sábado, 11 de março de 2017

[MARATONA AQUÁTICA] - Vitor Gadelha será o único representante do Amazonas na Maratona Del Golfo Capri, na Itália

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Foto: Mauro Neto/Sejel

Manaus/AM - De jovem promessa para a consolidação de um futuro brilhante no mundo das competições de águas abertas. Assim pode ser definida rapidamente a carreira do amazonense Vitor Gadelha, 19 anos, que depois de um 2016 repleto de conquistas, agora se prepara para um ano ainda mais desafiador. Prova disso, é que no dia 29 de junho ele disputa os 36 quilômetros da Maratona Del Golfo Capri, em Nápole, na Itália, principal prova do maratonista pela temporada. Para a competição, o atleta recebe apoio do Governo do Amazonas, por intermédio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

“Vai ser minha primeira competição internacional, até então, sou o único brasileiro na disputa. Para mim é muito importante essa competição, minha ida é resultado de um trabalho a longo prazo e está valendo a pena todo esforço. Estou treinando forte, uma média de 60 quilômetros por semana, com três sessões de academia e mais duas sessões de fisioterapia e ainda tem o acompanhamento nutricional. Tudo isso para conquistar o objetivo de chegar entre os primeiros”, contou o atleta, que será o primeiro amazonense a competir os 36 quilômetros da travessia entre Capri e Nápole.

Para não ficar sem ritmo, Vitor ainda vai ter duas disputas em solo brasileiro antes de embarcar para a Itália. Ele enfrenta a Ultramaratona Aquática da Ilha do Mel, no Paraná, dia 22 de abril, com o percurso de 20 quilômetros, e também a Maratona Aquática Amazonas, no dia 30 de abril, que vai ocorrer na praia da Ponta Negra. Ambas vão servir como esquenta para o Maratonista. “A disputa no Paraná vai servir de experiência. Ano passado fiz a prova e ganhei na minha categoria, a Júnior, e agora subi de categoria, estou na Master. A nova categoria vai ter um nível bem mais forte e acredito que é possível brigar por um pódio. O fato é que essas competições que antecedem a disputa na Itália me preparam tecnicamente, mas principalmente psicologicamente”, destacou.

Para Vitor, as provas que testam o máximo de sua resistência significam muito mais que uma satisfação pessoal. Com as braçadas pelo mundo, ele quer incentivar outras pessoas a praticarem Maratonas, uma vez que o Amazonas detém potencial hídrico para isso. “Quero chegar no Grand Prix da Federação Internacional de Natação (FINA), que é o Circuito Mundial, para mostrar que com dedicação tudo é possível. Mas também quero incentivar mais gente a vir para o esporte. Acho importante essa disseminação, pois temos no nosso quintal que é o Rio Negro e ainda contamos com os nossos municípios, que tem um leque de jovens que sabem e tem intimidade com as águas abertas”, afirmou o atleta patrocinado pela ÁguaCrim, Academia Morada Fitness, Aquática Amazonas e recebe apoio do treinador Samir Barel, da nutricionista Rafaela Cabral e do fisioterapeuta Francisco Coelho, Thesco.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[BOM DIA MUSICAL] - Escrito nas Estrelas, com Tetê Espíndola

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Divulgação

Manaus/AM - A voz diferenciada conquistou o Brasil em 1985, no Festival dos Festivais, promovido pela Rede Globo. Tetê Espíndola, defendendo Escrito das Estrelas, conquistou o primeiro lugar e saiu da fama regional de Campo Grande (antes Mato Grosso, atualmente [desde 1979] Mato Grosso do Sul) para o Brasil. De família talentosa, Tetê Espíndola formou, com seus irmãos, o Grupo LuzAzul, que depois passou a chamar-se Tetê e o Lírio Selvagem, nome com o qual lançaram o primeiro trabalho, em 1978, pela Polygram/Phillips. No ano seguinte o Grupo se desfez, mas a gravadora decidiu apostar no potencial da cantora, mantendo-a como contratada. Neste sábado (11/03), ela completa 63 anos e é a Homenageada do Bom Dia Musical do Blog do Teófilo.

BOM FINAL DE SEMANA A TODOS E A TODAS!!!

https://www.youtube.com/watch?v=LVLgQqO0UUQ

Meu amor, nosso amor estava escrito nas estrelas, tava, sim

Você pra mim foi o sol
De uma noite sem fim
Que acendeu o que sou
E renasceu tudo em mim

Agora eu sei muito bem
Que eu nasci só pra ser
Sua parceira, seu bem
E só morrer de prazer

Caso do acaso
Bem marcado em cartas de tarôt
Meu amor, esse amor
De cartas claras sobre a mesa
É assim

Signo do destino
Que surpresa ele nos preparou
Meu amor, nosso amor
Estava escrito nas estrelas
Tava, sim

Você me deu atenção
E tomou conta de mim
Por isso minha intenção
É prosseguir sempre assim

Pois sem você, meu tesão
Não sei o que eu vou ser
Agora preste atenção
Quero casar com você


Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

sexta-feira, 10 de março de 2017

[SÉRIE D 2017] - Princesa do Solimões/AM estreia em casa e Fast Clube/AM, fora

Texto e Foto: Site Oficial da CBF
Confederação Brasileira de Futebol
http://www.cbf.com.br
Parte final: Teófilo Benarrós de Mesquita

Rio de Janeiro/RJ - O Campeonato Brasileiro Série D 2017 ainda não começou, mas promete ser o mais disputado desde o surgimento da Quarta Divisão do futebol nacional, em 2009. Pela primeira vez, a tabela da competição é divulgada com todos os seus participantes já definidos. Ao todo, são 68 clubes na disputa, com representantes dos 26 estados brasileiros e Distrito Federal. A Primeira Fase do Campeonato começa no dia 21 de maio.

"A definição antecipada dos clubes foi possível a partir da resolução da CBF de que os clubes garantiriam vaga para a Série D com base na colocação obtida nos campeonatos estaduais do ano anterior. Desta forma, os clubes conseguem se planejar melhor para a disputa, com garantia de calendário no decorrer do segundo semestre", comenta Manoel Flores, diretor de Competições da CBF.

Até 2016, os classificados eram conhecidos após a conclusão dos Campeonatos Estaduais disputados na mesma temporada. A partir de agora, os clubes envolvidos com a disputa da Série D passam a contar com calendário de competições para os dois semestres, como já acontece com participantes das séries A, B e C. São nove meses em que as equipes estarão envolvidas em pelo menos dois campeonatos, de acordo com o Calendário do Futebol Brasileiro: Campeonato Estadual, entre os meses de janeiro e maio e o Campeonato Brasileiro Série D, de maio a setembro.

Entre as vantagens da garantia de calendário está a possibilidade de firmar contratos mais longos com os jogadores, na montagem de uma base para todo o ano. O planejamento financeiro também é facilitado, já que as agremiações podem criar projetos mais longos de investimento junto a patrocinadores, visando todas as competições do ano.

O presidente do clube goiano Aparecidense/GO, Wilson Queiroz Filho, ressalta a melhoria de condições para a obtenção de recursos com a novidade. "A definição da vaga no ano anterior facilitou bastante para o nosso clube para a negociação com patrocinadores. Antes procurávamos apoio para o Campeonato Estadual e depois voltávamos nas mesmas empresas para a disputa do Brasileiro. Agora já apresentamos um plano para todo o ano. A garantia de calendário também facilitou a negociação com a Prefeitura, já que não precisamos trabalhar para a aprovação de dois projetos no mesmo ano", declarou.

Warton Lacerda, presidente do Altos/PI, ressalta que o conhecimento prévio dos adversários garante uma vantagem competitiva, já que os clubes podem "buscar o máximo de informação sobre estrutura, estádio, torcida, para não ser surpreendido". "Nós nos preparamos desde a pré-temporada em dezembro para enfrentar todo esse calendário que tem o Campeonato Piauiense, Copa do Brasil, Copa do Nordeste e a Série D. Então, o time já está pronto esperando a tabela sair para que a gente consiga trabalhar em cima dos nossos prováveis adversários e buscar o acesso. É o que nós almejamos", explicou.

João Rêgo, presidente da Portuguesa/RJ, disse que sua equipe vai se reforçar melhor para tentar fazer uma melhor campanha. "Vamos nos esforçar para ir um pouco mais longe do que no ano passado. No outro ano disputamos pela primeira vez, mas agora a gente vai entrar um pouco mais vivo. Nós estamos nos planejando e observando os jogadores que estão disputando o Carioca com a gente, para selecionarmos os que vão continuar para a Série D".

MAIS CLUBES, MAIS EMOÇÃO
A Série D foi ampliada com a inclusão de mais 28 clubes no ano passado, passando de 40 para 68 participantes. A CBF apoia todas os clubes, arcando com os custos de taxa de arbitragem, passagem aérea, alimentação e hospedagem das delegações. "A entidade realiza grande investimento na melhoria de estrutura para os clubes que disputam a Quarta Divisão do futebol nacional, bem como se empenha para evolução nas questões técnicas da competição. O objetivo da CBF é fomentar o esporte em todo país, contribuindo principalmente com os clubes que possuem menor visibilidade e capacidade financeira, pois os mesmos são potenciais formadores de futuros craques para o futebol brasileiro", afirmou André Pitta, diretor de Desenvolvimento e Projetos da CBF.

A quantidade de vagas por Estado foi definida por meio de critérios técnicos, de acordo com o Ranking Nacional de Federações (RNF) 2017: quatro vagas para a federação melhor colocada, três vagas para as federações que ocupam entre a segunda e a nona posição e duas vagas para as demais; completam a lista os quatro clubes rebaixados na Série C em 2016.

O sistema de disputa da Série D consiste em 17 grupos de quatro clubes cada. Avançam para a Segunda Fase os primeiros de cada grupo e os 15 melhores segundos colocados, em soma de 32 clubes. A partir desta etapa, a competição é disputada em sistema de mata-mata, com mais cinco fases até a definição do título.

JOGOS DOS AMAZONENSES
Os representantes amazonenses na Quarta Divisão, estreiam na competição no dia 21 de maio, um domingo. O atual Campeão Amazonense, o Fast Clube/AM, joga em Roraima, contra o Baré/RR, pelo Grupo A2, enquanto o Princesa do Solimões/AM estreia em casa, contra o Rondoniense/RO, no Grupo A1.

Pela segunda rodada, também num domingo, dia 28 de maio, o Princesa do Solimões/AM vai a Rio Branco/AC, enfrentar o Atlético/AC e o Fast Clube/AM joga em Manaus/AM contra o São Raimundo/PA. Na terceira rodada, dia 4 de junho, o Trem/AP receberá o Princesa do Solimões/AM em Macapá/AP e o Fast Clube/AM joga em casa contra o Gurupi/TO. A quarta rodada será invertida, com Princesa do Solimões/AM e Trem/AP e Gurupi/TO e Fast Clube/AM, dia 11 de junho. O Tubarão do Norte volta a jogar em casa, dia 18 de junho, enfrentando o Atlético/AC, pela quinta rodada, enquanto o Fast Clube/AM vai a Santarém/PA desafiar o São Raimundo/PA.

Fechando a Primeira Fase, dia 25 de junho, o Princesa do Solimões/AM vai a Rondônia, encarar o Rondoniense/RO e o Fast Clube/AM recebe o Baré/RR, como mandante. Os locais dos jogos ainda não foram divulgados. As datas dos jogos, inicialmente previstas para os domingos, também ainda não são definitivas, podendo sofrer mudanças, principalmente para atender à grade de programação da TV, prevista em contrato.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[TORNEIO INÍCIO 2017] - Fast Clube/AM supera Rio Negro/AM na Decisão e abre Temporada com título

Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM - O Torneio Início do Futebol Amazonense voltou. Disputado pela última vez em 2008, quando o Holanda/AM foi Campeão, superando o Sul América/AM por 1-0, no Vivaldo Lima antigo, a festa de apresentação dos times amazonenses voltou, com a participação de oito clubes que vão protagonizar, a partir do próximo dia 14, as emoções do Campeonato Amazonense 2017. E voltou homenageando Leão Braúna, Presidente do Holanda/AM, falecido subitamente no último dia 27 de fevereiro. E também, no dia do aniversário da Arena Vivaldo Lima, inaugurada em 9 de março de 2014.

Atual Campeão Amazonense, o Fast Clube/AM foi o grande vencedor da Edição 2017, ao vencer o Rio Negro/AM, na disputa por penalidades, após empate em 0-0 na Decisão do Torneio Início. Foi o segundo título consecutivo do clube na Arena Vivaldo Lima. Para o treinador João Carlos Cavalo, embora a competição não tenha caráter oficial, é uma importante conquista, para dar moral ao elenco, que está na disputa da Copa Verde e às vésperas da estreia no Campeonato Amazonense 2017 - a abertura, em jogo isolado, é na próxima terça-feira (14/03), contra o Penarol/AM, no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith.

Foi a sexta vez que o Fast Clube/AM conquistou o Torneio Início, tornando-se o terceiro maior vencedor da competição. As anteriores foram em 1957, 1972, 1985, 1994 e 2006. O Nacional/AM, com 15 títulos, continua sendo o maior Campeão de Torneios Inícios, seguido pelo Rio Negro/AM, com 12 títulos.

O Torneio Início 2017, realizado na noite desta quinta-feira (09/03), teve a presença de 2.010 torcedores, dos quais 1.594 pagantes, que proporcionara a renda de R$ 7.970,00. De acordo com o Jornalista Eduardo Monteiro de Paula, o Dudu, Presidente da Associação dos Cronista e Locutores Esportivos do Estado do Amazonas (Aclea), deduzindo as despesas, a renda líquida será dividida entre os oito clubes participantes, que terão direito a uma quantia próxima de 700 reais, cada agremiação.

O regulamento previa tempo único de 15 minutos e, em caso de empate, decisão por cobranças de pênaltis, apenas um para cada lado, até se conhecer o vencedor do confronto, com os clubes podendo repetir o batedor quantas vezes optasse. A Decisão foi em dois tempos de 15 minutos, com cobrança de três pênaltis alternados, em caso de empate no tempo regulamentar, também com direito a repetir o batedor.

Na abertura do Torneio Início, o Fast Clube/AM venceu o Penarol/AM por 1-0, gol de Robinho. Na segunda partida, Nacional/AM e Manaus FC/AM empataram em 0-0, com o Leão da Vila Municipal vencendo nos pênaltis por 1-0. Em seguida, Holanda/AM e Princesa do Solimões/AM empataram em 0-0, com o time manacapuruense levando a melhor na disputa de pênaltis, pelo placar de 2-1. Fechando a Primeira Fase, Rio Negro/AM e São Raimundo/AM empataram em 1-1, com Leonardo abrindo o placar para o Galo da Praça da Saudade e Greg empatando para o time colinense. Nos pênaltis, o Rio Negro/AM venceu por 1-0, gol de Rodrigo Ítalo.

Pelas Semifinais, Nacional/AM e Fast Clube/AM empataram em 0-0 e nos pênaltis, Railson e Edinho Canutama converteram para o Tricolor de Aço, enquanto Jefferson fez o primeiro, mas na segunda cobrança, Naylson defendeu, dando a vitória por 2-1 ao Fast Clube/AM. O Rio Negro/AM abriu o placar contra o Princesa do Solimões/AM, em cobrança de falta de Rodrigo Ítalo, mas Marinélson, de cabeça, empatou. Nos pênaltis, Jairo começou defendendo a cobrança de Gelvane, e Rodrigo Ítalo decretou a vitória rionegrina.

A grande Decisão, em dois tempos de 15 minutos, terminou empatada em 0-0 e nos pênaltis, Rodrigo Ítalo bateu o primeiro buscando o ângulo superior esquerdo de Naylson, que se esticou todo para defender. Railson cobrou no canto esquerdo de Jairo, que pulou para o lado direito, abrindo vantagem de 1-0 para o Fast Clube/AM. Na segunda cobrança, Rodrigo Ítalo perdeu de novo, acertando o travessão, no meio do gol. Edinho Canutama converteu, acertando o canto direito de Jairo, que dessa vez foi para o lado esquerdo, garantindo a conquista para o Fast Clube/AM.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

quarta-feira, 8 de março de 2017

[BOM DIA MUSICAL] - Mulher, com Erasmo Carlos

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Arquivo Familiar

Manaus/AM - Parabéns Mulheres, Guerreiras...
Dia Internacional da Mulher !!!

BOM DIA A TODOS E A TODAS!!!

Escute a música em: https://www.letras.mus.br/erasmo-carlos/67612

Mulher! Mulher! Na escola em que você foi ensinada, jamais tirei um 10... Sou forte, mas não chego aos seus pés

Dizem que a mulher é o sexo frágil
Mas que mentira absurda!
Eu que faço parte da rotina de uma delas
Sei que a força está com elas

Vejam como é forte a que eu conheço
Sua sapiência não tem preço
Satisfaz meu ego, se fingindo submissa
Mas no fundo me enfeitiça

Quando eu chego em casa à noitinha
Quero uma mulher só minha
Mas pra quem deu luz não tem mais jeito
Porque um filho quer seu peito

O outro já reclama a sua mão
E o outro quer o amor que ela tiver
Quatro homens dependentes e carentes
Da força da mulher

Mulher! Mulher!
Do barro de que você foi gerada
Me veio inspiração
Pra decantar você nessa canção

Mulher! Mulher!
Na escola em que você foi ensinada
Jamais tirei um 10
Sou forte, mas não chego aos seus pés


Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

terça-feira, 7 de março de 2017

[ATLETISMO] - Franciane Moura conquista Bicampeonato na Corrida da Mulher Amazônica

Da Agência Maxi Mídia
Fotos: Divulgação

Manaus/AM - Mais de mil pessoas participaram da 4ª Edição da Corrida da Mulher Amazônica, na manhã deste domingo (05/03). A prova ocorreu nas principais vias da zona Centro-Sul de Manaus/AM, com presença de atletas profissionais e amadores. A atividade marca a abertura oficial das comemoração ao Dia Internacional da Mulher, na cidade e tem como destaque a categoria Elite Feminina.

Pelo segundo ano consecutivo, a atleta Franciane Moura sagrou-se Campeã da prova e recebeu a faixa de Mulher Amazônica, honraria criada para simbolizar a força da figura feminina na região. “Essa é a terceira vez que participo da corrida e fico muito feliz por conseguir vencer duas edições. Essa é uma prova que eu gosto de participar por valorizar e colocar nós mulheres como evidência na sociedade”, ressaltou Franciane, que completou o trajeto de 5 quilômetros em 17 minutos e 28 segundos.

Os três primeiros colocados de todas as categorias receberam medalhas personalizadas, troféus e prêmios em dinheiro com valores de R$ 100,00 até R$ 500,00. Quem não alcançou o pódio teve a chance de ganhar brindes especiais sorteados pela organização.

Também com o cunho filantrópico, a Corrida arrecadou mais de uma tonelada de leite em pó para instituições da capital. Segundo a diretora da Casa da Criança, Maria da Cruz, a iniciativa deve servir como exemplo para a população. “Ficamos felizes em sermos lembrados pelo evento, que engajou os participantes a abraçarem uma missão social e ajudarem a quem precisa”, disse.
De acordo com a organizadora da corrida, Jeroniza Albuquerque, a valorização da mulher e a solidariedade são as marcas da prova. “Reunimos novamente mais de mil de pessoas e pudemos falar mais sobre a importância da mulher nas diversas esferas da sociedade, inclusive no esporte. Todos os participantes estão de parabéns por apoiarem um evento com esta temática, além de se mobilizarem para ajudar instituições filantrópicas com a doação de leite em pó. Ano que vem estaremos de volta com novidades”, afirmou.

Confira os vencedores:

Elite Feminina
Franciane dos Santos - 17min28seg
Ciranilde da Silva - 19min03seg
Márcia Magalhães - 20min27seg

Elite Masculino
Juarez Rosa - 14min51seg
Dionísio Cosme - 15min05seg
Wemerson Guimarães - 15min17seg

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

segunda-feira, 6 de março de 2017

[COPA VERDE 2017] - Fast Clube/AM vence Santos/AP na Arena Vivaldo Lima

Teófilo Benarrós de Mesquita
Fotos: Antonio Assis/Site da FAF

Manaus/AM - No segundo jogo oficial dos dois times na Temporada 2017, o Fast Clube/AM levou a melhor sobre o Santos/AP, na estreia de ambos pela Copa Verde, Primeira Fase, Grupo C. Com um gol de Railson, cobrando falta, aos 22 minutos do primeiro tempo, o Tricolor de Aço garantiu a vantagem de jogar pelo empate Jogo de Volta, no próximo dia 19 de março, em Macapá/AP, para se classificar à Segunda Fase da competição. Com relação aos seus compromissos pela Copa do Brasil, os times apresentaram novidades. No Santos/AP, Darlan, Luciano e Denilson deram lugar a Diego Vasconcelos, Thalysson e Rafinha. O Fast Clube/AM teve o meia Railson na lateral-direita no lugar de Emerson Tavares, Bianor na vaga de Fábio Gomes, André Luiz no lugar de Makeka, Cleber no lugar de Werley e Rodrigo na vaga de Matheus Cruz. Cleber e Rodrigo estrearam.

O jogo não teve bom nível técnico. Aos 7 minutos, após cobrança de escanteio de Railson pelo lado esquerdo, Thyago Brandão bateu na rede, pelo lado de fora. E antes mesmo que os times apresentassem outro lance ofensivo, uma jogada aérea deixou todos apreensivos, aos 10 minutos de jogo. Batata e Felipe disputaram e o atacante fastiano levou a pior, saindo com fratura no nariz (foto abaixo) e dando lugar a Thiago Verçosa. A saída de Felipe abalou um pouco o elenco fastiano dentro de campo mas ainda assim, em cobrança de falta de Railson, aos 22 minutos, a bola passou entre Batata e Diego Vasconcelos, no meio da barreira, vencendo o goleiro Axel.
O empate quase surgiu aos 27 minutos, em jogada de Batata pela esquerda, que cruzou para a chegada de Renato, em velocidade, cabeceando com muito perigo, raspando o travessão de Naylson. Outra chance desperdiçada pelo Santos/AP ocorreu aos 39 minutos, com Antunes arriscando de fora da área e a bola desviando no meio do caminho, forçando Naylson a fazer difícil defesa no canto rasteiro direito, jogando para escanteio. Aos 40 minutos, Thiago Verçosa, após errar um passe no meio de campo, foi substituído por Edinho Canutama.

Pelo menos nos minutos finais, a partida empolgou. Aos 43 minutos, Railson cruzou da direita, Axel saiu e o que parecia uma defesa tranquila assustou, pois ele largou a bola quase nos pés de Edinho Canutama, que demorou a perceber a falha do goleiro adversário. Em resposta, Rafinha desceu pela esquerda e bateu cruzado, com muito perigo, rente à trave esquerda de Naylson. Edinho Canutama perdeu a chance de ampliar o marcador aos 47 minutos, após receber de Robinho, cara a cara com Axel, que fez excepcional defesa, com os pés.

Para o segundo tempo, Michel voltou no lugar de Rafinha e o Santos/AP começou melhor, ficando com a posse de bola total por quase sete minutos. Aos 3 minutos, Antunes bateu de fora da área e Naylson fez boa defesa, no canto direito. Quatro minutos depois, Fabinho arriscou de fora da área, com perigo, à esquerda da meta fastiana. A primeira chegada Tricolor no segundo tempo veio aos 11 minutos, em chute de Robinho, que recebeu, girou e bateu à esquerda de Axel. Recuado, o Fast Clube/AM permitia que o Santos/AP pressionasse no campo ofensivo e tivesse mais posse de bola.

A última alteração do Fast Clube/AM foi processada aos 14 minutos, com Emerson Tavares entrando no lugar de Rodrigo, buscando equilibrar as ações. Aos 23 minutos o time amazonense armou boa trama pela esquerda, em velocidade e trocando passes de primeira, mas o lance já estava invalidado, por impedimento. Talysson e Renato foram substituídos no Santos/AP, dando lugar a Luciano e Nildon. Em sua primeira jogada lúcida, aos 30 minutos do segundo tempo, Júnior Neymar cruzou da direita e encontrou Robinho livre, batendo de primeira, para mais uma grande defesa de Axel. Sete minutos depois, Júnior Neymar recebeu pela direita e bateu cruzado, com a bola beliscando a trave direita de Axel.

Aos 38 minutos, Cleber cortou o ataque santista e tocou para Edinho Canutama. O volante recebeu de volta, avançou a passos largos e devolveu para Edinho Canutama, pela esquerda, que bateu rasteiro para difícil defesa de Axel, mandando a escanteio. Na última chance do jogo, Júnior Neymar entrou na área, deixando Jeferson para trás e cruzando, para corte providencial de Diney.

Ficha Técnica:
Fast Clube/AM 1-0 - Santos/AP
Domingo, 5 de março de 2017, às 16 horas (de Manaus/AM)
Arena Vivaldo Lima, em Manaus/AM
Copa Verde - Primeira Fase - Grupo C
Árbitra: Deborah Cecília Correia/Fifa-PE
Assistente 1: Daiane Caroline Muniz dos Santos/MS
Assistente 2: Leila Naiara Moreira da Cruz/DF
4º Árbitro: Antonio Carlos Pequeno Frutuoso/AM
Delegado: Luis Cláudio Rodrigues da Costa/AM
Renda: R$ 1.380,00
Público presente: 360
Cartões amarelos: Rodrigo 34 minutos do primeiro tempo. Batata 5 minutos do segundo tempo.
Cartão Verde (fair play): Antunes 20 minutos do primeiro tempo.
Gol: Railson 22 minutos do primeiro tempo.
Fast Clube/AM: Naylson; Railson, Bianor, Thyago Brandão e André Luiz; Cleber, Roberto Dinamite e Rodrigo (Emerson Tavares 14/2º); Júnior Neymar, Felipe (Thiago Verçosa 12/1º, depois Edinho Canutama 40/1º) e Robinho.Treinador: João Carlos Cavalo.
Suplentes: Guanair Júnior, Emerson Tavares, Fábio Gomes, Makeka, Renê, Velho, Werley, Thiago Verçosa e Edinho Canutama.
Santos/AP: Axel, Diego Vasconcelos, Jeferson, Diney e Batata; Antunes, Renato, Lessandro (Nildon 28/2º) e Talysson (Luciano 27/2º); Fabinho e Rafinha (Michel, no intervalo) . Treinador: Minga.
Suplentes: Graúna, Wellington, Igor, Bruno, Michel, Luciano e Nildon.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

domingo, 5 de março de 2017

[COTIDIANO] - Feliz Aniversário, Mãezona Linda !!!

Teófilo Benarrós de Mesquita
Fotos: Viviane Mesquita

Manaus/AM - Feliz Aniversário. Parabéns pelos 67 anos, bem vividos.

Alguns apelidaram de Confraria da Rainha.
Outros, de Confraria Benarrós de Mesquita.
Surgiu ainda a sugestão de Confraria da Buriti.
Alguém teve a ideia, que ainda bem não vingou, de chamar de Confraria do Macarrão (sem maiores comentários, rs).

A verdade é que uma pequena parte de sua imensa legião de amigos compareceu para comemoração dos 67 anos da Ledice Benarrós de Mesquita. A Creuza, aniversariante do próximo dia 15, antecipou sua data e também comemorou seu aniversário. Disse a data, mas não disse a idade...

Os filhos todos, cinco - Lenise, Tércio, Teófilo, Tales e Tirson.
Os netos todos, dez - Scarlett Syssi, Lorena, Thiago, Ian Victor, Hanna, Lana, Luis Filipe, Luis Henrique, Raul Carlos e Giovanna.
A bisneta Maria Cecília também, com o Bruno.
As noras todas, três - Viviane, Patricia e Cristiane, com sua Bianca e seu Hugo.
Todos em horários rotativos, diferentes. Mas todos presentes.

(A Carla também, com certeza...).
[E o Papai, também].

Os irmãos Isaac, Léa e Sérgio.
A cunhada (duas vezes) Maria de Jesus.
A prima Dorinha.
A também aniversariante Creuza e seu filho Adauto.
As amigas Rosário, Lenita, Irene, Luizete.
O amigo Teo.
Os casais amigos Lene e Eduardo e Elaine e Julio César.

Teve música.
Teve gelada.
Teve dominó.
Teve alegria.
Muita alegria.

Como eu sempre digo e defendo que imagens valem mais que mil palavras...


Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[TRIATHLON] - Água Crim/BR Esportes e Mundurukus vencem Mixed Relay, na Ponta Negra

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Fotos: Mauro Neto/Sejel

Manaus/AM - Uma prova nunca realizada no país desembarcou neste sábado (04/03), em Manaus/AM, e levou 200 atletas à Ponta Negra, que nadaram, pedalaram e correram para se destacar no Mixed Relay de Triathlon. A grande Campeã do evento foi a Água Crim/BR Esportes, que finalizou o percurso em 01h33min50seg pela categoria Oficial (dois homens e duas mulheres). A Mundurukus Runners também subiu no lugar mais alto do pódio, após cravar 01h39min58seg pela Aberto (ambos os sexos, sem quantidade específica). A competição contou com o apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Diferente do Triathlon tradicional, no Mixed Relay o atleta realiza um super-sprint, enfrentando 250 metros de Natação, 6 quilômetros de Ciclismo e 1 quilômetro e 500 metros de Corrida, sem pausas, passando a responsabilidade para o próximo companheiro de equipe. Pela Elite, a equipe Água Crim formada pelos triatletas Ícaro Melo, Thiago Aguiar, Hannah Rosa e Jéssica Santos, foram os únicos a concluir a disputa e levar o título.
"Essa prova é inovadora, nesse estilo de revezamento de Triathlon já sou experiente no individual, e para mim foi uma experiência incrível junto com minha equipe. A ideia de formar o grupo foi quando surgiu a oportunidade do campeonato e decidi escolher os mais fortes para ir comigo, garantindo agilidade na prova, pois se levássemos volta, seríamos desclassificados (capote). Acabou que somente a nossa equipe conseguiu terminar, gostei muito do resultado, e estou feliz", comentou a atleta Jéssica Santos, que soma no currículo mais de dez anos de Triathlon. Pela Aberto, a Onça Mssteam ganhou a medalha de Prata ao finalizar a prova em 01h57min00seg e o Bronze foi para a equipe de Jonathantriteam, que finalizou em 01h57min05seg.

"Foi a nossa primeira prova juntos, e gostei muito. Aproveitamos bastante a competição, realizamos com calma, que é o principal da competição para se obter um bom resultado, e demos sorte de conseguir realizar os três percursos e fazer aquilo que treinamos, e conquistar o primeiro lugar. Estou muito feliz" disse André Gondim, representante da Mundurukus.

De acordo com o Presidente da Federação de Triathlon do Amazonas (Fetriam), Antônio Neto, o principal objetivo do evento foi alcançado: atrair novos atletas e massificar o esporte no estado. "Esse é um evento teste, tanto em Manaus/AM como no Brasil. Até hoje, provas deste tipo só existem com a chancela da ITU (International Triathlon Union), que é um órgão máximo, que faz esse tipo de evento previsto para estar nas Olimpíadas 2020. Queremos massificar essa modalidade, tentar atrair os atletas para esta prova de curta distância, pois qualquer pessoa pode concluir a prova. Todos adoraram e já estão perguntando quando será as próximas provas para poder participar", ressaltou Neto.
Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita