quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

[COPA SÃO PAULO 2016] - Deu tudo errado e Fast Clube/AM é eliminado

Teófilo Benarrós de Mesquita

Taboão da Serra/SP - A aflição demorou 190 minutos... E no final, deu tudo errado. Começou mal, com o Fast Clube/AM perdendo a partida preliminar para o lanterna do Grupo, o XV de Novembro, de Piracicaba/SP. E terminou pior, com o Taboão da Serra/SP se classificando mesmo com a derrota para o Figueirense/SC no jogo principal, marcando o gol que garantiu a vaga aos 40 minutos do segundo tempo.

O Tricolor de Aço vivia uma situação dúbia. Poderia se classificar dependendo somente do resultado do jogo principal, mas a vitória contra o lanterna do Grupo aumentaria muito suas chances de atingir a inédita classificação, logo em sua primeira participação na Copa São Paulo de Futebol Juniores. E logo aos 6 minutos Jackie Chan cruzou e Renan Santos bateu com perigo, com a bola desviando para escanteio. Aos 8 minutos quem quase marcou, de cabeça, foi o pequenino Matheusinho, em cruzamento de Renan Santos.

O XV chegou pela primeira vez aos 9 minutos, com Wagner fazendo jogada pela esquerda e batendo prensando, com Bruno Saul defendendo com firmeza.  Aos 16 minutos o Fast Clube/AM trabalhou bem a bola no campo ofensivo, com Ricardo lançando Matheusinho, que rolou para Jackie Chan, com o goleiro Felipe saindo do gol e chegando antes do atacante do time amazonense. Em cobrança de escanteio pelo lado esquerdo ofensivo do clube piracicabano, Lucas subiu com liberdade, mas cabeceou para fora. Felipe saiu providencialmente do gol novamente aos 21 minutos, tirando com os pés antes da chegada de Jackie Chan. Dois minutos depois, Bruno Saul repôs a bola com rapidez e Ricardo lançou Jackie Chan em profundidade, com mais uma saída certeira de Felipe.

O Fast Clube/AM continuava dominando a partida e aos 26 minutos Werley tocou para Jackie Chan que, dentro da área, sofreu a falta mas preferiu insistir no lance, ganhando a vantagem, mas batendo desequilibrado, no peito de Felipe. Aos 33 minutos nova jogada trabalhada, com a bola de pé em pé, com Eli tocando para Matheusinho, que encheu o pé para boa e difícil defesa de Felipe. Dois minutos depois, Ricardo ajeitou da intermediária, olhou o posicionamento de Felipe e bateu com estilo, com a bola passando raspando a trave esquerda do goleiro piracicabano.

A velha máxima do secular futebol surgiu aos 38 minutos e como "quem não faz leva", Renan Santos foi desarmado no meio de campo por João Vitor, que serviu para Lucian bater quase à queima-roupa e vencer Bruno Saul, abrindo o marcador, naquele que se revelou o único e decisivo gol da partida. O representante amazonense não se abateu e teve duas chances para empatar ainda no primeiro tempo. Aos 42 minutos Matheusinho fez jogada pela esquerda e tocou para Jackie Chan, na entrada da área, que ajeitou e bateu com perigo, à esquerda. Aos 47 minutos, Jackie Chan bateu prensado e no rebote cruzou rasteiro com Matheusinho perdendo de forma incrível, conseguindo jogar para fora praticamente embaixo do gol. Um gol que fez falta...

Para o segundo tempo, o Fast Clube/AM voltou mais ofensivo, com o atacante Lucas Bueno no lugar do volante Eli. E começou levando perigo, logo aos 3 minutos, quando Matheusinho cruzou da esquerda e Renan Santos bateu para defesa de Felipe. Aos 6 minutos o empate quase surgiu em cobrança de falta de Matheus Iton, que Felipe defendeu. O XV de Piracicaba/SP fez a primeira alteração aos 9 minutos, com a saída de Lucas e a entrada de Diego. Renan Santos, machucado, deu lugar a Manteiguinha, aos 13 minutos. Aos 16 minutos Ricardo perdeu a bola no meio de campo mas Webber se precipitou, batendo de muito longe e para fora, sem perigo para Bruno Saul. Um minuto depois veio a segunda alteração no XV de Piracicaba/SP, com Gabriel Spadotin entrando no lugar de Wagner. Logo em seguida João Vitor bateu falta com muito perigo, com Bruno Saul fazendo boa defesa, de mão trocada, para escanteio.

Matheusinho arriscou de longe, aos 22 minutos, e Jackie Chan dominou no meio do caminho, batendo para difícil defesa de Felipe, que mandou a escanteio. Lúcio deu lugar a Gustavo aos 21 minutos, na terceira e última substituição piracicabana. Aos 23 minutos quase o time paulista ampliou, com a bola batendo na trave de Bruno Saul. Pela esquerda, Matheus Iton fez boa jogada e tocou para Jackie Chan, aos 26 minutos, com Felipe fazendo mais uma grande defesa na partida. Na última tentativa de Darlan Barroso de mudar o jogo, Juninho entrou no lugar de Matheusinho. Werley lançou Lucas Bueno, aos 29 minutos, mas Felipe saiu do gol e chegou antes do atacante fastiano. Aos 33 minutos, Gustavo arriscou de fora, com perigo. Três minutos depois, Jackie Chan cruzou para Lucas Bueno na área, que bateu mal, para fora.

Guigui fez falta em Gabriel Spadotin, aos 36 minutos, a dois passos da área, mas a cobrança foi desperdiçada. Werley fez boa jogada individual, aos 39 minutos, limpando seus marcadores e batendo raspando o travessão de Felipe. João Vitor voltou a assustar em cobrança de falta, aos 41 minutos, buscando o ângulo superior esquerdo de Bruno Saul e quase marcando o segundo gol. A última chance de empate do Fast Clube/AM surgiu aos 47 minutos, em cobrança de falta mal executada por Manteiguinha.

Terminada a partida, restava torcer para o Figueirense/SC garantir a vaga do Fast Clube/AM. E João Pedro abriu o marcador para o time catarinense, aos 31 minutos do primeiro tempo, resultado que classificava o Tricolor de Aço. Porém, aos 36 minutos, Everton empatou para o Taboão da Serra/SP, que com o empate teria direito a vaga. No segundo tempo, o Figueirense/SC fez o segundo com 16 segundos de bola rolando, através de Patrick, mas o resultado ainda garantia o Taboão da Serra/SP na segunda fase. O terceiro gol foi marcado por Índio, aos 6 minutos, aumentando as esperanças fastianas de classificação. O resultado que dava vaga ao time amazonense perdurou até os 39 minutos do segundo tempo, quando Everton marcou e garantiu a classificação do Taboão da Serra/SP mesmo com a derrota por 2-3, frustrando o sonho fastiano de avançar na Copinha.

Ficha Técnica:
Fast Clube/AM 0-1 XV de Novembro-Piracicaba/SP
Quinta-feira, 7 de janeiro de 2016
Copa São Paulo de Futebol Júnior 2016
Grupo 18 - Segunda Rodada da Primeira Fase
Estádio Municipal Vereador José Ferez, em Taboão da Serra SP, às 17 horas.
Cartões amarelos: Wesley Santana 24, Jackie Chan 27, Diego 34, Gabriel Spadotin 38 e Guigui 40 minutos do segundo tempo.
Gol: Lucian 38 minutos do primeiro tempo.
Árbitro: Thales William Storati/SP
Assistente 1: Fernando Afonso Gonçalves de Melo/SP
Assistente 2: Guilherme Holanda Moura Lima/SP
4º Árbitro: Wanecley Lopes da Silva/SP

Fast Clube/AM: Bruno Saul; Rafael Lobato, Guigui, Thiago e Matheus Iton; Ricardo, Eli (Lucas Bueno, no intervalo), Renan Santos (Manteguinha 13/2º), Werley e Matheusinho (Juninho 26/2º); Jackie Chan. Treinador: Darlan Barroso.
Suplentes: Guanair Júnior, Renê, Manteiguinha, Juninho, Françoar, Bebê e Lucas Bueno.

XV de Novembro-Piracicaba/SP: Felipe; Lúcio, Lucas (Diego 9/2º), Talis e Vitor; Wesley Fraga, Wesley Santana, João Vitor e Webber; Wagner e Lucian. Treinador: Ronaldo Guiaro.
Suplentes: Eduardo, Gustavo, Diego, Leonardo, Gabriel Spadotin e Gabriel Batistuta.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita