sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

[CLUBES DO AMAZONAS] - Nacional/AM vence Holanda/AM no segundo jogo treino da Temporada

Texto e Foto: Site Oficial do Nacional/AM
http://www.nacionalfc.com.br

Manaus/AM - Na tarde desta sexta-feira (20/01), às 15h30min, o Nacional/AM enfrentou o Holanda/AM em jogo-treino realizado no Centro de Treinamento Barbosa Filho, localizado no bairro Coroado, zona Leste de Manaus/AM. O placar final garantiu ao Leão da Vila Municipal a vitória por 2-1 sobre o Laranja Mecânica de Rio Preto da Eva.

O primeiro tempo foi muito acirrado e ambos os times se mostraram bastante ofensivos, com várias jogadas e tentativas de finalizações. Aos oito minutos de jogo, o atacante Branco garantiu um gol para o Nacional/AM. O time do Holanda/AM respondeu à jogada do azulino e o atacante Roni empatou a partida, fechando o placar parcial do primeiro tempo em 1-1.

No segundo tempo, a partida ficou ainda mais disputada. Houve distribuição de cartões amarelos para ambas as equipes, inclusive a expulsão do volante holandense Rogério. Já no término da partida, o atacante Jackie Chan conseguiu sair da marcação adversária e, aos 33 minutos, garantiu o segundo gol para o Leão da Vila Municipal. Placar final com vitória para o Nacional/AM por 2-1.

Após esse resultado, os jogadores do azulino preparam-se para o primeiro desafio de 2017, em jogo disputado no dia 29 de janeiro, às 20 horas, contra a equipe Galvez/AC, em Rio Branco/AC, pela estreia na Fase Preliminar da Copa Verde.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[FUTEBOL AMAZONENSE] - Jovens atletas do Amazonas pelo Brasil

Teófilo Benarrós de Mesquita
Publicado simultaneamente com o Site
http://www.qualaboa.net.br
Foto Hayllan: Assessoria do Juventus/SP
Foto Guigui: Assessoria do Mixto/MT
Foto Taison Luis: Assessoria do Tarumã/AM


Manaus/AM - A temporada futebolística 2017 começa com desafios e novidades para pelo menos três jovens jogadores amazonenses. O atacante Hayllan, 20 anos, o zagueiro Guigui, 20 anos e o lateral-esquerdo Taison, 21 anos, estarão longe dos gramados barés, atuando por clubes de fora do Estado. É um início de ano promissor, tanto para os jogadores como para o futebol amazonense, que há anos não registrava tantos casos de transferência de jovens valores para outros centros.

O primeiro a embarcar rumo ao sonho de um futuro promissor foi Hayllan. Natural de Manacapuru/AM, o habilidoso jogador já tem bastante experiência fora do Amazonas. Começou na Escolinha do Princesa do Solimões/AM, de onde foi para um período de testes no Santos/SP, em 2012. Logo em seguida, nas temporadas 2012/2013 defendeu o Goiás/GO, onde foi Vice-Campeão Goiano Sub 17 (em 2012), Campeão Goiano Fustal Adulto (2013) e Bicampeão Goiano Futsal Sub-17 e Sub-20. Entretanto, uma contusão às vésperas da Copa do Brasil Sub-18 caiu como uma ducha de água fria, tirando Hayllan dos campos.

Refez os planos e no ano seguinte, desembarcou em Manacapuru/AM, para defender o Operário/AM, conquistando a Segunda Divisão do Campeonato Amazonense. Se destacou na pífia campanha do Sapão na Elite 2015, chamando atenção do Nacional/AM, onde integrou a equipe de Juniores e de Profissionais, tornando-se o segundo jogador nativo a marcar gols na nova Arena Vivaldo Lima. Foi escolhido pela Federação Amazonense de Futebol (FAF), em votação feita junto à Imprensa Esportiva, Revelação do Campeonato Amazonense 2015.

No final de 2016, Hayllan seguiu para o Juventus/SP, onde impressionou logo nos primeiros treinos. Mas a falta de acerto quanto a duração do tempo contratual impediu o amazonense de continuar na Rua Javari e Hayllan mudou de endereço, mesmo permanecendo em São Paulo/SP: vai disputar o Campeonato Paulista da A2 pelo Nacional/SP, clube que tem a tradição de revelar jovens talentos.

O zagueiro Guigui (Kennedy), também Revelação do Barezão, mas na Edição 2016, é mais um que vai disputar outro Regional. MultiCampeão na Base pelo Fast Clube/AM, incluindo uma inédita Copa Norte Sub-20, em 2015, em Belém/PA, Guigui foi contratado pelo Mixto/MT. Aos 20 anos, o zagueiro terá sua primeira experiência Profissional longe do Amazonas.
"Estou feliz de estar vestindo camisa de um clube de grande tradição no futebol brasileiro. Espero fazer um bom campeonato e abrir portas, buscando melhoria na minha carreira. Estou treinando forte e focado, sempre me dedicando me empenhando, para ter uma carreira de sucesso. Sempre falo para os meus pais que eu estou lutando por mim e vencendo por eles", declarou Guigui, amazonense de Manaus/AM

Mais velho da turma desbravadora 2017, o lateral-esquerdo Taison Luis, 21 anos, vai defender o Botafogo/SE, que foi Vice-Campeão da Série A-2 e disputará, pela primeira vez, a Elite Sergipana. Natural de Rio Preto da Eva/AM, Taison Luis é oriundo dos Juniores do Tarumã/AM. "Agradeço a Deus e a diretoria do Tarumã/AM por essa oportunidade de jogar em outro centro. Quero aproveitar essa chance e fazer um trabalho sério, seguir em frente e agarrar as outras oportunidades que surgirem em minha carreira, disse o lateral.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[BOM DIA MUSICAL] - Rio, Samba, Amor e Tradição - GRES Tradição, Carnaval de 1989

Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM - Hoje, 20 de janeiro, é Dia de São Sebastião, padroeiro da Cidade do Rio de Janeiro/RJ. E o Blog do Teófilo relembra o Samba de Enredo da GRES Tradição, de Madureira/RJ, do Desfile de 1989, enaltecendo o Rio de Janeiro e suas Maravilhas, composição de João Nogueira e Paulo César Pinheiros, dois POETAS DO SAMBA. E com direito a uma canja da Simone...

A capital do samba ainda é Madureira. Em Paquetá tem flores, Ilha dos meus amores (...) Sorria meu povo, que o Cristo Redentor quer te abraçar

Escute a música em: https://www.vagalume.com.br/g-r-e-s-tradicao/samba-enredo-1989.html

Rio de Janeiro
Salve São Sebastião
Santo padroeiro
Samba, amor e tradição

Esquece a tristeza que é hora do Rio cantar
Com tanta beleza
A gente não pode chorar
É na passarela
E na Cinelândia
A Tribuna Popular
Quer da Vista Chinesa
Ver a natureza te descortinar
Quero outra vez meu time
Fazendo esse meu Maracanã vibrar

Copacabana é prisioneira a vida inteira
A capital do samba ainda é Madureira
Em Paquetá tem flores
Ilha dos meus amores
Que lembra o amor do Imperador pela Marquesa
Ai, como é linda a criança
Entrando na dança desse carnaval
Rio do mar de Ipanema
A Lapa boêmia
Malandro tem que respeitar
Rio, vem cantar de novo
Sorria meu povo
Que o Cristo Redentor quer te abraçar
Hoje a minha escola
Veio desfilar
Pra mostrar que o samba
Não pode parar

Oh!linda morena
Quero ver passar
Num doce balanço
Caminho do mar
Ê Ê, o mar
Ê Ê, o mar
Ê Ê, o mar
Ê Ê, o mar


Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita






quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

[WRESTLING] - Tasso Alves confirma participação no Campeonato Amazonense

Da Agência Maxi Mídia
Foto: Divulgação

Manaus/AM - O ano de 2016 para o representante amazonense da Luta Olímpica, Tasso Alves foi quase perfeito. O atleta se sagrou Bicampeão Brasileiro na Modalidade e representou o país em competições internacionais. A felicidade só não foi completa, pois a tão sonhada vaga para disputar os Jogos Olímpicos Rio 2016 não veio, mas foi por pouco.

Com um novo ciclo olímpico pela frente, Alves, de 28 anos, recomeça a caminhada munido de determinação e força de vontade. Com a rotina dividida entre servir o Estado, como Tenente da Polícia Militar, e as atividades de Atleta, o lutador mantém a acesa a chama pelo sonho de disputar as os Jogos Olímpicos de 2020.

Para isso, no dia 11 de fevereiro, Alves, que recebe apoio da Equador Petróleo, volta ao tapete, desta vez pelo Campeonato Amazonense de Wrestling, no qual já conquistou três títulos, na categoria Sênior - em que competem atletas que pesam até até 74 quilos. “Continuo focado em manter uma preparação forte para a competição. Realizo dois treinamentos por dia. O primeiro é direcionado a parte da luta, e o segundo é focado em fisioterapia e condicionamento físico. Como venho de lesão, preciso estar cem por cento para conseguir um bom desempenho”, disse.

O Campeonato Amazonense representa a porta de entrada para as demais competições do calendário nacional e internacional. Após a competição, Alves planeja seguir com o ritmo forte dos treinamentos, sempre focado nas próximas competições e convocações da Seleção Brasileira. “Vencer o Amazonense significa o credenciamento para ir disputar o Campeonato Nacional. E a partir daí surgem as oportunidades de ir para competições como o Pan-Americano e o Sul-Americano, além é claro, de convocações para a Seleção Brasileira”, concluiu.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[CLUBES DO AMAZONAS] - Penarol/AM vence segundo jogo treino preparatório para a Segudinha Amazonense

Do Site Oficial do Penarol/AM
http://www.penarol.com.br
Foto: Juka Balla

Itacoatiara/AM - Seguindo o cronograma de preparação para o Campeonato Amazonense da Segunda Divisão 2017, a Série B Regional, o Penarol/AM realizou mais um jogo-treino contra um Selecionado do Município de Urucurituba/AM, no estádio Floro de Mendonça em Itacoatiara/AM. Após 90 minutos de futebol, o Leão Penarolense venceu por 1-0, com gol do atacante Alex aos 42 minutos do primeiro tempo. O treinador Fábio Luiz foi a campo com o que tinha de melhor, fazendo diversas substituições, principalmente no intervalo e no decorrer da segunda etapa.

A partida foi bastante movimentada desde o primeiro minuto. Com o time de Urucurituba/AM usando de uma forte marcação, os atletas do Penarol/AM optaram pela movimentação e trocar rápida de passas. Ainda na primeira etapa, o atacante Alex aproveitou uma bola recebida próxima da área e acertou um belo chute abrindo o placar.

O treinador Fábio Luiz, após o jogo, fez uma análise do Penarol/AM, valorizando a busca por jogadas pelas laterais. “Hoje no futebol você tem que quebrar a marcação com triangulações e jogadas abertas. Temos trabalhado isso e os jogadores têm aplicado isso nos jogos-treino e coletivos. Vou bater bastante nesse tipo de jogada para que seja realizada com mais sincronia. Só tenho a elogiar os atletas por tentarem executar o que temos feitos nos treinamentos”, disse o treinador Fábio Luiz.

O Penarol/AM segue se preparando para sua estreia no dia 28 de janeiro às 16 horas no estádio Floro de Mendonça, em partida válida pela série B do Campeonato Amazonense Futebol profissional 2017.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[BOM DIA MUSICAL] - A Guerra dos Meninos, com Roberto Carlos

Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM

BOM DIA MENINOS DESTE MUNDO DE DEUS,
BOM DIA MENINAS DESTE MUNDO DE DEUS !!!

Tinha na inocência a sabedoria da simplicidade. Me dizia que tudo é mais forte, quando todos cantam a mesma canção

Escute a música em: https://www.youtube.com/watch?v=uZMjTU9jBDE
Hoje eu tive um sonho
E foi o mais bonito
Que eu sonhei em toda a minha vida
Sonhei que todo mundo vivia preocupado
Tentando encontrar uma saída
quando em minha porta alguém tocou
Sem que ela se abrisse ele entrou
E era algo tão divino, luz em forma de menino
E uma canção me ensinou.

Tinha na inocência a sabedoria
Da simplicidade me dizia
Que tudo é mais forte quando todos
cantam a mesma canção e que eu devia
ensinar a todos por alí
E quantos mais houvessem para ouvir
E a fé em cada coração
Na força daquela canção
Seria ouvida lá no céu por Deus.

E saí cantando meu pequeno hino
Quando vi que alguém também cantava
Vi minha esperança na voz de um menino
Que sorrindo me acompanhava
Outros que brincavam mais além
Deixaram de brincar pra vir também
E cada vez crescia mais aquele batalhão de paz
Onde já marchavam mais de cem.

De todos os lugares vinham aos milhares
E em pouco tempo eram milhões
Invadindo ruas, campos e cidades
Espalhando amor aos corações
em resposta o céu se iluminou
Uma luz imensa apareceu
Tocaram forte os sinos
E os sons eram divinos
A paz tão esperada aconteceu
Inimigos se abraçaram e juntos festejaram
O bem maior, a paz o amor e Deus.


Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita
Ro

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

[CLUBES DO AMAZONAS] - Nacional/AM e Tarumã/AM empatam sem gol em primeiro jogo-treino da temporada

Texto e Foto: Site Oficial do Nacional/AM
http://www.nacionalfc.com.br

Manaus/AM - Na tarde deste sábado (14/01) ocorreu o primeiro jogo-treino do ano para o Nacional/AM, que teve como adversário a equipe Tarumã/AM, no Centro de Treinamento (CT) Barbosa Filho, localizado no bairro Coroado, zona Leste da capital.

Durante o primeiro tempo do jogo-treino, que durou 30 minutos, o Nacional/AM se mostrou mais ofensivo e teve um número maior de finalizações. A equipe do Tarumã/AM esteve mais defensiva e não obteve nenhuma finalização. Placar parcial do primeiro tempo: Nacional 0-0 Tarumã.

Já no segundo tempo, o time sofreu algumas modificações feitas pelo treinador Aderbal Lana, que apostou em um ataque mais incisivo para determinar o placar. A equipe adversária manteve o ritmo do primeiro tempo, porém concentrou-se mais no ataque. Ao final da partida, o placar se manteve empatado, sem gol para nenhum dos lados.

Sobre o jogo-treino, Lana disse que o time fez uma boa partida e que agora, a meta é trabalhar duro para os próximos desafios. “Assumi uma equipe totalmente reformulada, portanto é preciso buscar conhecimento das características desses jogadores, de modo que eles possam estar sempre em sintonia, o que vai refletir na atuação de cada um deles. Não é um trabalho fácil, mas com dedicação e determinação poderemos fazer com que o Nacional/AM conquiste muitas vitórias”, destacou.

O técnico informou ainda que apesar do pouco tempo para o próximo confronto, está em busca de um melhor desempenho em campo com treinos diários. “O Galvez/AC é um time que vem treinando e fazendo amistosos, mas com força de vontade poderemos fazer uma boa partida e trazer essa vitória para o clube”, finalizou.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[WRESTLING] - Victor Sandro de Souza disputa o Takhti Cup 2017, no Irã

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Foto: Antonio Lima/Sejel

Manaus/AM - O sonho de participar do Takhti Cup 2017, no Irã, lar de uma das civilizações mais antigas do mundo, fez o atleta amazonense Victor Sandro de Souza a encarar mais de 24 horas de viagem aérea, saga iniciada no último domingo (15/01). A competição acontece nesta sexta-feira (20/01). Essa é a segunda vez que o atleta, que treina no Centro de Treinamento da Vila Olímpica de Manaus/AM, localizada no Dom Pedro, segue para o Oriente Médio.

A primeira vez que Victor esteve no Irã foi em 2015, quando participou da Copa do Mundo de Clubes de Luta Olímpica (Estilo Livre). Naquela época, o encanto com o País que é berço da modalidade foi instantâneo. Lá, além de ser um local fértil de Campeões Mundiais e Olímpicos, a modalidade é reverenciada “como se fosse um espetáculo”, define Victor, ao complementar. “Os iranianos são fãs do Wrestling, e o Ginásio da competição é muito grande e fica lotado de gente prestigiando os atletas. É algo maravilhoso”, comentou o lutador de 1,84 e 25 anos.

A convocação de Victor para o Takhti Cup é inédita para o Estado e o lutador vai disputar a categoria acima de 97 quilos. Pela competição, ele deve fazer três lutas e para encarar americanos, cubanos e ucranianos, considerados fortes oponentes, o treinamento do amazonense acontece de segunda a sexta, mesclando três horas e meia de parte técnica e quase duas de parte física na academia.

“É a primeira vez que um representante do Amazonas é convocado para fazer parte da Seleção Sul-Americana. Na Copa, estarão os melhores de cada País e vai ser uma competição muita dura. Porém, creio que comparado a 2015, vou mais experiente. Além disso, o meu técnico Waldeci Silva está trabalhando bastante meu psicológico, e eu precisava dessa atenção, pois confesso que depois do Pré-Olímpico eu estava necessitando de novos sonhos”, destacou Victor, que participou de duas classificatórias ano passado para as Olimpíadas. Na primeira, o lutador perdeu nas Semifinais para um cubano e, na segunda, ficou na terceira fase da competição, conquistando a 10ª colocação geral num evento que participaram 23 países.

Victor iniciou na Luta Livre aos 14 anos de idade, num projeto social do mestre Júnior Lopes. Em 2010, foi convidado pelo renomado técnico Waldeci Silva, para fazer parte da equipe de alto rendimento. A partir daí, o atleta começa a escrever uma bonita trajetória.

Em 2013, ele conquistou a primeira Medalha no Brasileiro, a de Bronze. Um ano depois, no Rio de Janeiro/RJ, ele volta a realizar o mesmo feito pela competição nacional e na mesma época foi convocado para o Sul-Americano, conquistando a terceira colocação. Em 2015, integrou a Seleção Brasileira e começou a despontar como um dos principais nomes do Estado, ganhando atenção nacional. Neste ano, faturou ouro no Brasileiro Universitário e, ano passado, ficou entre os dez melhores pelo World Olympic Qualifier de Wrestling.

“É um orgulho ter o Victor no Takhti Cup 2017 e a trajetória dele já é muito vitoriosa. O trabalho continua e acredito que ele possa ter um bom resultado no Irã, e vai nos representar muito bem. Vamos focar nos campeonatos, na preparação, até porque ele é um fortíssimo candidato a Tokyo 2020”, disse o técnico Waldeci Silva.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[BOM DIA MUSICAL] - Eu Quero Apenas, com Roberto Carlos

Teófilo Benarrós de Mesquita
Manaus/AM

BOM DIA MILHÕES DE AMIGOS,
BOM DIA MILHÕES DE AMIGAS !!!

O meu irmão(amigo) com sorriso aberto, se ele chorar quero estar por perto

Eu quero apenas olhar os campos
Eu quero apenas cantar meu canto
Eu só não quero cantar sozinho
Eu quero um coro de passarinhos

Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar

Eu quero apenas um vento forte
Levar meu barco no rumo norte
E no caminho o que eu pescar
Quero dividir quando lá chegar

Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar

Eu quero crer na paz do futuro
Eu quero ter um quintal sem muro
Quero meu filho pisando firme
Cantando alto, sorrindo livre

Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar

Eu quero amor decidindo a vida
Sentir a força da mão amiga
O meu irmão com um sorriso aberto
Se ele chorar quero estar por perto

Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar

Venha comigo olhar os campos
Cante comigo também meu canto
Eu só não quero cantar sozinho
Eu quero um coro de passarinhos
Quero levar o meu canto amigo
A qualquer amigo que precisar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos

E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos
E bem mais forte poder cantar


Escute a música em: https:https://www.letras.mus.br/roberto-carlos/48596/

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

[LUTA OLÍMPICA] - Amazonas se torna Referência Nacional e recebe atletas de fora

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Foto: Antonio Lima/Sejel

Manaus/AM - A busca incessante em se tornar o melhor na Luta Olímpica levou um total de sete atletas de São Paulo e do Rio Grande do Norte a iniciarem os primeiros dias de 2017 na Vila Olímpica de Manaus/AM, no Dom Pedro. Considerada um dos principais polos do esporte no Brasil, os atletas estão se capacitando com profissionais cubanos e amazonenses e querem chegar ao nível dos competidores do Estado. O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) apoia a modalidade.

Desde as festas natalinas em Manaus/AM, a potiguar Gabriele Cunha, de 17 anos, vem aproveitando cada segundo para evoluir no esporte. Os treinos da atleta são diários e acontecem numa média de duas horas, com a supervisão do mestre Waldeci Silva. “Partiu da gente vir para Manaus/AM. Aqui é considerado o melhor lugar no esporte. Para a nossa melhora e evolução decidimos vir e está sendo muito bom. Aqui eles treinam muito a repetição, que melhora na hora da luta. No Rio Grande do Norte é muita técnica e pouca repetição”, comparou a atleta Juvenil, acompanhado de mais três atletas da região.

O jovem Gabriel Rocha, de 17 anos, conheceu o esporte num momento difícil de sua vida e se apaixonou pela modalidade. Em Manaus/AM, além do treino pesado, ele tem que encarar o clima, que nem sempre é tão amigo. “Desde 2012 estou na Luta Olímpica. Meu pai faleceu e um professor do colégio apresentou a Luta Olímpica para mim. Foram muitas conquistas e derrotas, mas estou treinando. Devagar vamos alcançando e aqui no Amazonas estamos com os melhores. Já passei mal aqui, é muito quente e o treino é muito forte. Algumas técnicas são diferentes, mas estou gostando muito”, disse.

Completam a Seleção Potiguar os atletas Matheus Belo e Carlos Eduardo, ambos de 15 anos. “O treino aqui é muito bom, muito forte. A galera aqui é muito bacana. É treinar e repetir, até estar bom”, afirmou Belo, que ao lado dos amigos vão deixar a capital no próximo dia 25 de janeiro.

Direto da Terra da Garoa para o calor da Amazônia. Se antes eram os atletas daqui que saiam para aprimorar os conhecimentos no concorrido Sudeste, atualmente são os atletas de lá que fazem questão de vir para o Norte. Ao menos os atletas da Luta Olímpica Evelin Matos, Vinicius Joaquim e Marcio Peres.

Bicampeã Brasileira até 49 quilos e quinto lugar no Pan-americano 2016 no Peru, Evelyn Matos, 17 anos, é promessa da modalidade. Com a carga de treinos pesados, a atleta de São Paulo está aproveitando ao máximo as diárias de treino na Vila Olímpica de Manaus/AM. “Em São Paulo é muito difícil. Falta material humano. Lá não tem menina forte para lutar comigo, então acabo treinando com meninos mais fortes ou ficando sem treino, pois os garotos também precisam se poupar para não me machucar. Aqui em Manaus/AM sofremos um pouco por causa do calor, mas dá para levar. Os atletas amazonenses são fortes e o melhor intercâmbio é aqui mesmo”, afirmou a atleta, Campeã de cinco títulos paulistas e integrante da Seleção Brasileira.

De olho há alguns anos no estilo da luta amazonense, o atual Vice-Campeão Brasileiro na categoria até 63 quilos, Vinicius Joaquim, realizou uma das vontades de crescer no esporte. Porém, para ele, mais difícil do que conquistar um objetivo é manter o mesmo. Assim, o aperfeiçoamento se faz necessário. “Nas competições sempre testemunhamos o Amazonas se destacar. Tem um nível mais avançado, comparado com outros Estados. Aqui tem o melhor wrestling, tem uma grande variação e assim dá para desenvolver o esporte junto com São Paulo e com Rio Grande do Norte que estão aqui. Passei meu Natal e Ano Novo fora de casa, longe dos meus pais, mas estou evoluindo muito e isso é o mais importante”, contou o lutador de 17 anos.

Professor e lutador, Waldeci Silva é um dos mais qualificados lutadores do país. Ao lado dos técnicos cubanos Dagoberto Arbolaez, Elio Pacheco e Jorge Luiz formam a linha de frente do esporte destaque da Vila Olímpica e do Amazonas. "A equipe de fora está gostando e aproveitando bastante. Estamos corrigindo bastante as deficiências deles. São atletas disciplinados e obedientes. Nossa Federação está ai para somar com a luta brasileira. Independentemente de qualquer Estado, estaremos sempre de portas abertas. Nosso principal objetivo é fazer o esporte crescer no Brasil”, disse Waldeci.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita