sexta-feira, 8 de abril de 2016

[HANDEBOL MÁSTER] - Craques do passado vão a Parintins/AM para implantar novo pólo do esporte

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Plutarco Botelho

Manaus/AM - "Ei, vamos brincar de Handebol???". Em tempos de mídias sociais, uma mensagem via WhatsApp redirecionou as atividades de um grupo de ex-atletas de Handebol, que criaram o Grupo FOREVER, reconectaram-se, voltaram a se encontrar e, para deleite das integrantes do grupo, a amizade dos Anos 70/80 e o Handebol também voltaram aos seus cotidianos... E agora, novos desafios estão surgindo na vida das atletas. Neste sábado (09/04), elas promovem a 2ª Feijoada Máster da Seleção de Handebol do Amazonas, no Botequim do Almirante, no bairro de Santo Antônio, próximo à Feira do Bairro e à Câmara Municipal de Manaus (CMM). O evento será das 12 horas às 22 horas, com muito pagode, levado por diversas bandas da cidade. A renda vai custear viagem para Parintins/AM, onde o Grupo vai implantar um pólo de Handebol Máster na cidade, a partir de convite de desportistas do município interiorano.

No grupo estão Rosineide, Sônia e Aparecida (foto da postagem). Goleira na Década de 80, Sônia hoje é Empresária e fala com entusiasmo do seu tempo de jogadora. "Fui convocada pela primeira vez para a Seleção Amazonense em 1983, quando tinha 13 para 14 anos. Era atleta do Marquês de Santa Cruz. Na época dos Jogos Estudantis do Amazonas (JEAs) rivalizávamos com a Escola Sólon de De Lucena, com o Benjamim Constant e com a Escola Técnica Federal do Amazonas (Etfa), atual Ifam", relembra, citando o treinador Paulo Belém como grande incentivador e descobridor de talentos do Handebol.

Aparecida e Rosineide, que eram pivô e ponta esquerda, respectivamente, tem praticamente as mesmas trajetórias e lembranças da colega. Hoje, Aparecida e Rosineide são Auxiliares Administrativas, mas nos Anos 80 também defendiam as cores da tradicional Escola do bairro do São Raimundo "até o Walmir Alencar nos levar para a Escola Técnica", rememoram. Aparecida lembra também do Ida Nélson como forte concorrente nas competições de Handebol dos JEAs. Além dos clubes que disputavam certames pela Federação, como Rio Negro/AM, Olímpico/AM e Sharp/AM.

"Como integrantes da Seleção Amazonense, disputamos os Jogos Estudantis Brasileiros (JEBs), conhecendo cidades como São Luiz/MA, Campo Grande/MS, Vitória/ES e Maceió/AL, por exemplo", cita Aparecida. Tinha também o intercâmbio, o que levou as atletas a reencontrarem antigas adversárias de Boa Vista/RR, onde estiveram em 2015, implantando o Handebol Máster, após grande apoio de Walmir Alencar. "Até disputamos o Campeonato Amazonense de 2015, pelo Sul América/AM", revelam as três.

Atualmente, as jogadoras voltaram às origens e treinam nas noites de terças e quintas feiras, no reformada Quadra do Bairro de São Raimundo, bem em frente à Igreja Católica do Bairro, próximo à ponte que interliga os bairros de São Raimundo e Nossa Senhora Aparecida.

O grupo está bem eclético, com a presença de diversas atletas dos Anos 70/80, como Regina Canavatti (que funciona como uma espécie de Relação Publica do Grupo), Marcilinha, Margareth, Solange, Elieulza, Cliciomar, Cintia, Maricélia, Eliete, Valéria, Alminda, Raimunda, Wanderleia (a Deca) e Cleuva, que hoje mora nas Ilhas Margarita, onde tem uma Pousada, e sempre que pode vem a Manaus/AM, reencontrar o grupo de amigas.

A 2ª Feijoada Máster da Seleção de Handebol do Amazonas, será realizada neste sábado (09/04), das 12 horas às 22 horas, no Botequim do Almirante, no bairro de Santo Antônio, próximo à Feira do Bairro e à Câmara Municipal de Manaus (CMM). Os ingressos custam 20 reais e podem ser adquiridos na portaria do Botequim Almirante.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita




quinta-feira, 7 de abril de 2016

[LEVANTAMENTO DE PESO] - Amazonense comemora conquista do Bronze no Arnold Classic 2016

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Foto: Antonio Lima/Sejel

Manaus/AM - Dono de 18 títulos brasileiros, 17 sul-americanos e consagrado duas vezes como melhor do mundo no Campeonato Mundial de Esporte de Força (Powerlifting), o amazonense Washington Lima desembarcou em Manaus/AM na madrugada desta terça-feira (05/04) após conquistar o terceiro lugar no Arnold Classic Brasil 2016, que ocorreu no Rio de Janeiro/RJ, no último domingo (03/04). O atleta do Supino ficou atrás de dois competidores de Santa Catarina, e além do Bronze trouxe um contrato com um importante patrocinador. O multicampeão recebe apoio do Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

“Nunca tinha ido a uma competição como essa. Abriu portas de patrocínio. Eu era Campeão, mas nunca tinha ido a um evento assim e não era visto pelos empresários do ramo de suplementação. Então, fez bem eu ir e graças a Deus deu tudo certo”, comemorou Washington, que assinou contrato com a empresa de suplementos Blackskull.

Embora não tenha colocado o Ouro no peito, a inédita Medalha tem gosto especial. “Eu não estava bem preparado, tinha que atingir 292,6 kg e fiz 272,6 kg. Não deu, vamos esperar a próxima. Mas gostei muito porque foram convocados os melhores do mundo para a competição e conquistei o terceiro lugar. Para mim é uma excelente marca”, declarou o atleta que prometeu se esforçar ainda mais. “Quero melhorar ainda mais. Vou buscar o Ouro na competição” garantiu o atleta.

O Amazonense agora se prepara para o Campeonato Brasileiro de Power Lifting no dia 29 de maio em Joinville/SC.

O Arnold Classic Brasil é um evento multiesportivo, voltado tanto para o público business como para o público em geral, que abrange a maior feira de nutrição esportiva, lutas, performance e fitness do país, além de apresentar diversas competições Olímpicas e não Olímpicas.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[COPA VERDE 2016] - Em jogo marcado por polêmicas, Nacional/AM é eliminado da Copa Verde

Do Site Oficial do Nacional/AM
http://www.nacionalfc.com.br
Foto: Akira Onuma

Belém/PA - Em um jogo equilibrado, mas marcado por lances polêmicos, o Nacional/AM não conseguiu a classificação para às Semifinais da Copa Verde, após enfrentar o Clube do Remo/PA, no Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém/PA. O único gol da partida saiu no primeiro tempo, depois de um cruzamento para área do lateral Levy, o goleiro Roberto Gomes saiu de soco, o meia Eduardo Ramos contou com a sorte de a bola bater no seu corpo e morrer no fundo do gol.

Nos primeiros minutos da partida, o Leão do Amazonas tomou iniciativa e buscava jogadas pelas laterais, enquanto o Clube do Remo/PA esperava no campo de defesa e saía nos contra-ataques. A primeira boa jogada só saiu aos 15 minutos, quando Welthon carregou pela esquerda da zaga do Nacional/AM, passou pelo marcador e chutou com perigo no canto esquerdo do goleiro Roberto Gomes. O time azulino respondeu logo em seguida, aos 18 minutos, quando Radar recebeu de Álvaro e arriscou de fora da área, obrigando o goleiro Fernando Henrique a espalmar para escanteio. Aos 22 minutos Max Willian fez grande jogada de efeito no meio campo, quando meteu um lençol no lateral Levy, do Remo.

Nacional/AM e Clube do Remo/pa trocavam muitos passes no meio campo, mas não criavam situações de gols. O Nacional/AM demonstrava mais compactação na marcação: o volante Cal fazia uma marcação individual no 10 adversário, Eduardo Ramos; Sandrinho e Max Willian ajudavam nas descidas dos laterais do Clube do Remo/PA, preenchendo todo o meio campo e deixando o jogo com características bem truncadas.

Aos 26 minutos, o Nacional/AM voltou a assustar depois de uma cobrança de escanteio de Osvaldir e a cabeçada do zagueiro Fabiano passando a direita do gol. Na primeira chance clara de gol, Welthon fez bela assistência para Eduardo Ramos, que de frente para Roberto Gomes, chutou em cima do goleiro azulino, perdendo a oportunidade de abrir o placar no Mangueirão.

Depois do gol perdido, as duas equipes passaram a se lançar mais ao ataque. Aos 32 minutos jogadores do Clube do Remo/PA pediram pênalti depois da bola resvalar no braço do volante Cal dentro da área, mas o árbitro da partida mandou o jogo seguir. Pouco tempo depois, aos 41 minutos, Levy escapou pela direita, cruzou para dentro da área, o goleiro Roberto Gomes saiu de soco, mas a bola bateu no meia Eduardo Ramos e parou no fundo da rede. Gol do Clube do Remo/PA, 1-0.

Logo em seguida, foi a vez do Nacional/AM ficar na bronca com a arbitragem. O assistente viu impedimento no inicio do lance, quando, Osvaldir dividiu a bola com o volante Yuri. A jogada terminou em gol do atacante Thiago Verçosa, depois de bola cruzada pelo lateral esquerdo, Radar, mas o árbitro da partida acatou o pedido do assistente e anulou o gol (legítimo) do Nacional/AM. O primeiro tempo encerrou com muita bronca dos jogadores e Comissão Técnica do Leão da Vila Municipal.

As duas equipes começaram o segundo tempo com o mesmo equilíbrio apresentado na etapa inicial, com leve superioridade nacionalina, que corria atrás do resultado, já que precisava de um gol para levar a partida para os pênaltis. Aos 3 minutos, o atacante Luis Carlos se aproveitou de um descuido da zaga do time amazonense, mas chutou para longe do gol de Roberto Gomes.

O Nacional/AM achava os melhores espaços atacando pelo lado direito, quase sempre com as subidas do versátil lateral Osvaldir. O Clube do Remo/PA era perigoso nos contra-ataques que, diversas vezes, eram puxados pelo lado do campo com Welthon e pelo meio com Eduardo Ramos.

O treinador Heriberto da Cunha colocou Hugo no lugar de Sandrinho, Rafael Silva no lugar de Osmar e Tressor no lugar de Max William. Nos melhores lances do Leão da Vila Municipal no segundo tempo, aos 26 minutos, Osvaldir recebeu bola dentro da área, chutou cruzado e a bola passou na frente do gol do Clube do Remo/PA, mas nenhum jogador chegou para concluir para a rede. Aos 34 minutos o Nacional/AM teve uma chance incrível, quando Rafael Silva de frente para gol, chutou a bola por cima da meta do Fernando Henrique. E aos 48 minutos, no apagar das luzes, Thiago Verçosa teve a bola do jogo, mas o goleiro Fernando Henrique fez grande defesa e garantiu o Clube do Remo/PA nas Semifinais da competição regional.

Esse foi o terceiro jogo das duas equipes na temporada 2016. Nos dois confrontos anteriores realizados no Amazonas, Nacional/AM e Clube do Remo/PA empataram na disputa da taça Leão Forte da Amazônia e no primeiro jogo da Segunda Fase da Copa Verde.

Ficha Técnica:
Clube do Remo/PA 1-0 Nacional/AM
Copa Verde 2016 - Segunda Fase - Jogo de Volta
Quarta-feira, 6 de abril de 2016, às 18h00 (de Manaus/AM)
Estádio Olímpico Edgar Proença, o Mangueirão, em Belém/PA
Árbitro: Wagner Reway/MT
Assistente 1: Marcos dos Santos Brito/MS
Assistente 2: Ruy César Lavareda Ferreira/MS
4º Árbitro: Djonataltan Costa de Araújo/PA
Assessor: Olivaldo da Silva Moraes/PA
Delegado Local: Raimundo Nonato de Araújo/PA
Renda: R$ 71.139,00
Público presente: 7.795
Cartões amarelos: Ciro 28 minutos do primeiro tempo. Luiz Carlos 2 e Fabiano 41 minutos do segundo tempo.
Exclusão: Ramon Guimarães (auxiliar técnico do Nacional/AM) no intervalo.
Gol: Eduardo Ramos 41 minutos do primeiro tempo.
Clube do Remo/PA: Fernando Henrique; Levy, Ítalo, Henrique e Murilo (Joãozinho 18/2º); Yuri, Chicão e Eduardo Ramos; Ciro, Luiz Carlos (Michel 22/2º) e Welthon (Silvio 31/2º). Treinador: Marcelo Veiga.
Suplentes: Douglas, Joãozinho, João Victor, Michel, Edicléber, Alisson e Sílvio.
Nacional/AM: Roberto Gomes; Osvaldir, Fabiano, Roberto Dias e Radar; Cal, Osmar (Hugo 18/2º), Sandrinho (Rafael Silva 12/2º), Max William (Tressor Moreno 26/2º) e Álvaro; Tiago Verçosa. Treinador: Heriberto da Cunha.
Suplentes: Thiago Régis, Édson Rocha, Nêgo, Hércules, Rafael Silva, Tressor Moreno e Hugo.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[COPA DO BRASIL 2016] - Princesa do Solimões/AM perde de virada para a Chapecoense/SC

Da Assessoria de Comunicação
Paulo Rogério Veiga

Manacapuru/AM - A torcida compareceu em grande número para prestigiar o Princesa do Solimões/AM, mas a equipe no final sofreu a virada e perdeu de 1-2, pela Copa do Brasil. A partida foi realizada na tarde desta quarta-feira (06/04), no Estádio Gilberto Mestrinho, o Gilbertão, na cidade de Manacapuru/AM (a 86 quilômetros de Manaus/AM). Com o resultado, o Tubarão do Norte precisa vencer o Jogo de Volta, na próxima quinta-feira (14/04), na Arena Condá, na cidade de Chapecó/SC.

O Princesa do Solimões/AM abriu o marcador no início de jogo com o meia Michell. Nos descontos do primeiro tempo, o zagueiro Rafael Lima empatou. A mesma situação aconteceu na segunda etapa, quando o volante Josimar marcou o gol da vitória no final da partida.

Insatisfeito com o resultado, devido as chances criadas durante a partida, principalmente no segundo tempo, o treinador do Princesa do Solimões/AM, Zé Marco, lamentou as chances desperdiçadas pelos jogadores. Segundo ele, a partida se decide em momentos cruciais dentro de campo. "Nós criamos muitas chances, pois chegamos com Edinho Canutama, Nando, Michell e não colocamos para dentro, mas isso é futebol. Não podemos cobrar perfeição, porque temos trabalhado e evoluído na preparação. Só lembro, que foi o primeiro jogo oficial do Princesa do Solimões/AM diante de uma equipe há 16 jogos não perde. Eles ganharam o Primeiro Turno em Santa Catarina e estão em segundo no Returno. Não estou feliz, porque não podemos levar dois gols da forma que sofremos, sendo uma numa bola de escanteio, em que o time pode organizar a marcação e o segundo gol, o jogador levou o drible e o adversário ficou livre para o chute, onde se poderia fazer a falta e organizar tudo" lamentou, lembrando que perdeu dois jogadores por contusão.

Acostumado a jogar grandes partidas em âmbito nacional, o meia Michell marcou um golaço de fora da área que descaiu para o fundo do gol. Para o jogador, a Chapecoense/SC teve a vantagem de estar jogando o Estadual na temporada, enquanto, o Princesa do Solimões/AM só agora fez seu primeiro jogo oficial. "A gente tentou, mas sabemos que eles estão na frente de nosso time em relação à preparação física e ritmo de jogo. Foi nosso primeiro jogo oficial, mas acho que fomos até bem, infelizmente levamos um gol quase no final, mas no futebol um vacilo acontece isso. Se não tiver ligado o tempo todo, além de determinação, personalidade, enfim, onde uma partida dessa precisa ter coragem e mostrar que temos qualidade", salientou, parabenizando os torcedores pelo apoio nas arquibancadas.

O Princesa do Solimões/AM teve pela frente o desafio de jogar com uma grande equipe do futebol brasileiro, com três temporadas seguidas no Brasileiro da Série A, além de ter sido Campeã do Primeiro Turno do Catarinense e segundo colocado no Returno, mas com boas chances de conquistar direto o titulo da temporada.

De início, o Tubarão do Norte mostrou que só interessava a vitória. Com um minuto de jogo, Edinho Canutama roubou a bola do zagueiro e tocou para Guilherme chutar forte, mas a bola bateu na zaga e foi pela linha de fundo. Não demorou muito e veio o gol. Aos seis minutos, o meia Michell chutou de longe e a bola ganhou força e descaiu no ângulo direito do goleiro Marcelo Boeck.

Na frente do placar, o Princesa do Solimões/AM ganhou moral e passou a ter domínio, apesar da Chapecoense/SC sair mais para o jogo, mas sem chegar com muito perigo na meta, até aos 30 minutos. Aos 13 minutos, em cobrança de falta no bico esquerda da grande área, o lateral esquerdo Guilherme mandou a bola na rede pelo lado de fora.

Aos 18 minutos, Michell cobrou falta pela esquerda e Hítalo de cabeça perdeu um gol feito na pequena área. Na sequência, a Chapecoense/SC deu o troco com Lucas Gomes, que de frente para gol chutou com perigo. Aos 34 minutos, novamente Lucas Gomes em boa jogada no ataque, cruzou pela direita para Neném, que dividiu com a zaga e quase marcou o gol de empate. Aos 40 minutos, depois de um tiro de canto pela direita, Lucas Gomes chutou com perigo, à direita do goleiro Raiscifran.

O empate da Chapecoense/SC ocorreu no acréscimo assinalado pelo árbitro cearense Avelar Rodrigo da Silva. Aos 47 minutos, escanteio pela direita e sobra para Rafael Lima de frente para gol chutar sem defesa.

No segundo tempo, o técnico Zé Marco fez algumas mudanças por motivo de contusão e para buscar a vitória em casa. A entrada de Lacraia no lugar de Nando, que saiu por contusão, deu uma velocidade a mais no ataque do Princesa do Solimões/AM. Aos nove minutos, num contra-ataque com Michell e Lacraia, o mesmo Michell recebeu na frente e chutou em cima do goleiro. Aos 12 minutos, depois de um cruzamento pela direita, o jogador Hítalo quase marcou contra ao tirar uma bola na pequena área.

Com a Chapecoense/SC pressionando o tempo todo com bolas aéreas, Zé Marco colocou Samir, que deu mais segurança no setor defensivo. Aos 25 minutos, Edinho Canutama recebeu pela esquerda, colocou no canto esquerdo do goleiro e quase marcou o segundo.

Aos 42 minutos, a Chapecoense/SC conseguiu marcar seu segundo tento. Em jogada individual pela direita, Josimar passou por dois adversários e chutou para virar o marcador.

Ficha Técnica:
Princesa do Solimões/AM 1-2 Chapecoense/SC
Copa do Brasil - Jogo de Ida - Primeira Fase
Quarta-feira, 6 de abril de 2016, às 15h30 (de Manaus/AM)
Estádio Olímpico Gilberto Mestrinho, em Manacapuru/AM
Árbitro: Avelar Rodrigo da Silva/CE
Assistente 1: Marcione Mardônio da Silva Ribeiro/CE
Assistente 2: Anderson Moreira de Farias/CE
4ª Árbitro: Antonio Carlos Pequeno Frutuoso/AM
Assessor: Vladimir Pessoa Bastos/AM
Renda: R$ 37.420,00
Público presente: 2.516
Cartões amarelos: Cláudio Winck 31 e Kempes 33 minutos do primeiro tempo. João Lucas 21, Willian Thiego 28, Lacraia 43 e Emerson 45 minutos do segundo tempo.
Gols: Michell 6 e Rafael Lima 47 minutos do primeiro tempo. Josimar 42 minutos do segundo tempo.

Princesa do Solimões/AM: Raiscifran; Emerson, Pastor, Hítalo (Samir 17/2º) e Guilherme; Amaralzihho, Dênis dos Santos, Michell e Wander (Lacraia 7/2º); Nando (Branco 27/2º) e Edinho Canutama. Treinador: Zé Marco.
Suplentes: Caio, Samir, Kitó, Leonardo, Weverton, Alessandro Toró, Randerson, Juan Douglas, Vanderson, Branco e Marinélson.
Chapecoense/SC: Marcelo Boeck; Claúdio Winck, Rafael Lima, Willian Thiego e João Lucas; Josimar, Gil, Neném (Rodrigo Andrade 17/2º) e Lucas Gomes (Lourency 23/2º); Kempes e Silvinho (Martin Alaniz 37/2º). Treinador: Guto Ferreira.
Suplentes: Nivaldo, Rafael, Lourency, Diego Alaniz, Andrei, Lucas Scalon, Pedro Henrique, Lucas Izidoro e Rodrigo Andrade.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[CAMPEONATO BRASILEIRO FEMININO] - Iranduba/AM é goleado fora de casa pelo São José/SP

Do Site da CBF
Confederação Brasileira de Futebol
www.cbf.com.br
Foto: Marcelo Pereira/ALLSPORTS
Ficha Técnica: Teófilo Benarrós de Mesquita

Rio de Janeiro/RJ - Na tarde desta terça-feira (05/04), o São José/SP venceu o Iranduba/AM por 4-0 no Estádio Martins Pereira, pela terceira rodada da Segunda Fase do Campeonato Brasileiro Feminino. No Grupo 6, a equipe paulista soma sete pontos e aguarda o confronto entre Flamengo/RJ e Corinthians/SP para confirmar a liderança isolada, e encaminhar a classificação para a Semifinal do campeonato. Iranduba/AM e São José/SP voltam a se enfrentar pela quarta rodada do Brasileirão, dessa vez no Amazonas, na próxima quarta-feira (13/04), às 21 horas de Brasília/DF.

A partida iniciou sem muitas chances para as duas equipes. O São José/SP abriu o placar aos 28 minutos da primeira etapa, com a zagueira Bagé, de cabeça, após lançamento da meia Rita Bove. Ainda no primeiro tempo, aos 39 minutos, Ludmila deu a assistência, e a atacante Allana fez o segundo gol para o time joseense.

Na segunda etapa, as amazonenses partiram para cima, e tiveram oportunidade de descontar. Logo aos 3 minutos, a atacante Kellen chutou forte, mas a goleira do São José/SP, Vivi, defendeu. Aos poucos, o São José/SP retomou o controle do jogo, e aos 25 minutos, a meia Portilho, em jogada pela direita, fez o terceiro. A goleada foi concluída aos 30 minutos, pela atacante Michele Carioca.

"Estamos evoluindo a cada jogo, isso é importante. Vamos manter o foco no treinamento e no trabalho, para assim darmos continuidade e conseguir a classificação e o tão sonhado título", disse Emily Lima, treinadora do São José Futebol Feminino, ao final do jogo.

Ficha Técnica:
São José/SP 4-0 Iranduba/AM
Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino
Grupo 6 - Terceira Rodada da Segunda Fase
Terça-feira, 5 de abril de 2016, às 15h30 (de Manaus/AM)
Estádio Martins Pereira, em São José dos Campos/SP
Árbitra: Simone Xavier de Paula e Silva/SP
Assistente 1: Patrícia Carla de Oliveira/SP
Assistente 2: Marcela de Almeida Silva/SP
4ª Árbitra: Rejane Caetano da Silva/RJ
Assessora: Sílvia Regina de Oliveira/SP
Cartões amarelos: Ju 10 e Tayla 37 minutos do primeiro tempo.
Gols: Bagé 28 e Allana 39 minutos do primeiro tempo. Portilho 25 e Michele Carioca 31 minutos do segundo tempo.

São José/SP: Vivi; Raquel, Bagé, Juliana e Juju; Isa, Valdirene, Rita Bove (Stephane 31/2º) e Carlinha (Gabrielle no intervalo); Ludmila e Allana (Michele Carioca 22/2º). Treinadora: Emily Lima.
Suplentes: Thaís, Scarlett, Edna, Stephane, Suellen, Gabrielle e Michele Carioca.
Iranduba/AM: Maike; Bruna Calderan, Tayla, Sorriso (Bianca Bernardes 34/2º), Karen e Ju (Rylani 14/2º); Mayara, Djeni, Mari e Nathane; Kelen (Paulinha 25/2º). Treinador: Felipe França.
Suplentes: Wilce, Laura, Monalisa, Rilany, Bianca Bernardes, Sinara, Elisa Lopes e Paulinha.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[CAMPEONATO AMAZONENSE DE JUNIORES 2016] - Sul América/AM cede empate e perde de novo nos pênaltis

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Divulgação/FAF
Federação Amazonense de Futebol
http://fafamazonas.com.br

Manaus/AM - O Regulamento do Campeonato Amazonense de Juniores 2016 prevê, em caso de empate, disputa por pênaltis. Para o vencedor, dois pontos; para o perdedor, um ponto. Na primeira rodada, o Sul América/AM vencia o Penarol/AM, em Itacoatiara/AM, sofreu o empate no final do jogo e perdeu a disputa por pênaltis. Na tarde deste sábado (04/02), no Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/AM, o Sul América/AM abriu vantagem de dois gols contra o São Raimundo/AM, cedeu o empate, e perdeu de novo nos pênaltis. O São Raimundo/AM, que estreava o treinador (e ainda jogador) Fábio Gomes mostrou poder de reação, dominou o segundo tempo e teve mais sangue frio nas cobranças, vencendo por 3-2.

Mal começou a partida o Pedro Maciel, aos 6 minutos, abriu o placar para o Sul América/AM. Na sequência, dois minutos depois, o São Raimundo/AM ficou na bronca contra o árbitro Luizinho de Souza Lima, reclamando de um pênalti não marcado em Fabinho. Aos 18 minutos o árbitro marcou pênalti a favor do Sul América/AM gerando muita reclamação dos jogadores colinenses. Cristian Magno bateu, com paradinha, mas no meio do gol, com Victor espalmando para frente e o próprio Cristian Magno marcando, no rebote.

Para o segundo tempo, o São Raimundo/AM voltou com duas alterações: Elvis e Robinho nas vagas de Dhones e Fernando. Aos 9 minutos o atacante Fabinho diminui, animando a torcida sãoraimundense. Robinho perdeu a chance do empate aos 28 minutos, de forma incrível. O empate surgiu aos 34 minutos, após cobrança de escanteio pelo lado esquerdo, com o zagueiro Perna marcando de cabeça, no contra-pé do goleiro Vitinho. Após quatro minutos de acréscimos, o jogo terminou com o empate em 2-2, forçando a cobrança de pênaltis.

Jojô abriu a disputa, colocando no canto direito de Vitinho que pulou para o esquerdo, fazendo São Raimundo 1-0. Cristian Magno empatou para o Sul América/AM batendo no canto direito de Victor, que foi para o lado oposto. Paulinho Curuá bateu o segundo, no canto direito de Vitinho, que quase pegou mas não evitou o gol. Matheus Manteiga bateu à meia altura, no lado esquerdo de Victor, que acertou o canto e quase defendeu. Robinho converteu o terceiro do São Raimundo/AM no meio do gol, com Vitinho pulando para o lado esquerdo. Na cobrança decisiva, Neném escorregou na hora H, batendo no meio do gol, facilitando a defesa de Victor e sacramentando a vitória do São Raimundo/AM, que conquistou seus dois primeiros pontos na competição.

Ficha Técnica:
Sul América/AM 2-2 São Raimundo/AM
[nos pênaltis, vitória do São Raimundo/AM por 3-2]
Campeonato Amazonense de Juniores 2016
Segunda Rodada da Fase Classificatória
Sábado, 2 de abril de 2016, às 17h30min
Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/AM
Árbitro: Luizinho de Souza Lima/AM
Assistente 1: Anne Kesy Gomes de Sá/AM
Assistente 2: Luis Cláudio Rodrigues da Costa/AM
4º Árbitro: Maks Jean Alves/AM
Cartões amarelos: Wilklen 33 minutos do primeiro tempo. Matheus Manteiga 7, Victor 9, Suammy 18, Vitinho 26, Rodrigo Magela 30 e Pedro Henrique 37 minutos do segundo tempo.
Gols: Pedro Maciel 6 e Cristian Magno 18 minutos do primeiro tempo. Fabinho 9 e Perna 34 minutos do segundo tempo.
Sul América/AM: Vitinho; Pepeto, Rodrigo Magela, Salgado e Pedro Henrique; Tiririca (Cavalo 34/2º), Neném, Matheus Manteiga e Matheuzinho (Cyro 30/2º); Pedro Maciel e Cristian Magno. Treinador: Luiz Carlos Martins.
Suplentes: Talisson, Caio John, Cavalo, Gabriel Silva, Frank, João Paulo e Cyro.
São Raimundo/AM: Victor; Suammy, Fernando (Robinho no intervalo), Perna e Bolinha; Wilklen (Jojô 33/2º), Vitinho, Paulinho Curuá e Judá (Andrey 23/2º); Dhones (Elvis no intervalo) e Fabinho. Treinador: Fábio Gomes.
Suplentes: Maurício, Elvis, Jojô, Andrey, Kewen, Robinho, Adriano, Cleonaldo, Leno e Cláudio.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

quarta-feira, 6 de abril de 2016

[CAMPEONATO AMAZONENSE DE JUNIORES 2016] - Rio Negro/AM vence Nacional/AM com dois gols de pênalti

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Assessoria do Rio Negro/Willian D'Ângelo

Manaus/AM - Rio-Nal é Rio-Nal. Seja no Profissional, na Base, no Máster, no Jogo de Botão... E a rodada dupla no Estádio Ismael Beningo, a Colina, disputada neste sábado (02/04) teve como primeira partida o Centenário e tradicional Clássico Amazonense. Não podia ser diferente e o jogo foi movimentado e disputado do primeiro ao último minutos, com direito a incríveis 7 minutos de descontos no segundo tempo - vale lembrar que os jogos dos Juniores 2016 tem duração de 40 minutos por tempo, portanto 17,5% de acréscimos com relação ao tempo regulamentar, quando a média histórica é de 8,89%, em jogos com 4 minutos de acréscimos.

Com a bola rolando, com menos de um minuto Hayllan desceu em velocidade pela direita, entrou na área e cruzou, em cima do zagueiro Róbson. Depois os times se respeitaram mais e somente aos 16 minutos ocorreu outro momento de perigo, quando Luiz Carlos foi lançado em profundidade, obrigando o goleiro Mathiê a sair do gol com os pés para efetuar a defesa. Aos 17 minutos Henrique cometeu falta em Matheus Felipe, quase dentro da área, obstruindo bom ataque nacionalino e levando cartão amarelo. Na cobrança de falta de Hayllan, a bola beijou a trave esquerda de Diego.

O Nacional/AM voltou a descer com perigo aos 19 minutos, com Munhoz pela esquerda, mas o lateral-esquerdo cruzou errado, desperdiçando bom ataque. Dos 20 minutos aos 22 minutos o árbitro Edmar Campos da Encarnação concedeu tempo para hidratação dos jogadores, a parada técnica permitida. No retorno, Hayllan voltou esperto e desceu com perigo pela esquerda, com Róbson cortando para escanteio.

Elivélton recebeu aberto pela direita aos 26 minutos e cruzou em cima de João Pedro, com a bola voltando para ele. Na sequência, Elivélton partiu para cima do zagueiro nacionalino e, ao tentar o drible, foi derrubado dentro da área, em pênalti indiscutível e a punição com cartão amarelo para João Pedro. Na cobrança de Ad, aos 28 minutos, no canto esquerdo rasteiro, Mathiê se esticou todo, ainda tocou levemente na bola, mas não evitou o primeiro gol rionegrino.

Logo após o reinício do jogo, Róbson Garanha Júnior cometeu falta sem bola em Carlos Henrique e após muita confabulação entre Edmar e o assistente Marcos Santos Vieira, sobrou cartão amarelo para o atacante nacionalino, o que ficou barato. Na sequência, Ad também foi amarelado, por ter cometido falta sobre Hayllan. Aos 35 minutos Matheuzinho recebeu dentro da área e bateu com perigo, com Diego fazendo grande defesa e mandando a escanteio.

Em outro lance de área, aos 37 minutos, foi a vez de Cardozo cometer pênalti em Marrocos. Ad foi novamente escalado para a cobrança e dessa vez mudou de estratégia, jogando no canto direito baixo de Mathiê, que escolheu o canto oposto. Apesar da indicação de três minutos de acréscimos, o jogo terminou aos 41 minutos.

No retorno para o segundo tempo, James Furtado fez três alterações: saiu o zagueiro Cardozo para a entrada do lateral-esquerdo Zé Carlos, com Munhoz sendo deslocado para a zaga; saiu o atacante Róbson Garanha Júnior para a entrada de Rocha; e saiu o meia Silas para a entrada de Lucas Rosas. E o segundo tempo começou de forma idêntica ao primeiro tempo - Hayllan levando perigo pela direita, descendo em velocidade e batendo para fora, mas com muito perigo. Aos 5 minutos o Rio Negro/AM chegou pela esquerda, com Luiz Carlos abrindo para Henrique Sousa que, de dentro da área, bateu para o gol, nas redes pelo lado de fora. Na resposta nacionalina, Hayllan chegou de novo pela direita, ganhando escanteio.

Abrãao Armistrong deu lugar a Ligeiro aos 7 minutos do segundo tempo. Dez minutos depois, o Rio Negro/AM começou a mexer, saindo Henrique e Wilgner para as entradas de Lucas e Paulo Neto. Aos 18 minutos, Matheus Felipe deu lugar a Leozinho, que três minutos depois bateu de fora da área, com mais uma excelente defesa Diego, mandando a escanteio. Zé Carlos, que havia entrando no intervalo, se machucou e acabou substituído por Clemeson, aos 28 minutos.

Maurinho e Terlison entraram em campo aos 30 minutos, nas vagas de Marrocos e Luiz Carlos, respectivamente. Seis minutos depois, o Rio Negro/AM quase marcou o terceiro, com Elivélton recebendo de Dieguinho e batendo colocado, raspando a trave de Mathiê. Hayllan cobrando falta, um minuto depois, proporcionou que o goleiro Diego fizesse sua terceira defesa espetacular da tarde, tornando o goleiro rionegrino o grande destaque da partida. Aos 39 minutos, Diego defendeu com firmeza, no centro do gol, após conclusão de Clemeson da entrada da área.

Na última substituição, Vitão entrou no lugar de Ad, aos 41 minutos do segundo tempo. Logo em seguida Tarlison se livrou de seu marcador na entrada da área e bateu forte, para grande defesa de Mathiê. Foi o último lance de destaque da partida, apesar da prorrogação de tempo até os 47 minutos.

Na terceira rodada, o Rio Negro/AM (que é co-líder da competição, perdendo para o Manaus FC/AM no critério de saldo de gols), enfrenta o Sul América/AM, às 15h30min deste sábado (09/04), no Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/AM. O Nacional/AM pega o Tarumã/AM, no mesmo dia, mas às 17h30min, no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, também em Manaus/AM.

Ficha Técnica:
Nacional/AM 0-2 Rio Negro/AM
Campeonato Amazonense de Juniores 2016
Segunda Rodada da Fase Classificatória
Sábado, 2 de abril de 2016, às 15h30min
Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/AM
Árbitro: Edmar Campos da Encarnação/AM
Assistente 1: Marcos Santos Vieira/AM
Assistente 2: Uésclei Régison Pereira dos Santos/AM
4º Árbitro: Reginaldo Vasconcelos Noronha/AM
Cartões amarelos: Henrique 17, João Pedro 26, Róbson Garanha Júnior 30 e Ad 31 minutos do primeiro tempo. Álison 7 minutos do segundo tempo.
Gols: Ad (pênalti) 28 e Ad (pênalti) 38 minutos do primeiro tempo.
Nacional/AM: Mathiê; Matheus Felipe (Leozinho 18/2º), João Pedro, Cardozo (Zé Carlos no intervalo, depois Clemeson 28/2º) e Munhoz; Álison, Abraão Armistrong (Ligeiro 7/2º), Matheuzinho e Silas (Lucas Rosas no intervalo); Hayllan e Róbson Garanha Júnior (Rocha no intervalo). Treinador: James Furtado.
Suplentes: Thales, Zé Carlos, Edielson, Davi César, Leozinho, Clemeson, Rocha, Lucas Rosas, Pedro Henrique, Linnecker e Ligeiro.
Rio Negro/AM: Diego; Dieguinho, Carlos Henrique, Róbson e Henrique (Lucas 17/2º); Samuel, Wilgner (Paulo Neto 17/2º) e Marrocos (Maurinho 30/2º); Ad (Vitão 41/2º), Elivélton e Luiz Carlos (Terlison 30/2º). Treinador: Roberley Assis.
Suplentes: Rafael, Vitão, Lucas, Magrão, Anderson, Paulo Neto, Terlison, Maurinho, Willian, Gabriel e Jonathan.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[ATLETAS AMAZONENSES] - Ronys Torres tem luta marcada em evento na Espanha

Divulgação
Manaus/AM - O ex-lutador do UFC, Ronys Torres (Nova União) foi escalado para o Card Principal do evento espanhol Ansgar Fighting League, que acontecerá no dia 30 de abril, na cidade de Barcelona. O amazonense enfrenta o compatriota radicado na Espanha, Reinaldo Fuzil, pela categoria dos Meio-Médios do evento (até 77 kg).

Com a estratégia da luta traçada, Ronys comemora a chance de poder lutar fora e afirma que a preparação está a todo vapor. “Fechei com o evento hoje (04/04) e já estou procurando lutas do meu adversário na internet. Pretendo impor meu ritmo e dominar o duelo desde o início”, disse.

Sobre a passagem pela Europa, o amazonense diz se sentir feliz com o intercâmbio. “Estou realizando mais um sonho na minha vida e na minha carreira. Sair de Manacapuru/AM e hoje estar aqui em Barcelona... Deus tem realizado sonhos que nem mesmo eu tinha sonhado”, exclamou.

Ronys embarcou para a Espanha em março para ministrar alguns Seminários e ajudar na preparação do companheiro da Nova União, Yan Cabral, que luta em maio, no UFC. O lutador disse ainda, que um evento da Polônia está em contato com ele e seu empresário, Dedé Pederneiras, mas ainda não há nada concreto.

Sobre o Cinturão dos Leves que mantém no Shooto Brasil, Ronys esperar pô-lo em jogo até no máximo o segundo semestre deste ano.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[CAMPEONATO AMAZONENSE DE JUNIORES 2016] - Fast Clube/AM estreia vencendo Holanda/AM

Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM - Estreando no Campeonato Amazonense de Juniores 2016 e defendendo o título, o Fast Clube/AM derrotou o Holanda/AM na tarde deste sábado (02/04), no Estádio da Ulbra, em jogo válido pela segunda rodada da Fase Classificatória. O jogo da primeira rodada, contra o Cliper/AM, foi adiado, em razão da participação do time fastiano na Copa Verde.

No primeiro tempo, Françoar abriu o marcador para o Fast Clube/AM logo aos 9 minutos. Em seguida Lucas Leal, de pênalti, empatou para o Holanda/AM, aos 34 minutos. No segundo tempo, aos 3 minutos, Jackie Chan, de pênalti, colocou o Tricolor de Aço novamente em vantagem e, de cabeça, o zagueiro Thiago definiu o placar, aos 23 minutos.

Com duas derrotas, o Holanda/AM volta a campo neste sábado (09/04), no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, a partir das 15h30min, pela terceira rodada, para enfrentar o Cliper/AM. O Fast Clube/AM joga domingo (10/04), no Estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara/AM, contra o Penarol/AM, às 16 horas.

Ficha Técnica:
Fast Clube/AM 3-1 Holanda/AM
Campeonato Amazonense de Juniores 2016
Segunda Rodada da Fase Classificatória
Sábado, 2 de abril de 2016, às 15h30min
Estádio da Ulbra, em Manaus/AM
Árbitro: Carlos Augusto Silva de Souza/AM
Assistente 1: Francisco Souza da Silva Filho/AM
Assistente 2: Jonas de Oliveira Marques/AM
4º Árbitro: Antonio Carlos Pequeno Frutuoso/AM
Cartões amarelos: Alecssander 31 e Bruno Saul 34 minutos do primeiro tempo. Werley 13, Eli 15, Andrew 24 e Matheus Iton 24 minutos do segundo tempo.
Gols: Françoar 9 e Lucas Leal (pênalti) 34 minutos do primeiro tempo. Jackie Chan (pênalti) 3 e Thiago 23 no segundo tempo.
Fast Clube/AM: Bruno Saul; Ricardo, Guigui, Thiago e Matheus Iton (Rivaldo 36/2º); Renê, Eli (Velho 36/2º), Françoar (Ádson 21/2º), Werley (Rafael Lobato 24/2º) e Jackie Chan; Lucas Bueno.
Treinador: Darlan Borges.
Suplentes: Guanair Júnior, Rafael Lobato, Rivaldo, Velho, Ádson e Richardson.
Holanda/AM: Francisco Brito; Alecssander, Bruno Lopes, Ronaldo Souza e Anderson; Paulo Rossinio, Lucas Leal (Pedro Correia 11/2º), Marcos Apolo e Meireles; Andrew e Carlos Eduardo. Treinador: Fábio Alves.
Suplentes: Matheus Silva, Daniel Vaz, Daniel Passos, Paulo Lima, Gabriel Corrêa, Pedro Correia e Da Costa.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[LUTA OLÍMPICA] - Seleção Amazonense fatura oito Medalhas no Campeonato Brasileiro Cadete

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Fotos: Antonio Lima/Sejel


Manaus/AM - Com saldo positivo de oito Medalhas, sendo três de Ouro, duas de Prata e três de Bronze, a Seleção Amazonense de Luta Olímpica desembarcou em Manaus/AM na madrugada desta segunda-feira (04/04) após disputar o Campeonato Brasileiro Cadete, que aconteceu no Rio de Janeiro/RJ nos dias 1, 2 e 3 deste mês. Para ir à competição, o time vitorioso recebeu apoio do Governo do Amazonas, através Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).
Sabrina Gama faturou uma Medalha de Bronze na categoria até 49kg, Tatiane Cunha foi Medalha de Prata na categoria até 52kg. Géssica Gama (foto acima) trouxe para o Amazonas duas medalhas de Bronze, uma na categoria até 60kg e outra na categoria até 65kg e a conquista do lugar mais alto do pódio ficou por conta da atleta Greyce Kelly, de 17 anos.

No masculino, os atletas também voltaram com as malas mais pesadas. Jonatas Lopes conquistou o segundo lugar na categoria até 46kg. Colecionador de Medalhas, o jovem Felipe Santana, de 16 anos, conquistou o segundo título consecutivo no Campeonato, na categoria até 69kg. O jovem Cristian Leite, de apenas 15 anos, estreou no Campeonato com Medalha de Ouro, na categoria até 63kg e não esconde a felicidade da façanha.

"Foram anos de preparação e dedicação. E já na primeira vez, conquistei o primeiro lugar. Estou muito feliz por este título e sei que honrei muito o nosso Estado", afirmou Cristian, que aguarda ansioso pela convocação da Confederação Brasileira de Lutas para representar o Brasil no Pan-Americano 2016, que será realizado no Peru, no início do segundo semestre. "Nem todos os atletas vão, são apenas os selecionados pela Confederação, mas tive um bom desempenho no Campeonato e estou confiante na convocação que pode sair a qualquer momento. Será um sonho poder vestir o uniforme do Brasil", disse Cristian (foto abaixo).
Para Waldeci Silva, técnico que acompanhou a delegação amazonense no Campeonato, o resultado foi satisfatório. "Infelizmente fomos prejudicados pela arbitragem em alguns momentos e por esse motivo não conseguimos trazer mais Medalhas, mas de um modo geral, nossos jovens atletas estão de parabéns pelo desempenho. Estamos felizes com os resultados", finalizou o Mestre.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

terça-feira, 5 de abril de 2016

[COPA VERDE 2016] - Nacional/AM encerra preparativos para enfrentar o Clube do Remo/PA

Texto e Foto: Do Site do Nacional/AM
Manaus/AM - O elenco do Nacional/AM realizou o último treino coletivo antes de encarar o Clube do Remo/PA. O trabalho foi realizado nesta segunda-feira (04/04), no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, bairro Coroado, Zona Leste de Manaus/AM. O duelo entre os Leões, válido pelo Jogo da Volta, da Segunda Fase da Copa Verde 2016, será nesta quarta-feira (06/04), às 18 horas (de Manaus/AM), no estádio Mangueirão, em Belém/PA.

No treino desta segunda-feira (04/04), o treinador Heriberto da Cunha, por diversas vezes, parou as jogadas para treinar cobranças de escanteio e outros lances de cruzamentos à área. Por último, o treinador orientou sua equipe em cobranças de pênaltis. Cada jogador realizava três cobranças. O time principal treinou com Roberto Gomes; Osvaldir, Roberto Dias, Fabiano e Radar; Cal, Osmar, Nego (Tressor Moreno) e Álvaro; Rafael Silva (Sandrinho) e Thiago Verçosa. O time reserva teve Thiago Régis; Railson (Álvaro Marques), Édson Rocha, Bianor e Rodrigo Fernandes; Hércules, Hugo, Max Willian e Tressor Moreno (Matheuzinho); Sandrinho (Hayllan) e Rodrigo Dantas.

Nesta terça-feira (05/04), pela manhã, às 9h30, o elenco azulino fez um recreativo, no Centro de Treinamento Barbosa Filho, bairro do Coroado e às 12h30, após o almoço, seguiu rumo ao Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, onde embarcou com destino a Belém/PA para o confronto com o Clube do Remo/PA, nesta quarta-feira (06/04), às 18 horas, de Manaus/AM.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

segunda-feira, 4 de abril de 2016

[CLUBES DO AMAZONAS] - Jogando em casa, Princesa do Solimões/AM quer a vitória diante da Chapecoense/SC pela Copa do Brasil

Da Assessoria de Comunicação
Texto e Foto: Paulo Rogério Veiga

Manacapuru/AM - Falta pouco para o grande jogo entre Princesa do Solimões/AM e Chapecoense/SC, no Jogo de Ida da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (06/03), às 15h30 (horário de Manaus/AM), no Estádio Olímpico Governador Gilberto Mestrinho, o Gilbertão, na cidade de Manacapuru/AM (a 68 quilômetros da Manaus/AM.

Com um trabalho de destaque ano passado no comando do Tubarão do Norte, Zé Marco, procurou ao longo dos quase dois meses de preparação trabalhar com a equipe o fator motivacional, mas principalmente superar as dificuldades de não ter um calendário fixo no primeiro semestre. "O grupo está muito bem, focado e concentrado ao máximo para fazer um grande jogo na quarta-feira (06/04), e alcançar o objetivo que é a vitória, apesar de não termos disputado nenhuma competição no primeiro semestre, como foi ano passado no Campeonato Amazonense", disse o treinador, revelando que tem praticamente a formação titular na mente, além de ter estudado seu adversário. "Sim, a equipe está praticamente definida para partida. Os amistosos nos ajudaram na preparação para vermos a melhor formação e esquema tático pro jogo do dia 6, além disso, temos assistido alguns jogos do Chapecoense/SC para não sermos surpreendidos dentro de casa".

Sobre a mudança de local da Arena Vivaldo Lima para o Gilbertão, em Manacapuru/AM, o treinador disse que foi bom, mas o importante é a equipe jogar tudo que sabe para conquistar um bom resultado. "O fator casa é importante, porque conhecemos o gramado e estamos ao lado do nosso torcedor. Mas isso não é suficiente para vencer, pois temos que nos impor e imprimir nosso ritmo para alcançarmos a vitória", comentou, garantindo que vai jogar em cima da Chapecoense/SC o tempo todo. "Vamos em busca do gol do início ao fim. Respeitamos muito a equipe da Chapecoense/SC, que é uma potência no cenário nacional, mas o objetivo é vencer. Temos que contar também com fator climático da região a nosso favor".

Sobre a possibilidade do time catarinense jogar com uma equipe reserva ou mista, Zé Marco, disse que não tem diferença, pois o Princesa do Solimões/AM precisa vencer a primeira partida para jogar com vantagem na volta, na Arena Condá, em Chapecó/SC, no interior de Santa Catarina. "Nem bom nem ruim, a responsabilidade é muito grande, independentemente de ser o time titular ou uma equipe mista, pois trata-se de uma grande equipe do futebol brasileiro. Por isso, merece nosso respeito, mas como disse, nossa meta é vencer e vamos trabalhar muito para alcançarmos essa vitória".

Para fazer os últimos ajustes para jogo da Copa do Brasil, o Princesa do Solimões/AM faz seu coletivo, nesta segunda-feira (04/04), a partir das 15h30, no Gilbertão. Na véspera da partida, o trabalho será com bola parada, também no Gilbertão. A partir daí o Tubarão entra em concentração para confronto com o Chapecoense/SC.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[VOLEI DE AREIA] - Arena Municipal I e Jardim Paulista brilham na I Etapa do Circuito Amazonense Máster

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Fotos: Mauro Neto/Sejel

Manaus/AM - Experiência e técnica apurada foram destaque na I Etapa do Circuito Amazonense Master de Vôlei de Areia, que reuniu cerca de 100 atletas durante todo o sábado (02/04), na Quadra do Conjunto Juruá, Zona Centro-Oeste de Manaus/AM. O evento, em sistema de mata-mata e com disputas de um set, ainda contou com a presença do Campeão Brasileiro Luizão e recebeu apoio do Governo do Estado, através Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Pela categoria Feminina, a Taça foi levantada pelo time Arena Municipal I (foto abaixo), que superou a Arena Municipal II na Final, por 21-9. O terceiro lugar ficou com a equipe do Santa Etelvina, que foi melhor que as donas de casa, Arena Juruá. Pelo Masculino, a disputa entre Jardim Paulista e Camarão da Hora foi acirrada e mexeu com os ânimos do público presente. A equipe da Zona Centro-Sul de Manaus/AM venceu no detalhe, após marcar 21-20 em cima do adversário.
Para a atacante da Arena Municipal I, Eneida Afonso, a conquistava teve gostinho especial, pois em 20 anos de carreira, esta foi a primeira vez que a atleta jogou em equipe. "É a primeira vez que eu jogo assim, em equipe, e foi uma boa experiência, mas nem por isso deixou de ser um desafio. Poder estrear sendo Campeã é algo maravilhoso e agradeço a equipe pela dedicação e entrosamento", contou, eufórica, a também profissional de Educação Física, que junto com a equipe pretende participar em novembro do Campeonato Brasileiro Máster, em Saquarema/RJ.

Convidado especial, o jogador Luizão, Vice-Campeão dos Jogos Pan-Americanos e vencedor de várias etapas do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, afirmou que é muito bom voltar a participar de um evento em casa e destacou que os atletas do Master não deixam a desejar para o mais novos. "É uma alegria muito grande voltar a Manaus/AM e jogar com pessoas tão queridas, que foram meus parceiros em vários campeonatos, há 25 anos. Fiquei muito feliz com o convite e, sempre que puder e for convidado, estarei aqui, ainda mais com um evento de tanta qualidade técnica e raça. Todos os participantes estão de parabéns pelo show que proporcionaram durante toda a etapa, é um exemplo para aqueles que estão iniciando", afirmou o jogador, que nos minutos finais ainda reforçou a equipe Arena Juruá, que ficou em terceiro lugar.

Organizador do evento, Marcos Vinícius explicou que o Circuito ainda conta com mais duas Etapas, que devem ocorrer até o final deste semestre. "A partir da próxima Fase, os campeões desta Primeira Etapa formarão Cabeça de Chave e isso já funcionará como acúmulo de pontos para a Terceira e última Etapa da competição. Serão disputas emocionantes", finalizou.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[CAMPEONATO AMAZONENSE DE JUNIORES 2016] - Manaus FC/AM goleia de novo e mantém liderança

Texto e Foto: Emanuel Sports
Manaus/AM - O Manaus FC/AM continua soberano no Campeonato Amazonense de Juniores 2016. Na tarde deste sábado (02/04) a equipe treinada por Igor Cearense goleou o Penarol/AM por 4-1, chegou aos seis pontos em duas rodadas e manteve a liderança da competição organizada pela Federação Amazonense de Futebol (FAF).

Apesar do placar elástico, o jogo foi difícil e cheio de rivalidade. No primeiro tempo, poucas chances de gol. Aos 28 minutos, porém, o marcador foi finalmente mexido. O atacante Wesley Napão fez jogada pela esquerda e cruzou para o meia-atacante Purá bater forte. O goleiro rebateu e o oportunista Rickson só teve o trabalho de completar para o fundo do gol e correr para o abraço.

O time de Itacoatiara/AM buscou o empate na base da pressão. E o empate veio aos 43 minutos, quando Ronny cobrou pênalti sem chance de defesa para o goleiro Júnior.

Na etapa complementar, o Manaus FC/AM novamente contou com a estrela de Wesley Napão, que marcou duas vezes. Aos 11 minutos, ele bateu pênalti com perfeição e fez 2-1 para o Gavião do Norte. Aos 32 minutos, novamente o camisa 9 deixou sua marca, agora num chute de voleio dentro da pequena área. Foi o quinto gol de Wesley Napão em duas partidas, média de 2,5 gols por jogo – ele é o artilheiro isolado do Estadual Sub-20.

A contagem foi fechada aos 42 minutos, quando o iluminado João Paulo aproveitou a bela assistência de Carlos Fortes em cobrança de falta e desviou de cabeça para o fundo da rede do goleiro do Penarol/AM: 4-1 no placar e Gavião do Norte na ponta da tabela de classificação.

O projeto das categorias de base do Manaus FC/AM tem patrocínio e apoio das empresas Samel, Fazenda São Pedro, Asya Fashion, Alternativa Sport, Boutique do Torcedor, Franco's Pizza, Atlética Manaus e Emanuel Sports & Marketing.

Ficha Técnica:
Manaus FC/AM 4-1 Penarol/AM
Campeonato Amazonense de Juniores 2016
Segunda Rodada da Fase Classificatória
Sábado, 2 de abril de 2016, às 16 horas
Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, em Manaus/AM
Árbitro: Walter Francisco Nascimento dos Santos/AM
Assistente 1: Alexsandro Lira de Alexandre/AM
Assistente 2: Eliane Nogueira dos Santos/AM
4º Árbitro: Ozéas de Souza Cardoso/AM
Cartões amarelos: Piloto 26, Wesley Napão 27, Bizico 30 e Júnior 42 minutos do primeiro tempo. Geovanne 18, Bibi 19, Arlesson 21, Ronny 22 e Romarinho 31 minutos do segundo tempo.
Expulsões: Piloto 35 minutos do primeiro tempo (segundo cartão amarelo) e Dino 41 minutos do segundo tempo (cartão vermelho direto).
Gols: Rickson 28 e Ronny (pênalti) 43 minutos do primeiro tempo. Wesley Napão (pênalti) 11, Wesley Napão 32 e João Paulo 42 minutos do segundo tempo.
Manaus FC/AM: Júnior; Juca (Rafael 37/2º), Gabriel, Marcos e Geovanne; Arlesson, Mafran (Purá 22/1º), Vitinho e Rivelino (Carlos Fortes 27/2º); Wesley Napão (João Paulo 37/2º) e Rickson (Romarinho 27/2º). Treinador: Igor Cearense.
Suplentes: Alex, Thiago Braga, Romarinho, Carlos Fortes, Daniel Alves, Robinho, João Paulo, Rafael Bessa e Purá.
Penarol/AM: Matheus; Davi (Cadu 12/2º), Dino, Bibi e Bizico (Eldem 38/1º); Zé Pedro, Darley, Hélder (Wesley 12/2º) e Ronny; Inácio (Romarinho 38/1º) e Piloto. Treinador: Nelmo Corrêa.
Suplentes: Andrew, Cadu, Wesley, Nikson, Eldem, Romarinho, Adriano, Alex Estrada, Penha e Elivélton.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita