sexta-feira, 11 de novembro de 2016

[NATAÇÃO/ATLETISMO] - Atletas embarcam para Jogos Escolares da Juventude, na Paraíba

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Fotos: Antonio Lima/Sejel

Manaus/AM - Os alunos-atletas do Atletismo e da Natação do Amazonas que vão disputar os Jogos Escolares da Juventude (JEJ) começaram a embarcar na última quarta-feira (09/11), para João Pessoa/PB, para a principal competição Juvenil do Brasil, que ocorre de 10 a 19 de novembro.

Do Amazonas, mais de 150 competidores estarão representando o Estado na disputa que reúne atletas de 15 a 17 anos, sendo alunos de escolas privadas e instituições públicas da capital e do interior. Para a temporada, os estudantes-atletas contam com o apoio do Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Atletas do Judô, Ginástica, Luta Olímpica, Xadrez, Ciclismo e Vôlei de Praia já estão na Paraíba. Ao todo, 22 representantes do Atletismo buscam o Ouro na competição. É o caso do aluno da escola Estadual Professora Maria Belém, de Barreirinha/AM (distante a 331 quilômetros em linha reta de Manaus), Arielson Oliveira, 16 anos, que busca repetir a Medalha Dourada conquistada em 2015 no Lançamento de Dardo. “Pelo que eu treinei dá para repetir a Medalha. Treinei bastante em Barreirinha/AM e treinei dois dias aqui em Manaus/AM. Espero conquistar o melhor resultado e representar muito bem o meu Estado”, afirmou Arielson, que também vai tentar medalhar no Lançamento de Disco.

Em busca de melhorar o desempenho de 2014 quando conquistou o quinto lugar nos 800 metros, o itacoatiarense, Juvaldir Silva (foto abaixo), 16 anos, tem a intenção de subir ao pódio. Aluno de informática do Instituto Federal de Educação do Amazonas (Ifam), o meio-fundista treinou intensamente na cidade da Pedra Pintada e aproveitou para melhorar o desempenho na pista de Atletismo da Vila Olímpica. “É a minha segunda competição. Em 2014 fiquei em quinto lugar, ano passado estava machucado e não fui. Esse ano quero estar no pódio. O treinador disse que se eu correr um pouco melhor dá para pegar um Bronze. Treinei também aqui na pista (de Atletismo) da Vila e estou pronto”, disse o itacoatiarense.
NATAÇÃO
Com seis atletas dos 12 nadadores que vão para o JEJ, o colégio La Salle é a esperança de conquistas para o Amazonas. Um dos nomes fortes é o de Kaio Araujo. Com 16 anos, o nadador dos 50 e 100 metros Livre e 50 metros Costas possui recordes no Campeonato Amazonense e é dono do Bicampeonato da Copa Norte nos 50 metros Livre. “É uma disputa bastante difícil. Fui em 2014 e fiquei em oitavo, ano passado não fui por causa do PSC (Processo Seletivo Contínuo - UFAM) que coincidiu com as competições. Espero melhorar meu resultado e conquistar o pódio”, declarou o atleta.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

[NATAÇÃO] - Almirante Tamandaré contará com a participação de dois atletas olímpicos

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Fotos: Mauro Neto/Sejel

Manaus/AM - Uma das provas de águas abertas mais tradicionais do Amazonas, a Almirante Tamandaré, volta a fazer parte do calendário esportivo de 2016 e em grande estilo. O retorno da competição, marcado para 04 de dezembro, com largada às 7h30min, na Praia do Camaleão, com chegada na praia da Ponta Negra, terá a participação de atletas olímpicos. O anúncio foi feito nesta terça-feira (08/11), pelo titular da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Fabricio Lima, pelo organizador do evento, Pierre Gadelha, e demais representantes da competição.

A dupla olímpica que fará parte do evento é formado por Ana Marcela Soares, que participou das Olimpíadas de Pequim 2008 e Rio 2016, além de ser dona de 11 pódios internacionais consecutivos e ser a única medalha de ouro para o Brasil no Mundial de Kazan, na prova dos 25 quilômetros; e Allan do Carmo, que foi Bronze nos Jogos Pan-americanos (Rio 2007), participou de duas Olimpíadas (2008 e 2016) e sagrou-se Campeão Mundial na maratona de 10 quilômetros da Copa do Mundo de Maratonas Aquáticas de 2014, em Hong Kong, sendo o primeiro brasileiro a conquistar a marca internacional na modalidade masculina.

“É uma honra poder anunciar a volta desta importante competição, que não é realizada desde 2007 em circuito oficial (8,5 quilômetros), há oito anos. E para comemorar este retorno, vamos ter a participação ilustre de dois grandes atletas olímpicos, além dos atletas locais e de outras partes do Brasil. Tenho certeza que a família do esporte recebe com muita alegria esta notícia e não tenho dúvidas que o evento será um sucesso e deve revelar as novas promessa do esporte”, destacou Fabrício Lima.

Presente na coletiva, o primeiro vencedor da Almirante Tamandaré de 1970, Paulo Rabello (foto acima), destacou a importância da prova e relembrou a época das braçadas no Rio Negro. “Eu tinha 20 anos quando participei da Almirante e hoje tenho 66 anos. Participei, ao todo, de 18 Travessias e lembro que naquela época só havia a caixa d’água do Hotel Tropical para guiar e atualmente existe todo um aparato. Fico muito feliz pelo retorno desta competição, que faz parte da minha vida”, destacou.

Outra inovação para 2016, e que não era item obrigatório nas demais edições, é que todos os participantes deverão ser acompanhados durante o percurso por um guia, podendo este estar de stand-up ou caiaque. A exigência é para garantir ainda mais segurança e conforto aos nadadores. O tempo-limite de prova será de 1h30min após a chegada do primeiro colocado.

“A prova vai contar com todo o aparato de segurança necessário por parte da Capitania dos Portos e este item de acompanhamento será um suporte individual para o atleta, que caso não apresente, não terá como realizar a prova. Isso foi imposto pois esperamos muitos competidores de outros Estados e atletas novos, que ainda não tiveram a experiência com as águas do Rio Negro, que tem caraterísticas como a densidade”, destacou Pierre (foto abaixo).
Ao todo, serão 13 categorias em disputa pela Almirante Tamandaré, nos naipes Masculino e Feminino, e a idade mínima para participar das provas curtas é de 13 anos completados até 31/12/2016, sendo elas: Infantil (13 e 14 anos), Juvenil (15 e 16 anos), Júnior (17, 18 e 19 anos), Sênior (20 a 24 anos), Master A (25 a 29 anos), Master B (30 a 34 anos), Master C (35 a 39 anos), Master D (40 a 44 anos), Master E (45 a 49 anos), Master F (50 a 54 anos), Master G (55 a 59 anos), Master H (60 a 64 anos) e Master I (65 e acima).

De acordo com o Capitão dos Portos da Amazônia Ocidental, Comandante Alfred Dombrow, o evento faz homenagem a semana do Marinheiro. “Essa competição leva o nome do patrono da Marinha e para a gente não poderia ser um evento mais emblemático e justamente na semana do Marinheiro. Vamos estar com toda a nossa segurança voltada para a disputa e contaremos com helicóptero, assistência hospitalar, salva-vidas e demais ações que possam garantir a excelência da prova”, disse.

As inscrições para a Almirante Tamandaré estão sendo realizadas pelo site http://www.ticketagora.com.br/ e a taxa de inscrição será no valor de R$ 160,00 até 30 de novembro de 2016.

A entrega dos kits será realizada no dia 3 de dezembro, na Arena da Amazônia (entrada pelo Portão D, Flaviano Limonggi), das 8h às 17h, mediante apresentação do comprovante de inscrição.

Até o momento, 37 atletas já se inscreveram na Almirante, incluindo a participação de sete Estados do Brasil - Roraima, Rondônia, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grade do Sul, Minas Gerais, Pará - além do Distrito Federal.

RIO NEGRO CHALLENGE
A Travessia Almirante Tamandaré faz parte do Rio Negro Challenge Amazônia, evento que vai reunir ainda mais duas provas: o Circuito Curumim e a Maratona Aquática Amazonas. Todas as competições acontecem dia 04 de dezembro.

O Circuito Curumim, que como o nome sugere é voltado para as crianças, compreende as idades de 8 a 12 anos, terá o percurso de 400 metros, na Ponta Negra e terá largada às 7 horas. Já a Maratona Aquática inicia às 8 horas, também na Ponta Negra, e o trajeto vai de 1,5 quilômetros e 3 quilômetros, de 13 anos até 65+.

As inscrições para o Challenge Amazônia são pelo site http://www.ticketagora.com.br/, e seguem até 30/11. O evento é chancelado pela Federação Amazonense de Desportos Aquáticos (Fada).

Até o momento, já confirmaram participação 112 atletas na Curumim e na Maratona. Somando os atletas da Almirante, este número chega a 149.

TODAS AS PROVAS
Data: 04 de Dezembro (Domingo)

Circuito Curumim
Local: Praia da Ponta Negra
Horário: 7 horas

Travessia Almirante Tamandaré
Local: Praia do Camaleão
Horário: 7h30

Maratona Aquática Amazonas
Local: Praia da Ponta Negra
Horário: 8 horas

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[WRESTLING] - Tasso Alves representará o Amazonas em competição Sul-Americana

Da Agência Maxi Mídia
Foto: Divulgação

Manaus/AM - Após ser Bicampeão Brasileiro de Luta Olímpica na Categoria Sênior, o amazonense Tasso Alves foi convocado para representar o país na competição mais forte do Continente, o Campeonato Sul-Americano de Wrestling, que será realizado na Colômbia, entre os dias 15 e 20 de novembro.

"Estou muito feliz pelo reconhecimento da Confederação Brasileira e pela convocação. O treinamento continuou forte após a minha conquista do Bicampeonato Brasileiro, hoje estou mais experiente no Wrestling depois de um 2016 muito competitivo, onde participei de uma edição do Pan-Americano, no Texas, e do Mundial de Beach Wrestiling, na Croácia. As competições internacionais são boas, pois voltamos sempre com uma experiência a mais”, destacou Alves, que também é Tenente da Polícia Militar do Amazonas.

Tasso Alves recebe apoio do Projeto Nossa Energia Move a Amazônia, promovido pela Distribuidora Equador Petróleo, que está selecionando dois novos nomes do esporte da região Norte para receber patrocínio durante um ano. A votação está sendo realizada através do site www.moveamazônia.com.br.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

terça-feira, 8 de novembro de 2016

[CULTURAL] - Peteleco é Patrimônio Cultural do Amazonas

Da Assessoria de Comunicação
Foto: Perfil do Facebook de Oscarino/Peteleco

Manaus/AM - O boneco Peteleco, criação do ventríloquo Oscarino Farias Varjão, agora é Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado do Amazonas. O projeto de autoria do Deputado Estadual Bosco Saraiva (PSDB) foi aprovado pelos parlamentares durante votação na manhã de terça-feira (01/11), na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALEAM).

Para o líder do PSDB na Casa Legislativa e presidente da Comissão de Cultura da ALEAM a homenagem reconhece a importância deste personagem para a cidade de Manaus/AM. “Estou muito agradecido a Assembleia Legislativa como um todo por entender que não só prédios ou edificações, mas também de personagens se constitui uma cidade. O boneco Peteleco é uma das personalidades marcantes da vida de Manaus/AM. O ventríloquo Oscarino durante décadas dedicou-se a alegria das crianças e tornou-se um ícone, uma pessoa especial”, declarou Bosco Saraiva.

A ideia do Deputado Estadual, Bosco Saraiva (PSDB), foi recebida muito bem pelos demais parlamentares, e isso se reverteu no resultado da votação. “Transformá-lo em um bem, em um Patrimônio Cultural da cidade de Manaus/AM, é sem dúvida é um feito da Assembleia.”, relatou o presidente da Comissão de Cultura do Amazonas.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[NATAÇÃO] - Piscina da Rio 2016 é doada para a Vila Olímpica de Manaus/AM

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Fotos: Nathalia Silveira/Sejel

Manaus/AM - Com articulação do Governador do Estado, José Melo, o Amazonas começa a escrever um novo capítulo do esporte local. Isso porque, em reunião realizada na terça-feira (01/11), na cidade do Rio de Janeiro/RJ, o titular da Secretaria de Estado de Juventude Esporte e Lazer (Sejel), Fabricio Lima, conquistou um dos legados olímpicos mais importantes da Rio 2016: a piscina olímpica. Toda a estrutura será doada ao Estado e montada na Vila Olímpica da capital amazonense, localizada no Dom Pedro.

A piscina é da marca Myrtha Pools, uma empresa italiana líder no setor de Natação e reconhecida como a melhor no mercado europeu. O material mede 50x25 metros, tem 2 metros de profundidade e 15 anos de garantia de vazamento. Com avançada tecnologia, sua estrutura permite um processo de renovação para montagem, incluindo paredes, revestimento do pavimento, e calhas de transbordamento separadamente ou em combinação, sendo que não necessita de quaisquer trabalhos de demolição.

"Há dois meses venho conversando diretamente com o secretário de Alto Rendimento do Ministério do Esporte, Luiz Lima, e após constantes reuniões recebemos a definição que Manaus/AM será contemplada com este legado olímpico. A entrega, juntamente com a montagem, devem durar cerca de oito meses e em 2017 poderemos voltar com treinamentos, campeonatos locais, nacionais e internacionais, dando oportunidade aos nossos atletas e desvendando talentos", destacou Fabricio Lima.
A piscina custa R$ 5 milhões e a mesma será doada pelo Ministério do Esporte, através de uma parceria com a Aeronáutica. Em contrapartida, o Governo do Amazonas irá arcar com a operação de transporte do material, algo em torno de R$ 48 mil. A Aeronáutica ainda irá custear também a montagem e homologação da Federação Internacional de Natação (FINA).

Para o secretário de Alto Rendimento, Luiz Lima, a piscina em Manaus/AM irá possibilitar a disseminação de todos os Desportos Aquáticos, não somente a Natação, como também do Polo Aquático, Triathlon, Salto Ornamental e Nado Sincronizado. Além disso, o Amazonas ainda vai herdar 10 blocos e a caldeira de aquecimento.

"É bem emblemático levar essa piscina para Manaus/AM e algo maravilhoso para o Ministério, pois todo o equipamento já chega à cidade com uma história, pois nesta piscina os recordes foram batidos e ídolos nadaram. Poder realizar esta parceria, que inclui os blocos e a caldeira, me deixa feliz, principalmente por saber que vai resgatar o desporto aquático local do Amazonas. Não tenho dúvidas que será um material bem utilizado", destacou Luiz Lima.

Segundo o representante da Myrtha, Haller Freitas, a instalação da piscina dura até 90 dias e a entrega deve ser feita em meados de agosto de 2017. "O engenheiro e arquiteto da Sejel verificaram todo o material da piscina e começamos a realizar os estudos para a fixação da piscina e sua estrutura. Essa piscina tem chancela internacional e conta com jatos assinados por uma empresa alemã, que não passa corrente e, consequentemente, não faz interferência no nado. Além disso, economiza 70% do cloro", destacou.

Presente na reunião, o responsável pela assessoria de engenharia da Sejel, Agilson Leonel, explicou que a reforma da piscina da Vila Olímpica iniciou em agosto de 2015 e por questões burocráticas o projeto ainda estava em processo. Com a conquista da doação, o projeto será adaptado. "Vamos trabalhar dia e noite para adaptar este legado olímpico à Vila. O recurso previsto será reaplicado, por orientação do secretário Fabrício Lima, na estrutura do complexo esportivo, investindo em outras áreas da Vila, como da musculação, vestiários e demais. Isto é uma vitória do esporte", destacou Agilson.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita