM 3-4 Fast Clube/AM
Campeonato Amazonense 2014 - 1ª Fase
Terceira Rodada da Taça Estado do Amazonas
Sábado, 15 de fevereiro de 2014, às 15 horas
Estádio Valdomiro Gusmão de Aguiar, em Manaquiri/AM
Gols: Juninho Cearense (MFC), Rosembrick e Rafael Mondragon (MFC) no primeiro tempo. Carlinhos Bala, Rosembrick (gol Olímpico), Carlinhos Bala e Kitó (MFC) no segundo tempo.

JOGO 2
Manaus FC/AM 0-3 Fast Clube/AM

Campeonato Amazonense de 2015
Segunda Rodada da Fase Classificatória
Terça-feira, 3 de março de 2015, às 20h
Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, em Manaus/AM
Árbitro: Reginaldo Vasconcelos Noronha/AM
Assistente 1: Jander Rodrigues Lopes/AM
Assistente 2: Alexsandro Lira de Alexandre/AM
4º Árbitro: Wilton Souza de Souza/AM
Delegado: João Marinho Garcia
Renda: R$ 4.350,00
Público pagante: 325 (407 presentes)
Cartões amarelos: Rosembrick 17 minutos do primeiro tempo. Jean Carlo 26, Roberto Dinamite 26, Derlan 30, Messi 40 e Martony 47 minutos do segundo tempo.
Gols: Márcio Abrahão 16 e Roberto Dinamite 31 minutos do primeiro tempo. Eliélton 33 minutos do segundo tempo.
Manaus FC/AM: Jonathan; Jean Carlo, Martony, Fábio Gomes e Élton; Derlan, Eduardo Magrão, Jerson (Messi 28/2º) e Heitor (Joiner 18/2º); Elivélton Brás (Célio, no intervalo) e Claudinei. Treinador: Fábio Luiz
Suplentes: Júnior, Kemerson, Tubarão, Bruno Silva, Célio, Messi e Joiner.
Fast Clube/AM: Zé Carlos; Amaral, Ediglê, Márcio Abrahão e Rodrigo Ítalo; Rondinelli, Roberto Dinamite, Michell e Rosembrick (Eliélton 19/2º); Deivid Macedo (Felipe, no intervalo) e Charles (Da Silva 28/2º). Treinador: Ney Júnior.
Suplentes: Naílton, Jamesson, Bigu, Thyago Brandão, Xavier, Souza, Wilker, Da Silva, Felipe, Eliéton e Roma.

JOGO 3
Fast Clube/AM 3-1 Manaus FC/AM

Campeonato Amazonense 2015
Décima Primeira Rodada da Fase Classificatória
Quinta feira, 24 de abril de 2015, às 20h
Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, em Manaus/AM
Árbitro: Antônio Carlos Pequeno Frutuoso/AM
Assistente 1: Jeová Rodrigues dos Santos/AM
Assistente 2: José Luis de Oliveira Ramos/AM
4º Árbitro: João Batista Cunha de Brito/AM
Delegado: Labibio André de Lima/AM
Gols: Deivid Macedo 30 minutos do primeiro tempo. Charles (pênalti) 12, Michell 24 e Martony (pênalti) 27 minutos do segundo tempo.
Fast Clube/AM: Zé Carlos (Labilá 37/1º): Amaral, Ediglê, Valnei e Romarinho; Rondinelli, Fernando Guilherme e Michel: Charles (Felipe), Luizão e Deivid Macedo (Da Silva 12/2º). Treinador: João Carlos Cavalo.
Manaus FC/AM: Carlos Luna; Baiano (Jerson 35/1ª), Martony, Bruno Sergipe e Gelvane; Tubarão, Álvaro, Thiago Mariano e Diogo Capela: Bruno Silva e Jeferson Chumbinho. Treinador: Garanha.

JOGO 4
Manaus FC/AM 1-0 Fast Clube/AM

Copa Amazonas 2015
Quinta Rodada da Fase Classificatória
Terça-feira, 27 de outubro de 2015, às 20h
Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, em Manaus/AM
Árbitro: Reginaldo Vasconcelos Noronha/AM
Assistente 1: Marcos Santos Vieira/AM
Assistente 2: Anne Kesy Gomes de Sá/AM
4º Árbitro: Weden Cardoso Gomes/AM
Delegado: Lázaro D'Ângelo Pinheiro/AM
Renda: R$ 690,00
Público pagante: 69
Gol: Claílson 18 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Filipe Cristiano 39 e Gabriel 43 minutos do primeiro tempo. Paulo Henrique 6 e Thiago 15 minutos do segundo tempo.
Manaus FC/AM: Jonhatan; Pelezinho, Tubarão, Gabriel e Paulo Henrique; Filipe Cristiano (Bruno Silva 13/2º), Sérgio Duarte Júnior, Meirelles (Paulinho 21/2º) e Leozinho (Rivelino 10/2º); Claílson e Têty. Treinador: Igor Cearense.
Suplentes: Júnior, Bruno Silva, Natal, Paulinho, Juca, Rivelino, Garanha Júnior, Matheus, Purá, João Paulo e Abraão.
Fast Clube/AM: Guanair Júnior; Ricardo, Lê, Thiago e Matheus Iton (Jackie Chan 20/2º); Emerson, Eli, Raílson (Rodrigo Ítalo 27/2º) e Weverton; Lucas Castro (Romarinho, no intervalo) e Júnior. Treinador: Darlan Barroso.
Suplentes: Labilá, Delciney, Rodrigo Ítalo, Roberto Dinamite, Niashe, Françoar, Lucas Peteca, Jackie Chan, Bianor, Damião e Romarinho.

quinta-feira, 29 de outubro de 2015

[COPA AMAZONAS 2015] - Manaus FC/AM vence Fast Clube/AM e garante vantagem do empate na Decisão

Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM - Encerrando a Fase Classificatória da I Copa Amazonas, Manaus FC/AM e Fast Clube/AM entraram em campo, na noite desta terça-feira (27/10), no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith com campanhas idênticas: três vitórias em três jogos. A disputa valia o primeiro lugar, assegurando ao time de melhor campanha a vantagem do empate no jogo único da Decisão da competição, nesta sexta-feira (30/10), que dará ao Campeão a indicação para participar da Copa Verde 2016. O Fast Clube/AM, com melhor saldo de gols, jogava pelo empate, mas preferiu poupar seus jogadores pendurados pelo segundo cartão amarelo e entrou em campo com apenas 4 titulares (os laterais Ricardo e Matheus Iton e os meias Raílson e Weverton) e ainda assim fez um jogo parelho. Três jogadores fizeram suas estreias profissionais: o goleiro Guanair Júnior, o zagueiro Thiago e o volante Eli. Com a ausência apenas do zagueiro Fábio Gomes, cumprindo suspensão pelo terceiro cartão amarelo, o Manaus FC/AM sagrou-se vencedor por 1-0, gol marcado por Claílson, que passou a dividir a artilharia da Copa Amazonas com 3 gols, ao lado dos fastianos Jackie Chan e Romarinho.

O jogo teve uma curiosidade significativa, com 4 jovens jogadores relacionados sendo filhos de ídolos de um passado recente do futebol local. No Fast Clube/AM, o goleiro Guanair Júnior de titular e o zagueiro Bianor (filho do também zagueiro Ney Júnior) entre os reservas. No Manaus FC/AM, o volante Sérgio Duarte Júnior em campo e o atacante Garanha Júnior no banco. Todos jogando nas mesmas posições de seus pais. De quebra, no banco do Fast Clube/AM, o atacante Lucas Peteca, sobrinho de Sérgio Duarte. Ney Júnior, Sérgio Duarte e Garanha hoje são treinadores de futebol. O ex-goleiro Guanair é preparador de goleiros.

O equilíbrio, que seria a tônica da partida, ficou demonstrado desde os primeiros minutos da partida. Aos 5 minutos Filipe Cristiano lançou Claílson, com Guanair Júnior saindo do gol fechando o ângulo; Claílson então cruzou para trás,com Lucas Castro cortando parcialmente e Matheus Iton tirando o perigo de vez. No minuto seguinte, Weverton cruzou na área e Júnior concluiu, para o corte de Pelezinho, que mandou a escanteio. Weverton levou perigo à meta de Jonhatan novamente, aos 7 minutos, quando entrou na área e bateu rasteiro, porém abafado por um defensor adversário.

Em jogada trabalhada com a bola passando de pé em pé, Matheus Iton recebeu na esquerda e rolou para Raílson, que falhou na conclusão, batendo mascado, chutando mais grama do que a bola, aos 9 minutos. No minuto seguinte, Raílson puxou contra-ataque e tocou para Lucas Castro, que bateu por cima do gol, com Júnior bem posicionado na esquerda, aguardando o passe que não aconteceu. Aos 11 minutos o jovem zagueiro Thiago, que fazia sua estreia profissional, cortou bem um ataque perigoso do Manaus FC/AM. Após a cobrança do escanteio, a zaga fastiana tirou definitivamente o perigo.

O volante Emerson se lançava muito ao ataque, e aos 13 minutos tocou para Weverton, que limpou seu marcador e bateu rasteiro e forte, para grande defesa de Jonhatan. Quatro minutos depois Emerson apareceu de novo pela direita, driblou Paulo Henrique e cruzou para a área, com a zaga do Gavião do Norte aliviando o perigo. Aos 23 minutos Matheus Iton cobrou falta do lado invertido, pela direita, e rolou para Weverton, sem marcação, na entrada da área, com o meia-atacante batendo prensado. Na sobra, Lê dominou no peito dentro da área e bateu por cima do gol, mas o assistente Marcos Santos Vieira já indicava impedimento. Aos 32 minutos Têty recebeu na frente e chutou para fora, à esquerda de Guanair Júnior, mas também havia impedimento no lance.

A chance mais contundente de gol do primeiro tempo aconteceu aos 38 minutos, quando Pelezinho cobrou falta pelo lado esquerdo, jogando rasteiro na área, com a bola passando praticamente na linha do gol sem que Gabriel, Claílson e Têty alcançassem e Thiago cortasse para escanteio. Na cobrança pelo lado direito, de Têty, Guanair Júnior defendeu em dois tempos e iniciou contra-ataque, repondo rapidamente a bola com Lucas Castro, que arrancou em velocidade mas tocou para Júnior, em impedimento.

Claílson recebeu de Meirelles aos 40 minutos, ajeitou e bateu para o gol, mas fraco, à direita de Guanair Júnior. Aos 42 minutos foi a vez de Têty também bater para fora, também à direita de Guanair Júnior. Lucas Castro desceu pela esquerda, aos 43 minutos, e passou para Weverton que deu um elástico em seu marcador para bateu muito mal, para fora. No último lance perigoso do primeiro tempo, Júnior bateu da intermediária, à esquerda mas com perigo.

Romarinho voltou na vaga de Lucas Castro, para o segundo tempo, mas o Manaus FC/AM começou melhor. Aos 4 minutos Pelezinho cruzou da direita e Têty perdeu, quase na boca do gol. No minuto seguinte, após cruzamento da direita, Guanair Júnior tirou de soco, da cabeça de Claílson. Aos 8 minutos, Claílson bateu com perigo, com a bola passando raspando o travessão, após desvio no meio do caminho. A primeira alteração do Manaus FC/AM ocorreu aos 10 minutos, com Rivelino entrando na vaga de Leozinho. Na primeira descida perigosa de Romarinho, aos 11 minutos, ele tocou para Júnior, que bateu para fora, à esquerda de Jonhatan. Bruno Silva entrou no lugar de Filipe Cristiano, aos 13 minutos.

Emerson fez falta em Bruno Silva aos 17 minutos, na entrada da área. Na cobrança de Têty, a bola explodiu na trave esquerda de Guanair Júnior, voltou e bateu em Weverton, sobrando para Claílson colocar para o fundo das redes, com extrema facilidade. Depois do gol, o Manaus FC/AM melhorou e esteve a ponto de marcar o segundo. Aos 20 minutos Têty cruzou da direita e Meirelles cabeceou livre, mas perdeu a chance de aumentar. Na tentativa de chegar ao empate e retomar a vantagem para a Decisão, Darlan Barroso fez a segunda alteração no Fast Clube/AM, promovendo a entrada de Jackie Chan na vaga de Matheus Iton, recuando Romarinho para a lateral. No Manaus FC/AM, Igor Cearenese tirou Meirelles e colocou Paulinho, que passou a jogar de lateral-direito, com Pelezinho avançando. Na última mudança da partida, Rodrigo Ítalo entrou no lugar de Raílson, para jogar na armação, no meio de campo.

Emerson arriscou de fora da área, aos 27 minutos e Júnior tentou o desvio no meio da área, mas sem sucesso. Dois minutos depois, Romarinho cruzou da esquerda e Jackie Chan se jogou de carrinho, mas não alcançou a bola. Ricardo tocou para Weverton, aos 33 minutos, que bateu rasante, de fora da área, para defesa de Jonhatan. Claílson perdeu de forma incrível, aos 35 minutos, após cruzamento de Bruno Silva, aos 35 minutos. Outra boa chance foi desperdiçada aos 38 minutos, quando Pelezinho cruzou da direita, Têty dominou na pequena área, na frente de Guanair Júnior, e bateu para defesa do goleiro fastiano.

Romarinho sofreu falta na entrada da área, aos 43 minutos, com Rodrigo Ítalo batendo com perigo, mas por cima. Aos 47 minutos, Jackie Chan cobrou falta na área e Tubarão cortou de cabeça, antes da chegada perigosa de Lê. Final da partida, vantagem garantida para o Manaus FC/AM, que manteve 100% de aproveitamento na Copa Amazonas, sem ter levado gol ainda. Na próxima sexta-feira (30/10), os times voltam a campo, novamente no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, para a Decisão da competição e a definição da segunda vaga do Amazonas para a Copa Verde 2016.

Ficha Técnica:
Manaus FC/AM 1-0 Fast Clube/AM
Terça-feira, 27 de outubro de 2015, às 20h (de Manaus/AM)
Copa Amazonas 2015 - Quinta Rodada
Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, em Manaus/AM
Árbitro: Reginaldo Vasconcelos Noronha/AM
Assistente 1: Marcos Santos Vieira/AM
Assistente 2: Anne Kesy Gomes de Sá/AM
4º Árbitro: Weden Cardoso Gomes/AM
Delegado: Lázaro D'Ângelo Pinheiro/AM
Renda: R$ 690,00
Público pagante: 69
Gol: Claílson 18 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Filipe Cristiano 39 e Gabriel 43 minutos do primeiro tempo. Paulo Henrique 6 e Thiago 15 minutos do segundo tempo.

Manaus FC/AM: Jonhatan; Pelezinho, Tubarão, Gabriel e Paulo Henrique; Filipe Cristiano (Bruno Silva 13/2º), Sérgio Duarte Júnior, Meirelles (Paulinho 21/2º) e Leozinho (Rivelino 10/2º); Claílson e Têty. Treinador: Igor Cearense.
Suplentes: Júnior, Bruno Silva, Natal, Paulinho, Juca, Rivelino, Garanha Júnior, Matheus, Purá, João Paulo e Abraão.
Fast Clube/AM: Guanair Júnior; Ricardo, Lê, Thiago e Matheus Iton (Jackie Chan 20/2º); Emerson, Eli, Raílson (Rodrigo Ítalo 27/2º) e Weverton; Lucas Castro (Romarinho, no intervalo) e Júnior. Treinador: Darlan Barroso.
Suplentes: Labilá, Delciney, Rodrigo Ítalo, Roberto Dinamite, Niashe, Françoar, Lucas Peteca, Jackie Chan, Bianor, Damião e Romarinho.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

[COPA AMAZONAS 2015] - Com gol no final, Holanda/AM vence Nacional Borbense/AM

Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM - Um gol de pênalti, no final da partida, definiu o duelo de despedida entre Holanda/AM e Nacional Borbense/AM, na noite desta terça-feira (27/10), no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, válido pela quinta e última rodada da Fase de Classificação da Copa Amazonas, Edição 2015. Com os dois times eliminados, o jogo foi descompromissado e interessante, com muitas chances de gols criadas, mas apenas uma sendo aproveitada.

O primeiro momento de perigo veio em lance de bola parada, aos 11 minutos, em cobrança de falta de Lídio na entrada da área, forte mas para fora. O Holanda/AM passou o primeiro tempo todo explorando o lado direito de seu ataque, aproveitando as subidas constantes do lateral-esquerdo adversário, Alberto, para o apoio ofensivo. Aos 15 minutos Élson Bala fez boa jogada pelo lado direito mas bateu para fora. Três minutos depois Bala cruzou, de novo pela direita, Ioran matou no peito no meio da área, mas deixou a bola escapar um pouquinho, perdendo o tempo da batida. Em apoio à marcação defensiva, Jefferson acabou cometendo falta em Élson Bala, aos 19 minutos, levando o primeiro cartão amarelo da partida.

O Nacional Borbense/AM só voltou a assustar aos 25 minutos, pela direita, em cruzamento de Franco que Jefferson e Romarinho não alcançaram e Paul Gerard saiu nos pés de Brendo, evitando a conclusão do atacante borbense. No mesmo minuto Franco chegou de novo pela direita, batendo cruzado, com desvio no meio do caminho, tirando a bola de Romarinho. Após a cobrança de escanteio, aos 26 minutos, Jefferson cabeceou com estilo, mas para fora. O Holanda/AM teve boa chance aos 28 minutos, quando Vaca cobrou falta frontal apenas rolando lateralmente para Gabriel Soares, que bateu sem força e sem direção, à esquerda de Pablo. De novo em cobrança de falta, agora de forma direta, Vaca chutou raspando a trave direita de Pablo, aos 35 minutos.

Wallison fez lindo lançamento para Gabriel Soares na direita, aos 37 minutos, com o meia gingando na frente do marcador e batendo cruzado, com Pablo espalmando para escanteio. Dois minutos depois Ioran desceu pela direita, entrou na área em diagonal, fintou Kenny, fintou Kleitinho, mas Lídio chegou tirando na base do chutão. No minuto seguinte o Nacional Borbense assustou de novo, em bola parada. Alberto cobrou falta que desviou na barreira, tirando Paul Gerard da jogada e quase entrando. Na cobrança de escanteio, pelo lado direito, Brendo cabeceou livre, sem sequer precisar sair do chão, mas fraco e no meio do gol, facilitando a vida de Paul Gerard.

No segundo tempo, logo no primeiro minuto, Gabriel Soares chapelou seu adversário dentro da área mas bateu mal, tipo balão, para defesa de Pablo. Em cobrança de falta pela esquerda, aos 14 minutos, Pablo defendeu a cabeçada de Fernando. O goleiro do Nacional Borbense/AM voltou a fazer boa defesa aos 16 minutos, em chute de fora da área de Wallisson. Dois minutos depois, Jefferson foi lançado, com a cabeça fintou o goleiro Paul Gerard e tocou, com Júnior tirando em cima da linha e no rebote, salvando novamente na conclusão Brendo. Aos 21 minutos, Franco cruzou da direita e Brendo cabeceou para fora.

Brendo levou perigo a meta holandense aos 27 minutos, em grande jogada pela direita, que exigiu intervenção difícil de Paul Gerard. Dois minutos depois, Brendo puxou contra-ataque, com Jefferson pegando a sobra da jogada e batendo com perigo, mas por cima do gol. Aos 32 minutos, Alberone trocou o lateral-direito Franco pelo atacante Rafael, deslocando o meia Romarinho para a direita. Brendo apareceu com destaque de novo aos 34 minutos, arriscando de fora da área para defesa de Paul Gerard. A resposta do Holanda/AM foi imediata, com Ioran entrando na área, em jogada pela esquerda e batendo para grande defesa de Pablo, para desespero de Eduardo, livre no meio da área, pedindo bola.

O Holanda/AM esteve perto de marcar aos 38 minutos, quando após cruzamento da direita, Gabriel Santos bateu colocado, com a bola desviando na zaga e saindo para escanteio, raspando a trave esquerda de Pablo. Aos 40 minutos, por reclamação, Élson Bala recebeu cartão vermelho direto, após marcação de falta na entrada da área do Holanda/AM. Kenny cobrou e Paul Gerard espalmou, no susto.

Num ritmo frenético de lá e cá, Gabriel Santos entrou na área e acabou derrubado por seu xará Gabriel, em pênalti bem marcado pelo árbitro Uésclei Regison Pereira dos Santos, aos 44 minutos. Ioran cobrou no meio do gol, com Pablo pulando para o canto direito, convertendo a cobrança já aos 45 minutos. Dois minutos depois, em nova falta na entrada da área defensiva do Holanda/AM, também por reclamação, Júnior recebeu cartão vermelho direto. No final da partida Gabriel ainda teve a chance do empate para o Nacional Borbense/AM, em jogada pelo lado esquerdo, mas desperdiçou.

Ficha Técnica:
Holanda/AM 1-0 Nacional Borbense/AM
Terça-feira, 27 de outubro de 2015, às 18h (de Manaus/AM)
Copa Amazonas 2015 - Quinta Rodada
Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, em Manaus/AM
Partida preliminar de Manaus FC/AM 1-0 Fast Clube/AM
Árbitro: Uésclei Regison Pereira dos Santos/AM
Assistente 1: Jander Rodrigues Lopes/AM
Assistente 2: Wendell Saraiva da Silva/AM
4º Árbitro: João Batista Cunha de Brito/AM
Delegado: Labíbio André de Lima/AM
Gol: Ioran (pênalti) 45 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Jefferson 19, Lídio 32, Vaca 37 e Fernando 41 minutos do primeiro tempo. Alberto 38, Gabriel 44 e Edirley 50 minutos do segundo tempo.
Expulsões: Élson Bala (cartão vermelho direto) 40 e Júnior (cartão vermelho direto) 47 minutos do segundo tempo

Holanda/AM: Paul Gerard; Deyvison (Eduardo 33/2º), Júnior, Fernando e Taison; Vaca (Edirley 28/2º), Wallisson, Junio (Yuri 20/2º) e Gabriel Soares; Élson Bala e Ioran. Treinador: Paulo Feitosa.
Suplentes: Lucas Silva, Yuri, Gabriel Marques, Eduardo, Anderson, Edirley, Cleberson, Adriano, Eduardo Duarte, Jonas e João Pedro.
Nacional Borbense/AM: Pablo; Franco (Rafael 32/2º), Kenny, Lídio e Alberto; Lucas, Kleitinho, Aderílson (Gabriel 28/2º) e Romarinho; Jefferson e Brendo. Treinador: Alberone Souza.
Suplentes: Diego Negreiros, Rafael, Élton, Rodrigo, Marcos Neto, Danúbio e Gabriel.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

terça-feira, 27 de outubro de 2015

[JIU-JÍTSU] - Abertas inscrições para o II Open Apae

Texto e Fotos: Emanuel Sports
Manaus/AM -No dia 1 de novembro, a partir das 9 horas, a cena esportiva da capital amazonense será movimentada com o II Open Apae de Jiu-Jítsu. O evento acontece no Ginásio da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), na avenida Perimetral, Parque 10, Zona Centro-Sul. A entrada será 1 kg de alimento não perecível e o público concorrerá a diversos brindes e um quimono da marca Athos.

As inscrições custam R$ 25 e vão do dia 26 a 30 de outubro, na rua 35, número 17, conjunto Castelo Branco, Parque 10, perto do posto de combustíveis Atem. A competição distribuirá um total de R$ 1 mil, sendo R$ 500 para a academia campeã, R$ 300 para a vice e R$ 200 para a terceira, além de troféus para as três primeiras equipes.

O II Open Apae é voltado aos lutadores do masculino e feminino do Mirim ao Adulto de faixa Branca a Preta. Os três primeiros de cada categoria receberão Medalhas.

Os campeões do Absoluto Juvenil, Adulto Azul e Adulto Roxa ganharão Medalhas e brindes oferecidos pelos patrocinadores. O vencedor do Adulto Marrom levará Medalha, R$ 200 de prêmio e mais um quimono. O campeão do Adulto Preta vai faturar Medalha, R$ 250 de prêmio e mais um quimono.

O II Open Apae é uma realização da Associação Monteiro, com apoio da Federação de Jiu-Jítsu do Amazonas (FJJAM) e apoio da assessoria Emanuel Sports & Marketing.
Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[COPA AMAZONAS 2015] - Fast Clube/AM e Manaus FC/AM fazem previa da Decisão, no encerramento da Fase Classificatória

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Lissandro Windson - 03/03/2015

Manaus/AM - Competição criada para indicar o segundo representante do Estado na Copa Verde 2016, a I Copa Amazonas terá, na noite desta terça-feira (27/10), a realização da última rodada da Fase Classificatória com os times finalistas já definidos. Fast Clube/AM e Manaus FC/AM duelam a partir das 20 horas desta terça-feira (27/10), no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, para definir quem levará a vantagem do empate na Decisão, em data e local ainda a ser definido. O Tricolor de Aço, por ter melhor saldo de gols, joga pelo empate para terminar a competição com melhor campanha que seu adversário e jogar a Final com a vantagem do empate.

O Fast Clube/AM A partida terá arbitragem de Reginaldo Vasconcelos Noronha, com Marcos Santos Vieira e Anne Kesy Gomes de Sá como assistentes e Weden Cardoso Gomes de quarto árbitro. O treinador fastiano Darlan Barroso cogita a possibilidade de poupar alguns jogadores, pendurados pelo segundo cartão amarelo: o goleiro Labilá, o zagueiro Bianor, os volantes Delciney e Roberto Dinamite e o atacante Jaciek Chan, nas contas do treinador. Guigui, expulso no último jogo, é desfalque certo. Pelo Manaus FC/AM, Igor Cearense terá a ausência de Fábio Gomes, que vai cumprir suspensão pelo terceiro cartão amarelo.

Na partida preliminar, a partir das 18 horas, Nacional Borbense/AM e Holanda/AM, cumprem tabela se despendido da competição lutando pelo simbólico terceiro lugar, com arbitragem Uésclei Regison Pereira dos Santos, tendo JanderRodrigues Lopes e Wendell Saraiva da Silva como assistentes e João Batista Cunha de Brito como quarto árbitro.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

segunda-feira, 26 de outubro de 2015

[FUTSAL] - Ifam/AM é campeão dos Jogos Universitários Brasileiros 2015, em Uberlândia/MG

Texto e Fotos: Emanuel Sports
Manaus/AM - O Esporte Amazonense foi consagrado novamente numa Competição Nacional. Desta vez foi o time de Futsal Masculino do Instituto Federal do Amazonas (IFAM), que venceu o FSBA/BA por 8-4 e conquistou o título inédito da Terceira Divisão dos Jogos Universitários Brasileiros (JUB’s 2015), neste sábado (24/10), em Uberlândia/MG.

O time foi treinado pelo técnico Breno Freitas, atual Campeão Amazonense de Futsal Adulto Feminino pelo Estrela do Norte/AM. O professor Sonny Ferreira, outro membro da Comissão Técnica do Estrela do Norte, também integrou a equipe do IFAM na jornada histórica em Minas Gerais.

O IFAM venceu o Mato Grosso do Sul por 10-2 na primeira rodada. Na segunda partida, goleou o Maranhão por 10-0. No terceiro jogo, perdeu da Bahia por 3-4. Na Semifinal, o Amazonas passou por Tocantins por 9-8 nos pênaltis, após empate por 5-5 com bola rolando. Na Decisão, o time amazonense deu a volta por cima e venceu a Bahia por 8-4.

A façanha foi ainda mais marcante porque o IFAM foi campeão com apenas sete atletas no elenco: Alissandro Júnior (Juninho), Hendryo, Herison Giannini, Ariel Bruno, Edilson Rodrigues, Marcelo Pitillo e Pedro Maciel (Pedrinho). A Comissão Técnica também contou com Diego Duarte e Alan Costa.

De acordo com as informações da Confederação Brasileira de Desporto Universitário (CBDU), o Amazonas também conquistou a Medalha de Prata da Terceira Divisão do Basquete Feminino com o CIESA e a de Bronze da Terceira Divisão do Handebol Masculino com a UniNilton Lins.

Veja os resultados das finais coletivas do JUB’s 2015:

Futsal Masculino - 3ª Divisão
IFAM/AM

FSBA/BA
ITPAC/TO
Basquetebol Feminino - 3ª Divisão
UFBA/-BA
CIESA/AM
UFS/SE

Handebol Masculino - 3ª Divisão
UFLA/MG
UFRN/RN
UniNiltonLins/AM

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[FUTSAL] - Recanto da Criança/AM vence Palas Atena/AM no Sub-11

Texto e Foto: Assessoria de Comunicação
Willian D'Ângelo

Manaus/AM - Em jogo nervoso disputado na Vila Olímpica de Manaus/AM, o Grêmio Recanto da Criança/AM venceu o Palas Atena/AM por 2-1 no último sábado (24/10), em partida válida pela primeira rodada do Campeonato Amazonense de Futsal Sub-11 Masculino. A competição está sendo disputada em chave única, tendo ainda as participações de Corinthians Manaus/AM, Projeto Futuro/AM, Manaus-Reserva das Flores/AM, Batista Canaã/AM e La Salle/AM, classificando os 4 primeiros para as Semifinais.

Após falha na marcação do sistema defensivo do Palas Atena/AM, o time da Cidade Nova abriu o placar logo aos 2 minutos com belo chute de Igor Costa, garantindo a vitória na etapa inicial. Em jogada rápida de ataque, o Recanto da Criança/AM ampliou o marcador aos 3 minutos do segundo tempo através de José Vitor. Além de tensa, a partida apresentou várias belas jogadas, dando trabalho aos goleiros Pedro Gabriel (Palas Atena/AM) e Gustavo (Recanto da Criança/AM). Thiago ainda descontou para o Palas Atena/AM.

O Recanto da Criança/AM venceu com Gustavo, Allan Gabriel, Carlos Eduardo, Marcos Vinicius, José Vitor, João Rikelme, Felipe Gabriel, Antônio Delival, Giulliano, Igor Costa, Alex e Kauã. O Palas Atena/AM perdeu com Pedro Gabriel, Kaio Luciano, Jordan, José Vinicius, Gabriel Martins, Kauã Douglas, André Felipe, José Santana, João Victor, Yanno Pontes, Daniel Abraão e Thiago.

A próxima rodada está agendada para o ginásio Rene Monteiro, com o Palas Atena/AM encarando o Batista Canaã/AM, a partir das 8 horas, enquanto que o Recanto da Criança/AM enfrenta o time do Projeto Futuro/AM, às 9 horas. A rodada está confirmada pela Federação Amazonense de Futsal (FAFS) para o próximo sábado (31/10).

Outros resultados da Primeira Rodada:
Manaus-Reserva das Flores/AM 3-5 Corinthians Manaus/AM (Sub-9)
Projeto Futuro/AM 0-8 La Salle/AM (Sub-9)
Projeto Futuro/AM 2-6 La Salle/AM (Sub-11)

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[COPA AMAZONAS 2015] - Fast Clube/AM vence a terceira e define a Decisão da competição

Teófilo Benarrós de Mesquita
Fotos: Antônio Assis/FAF
Site Oficial da Federação Amazonense de Futebol
http://www.fafamazonas.com.br

Manaus/AM - O Nacional Borbense/AM era o único time que ainda ameaçava uma final entre Fast Clube/AM e Manaus/AM, na primeira edição da Copa Amazonas. Para isso, precisava vencer seus dois jogos e fazer bom saldo de gols. Mas a esperança foi por terra na noite deste sábado (24/10), na partida de fundo da rodada dupla disputada no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith. Num jogo equilibrado, o Fast Clube/AM aproveitou mais as oportunidades criadas e contou com o talento de Raílson e de Weverton, que entrou no decorrer da partida, para vencer por 3-1, retomar a liderança da Copa Amazonas, garantir sua vaga na Decisão e, de quebra, classificar também o Manaus FC/AM, co-líder da competição. Na próxima e última rodada, dia 27 de outubro, Fast Clube/AM e Manaus FC/AM duelam pela liderança e pela vantagem do empate na Decisão. Três dias depois (30/10), os times voltam a campo para decidir quem ficará com o título e a segunda vaga na Copa Verde 2016.

Com relação aos jogos anteriores, o Fast Clube/AM entrou em campo com uma alteração: Lucas Castro no lugar de Weverton, barrado provavelmente por ter reclamado ostensivamente quando foi substituído nas duas partidas anteriores. O Nacional Borbense/AM repetiu o time que venceu o Operário/AM, na rodada passada. E o Tricolor de Aço começou melhor. Aos 4 minutos Romarinho recebeu aberto na esquerda e avançou em velocidade, mas acabou adiantando muito a bola, facilitando a defesa de Pablo. O Nacional Borbense/AM começou a partida abusando de jogadas violentas e teve dois jogadores amarelados: Alberto aos 5 minutos e Lídio logo em seguida, aos 6 minutos.

Raílson fez belo e preciso lançamento do meio de campo para Romarinho, na esquerda, aos 16 minutos, com o fastiano batendo para fora, por cima do gol. Cinco minutos depois Romarinho foi novamente acionado pela esquerda, botou na frente, ganhou na corrida do grandalhão Kleitão e acabou sofrendo falta quase na risca da área, com aplicação de cartão amarelo para o zagueiro do Nacional Borbense/AM. Na cobrança de falta de Raílson, com maestria, o Fast Clube/AM abriu o marcador (comemoração do gol na foto abaixo) aos 23 minutos.

Em chute despretensioso, da intermediária, Labilá tentou dominar com o pé e vacilou, cedendo escanteio. Na cobrança, Romarinho voltava de impedimento e reclamou ostensivamente da marcação, levando cartão amarelo. Um minuto depois Jefferson desceu pela esquerda e virou o jogo para Lucas Autazes, que cruzou para cabeça com estilo de Jefferson, livre de marcação, com Labilá fazendo grande defesa, espalmando. Lucas Castro fez grande jogada pela direita, aos 36 minutos, mas bateu fraco, mascado, para fora, à esquerda de Pablo.

Romarinho, do Nacional Borbense/AM, fez boa jogada aos 38 minutos e rolou para Kenny, que bateu mal, à direita de Labilá. Dois minutos depois Delciney lançou Jackie Chan pela esquerda, com o artilheiro fastiano perdendo o ângulo e o tempo da conclusão. Jackie Chan optou por cruzar para a entrada da área, com Raílson fazendo grande finta sobre Kenny e tocando para Lucas Castro, adiantado e impedido. Roberto Dinamite descobriu Matheus Íton na esquerda, aos 42 minutos, com o lateral tabelando com Romarinho e cruzando com Alberto desviando levemente, tirando a bola da cabeça de Lucas Castro.

Romarinho do Borbense/AM avançou em velocidade aos 45 minutos, entrou na área e foi bloqueado por Guigui, que cortou o perigo de forma providencial. No minuto seguinte Lucas Castro faz boa jogada e toca para Jackie Chan, que foi desarmado por Kenny na hora da conclusão, também de forma providencial.

O segundo tempo foi muito movimentado e disputado, em elevado índice técnico. Aos 9 minutos, Roberto Dinamite lançou Lucas Castro, que tocou de forma inteligente para Jackie Chan bater prensado com Lídio, com os dois se enroscando na queda. Lídio levantou reclamando muito e querendo tomar satisfações com o pequenino Jackie Chan, dando trabalho para ser contido até por seus próprios companheiros. Edmar Campos da Encarnação amarelou o fastiano mas se intimidou diante de Lídio, que já tinha amarelo e merecia ser expulso, em razão de sua fúria incontida.

Darlan Barroso mudou os dois atacantes do Tricolor de Aço, aos 12 minutos: saíram Lucas Castro e Jackie Chan, para as entradas de Weverton e Júnior. Alberone Souza fez sua primeira alteração aos 14 minutos, com Danúbio entrando no lugar de Lucas. Jefferson foi lançado e ganhou na corrida de Bianor e Guigui, aos 17 minutos, fintou Bianor e tentou o cruzamento para o meio da área, com Guigui cortando o lance. Na cobrança de escanteio de Alberto, Jefferson cabeceou com perigo à direita de Labilá.

Júnior puxou ataque pelo lado esquerdo, aos 19 minutos e enfiou para Romarinho, na esquerda, que tocou no meio para Weverton. O atacante dominou, olhou e rolou para Ricardo, que cruzou para trás, com Weverton batendo à esquerda de Pablo, com perigo. No minuto seguinte, Weverton errou o passe no meio de campo e entregou de presente para Brendo, que dominou, avançou, ajeitou e bateu com perigo. O Fast Clube/AM respondeu com Raílson acionando Romarinho, que isolou, batendo muito mal, para fora.

O segundo gol fastiano ocorreu aos 29 minutos e foi um golaço. Raílson lançou Weverton milimetricamente, com o atacante entrando na área em velocidade e encobrindo Pablo na saída do goleiro, em estilo cavadinha. Como só a vitória mantinha o Nacional Borbense/AM na luta pela vaga para a Decisão, Alberone fez substituição ousada aos 30 minutos, logo depois de levar o segundo gol. O zagueiro Lídio saiu para a entrada do atacante Rafael, com Brendo recuando para o meio de campo e Kenny passando a compor a zaga.

O Nacional Borbense/AM quase diminuiu aos 31 minutos, com Romarinho lançando Jefferson pela direita, com o atacante batendo por cima. No minuto seguinte Guigui tentou sair jogando e foi desarmado por Rafael, que invadiu a área e foi derrubado pelo zagueiro, que recebeu o segundo cartão amarelo. Na cobrança do pênalti, aos 33 minutos, Jefferson bateu no canto esquerdo, com Labilá pulando para o canto direito. Com a expulsão de Guigui, Emerson, que havia entrado na vaga de Raílson aos 31 minutos, passou a compor a zaga ao lado de Bianor.

No lance seguinte, aos 34 minutos, Júnior entrou na área adversária e ao cortar Kleitão foi derrubado, com o zagueiro levando também o segundo amarelo. Weverton cobrou para fora, à esquerda de Pablo, já aos 35 minutos. Três minutos depois, Weverton recebeu na direita, gingou em cima de Kleitinho e cruzou rasteiro, para defesa de Pablo. Na última alteração da partida, Danúbio que havia entrado aos 14 minutos do segundo tempo, acabou substituído por Gabriel, aos 39 minutos. Dois minutos depois, Lucas Autazes fez falta em Júnior e também foi expulso, com a aplicação do segundo cartão amarelo.

Após defesa fácil, Labilá fez ligação direta com Weverton na direita, que recebeu livre, mas o árbitro Edmar Campos da Encarnação marcou falta, por Labilá ter saído da área com a bola, com o goleiro fastiano recebendo cartão amarelo. Alberto cobrou direto, no travessão de Labilá com a bola saindo depois pela linha de fundo, em lance que poderia ter se tornado polêmico, pois o árbitro indicou a cobrança em dois toques.

A partida continuou eletrizante, com sucessivas chances de gols sendo criadas pelas duas equipes. Aos 46 minutos Júnior recebeu livre na esquerda mas tocou mal na tentativa de passe para Ricardo. Jefferson respondeu no minuto seguinte, em jogada pelo meio, sobre Bianor, que desarmou e iniciou ataque veloz, tabelando com Weverton, que demorou para devolver, encontrando Bianor já adiantado, em impedimento.

Brendo tentou de fora da área de novo, aos 47 minutos, mas bateu prensado, com a bola chegando fácil a Labilá, que repetiu a jogada com Weverton, pela direita. O atacante foi veloz e cruzou rasteiro para Romarinho, livre no meio da área, marcar o terceiro gol do Fast Clube/AM (comemoração do gol na foto abaixo), definir o placar do jogo, a classificação Tricolor e, por tabela, também a condição de finalista do Manaus FC/AM. Os dois times farão uma prévia nesta terça-feira (27/10), em jogo que definirá quem levará para a Decisão (a ser disputada no dia 30/10), a vantagem do empate.
Ficha Técnica:
Fast Clube/AM 3-1 Nacional Borbense/AM
Sábado, 24 de outubro de 2015, às 19h (de Manaus/AM)
Copa Amazonas 2015 - Quarta Rodada
Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, em Manaus/AM
Árbitro: Edmar Campos da Encarnação/AM
Assistente 1: Alessandro Lira de Alexandre/AM
Assistente 2: José Luiz de Oliveira Ramos/AM
4º Árbitro: Wescley Regison Pereira dos Santos/AM
Delegado: Labíbio André de Lima/AM
Renda: R$ 1.075,00
Público pagante: 105
Gols: Raílson 23 minutos do primeiro tempo. Weverton 29, Jefferson (pênalti) 33 e Romarinho (Fast Clube/AM) 48 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Alberto 5, Lídio 6, Kleitão 21, Romarinho (Nacional Borbense/AM) 31 e Delciney 43 minutos do primeiro tempo. Jackie Chan 10, Lucas Autazes 13, Kleitinho 17, Júnior 27, Roberto Dinamite 28 e Labilá 44 minutos do segundo tempo.
Expulsões: Guigui (pelo segundo cartão amarelo) 32, Kleitão (pelo segundo cartão amarelo) 34 e Lucas Autazes 41 minutos do segundo tempo.

Fast Clube/AM: Labilá; Ricardo, Guigui (Emerson 31/2º), Bianor e Matheus Iton; Delciney, Roberto Dinamite, Raílson e Romarinho; Lucas Castro (Weverton 12/2º) e Jackie Chan (Júnior 12/2º). Treinador: Darlan Barroso.
Suplentes: Guanair Júnior, Rafael Lobato, Pedra, Damião, Rodrigo Ítalo, Lê, Emerson, Eli, Júnior, Weverton e Lucas Peteka.
Nacional Borbense/AM: Pablo; Lucas Autazes, Kleitão, Lídio (Rafael 30/2º) e Alberto; Kenny, Lucas (Danúbio 14/2º, depois Gabriel 37/2º), Kleitinho e Romarinho; Jefferson e Brendo. Treinador: Alberone Souza.
Suplentes: Diego Negreiros, Franco, Élton, Rodrigo, Marcos Neto, Danúbio, Gabriel e Rafael.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

domingo, 25 de outubro de 2015

[COPA AMAZONAS 2015] - Holanda/AM leva a melhor e Operário/AM fecha o ano sem vencer

Teófilo Benarrós de Mesquita
Fotos: Antônio Assis/FAF
Site Oficial da Federação Amazonense de Futebol
http://www.fafamazonas.com.br

Manaus/AM - Era o último jogo do Operário/AM na temporada 2015. Até então, o Sapão de Manacapuru/AM acumulara 1 empate (logo em seu primeiro jogo no dia 25 de fevereiro, no mesmo Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith) e uma sequência de 20 derrotas. Parecia que, oito meses depois de seu primeiro jogo, o Operário/AM fecharia o ano vencendo, finalmente. O adversário, o Holanda/AM, vinha de duas derrotas e sendo considerado o time mais fraco, tecnicamente, da Copa Amazonas 2015, competição criada pela Federação Amazonense de Futebol para indicar o segundo representante do Estado para a Copa Verde 2016. E o Operário/AM até começou bem, saindo na frente no placar; porém, ao final do jogo, nova derrota, agora por 2-3, e uma marca nada animadora: em 22 jogos disputados no ano, um empate, 21 derrotas, 25 gols marcados e 74 gols sofridos.

No primeiro tempo, Jacaré abriu o marcador para o Operário/AM, aos 16 minutos, fortalecendo a esperança que a zica, a sina maldita, seria quebrada na despedida. Entretanto, aos 21 minutos Ioran empatou para o Holanda/AM. A virada no placar ocorreu aos 17 minutos do segundo tempo, com Élson Bala. De pênalti, aos 36 minutos, Élson Bala voltou a marcar e fez o terceiro gol da Laranja. Em bonita cobrança de falta, do bico esquerdo da grande área, Clemilton empatou aos 41 minutos, colocando a bola no ângulo superior esquerdo de Lucas Silva.

O Operário/AM encerrou sua participação e o Holanda/AM, que se mostrou bem mais organizado nos dois jogos em que foi comandado por Paulo Feitosa, após a demissão de Alencar Viana logo na primeira rodada, volta a campo na terça-feira (27/10), para se despedir da competição em partida contra o Nacional Borbense/AM, com os dois times apenas cumprindo tabela.
Ficha Técnica:
Operário/AM 2-3 Holanda/AM
Sábado, 24 de outubro de 2015, às 17h (de Manaus/AM)
Copa Amazonas 2015 - Quarta Rodada
Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, em Manaus/AM
Partida preliminar de Fast Clube/AM 3-1 Nacional Borbense/AM
Árbitro: Maks Jean Alves/AM
Assistente 1: Luis Claudio Rodrigues da Costa/AM
Assistente 2: Odaly Peres Monteiro/AM
4º Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Júnior/AM
Delegado: Labíbio André de Lima/AM
Gols: Jacaré 16 e Ioran 21 minutos do primeiro tempo. Élson Bala 17, Élson Bala (pênalti) 36 e Clemilton 41 minutos do segundo tempo.
Expulsões: Alessandro Toró no primeiro tempo e Leonardo (pelo segundo cartão amarelo).

Operário/AM: Victor; Lucas Velhinho, Ítalo Gogo, Pirú e Fabrício; Júnior Baé, Clemilton, Alessandro Toró e Jacaré; Corujinha (Judá) e Robert (Caveirinha). Treinador: Marquinhos Pítter.
Suplentes: Rascifran, Raul, Jonas, Jime, Judá e Caveirinha.
Holanda/AM: Lucas Silva; Deyvison, Júnior (Fernando), Leonardo e Adriano (Wallison); Vaca, Taison, Gabriel Soares e Cleberson (João Pedro); Élson Bala e Ioran. Treinador: Paulo Feitosa.
Suplentes: Paul Gerard, Fernando, Alisson, Júnior, Iuri, Wallison, Gabriel Marques, Eduardo, Anderson, Edirley e João Pedro.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita