quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

[TÊNIS DE MESA] - Copa Cidade de Manaus encerra temporada 2016 e revela destaques

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Fotos: Anderson Silva/Sejel


Manaus/AM - O último torneio da Temporada do Tênis de Mesa reuniu mais de 100 participantes desde a última sexta-feira (16/12) até domingo (18/12), no Ginásio Renné Monteiro, localizado na Constantino Nery. A Copa Cidade de Manaus de Tênis de Mesa contou com atletas que já estão de olho em 2017 e jogadores que voltaram a utilizar a bolinha e a raquete. A competição recebeu apoio do Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel)

Nas seis mesas montadas na Quadra do Ginásio, competidores de várias idades e de nove categorias se revezavam nas disputas acirradas. Uma das promessas do esporte no Amazonas, Elifa Soares, de 12 anos, tem no currículo a conquista do Brasileiro por equipes em 2015. Na Copa, o jovem atleta não teve dificuldades para vencer conquistar o primeiro lugar de forma invicta. “Venci todos os meus cinco jogos na categoria Mirim. Tive adversários difíceis, mas deu para passar e vencer sem perder nenhuma partida”, comemorou o atleta.
Campeã da categoria Infantil e segundo lugar no Absoluto Feminino, Brenda Macena, se tornou mesatenista em 2010. Despontando com um dos principais nomes do esporte no naipe Feminino, a atleta que já conquistou o Brasileiro por Equipes no ano passado visa um 2017 de muitas disputas nacionais e até fora do país. “É um Campeonato para encerrar a Temporada e sempre é bom ganhar. Estou focada em 2017 para participar do Brasileiro, Copa do Brasil e até mesmo competições internacionais”, declarou a jovem de apenas 15 anos, que defende o Adalberto Valle.
Depois dois anos afastado da raquete e da bolinha, a volta ao esporte do autônomo Rosley Gomes, 35 anos, não rendeu um bom resultado. A eliminação no segundo jogo da Primeira Fase não desanimou o mesatenista que agora pretende treinar mais para as disputas da Temporada do ano que vem. “Foram dois anos afastados por conta dos trabalhos. Como não tinha tempo não dava para treinar ou participar. Como não estou mais no Distrito (Industrial) voltei a participar. Fui eliminado logo no segundo jogo, o físico não ajudou. Vou treinar mais e me preparar para 2017”, comentou.

Para o coordenador do evento, a Copa Cidade de Manaus de Tênis de Mesa fechou com chave de ouro a Temporada 2017. “Essa é a principal competição do ano para a gente e não poderíamos fechar de outra maneira este ano. Este esporte tem crescido muito na Capital e tem formado grandes atletas na modalidade. Acreditamos que ano que vem teremos ainda mais excelência na modalidade e conseguiremos extrair resultados ainda melhores nacionalmente. A Copa já mostra estes sinais e agradeço todos os atletas pelo empenho”, disse Barreto.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

[GINÁSTICA] - Galagym encerra temporada 2016 no Amazonas

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Fotos: Mauro Neto/Sejel

Manaus/AM - Em ritmo de muita festa, a Ginástica Rítmica e Artística fecharam a Temporada 2016 com o Galagym. O evento, baseado em apresentações, ocorreu neste final de semana e reuniu mais de 100 atletas no Centro de Ginástica do Amazonas Bianca Maia Mendonça, localizado na Vila Olímpica de Manaus/AM, Dom Pedro. A festa da modalidade foi marcada pela presença do governador José Melo, que anunciou a climatização do Ginásio em 2017. O evento recebeu apoio do Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

“Ano que vem, vamos avançar, e começar a climatizar o Centro de Ginástica do Amazonas Bianca Maia Mendonça. Será um processo em parceria com o Fundo de Promoção Social, através da Edilene Gomes, e isso vai dar mais condições de treino e melhorar o desempenho das atletas. Estou muito feliz de estar aqui e ver essas crianças empenhadas”, destacou o Governador Melo, que acompanhado pelo titular da Sejel, Fabricio Lima, visitou toda a instalação do Ginásio.

A presidente da Federação Amazonense de Ginástica (FAG), Artemis Soares, ressaltou o compromisso firmado pelo Governador do Amazonas com o esporte. "Recebemos o governador José Melo e isto foi uma bela surpresa para nós. Ele assumiu o compromisso com a climatização do ginásio e que bom que as equipes terão um lugar de alto rendimento com um padrão adequado para o treinamento. Isso já revela como 2017 será ótimo e é excelente ter um governante que olha pelo esporte”, afirmou.

Apesar de não valer pontuação, as equipes do Adalberto Valle desenvolveram coreografias com critérios pelas normas da modalidade. Se despedindo de 2016, a equipe faz planos para o ano novo e destaca as conquistas deste. "Acho que foi um dos anos mais maravilhosos, pois conseguimos conquistar muitas coisas boas. Praticamente, o primeiro lugar de quase todos os campeonatos que a gente teve aqui em Manaus/AM, e em especial o Campeonato Sul-Americano, onde as meninas conquistaram o Ouro. Foi um ano abençoado, fruto de muito trabalho. Hoje foi o dia delas se divertirem e extrapolarem tudo o que foi vivido, treinamentos, choros, cansaço. Elas adoram fazer o Galagym e ano que vem vai ser muito melhor. Estaremos mais experientes e ainda mais focadas", disse a treinadora do Adalberto Valle, Fabricia Viana.
Aos 11 anos de idade, Iasmim Kevelyn já coleciona 32 Medalhas. E a menina não pretende parar tão cedo essa soma. Disputando a Ginástica Rítmica Juvenil, ela conta que ainda há um caminho longo para percorrer no esporte. "Aprendi muito durante o ano, e não quero largar a Ginástica, pois amo de paixão. Sou Vice Campeã Brasileira e quero continuar focando nos treinamentos", frisou Kevelyn, que faz parte da equipe dourada do Adalberto Valle.

Nathalia Mariane iniciou na Ginástica este ano, através da Escolinha de Iniciação Esportiva, que viabiliza aulas gratuitas de Ginástica Rítmica e Ginástica Artística para mais de 200 crianças, no Centro de Ginástica Bianca Maia. A jovem afirma que o esporte foi amor à primeira vista e que este ano foi de adquirir experiência e no próximo ano ela vai mergulhar no mundo das competições pela categoria Infantil. "Sempre amei Ginástica Rítmica, vou continuar treinando na escolinha do Projeto, onde aprendi muito esse ano. É um sonho poder fazer este esporte, consegui evoluir muito tecnicamente em apenas meses e ano que vem vou poder me inscrever nas competições locais e nacionais. Quero ter muitas conquistas e ser como aquelas ginasticas que aparecem na televisão e quero ter muitas conquistas", ressaltou Mariane.

Para a coordenadora do evento, Alessandra Balbi, a Ginástica amazonense este ano evoluiu, as sementes começaram a dar frutos, e a tendência é de mais conquistas e vitórias pela frente. "Hoje foi um dia muito especial para gente, por estar comemorando todo o contentamento com a Ginástica neste ano, que teve conquistas memoráveis, principalmente pela construção e inauguração do Centro de Ginástica Bianca Maia. Todas as crianças que praticam Ginástica dentro desse Ginásio comemoraram nessa grande festa e este foi o momento das equipe confraternizarem junto com suas técnicas e assim nos despedimos do calendário 2016", comentou a organizadora do evento Alessandra Balbi.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[NATAÇÃO] - Vitor Gadelha entra para a história da Travessia Do Leme ao Pontal

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Foto: Divulgação

Manaus/AM - O nadador Vitor Gadelha, de 19 anos, entrou para a história na manhã desta segunda-feira (19/12), após completar 35 quilômetros da Travessia Do Leme ao Pontal, no Rio de Janeiro/RJ. Com o feito, o atleta torna-se o primeiro nadador do Norte-Nordeste e o mais novo a realizar a prova. A saga do amazonense iniciou às 3h30 e ele passou por famosos pontos turísticos da Capital, como Copacabana, Ipanema e Leblon. Para a competição, o jovem recebeu apoio do Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Ao todo, a prova teve duração de 8h43m45seg e foi disputada na categoria solo. Para encarar a dura missão, Vitor não economizou nos treinos. Ele se dedicava de duas a três horas diariamente dentro d’água, completando 60 quilômetros de natação por semana. Além disso, fez treinos noturnos uma vez por semana, para simular o horário do desafio no Rio. “Cair na água 3h30 da manhã não é algo fácil, fiquei nauseado, mas fui melhorando durante a prova e no finalzinho comecei a sentir bastante dor e aí tive que diminuir o ritmo para eu me recuperar. Depois, voltei ao ritmo que estava antes e fui até mais forte", contou o nadador.

Se a parte técnica e física foram importantes, a psicológica não ficou para trás. Aliás, foi essencial para o amazonense obter o feito. “Tive que trabalhar muito o psicológico, pois é uma prova super longa e tive que pensar em coisas boas, como fechar prova, não pensar nos 35 quilômetros, mas sim na hidratação de 25 em 25 minutos. Esse prêmio é muito gratificante para mim, pois sou o primeiro amazonense a terminar o percurso e o mais jovem que já encarou o desafio, então eu não poderia estar mais feliz”, comentou o nadador.

Para o desafio, o atleta contou com todo o apoio do pai, Pierre Gadelha. Parceria essa que fez o garoto centralizar suas forças nas provas de águas abertas desde 2014. Forte incentivador, o chefe da família lembra que apesar da pouca idade do filho e do pouco tempo na modalidade, Vitor já acumula provas importantes de longa distância, como a Travessia 14 Bis de 24 quiilômetros, a Ultramaratona Aquática da Ilha do Mel de 20 km, Travessias no Rio Negro e o vice-campeonato da Copa Brasil na categoria júnior de 2015 e 2016.

“Estou muito orgulhoso do meu filho, não poderia estar mais. É um presente de Natal antecipado e isso é fruto de muita dedicação dele. Ele é um atleta responsável, que se programa, que vive para o esporte. Então, não tenho dúvidas que ele ainda tem um caminho muito bonito no esporte. Ele começou nas piscina e agora ganha o mar de ponta a ponta”, destacou Pierre, ao avisar que o filhão desembarca em Manaus na sexta-feira (23/12) à noite.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[CAMPEONATO AMAZONENSE DA SEGUNDA DIVISÃO 2017] - Tarumã/AM apresenta elenco dia 5 de janeiro

Da Assessoria de Comunicação

Manaus/AM - Após participar de competições das Categorias de Base na atual temporada, a Diretoria do Esporte Clube Tarumã/AM já começa a traçar os planos para o ano de 2017, onde o time rubro-negro terá em seu calendário a disputa da Série B do Campeonato Amazonense de Futebol. Ainda no primeiro semestre, o Lobo do Norte disputará também o certame da categoria juniores.

A Segundona do Barezão contará com as participações de Tarumã/AM, Holanda/AM, CDC Manicoré/AM e Penarol/AM. O elenco rubro-negro realizará exames médicos no dia 3 de janeiro, com a apresentação do elenco marcada para o dia 5.

Na primeira rodada da Série B, o Tarumã/AM enfrentará o Penarol/AM, partida que será disputada no estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara/AM. O Campeão e o Vice da competição garantem vaga na Primeira Divisão do futebol amazonense.

A diretoria do Tarumã/AM vem definindo o plantel para a competição, mas o anúncio somente será feito após os exames médicos. Alguns nomes já estão confirmados para a Comissão Técnica: o português Fernando Lage será o treinador; Diego Maquiné será o preparador físico; Ivanilson terá a função de preparador de goleiros; e Gleydson será o mordomo.

Confira abaixo os jogos do Tarumã/AM na Série B do Campeonato Amazonense 2017:

PRIMEIRA FASE
28/01 - Penarol/AM - Tarumã/AM
Local: Estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara/AM

04/02 - Tarumã/AM - Holanda/AM
Local: Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/AM

11/02 - CDC Manicoré - Tarumã/AM
Local: Estádio Gerdilson Bentes, em Manicoré/AM

SEGUNDA FASE
18/02 - Tarumã/AM x Penarol/AM
Local: Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/AM

25/02 - Holanda/AM x Tarumã/AM
Local: Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/AM

04/03 - Tarumã/AM x CDC Manicoré/AM
Local: Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/AM

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[COTIDIANO] - Férias, Ônibus, Companheirismo, Bazar e Vendas (Capítulo Final)

Teófilo Benarrós de Mesquita
Manaus/AM - Que final de semana maravilhoso. Obrigado meu Bom Deus... Com o Raul Carlos de férias, vivemos intensamente nosso Sábado e Domingo. Após uma superaventura no ônibus 623 na noite anterior, acordamos cedinho no Domingo (18/12), para levarmos o carro para a Oficina e depois participarmos do Bazar Natalino. No meio do caminho, mudei de ideia e decidi ir direto para o Bazar, deixando a Oficina para segunda-feira (19/12). Tudo assim, de veneta, desplanejadamente (termo que nem existe, rs).

Tomamos nosso café na Panificadora Cintia, na Carvalho Leal, bairro Cachoeirinha. Apesar do vasto buffet, que pesou na minha escolha, o Raul Carlos não saiu de seu tradicional café com leite (foto abaixo). De lá Bazar, onde o Guri ajudou em cada detalhe da arrumação das mesas e ajudou nas vendas. O Raul Carlos se empolga nos Bazares. Não é o primeiro que ele participa comigo. Gosta de arrumar tudo, vibra quando compram alguma coisa que foi dele (brinquedo, roupa ou sapato), participa das negociações e sempre pergunta quanto (em reais) já vendemos !!!
E por falar em negociação, esse negócio de Bazar é muito prazeroso, além de reforçar a renda familiar. Deixa a gente até de coração mole. Teve duas sandálias da Maria Cecília, que acho que ela nem usou de tão pequenas que são, que eu praticamente dei para a compradora. De cinco, cada uma, vendi a seis reais as duas. A mãezinha estava com a criancinha no colo e experimentou, pacientemente, as sadalhinhas. Olhou, olhou, olhou e, quando ia devolver, sem que ela pedisse, eu fiz a proposta: "faço para você três reais, cada uma". A mãe abriu o sorriso de orelha a orelha e aceitou a oferta.

Outra venda tocante foi de uma senhora e um sapato branco da Scarlett, de cinco reais. A compradora passou e experimentou nos pés o sapato pelo menos quatro vezes, que eu me lembre. Nunca levava... Eu decidi: vou vender para ela. Ela voltou, sentou, experimentou o sapato, senti que ela ia devolver e eu arrisquei: "quanto a senhora pode dar para levar o sapato?". A senhora devolveu: "o senhor pode fazer um desconto?". Retruquei: "faço sim, dê o seu preço". Ela, educadamente, respondeu: "o senhor é quem dá o preço. O senhor é o vendedor". Isso me desmontou, mais ainda. Receoso eu arrisquei de novo: "me pague quatro reais. É vinte por cento de desconto. Em tempos de crise, ninguém está por aí dando vinte por cento de desconto...". Célere ela puxou duas notas de dois reais da bolsa e levou o tão paquerado sapato... Me senti o próprio Rick Harrison.

Para completar a felicidade, quando eu comecei a recolher nossos produtos, às 14h50min (o Bazar termina às 15 horas), caiu um aguaceiro do céu. Nem tive dúvida. Depois de colocar tudo no carro, puxei o Raulzito para mais um banho de chuva (que a avó Suely Caldas não leia essa postagem, rs). Foi a senha para ele falar duas frases que exprimem o estado de felicidade e êxtase dele. "Pai Eu Te Amo", seguida sempre do "Pai, o senhor é o Melhor Pai do Mundo". Aconteceu também quando entramos no gramado da Arena para comemorarmos quando o Fast Clube/AM foi Campeão Amazonense de 2016, no último dia 22 de outubro. Acontece sempre que fazemos uma programação que ele curte muito - por exemplo, andar de ônibus.

Ainda tentamos pegar uma chuva quando chegamos em casa, mas o aguaceiro já tinha sido reduzido para um simples chuvisco. Banho quente e mergulhamos debaixo das cobertas, na cama, para ver TV. Com duas horas de fuso horário, já pegamos o Silvio Santos... Dentre as coisas que o Raul Carlos adora, está também as leseiras do Silvio Santos. Só tenho o cuidado de mudar de canal quando tem alguma coisa inconveniente para a idade dele. Ele dormiu, pois acordara muito cedo, às 5h40min. Quando acordou, fiz um chocolate quente.

Ele parecia estar realmente vivendo um sonho, embora consciente que teria prazo de validade. "Pai, o senhor vai trabalhar amanhã??" foi uma das últimas frases que lembro ter escutado dele, antes de eu pegar no sono ferrado, deixando para ele o reinado do controle remoto.

Obrigado meu Deus !!!
Que Final de Semana Sensacional !!!

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

[FUTEBOL AMERICANO] - Decisão da Temporada 2016 vai ser na Arena Vivaldo Lima

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Fotos: Mauro Neto/Sejel

Manaus/AM - Quem for a Arena Vivaldo Lima na próxima quinta-feira (22/12) vai se surpreender com as atrações que estarão disponíveis. Isso porque, neste dia, o Estádio vai receber dois eventos distintos, mas que prometem agradar a população. Trata-se da Feira Gastronômica dos Bois Garantido e Caprichoso, que inicia às 16 horas, e a Decisão do Campeonato Amazonense de Futebol Americano, o Manaus Bowl, que começa às 20 horas. O primeiro será realizado no Setor Pódio e o segundo no campo e ambos encerram meia-noite.

Com apoio do Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), o acesso para os dois eventos será feito por duas entradas, Portão C (Constantino Nery) e D (Flaviano Limongi), e é pedido 1 quilo de alimento ou brinquedo à população, para que posteriormente seja feita uma doação às entidades carentes.

Segundo o organizador da Feira, Sergio Vieira, será oferecido ao público diversos tipos de comidas típicas de Festas Natalinas e muitas atrações musicais. As iguarias terão valores variados e acessíveis, entre R$5 a R$20. São previstos a variedade de 30 estabelecimentos. “Estamos ansiosos para este dia, preparamos uma coreografia especial que mistura os passos do Boi com um toque natalino, entre outras atrações musicais. Creio que essa mistura da cultura amazonense com esse evento de Futebol Americano vai ser bem interessante, pois nós que não conhecemos a modalidade teremos a oportunidade de conhecer, e eles também poderão se contagiar com a alegria que o Garantido e o Caprichoso trazem”, comentou Vieira.

MANAUS BOWL

Se a galera do dois pra lá e dois pra cá está animada, imagina as equipes do Futebol Americano, Manaus Broncos e North Lions, que vão disputar pela primeira vez uma Decisão nos gramados da Arena Vivaldo Lima. A decisão, denominada Manaus Bowl, comemora o surgimento de 10 anos da modalidade no Amazonas e a expectativa das equipe é recrutar o maior número de pessoas para prestigiar o evento.

“Essa vai ser uma oportunidade única do público ter contato com o Futebol Americano num espaço que chama bastante atenção. Vamos trabalhar para que tudo possa sair perfeito e estamos preparando algumas surpresas para a torcida, como sorteio de brindes. Será um dia inesquecível”, disse o presidente do Manaus Broncos, Renner Silva, que na próxima segunda-feira (19/12), às 10 horas, se prepara com outros integrantes para realizar a demarcação do campo.

“A demarcação vai ficar perfeita, o campo de futebol americano possui 100 jardas de comprimento e vai de uma zona à outra e ele é divido de 10 em 10 jardas, pois cada ataque tem quatro tentativas. Vamos fazer os marcadores de jardas e as linhas de restrição e tenho certeza que o visual vai ficar muito bonito e surpreender”, afirmou o presidente do North Lions, Lucas Alencar, ao comentar que a equipe também prepara novidades para a torcida, como sorteios de seis bolsas de uma academia da Cidade, suplementos e outros mais.
O Manaus Bowl é organizado pela Federação Amazonense de Futebol Americano (FEAMFA). A competição é dividida em dois turnos, a melhor equipe vai direto para a Final, 2º lugar vai para Semi-Final, 3º lugar e 4º lugar vão para o Wild Card e o vencedor joga com o Semifinalista, de onde sai o outro finalista para disputar o título.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

domingo, 18 de dezembro de 2016

[COTIDIANO] - Férias, Ônibus, Companheirismo, Bazar e Vendas (Capítulo Inicial)

Teófilo Benarrós de Mesquita
Manaus/AM - Que final de semana maravilhoso. Obrigado meu Bom Deus... Com o Raul Carlos de férias, vivemos intensamente nosso Sábado e Domingo. Nem mesmo o carro no prego atrapalhou; pelo contrário, do limão foi feita a limonada, pois uma das coisas que o Raul Carlos mais gosta de fazer nessa vida é ANDAR DE ÔNIBUS. Já são quase 48 horas de grude, que começou, pasmem, na Confraria do Geri e está terminando (sim, ainda não terminou) com nossa tradicional programação de final de Domingo - rindo das leseiras do Silvio Santos e de suas Colegas de Auditório do SBT (Sistema Brasileiro de Televisão).

No Sábado (17/12), na terceira tentativa de contratar um serviço de mecânico, graças à ajuda da Tânia Cavalcante, finalmente deu certo. Só não deu para ele completar o serviço - mas resolveu 95%. Os outros dois não estavam precisando de grana, pelo jeito, pois me enrolaram e não vieram fazer o serviço... Enquanto seu "Pedrinho" trabalhava no carro, minha Mãe Ledice Benarrós me convocava e intimava a dar meu jeito, pois eu não poderia faltar à Confraria, visto ser a sua última neste ano - ela viaja dia 28/12, para seu tour anual ao Rio de Janeiro/RJ e Aparecida do Norte/SP. Cheguei aos 45 minutos do segundo tempo e, pelas circunstâncias, tive que levar o Raul, que devorou quase sozinho uma porção de batata frita, acompanhado de um regional Guaraná Baré.

Na volta, paguei uma dívida pendente deste sexta-feira passada (09/12), quando prometi voltar da Cidade Nova para o Japiim de ônibus mas o tio Tércio Mesquita fez questão de nos deixar em casa. Quando soltamos do carro ele me disse: "Pai, eu não falei nada no carro para não te chatear, mas estou muito triste contigo, pois tu prometeu que a gente ia voltar de ônibus". Assim, andamos da Ayrão até o Boulevard onde combinamos pegar o primeiro ônibus que passasse mais próximo de casa.

Depois de alguns minutos analisando as linhas disponíveis, optamos por tomar o 623/Petrópolis, até um ponto mais perto do Japiim. Geeeenteeeee, que comédia. O motorista era novato na linha e errava o trajeto constantemente... A cobradora, coitada, vivia pedindo desculpas e se justificando: "ele é novo nessa rota". Eu e o Raul Carlos ríamos a valer... "Direeeeiiiiiiiiiitaaaaa", gritavam os passageiros, quando o motora já ia passando da curva... "Esqueeeerdaaaaa", já dentro do bairro de Petropólis, num entroncamento. É claro que alguns, mais cansados, num Sábado à noite, doidos para chegar em casa depois de uma dura jornada semanal de trabalho, não viam graça nenhuma nessa presepada. Mas eu e o Raul ríamos de doer nossas barrigas.

Soltamos no 3º Distrito Policial e andamos até a Tefé, esquina com a Atlântica, para pegarmos o 614/Japiim. Isso depois dele recusar veementemente fazer a segunda parte do trajeto de táxi. Ele quase mudou de ideia, depois de uma espera de quase 30 minutos na parada de ônibus. Quando finalmente soltamos na Penetração II, ainda deu tempo de assistir a Cantata de Natal, na Igreja Sagrada Família, onde assistimos ao Ronninho cantando. Incrível: no escuro ele me via chegar e pulou de sua cadeira para me dar um abraço gostosão. E repetiu o gesto com o Raul Carlos.

Fechamos o sábado com uma pizza de calabresa, escolha do Raulzito. Fechamos é maneira de dizer... Eu dormi. Ele, de férias, entrou pela madrugada vendo TV, no Canal Gloob. Ufa... Sábado intenso. Pena que eu esqueci de tirar fotos do passeio de ônibus, da Cantata de Natal e da pizza. E o que dizer do Domingo, que foi ainda melhor e mais maravilhoso. Vou contar tudo amanhã, em outro Capítulo. Aguardem !!!

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita