sábado, 1 de abril de 2017

[CAMPEONATO AMAZONENSE 2017] - Manaus FC/AM embala, vence Penarol/AM fora de casa e entra no G4

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Juka Balla

Manaus/AM - Bastou a primeira vitória, para engrenar. Com um dos elencos mais qualificados do Campeonato Amazonense de 2017, o Manaus FC/AM começou a competição pegando duas pedreiras pela frente e perdendo os dois jogos - Nacional/AM e Rio Negro/AM. A recuperação veio com a goleada sobre o São Raimundo/AM. E, na tarde deste sábado (01/04), jogando no Estádio Floro de Mendonça, em Itacoatiara/AM, o Manaus FC/AM conseguiu uma proeza difícil: conquistar três pontos sobre o Penarol/AM, quase imbatível em seus domínios. A vitória colocou o Manaus/AM na zona de classificação para a Fase Semifinal, o G-4. Do outro lado, com a derrota, o Penarol/AM caiu para a sétima posição, na zona do rebaixamento.

A vitória foi construída no primeiro tempo, com gols de Matheus Iton, cobrando falta, logo aos 6 minutos, e Binho, aos 41 minutos. No intervalo, o treinador penarolense, Humberto Santos, tentou dar novo ânimo à sua equipe, com duas alterações: Clóves e Ronni nos lugares de Marlon e Rodrigo Marajó, respectivamente. As mudanças, porém, não surtiram efeito e não foram suficientes para a reação itacoatiarense.

Ficha Técnica:
Penarol/AM 0-2 Manaus FC/AM
Sábado, 1 de abril de 2017, às 16 horas (de Itacoatiara/AM)
Estádio Floro de Mendonças, em Itacoatiara/AM
Campeonato Amazonense 2017
Quinta Rodada da Primeira Fase
Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Júnior/AM
Assistente 1: Jander Rodrigues Lopes/AM
Assistente 2: Abson Pantoja de Barros/AM
4º Árbitro: João Batista Cunha de Brito/AM
Cartões amarelos: Matheus Iton 45 minutos do primeiro tempo. Igor 31, Átila 31, Clóves 40 e Ediglê 41 minutos do segundo tempo.
Gols: Matheus Iton 6 e Binho 41 minutos do primeiro tempo.
Penarol/AM: Paulo Roberto; Jamesson, Preto Marabá, Samir, Marlon (Clóves, no intervalo) e Rafael Vieira; Alex Piaui, Kitó e Cleiton; Roger (Willian 27/2º) e Rodrigo Marajó (Ronni, no intervalo). Treinador: Humberto Santos.
Suplentes: Paulo Wanzeler, Júnior, Jorginho, Léo Silva, Ronny, Edicléber, Ronni, Willin e Clóves.
Manaus FC/AM: Jhonatan; Átila, Ediglê, Deurick e Matheus Iton; Juninho, Thiago Amazonense e Túlio (Igor 27/2º); Adrianinho (Jonas 27/2º), Hamilton (Thiaguinho 36/2º) e Binho. Treinador: Igor Cearense.
Suplentes: Júnior, Ricardinho, Gabriel, Élton, Thiaguinho, Igor, Claudinei, Jonas, Sarkis, Neto e Lucas Santos.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[CAMPEONATO AMAZONENSE 2017] - Holanda/AM vence a primeira, contra o São Raimundo/AM

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Willian D'Ângelo/Asessoria do Holanda/AM

Manaus/AM - Depois de uma semana turbulenta, o calvário do São Raimundo/AM continuou, do pré-jogo ao pós-jogo, contra o Holanda/AM, na tarde deste sábado (01/04), no Estádio Ismael Benigno, a Colina, pela quinta rodada da Primeira Fase do Campeonato Amazonense 2017. Após a renúncia do Presidente, desligamento dos jogadores oriundos de Fonte Boa/AM e dispensa do treinador Lúcio Braga, Eduardo Clara chegou, com reforços, contratados pela nova Diretoria. Mas nem todos foram regularizados. Assim, cheio de improvisos no sistema defensivo e com apenas dois jogadores disponíveis para a reserva, incluindo o goleiro Joiran, o time sofreu a quarta derrota em quatro jogos e continua sem marcar gols na competição.

O meia Elivélton jogou na lateral-direita e o atacante Bahiano foi colocado na zaga, ao lado de Greg. Na única substituição, Joiran entrou na linha, no lugar de Élson Bala. Demorou 11 minutos para o Holanda/AM abrir o marcador, com Sérgio Duarte Júnior. Paulo Rossínio ampliou ainda no primeiro tempo, aos 46 minutos. No segundo tempo, Marinho (foto), vice-artilheiro do Barezão 2017 com quatro gols, fez o terceiro, definindo o placar da partida. O Holanda/AM, que abriu a rodada na zona de rebaixamento (sétimo lugar), alcançou a primeira vitória na competição e empurrou o Penarol/AM para zona da degola.

Ficha Técnica:
Holanda/AM 3-0 São Raimundo/AM
Sábado, 1 de abril de 2017, às 16 horas (de Manaus/AM)
Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/AM
Campeonato Amazonense 2017
Quinta Rodada da Primeira Fase
Árbitro: Odson Santos da Silva/AM
Assistente 1: Eliane Nogueira dos Santos/AM
Assistente 2: Noélia Chaves da Paixão/AM
4º Árbitro: Antonio Carlos Pequeno Frutuoso/AM
Delegado: /AM
Cartões amarelos: Paulo Rossínio 24 e Cannigia 29 minutos do primeiro tempo. Thiaguinho 29 e Adson 40 minutos do segundo tempo.
Gols: Sérgio Duarte Júnior 11 e Paulo Rossínio 46 minutos do primeiro tempo. Marinho 8 minutos do segundo tempo.
Holanda/AM: Douglas; Jussan (Kelvi, no intervalo, depois Rafael Oliveira 10/2º), Chicão, Hilton e Taison Luiz; Anderson Palheta, Sérgio Duarte Júnior, Paulo Rossínio e Thiaguinho; Romário e Marinho (Ioran 37/2º). Treinador: Sidnei Bento.
Suplentes: Neto, Sidnei, Alberto, Edirley, Max Miller, Kelvi, Ioran, Rafael Oliveira e Pedrinho.,
São Raimundo/AM: Mazon; Elivélton, Greg, Bahiano e Adson; Róbson, Felipe, Marquinho e Rafael Dorghan; Cannigia e Élson Bala (Joiran 26/2º). Treinador: Eduardo Clara.
Suplentes: Joiran e Caio.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[CAMPEONATO AMAZONENSE 2017] - Em jogo de viradas, Princesa do Solimões/AM acaba com invencibilidade do Nacional/AM

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Arlesson Sicsú/Assessoria do Nacional/AM

Manaus/AM - Jogo do Nacional/AM no Campeonato Amazonense 2017 é sinônimo de virada no placar. Desde a primeira rodada tem sido assim. Na estreia, o Nacional/AM venceu o Manaus/AM por 2-1, após sair perdendo. Na segunda rodada, abriu o placar contra o Holanda/AM, tomou a virada, mas se recuperou e também virou, vencendo por 3-2. No Clássico Pai&Filho, pela terceira rodada, nova vitória por 2-1, de virada. Depois, contra o Penarol/AM, empate em 1-1, com o time saindo em desvantagem. E, na abertura da quinta rodada, neste sábado (01/04), em Manacapuru/AM, o Nacional/AM virou para cima do Princesa do Solimões/AM, descontando desvantagem de dois gols, tomou o empate em 3-3, teve a chance de voltar a comandar o marcador, mas desperdiçou um pênalti e, também de pênalti, sofreu o gol da virada e da derrota final por 3-4, resultado que tirou a invencibilidade do time azulino. Destaque para Michell, autor dos quatro gols do Princesa do Solimões/AM, dois de pênalti e dois golaços.

A bola mal rolou e logo aos 8 minutos o Princesa do Solimões/AM abriu o placar, com Gelvane rolando da esquerda para o meio, encontrando Michell, que ajeitou e bateu com estilo, no ângulo superior esquerdo de Alexandre Aziz, marcando seu primeiro golaço na tarde. Quatro minutos depois, Michell arriscou com perigo, à direita da meta nacionalina. Em jogada de Weverton, aos 15 minutos, o Princesa do Solimões/AM tem a primeira penalidade máxima marcada na partida. Michell cobrou no canto esquerdo e ampliou para 2-0. Parecia que seria fácil e arrasador. Porém, a parada para tempo técnico, aos 22 minutos, mudou por completo o panorama da partida. No retorno, aos 25 minutos, o Nacional/AM voltou melhor e mais ligado na partida.

Aos 27 minutos Alexsandro sofreu pênalti cometido por Pastor. Na cobrança de Jefferson Araújo, no canto esquerdo, Raiscifran ainda toca na bola, mas não evita o primeiro gol nacionalino. O empate surgiu aos 39 minutos, quando Peter cruzou da direita e o baixinho Alexsandro ganhou do zagueiro Erick e empatou o jogo, marcando seu terceiro gol na competição, o segundo de cabeça, no canto esquerdo de Raiscifran, que ainda tocou na bola. Cristiano saiu jogando errado, aos 42 minutos, passando curto para Jefferson Teles, mas o Princesa do Solimões/AM não soube aproveitar o vacilo adversário. Aos 44 minutos o árbitro Weden Cardoso Gomes interrompeu um ataque do time manacapuruense pela esquerda para anotar falta técnica de Peter, pela direita, aplicando-lhe o cartão amarelo. O Princesa do Solimões/AM quase fez o terceiro, aos 46 minutos, em cobrança de fala de Weverton na área, que a zaga nacionalina tirou para escanteio na disputa contra Érick.

Getúlio fez grande jogada pela direita, aos 6 minutos do segundo tempo, deu com corte seco em seu marcador dentro da área e cruzou rasteiro para Weverton, que perdeu o gol, batendo em cima do zagueiro nacionalina, em cima da linha. Dois minutos depois, Raiscifran fez difícil defesa, mandando a escanteio. Na cobrança, Vágner marcou após bate-rebate na pequena área, estabelecendo mais uma virada de placar do Nacional/AM em jogos do Campeonato Amazonense - a quarta, em cinco partidas. Imediatamente Alberone Souza mudou o time, colocando Randerson no lugar de Wander. Em seguida, Rascifran falha em cruzamento da direita e Getúlio tira o perigo que rondava a meta manacapuruense. Aos 15 minutos, Alan Bahia cobrou falta no meio do gol, facilitando a defesa de Raiscifran.

Weverton arrancou em velocidade desde o meio de campo, aos 18 minutos, e foi parado com falta por Alan Bahia, que levou cartão amarelo. Na cobrança, Michell joga na área e Peter, de cabeça, manda para escanteio. Alexsandro, um dos melhores em campo, sentiu a coxa aos 21 minutos, sendo substituído por Hugo, que não entrou bem. Weverton cobrou falta na área, dois minutos depois, e Jefferson Telles, na segunda trave, mandou a escanteio - na jogada a bola resvalou no braço do lateral nacionalino, em lance muito rápido. Os treinadores processaram mais duas alterações: no Princesa do Solimões/AM saiu Leozinho e entrou Robenilson Imperador, enquanto no Nacional/AM Iuri entrou na vaga de Alan Bahia.

Rafael Borges lança do meio de campo, Robenilson Imperador ajeita de peito para Michell, que corta Cristiano, deixando o zagueiro nacionalino sentado, dribla também Bruno Potiguar e bate com classe e estilo, encobrindo o adiantado Alexandre Aziz, marcando seu segundo golaço no confronto e decretando o empate em 3-3. Logo depois, Thiago Bastos foi expulso pelo segundo cartão amarelo e o árbitro precisou chamar o policiamento para acompanhar a saída do jogador, embora Thiago Bastos estivesse extremamente tranquilo. Mesmo com um jogador a menos, o Nacional/AM teve a chance de voltar a comandar o placar, com o pênalti sofrido por Paulo Roberto, aos 31 minutos. Na cobrança de Jefferson Araújo, à meia-altura, no canto direito, Raiscifran, que se adiantou muito, espalmou para escanteio.

Gelvane arrancou desde o campo defensivo, aos 33 minutos, tocando para Getúlio na direita, que cruzou na área, encontrando exatamente Gelvane, que cabeceou com perigo, com a bola passando raspando a trave direita de Alexandre Aziz. Jackie Chan entrou no lugar de Jefferson Araújo, no minuto seguinte. Na sequência, Getúlio fez grande enfiada de bola para Alessandro Toró, que adiantou muito, saindo com bola e tudo. Rafael Borges dominou, avançou e arriscou da intermediária, aos 37 minutos, com a bola passando raspando o travessão. Weverton recebeu na área, de Robenilson Imperador, aos 44 minutos, fintou seu marcador mas foi travado na hora do chute, ganhando escanteio. Após a cobrança, Getúlio pega o rebote, dribla Peter e é derrubado, dentro da área. Na cobrança de Michell, bola no canto direito de Alexandre Aziz, que pulou para o lado esquerdo. Por reclamação, aos 48 minutos do segundo tempo, Peter também foi expulso pelo segundo cartão amarelo. Michell ainda tentou o quinto gol, aos 49 minutos, batendo forte para defesa segura de Alexandre Aziz.

Ficha Técnica:
Princesa do Solimões/AM 4-3 Nacional/AM
Sábado, 1 de abril de 2017, às 15 horas (de Manacapuru/AM)
Estádio Gilberto Mestrinho, em Manacapuru/AM
Campeonato Amazonense 2017
Quinta Rodada da Primeira Fase
Árbitro: Weden Cardoso Gomes/AM
Assistente 1: Uescléi Regison Pereira dos Santos/AM
Assistente 2: Luis Claudio Rodrigues da Costa/AM
4º Árbitro: Reginaldo Vasconcelos Noronha/AM
Delegado: Francisco da Conceição Costa/AM
Cartões amarelos: Weverton 34, Alessandro Toró 37 e Peter 44 minutos do primeiro tempo. Jefferson Araújo 3, Thiago Bastos 15, Alan Bahia 18 e Jefferson Telles 40 minutos do segundo tempo.
Expulsões: Thiago Bastos 27 e Peter 48 minutos do segundo tempo, ambos pelo segundo cartão amarelo.
Gols: Michell 8, Michell (pênalti) 15, Jefferson Araújo (pênalti) 28 e Alexsandro 39 minutos do primeiro tempo. Vágner 8, Michell 33 e Michell (pênalti) 46 minutos do segundo tempo.
Princesa do Solimões/AM: Raiscifran; Getúlio, Pastor, Erick e Gelvane; Rafael Borges, Alessandro Toró, Michell, Leozinho (Robenilson Imperador 23/2º) e Wander (Randerson 11/2º); Weverton (Júnior Baé 48/2º). Treinador: Alberone Souza.
Suplentes: Luis Paulo, Júnior Baé, Clemilton, Robenilson Imperador, Araújo, Randerson, Matheus Pimpão, Canhoto e Raelison.
Nacional/AM: Alexandre Azizi; Peter, Vágner, Cristiano e Jefferson Telles; Alan Bahia (Iuri 25/2º), Bruno Potiguar, Thiago Bastos e Alexsandro (Hugo 21/2º); Paulo Roberto e Jefferson Araújo (Jackie Chan 34/2º). Treinador: Arthur Bernardes.
Suplentes: Érick Rocha, Victor, Romário, Diego Soares, Iuri, Carlos Daniel, Hugo, Jackie Chan e Lucas Bueno.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[NATAÇÃO] - Inscrições abertas para a Maratona Aquática Rio Negro Challenge

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Foto: Antonio Lima/Sejel

Manaus/AM - A Maratona Aquática Rio Negro Challenge 2017 já tem data para acontecer. No dia 30 de abril, os atletas caem nas caudalosas águas do Rio Negro e vão disputar o pódio, braçada a braçada na Ponta Negra, zona Centro-Oeste, a partir das 7 horas. Nesta edição, estão confirmados atletas de outros países e as inscrições estão abertas. O evento conta com o apoio do Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

A competição será dividida em duas provas, com percursos de 1,5 quilômetros e 3 quilômetros, em 14 categorias, nos naipes Masculino e Feminino. Além disso, paralelo ao evento, ainda será realizado o Circuito Curumim, com percurso de 500 metros, composto por três categorias, sendo a Mirim de 08 a 09 anos, Mirim I de 10 a 11 e a Petiz de 12 a 13 anos.

“Essa competição tem recrutado muitos adeptos, em 2013 foram cem inscritos, no ano passado esse número aumentou e agora esperamos de 220 a 300 atletas para a Maratona. Graças a Deus, podemos dizer que este evento já se tornou tradicional”, disse o organizador Pierre Gadelha, que completou informando que já inscreveram para a disputa maratonistas de São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Maranhão, Brasília, Roraima, Pará, Amazonas, Colômbia e França.

Aqueles que desejarem se inscrever nas disputas, a matrícula custa R$ 70 para o Circuito Curumim e R$ 100 para a Maratona Aquática, podendo ser feita através do site www.rionegrochallenge.com.br.

Um dos que vai encarar a Maratona Aquática é Thiago Nicolau, 32 anos, considerado um dos fortes candidatos a subir no pódio. O atleta foi da Seleção Brasileira de Natação em 2005, ficou parado por oito anos e o retorno nas águas se deu através das Maratonas.

“Na primeira Maratona, a minha inexperiência me atrapalhou bastante em relação a navegação, na segunda eu já tinha noção e foi mais fácil. Apesar de ser atleta de piscina e velocista, costumo nadar no máximo cem metros, mas gosto de participar desses eventos pelo desafio”, comentou Nicolau, ao confessar que ainda está indeciso quanto à categoria.

“Ainda não decidi em que categoria irei competir desta vez, se a de 1,5 ou de 3 quilômetros, mas independente da que eu escolher, tenho boas expectativas de vencer e ficar entre os três melhores”, disse Thiago, que ao disputar pela primeira vez a Maratona Rio Negro Challenge ficou em terceiro lugar e na segunda vez foi Campeão na categoria 1,5 quilômetros.

Os cinco primeiros colocados da Maratona serão premiados com troféus. As categorias por idade também terá premiação dos três primeiros colocados, no Masculino, Feminino e no Circuito Curumim.

A segunda etapa do Rio Negro Challenge Amazônia está prevista para acontecer em dezembro.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

sexta-feira, 31 de março de 2017

[PARAOLÍMPICO] - Amazonenses disputam Circuito Loterias Caixa

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Foto: Antonio Lima/Sejel

Manaus/AM - O mais importante evento Paralímpico regional de Atletismo e Natação, o Circuito Loterias Caixa, acontece entre os dias 31 de março a 02 de abril, em Recife/PE, e terá quatro atletas amazonenses na disputa. De Manaus/AM, a delegação que ainda conta com quatro profissionais na Comissão Técnica, seguiu para o evento na madrugada desta sexta-feira (31/03), com apoio do Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Reunindo mais de 200 atletas, essa é a primeira etapa do ano do Circuito e compreende o regional Norte-Nordeste. O time baré é composto por Jean Cláudio (Natação), Cheine Araújo (Atletismo), Dernival Santos (Atletismo), Fernanda Ferreira (Atletismo), Dimicilia Farias (Técnica), Eliana Souza (Atleta Guia), Fiama Ribos (Chefe de Delegação) e Getúlio Filho, presidente da Federação de Esporte Paralímpico do Amazonas (Fepam).

Para a competição, Dernival, que disputa a categoria F12, perdeu 12 quilos, saindo de 112 para 100 quilos. A transformação, segundo ele, era necessária para alcançar bons resultados na duas provas que irá disputar: arremesso de peso e lançamento de disco. Atualmente, o atleta amazonense é o terceiro melhor do ranking e o objetivo agora é conquistar a ponta da classificação.

“Com muita atividade física eu consegui emagrecer e ter mais qualidade no meu rendimento. Eu precisava disso, até porque estou buscando crescer na minha modalidade. Todos os dias treino quase quatro horas, durante seis vezes na semana, e começo a ver um diferencial nos meus resultados de treinos e que pretendo levar à competição, principalmente no lançamento de dardo”, destacou.

Servidor público e atleta, Cheine Araújo (F11) é outro que pretende abocanhar o lugar mais alto do pódio pelo Circuito. E ao que tudo indica, a preparação está surtindo efeito. O atleta melhorou o índice em quase 60 centímetros no arremesso de peso e cada vez mais se aprimora no lançamento de dardo. “No peso, passei de 9,11 para 9,70 centímetros e estou bem empolgado para a competição. Me esforcei bastante e acredito que eu possa me destacar. Confesso que o peso é meu forte, mas também vou me esforçar na prova de Disco, que atualmente cravo mais de 23”, destacou.

Para o titular da Fepam, Getúlio Filho, a delegação deve trazer resultados positivos para o Amazonas. “O Circuito Caixa é a nossa vitrine. Portanto, nossas potências estarão lá e acredito que nossos atletas vão ter resultados significativos, até porque a etapa Regional é responsável por classificar para a etapa Nacional. Assim, eles vão querer chegar ao índice e medalhar”, considerou.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[BOM DIA MUSICAL] - Impressionando os Anjos, com Gustavo Mioto

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Divulgação

Manaus/AM - Recebi essa música de uma amiga, no último sábado (22/03), com a seguinte observação: "essa música que eu falei que lembra você e sua esposa". Ainda não a conhecia e levei dois dias para escutá-la - terça-feira (25/03).

Chorei uma vez, duas vezes, três vezes... Choro toda vez que a escuto. Sem comentários.

Comuniquei à minha amiga que iria virar Bom Dia Musical no Blog do Teófilo exatamente nesta sexta-feira (31/03), quando completa 3 anos e 3 meses (ou 1.186 dias) sem a Carla entre nós. Sem maiores comentários...

Escute Impressinando os Anjos em https://www.youtube.com/watch?v=6ugql1mx5Lg

Como é que tá aí? (...) Fala um pouco sua voz tá tão calada. Sei que agora deve estar impressionado os Anjos com sua risada
(...)
Ai de cima fala alto que eu preciso ouvir, como é que tá aí?


Hoje foi tudo bem, só um pouco cansativo
Dia duro no trabalho que acabou comigo
Tô aqui com os pés pra cima pronto pra dormir
A saudade de você é visita frequente
Que nem a sua tia chata que irritava a gente
Ah, saudade da gente

Tirando isso, do resto até que eu estou dando conta
A Julinha tá banguela e o Pedro só apronta
O que faltava do carro eu já quitei a conta

Falando nisso, terminei o livro que você pediu pra eu ler
E só na página 70 entendi você
Naquela parte onde diz que o amor é fogo que arde sem se ver

Como é que tá aí? De você faz tempo que não ouço nada
Fala um pouco sua voz tá tão calada
Sei que agora deve estar impressionado os Anjos com sua risada

Mas de você faz tempo que não ouço nada
Fala um pouco sua voz tá tão calada
Ai de cima fala alto que eu preciso ouvir, como é que tá aí?

Tirando isso do resto até que eu estou dando conta
A Julinha tá banguela e o Pedro só apronta
O que faltava do carro eu já quitei a conta

Falando nisso, terminei o livro que você pediu pra eu ler
E só na página 70 eu entendi você
Naquela parte onde diz que o amor é fogo que arde sem se ver

Como é que tá aí? De você faz tempo que não ouço nada
Fala um pouco sua voz tá tão calada
Sei que agora deve estar impressionado os Anjos com sua risada

Mas de você faz tempo que não ouço nada
Fala um pouco sua voz tá tão calada
Aí de cima fala alto que eu preciso ouvir. Como é que tá aí?

Sei que agora deve estar impressionado os Anjos com sua risada
Fala alto que eu preciso ouvir
Como é que tá ai?


Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

quinta-feira, 30 de março de 2017

[MOTOVELOCIDADE] - Temporada 2017 começa neste sábado

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Foto: Mauro Neto/Sejel

Manaus/AM - Os motores voltam a roncar neste final de semana em Manaus/AM com a II Etapa do Campeonato Amazonense de Motovelocidade. A competição acontece neste sábado (01/04), a partir das 19 horas, no Kartódromo da Vila Olímpica, no bairro Dom Pedro, na zona Centro-Oeste. O evento, que deve reunir mais de 70 competidores, recebe apoio do Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Ao todo, seis categorias participarão da disputa estadual, dentre elas a MV1 (Principal), MV2 (Prata), MV3 (Iniciantes), SM (Super Motos), Original 125 e Original 150 (ambas para iniciantes e com motor original). Durante a competição serão realizadas duas baterias, o primeiro lugar soma 20 pontos, o segundo 18, o terceiro 16, o quarto 14 e o quinto 12 pontos.

“Exigimos que todos os participantes tenham os acessórios de proteção: capacete, bota, luva, cotoveleira, joelheira, protetor de coluna e o macacão. Isso garante a qualidade, bem como a segurança da disputa. Além disso, vale destacar, a categoria Original 125 e 150 vão estrear na competição, e recebe motos usadas no cotidiano, na rua. Com certeza, isso vai dar mais competitividade ao evento”, disse a Diretora da Liga Amazonense de Motociclismo (LAM), Elane Castro.

Antes mesmo da largada da competição, será realizada na quinta-feira (30/03), no auditório da Vila Olímpica, às 20 horas, uma reunião para tratar das regras do Estadual. “Os competidores que participarem da reunião já sairão com um ponto na frente dos demais participantes, e esse um ponto na final faz toda a diferença pra alguns competidores”, explicou Elane.

Segundo a Diretora, na sexta-feira (31/03), das 18 horas às 22 horas, os pilotos aquecem os motores, durante o último treino na pista do Kartódromo. “A nossa expectativa é que cada evento, cada etapa, seja melhor que a outra, e que todos assim possam sair felizes”.

O Campeonato tem 10 etapas e é realizado uma vez por mês, sendo a próxima etapa no mês de abril e a última prevista para novembro. Além disso, a entrada é gratuita e as 500 primeiras pessoas que forem ao evento vão participar de sorteio de brindes, como capacetes, camisetas e muito mais.

Os competidores que ficarem do primeiro ao quinto lugar receberão troféus e brindes. A moto, maior prêmio do Campeonato, será disputada na última etapa da competição.

CALENDÁRIO

1ª Etapa – 11 de Março
2ª Etapa – 01 de Abril
3ª Etapa – 28-29 de Abril
4ª Etapa – 26-27 de Maio
5ª Etapa – 23-24 de Junho
6ª Etapa – 28-29 de Julho
7ª Etapa – 25-26 de Agosto
8ª Etapa – 29-30 de Setembro
9ª Etapa – 27-28 de Outubro
10ªEtapa – 24-25 de Novembro

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[CAMPEONATO AMAZONENSE 2017] - Fast Clube/AM derrota Princesa do Solimões/AM

Teófilo Benarrós de Mesquita
Fotos: Antonio Assis/Site Oficial da FAF
http://fafamazonas.com.br

Manaus/AM - O Fast Clube/AM consegui a segunda vitória no Campeonato Amazonense 2017, ao vencer o Princesa do Solimões/AM na noite desta quarta-feira (22/03), no Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, em jogo isolado fechando a segunda rodada da Primeira Fase. Léo Guerreiro e Railson marcaram, no primeiro tempo, em jogo de muitos cartões amarelos - seis para o Tricolor de Aço e três para o Tubarão do Norte. O resultado mantém o Fast Clube/AM na vice-liderança da competição, atrás apenas do Rio Negro/AM. O Princesa do Solimões/AM caiu da quarta para a quinta posição, saindo da zona de classificação para a Fase Semifinal.

A partida começou equilibrada e estudada. Aos 2 minutos, após cruzamento da direita, Júnior Baé, que jogou improvisado na zaga, tirou a bola antes da chegada de Léo Guerreiro. A resposta, aos 6 minutos, foi quase idêntica, com cruzamento buscando Robenilson Imperador e a zaga fastiana aliviando o perigo. Dois minutos depois, Léo Guerreiro e Michell se estraram, trocando empurrões, e ambos receberam cartão amarelo. O Princesa do Solimões/AM voltou a descer perigosamente aos 13 minutos, em jogada de Getúlio pela direita que encontrou Robenilson Imperador, que dominou, girou e bateu, para desvio na zaga a escanteio.

Aos 16 minutos, Charles fez boa jogada individual e tocou para Léo Guerreiro, porém mais uma vez a zaga do time manacapuruense aliviou o perigo. Quatro minutos depois, Railson cobrou escanteio e Rascifran espalmou para fora, em novo escanteio. Na nova cobrança de Railson, Charles ajeitou de cabeça e Léo Guerreiro abriu o placar, marcando pela primeira vez com a camisa do Tricolor de Aço. Robinho arrancou em velocidade, aos 25 minutos, e só foi parado com falta. Três minutos depois, Bianor cortou providencialmente, em cruzamento de Getúlio pela direita.

O Princesa do Solimões/AM chegou com perigo, em bola parada, aos 33 e aos 34 minutos. Na primeira cobrança de falta de Michell, a bola desviou na barreira e saiu em escanteio. Na segunda cobrança, Naylson se esticou todo para espalmar. O Fast Clube/AM respondeu de forma dupla, também. Aos 36 minutos Getúlio cortou boa descida de Charles e no minuto seguinte Roberto Dinamite pegou um rebote de primeira, carimbando a trave, embora a jogada já estivesse anulada, por impedimento. Aos 39 minutos, em cobrança de falta, Michell alçou na área e Robenilson Imperador cabeceou com perigo, mas para fora. Três minutos depois, em nova cobrança de falta, agora de Leozinho, a zaga fastiana tirou o perigo da área defensiva.

Nos acréscimos do primeiro tempo, aos 46 minutos, Clemilton saiu jogando errado e Railson aproveitou, arriscando de fora da área e ampliando para o Fast Clube/AM. Na volta para o segundo tempo, Canhoto veio no lugar de Clemilton, na tentativa de deixar o Princesa do Solimões/AM mais ofensivo.

O segundo tempo demorou para começar, tendo seus primeiros minutos marcados por substituições e um cartão amarelo para Alessandro Toró, aos 7 minutos. Somente aos 21 minutos o público teve a primeira emoção, quando Alessandro Toró bateu de longe, com a bola passando raspando o travessão de Naylson. Dois minutos depois Getúlio cruzou para Araújo (que entrara no lugar de Robenilson Imperador, aos 13 minutos do segundo tempo), que subiu mais que a zaga fastiana mas cabeceou para fora. Robinho quase marcou um gol olímpico, aos 26 minutos, com Raiscifran tirando para novo escanteio. Aos 35 minutos, Edinho Canutama fez o terceiro, mas em completo impedimento, com o gol anulado de forma acertada.
O final do jogo foi de poucas jogadas. Aos 40 minutos, Leozinho tabelou com Araújo e sofreu falta, que Michell cobrou com perigo, para difícil defesa de Naylson. Três minutos depois, Naylson mandou a escanteio um cruzamento perigo de Gelvane pela esquerda. E Canhoto, aos 46 minutos, bateu na rede pelo lado de fora, depois de avançar em velocidade.

Ficha Técnica:
Fast Clube/AM 2-0 Princesa do Solimões/AM
Quarta-feira, 22 de março de 2017, às 20 horas (de Manaus/AM)
Estádio Municipal Jornalista Carlos Zamith, em Manaus/AM
Campeonato Amazonense 2017
Segunda Rodada da Primeira Fase
Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Júnior/AM
Assistente 1: Elivane Trindade da Costa/AM
Assistente 2: Luis Cláudio Rodrigues da Costa/AM
4º Árbitro: Edmundo Tibúrcio F. Araújo/AM
Delegado: Lázaro D'Ângelo Pinheiro/AM
Renda: R$ 1.990,00
Público pagante: 166 (206 presentes)
Cartões amarelos: Léo Guerreiro 8, Michell 8, Robinho 30, Bianor 41 e Pastor 44 minutos do primeiro tempo. Alessandro Toró 7, Railson 23, André Luiz 37 e Thiago Brandão 48 minutos do segundo tempo.
Gols: Léo Guerreiro 22 e Railson 46 minutos do primeiro tempo.
Fast Clube/AM: Naylson; Emerson Tavares, Bianor, Thiago Brandão e André Luiz (Fábio Gomes 37/2º); Cléber, Roberto Dinamite, Robinho (Werley 26/2º) e Railson; Charles e Léo Guerreiro (Edinho Canutama 13/2º). Treinador: João Carlos Cavalo.
Suplentes: Guanair Júnior, Velho, Fábio Gomes, Renê, Werley e Edinho Canutama.
Princesa do Solimões/AM: Raiscifran; Getúlio, Pastor, Júnior Baé (Matheus Pimpão 32/2º) e Gelvane; Clemilton (Canhoto, no intervalo), Alessandro Toró, Michell, Leozinho e Wander; Robenilson Imperador (Araújo 17/2º). Treinador: Alberone Souza.
Suplentes: Luis Paulo, Pelezinho, Guilherme, Cristino Natal, Araújo, Canhoto, Matheus Pimpão.


Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

terça-feira, 28 de março de 2017

[BAREZÃO 2017/CURTINHAS] - Banco regional no Fast Clube/AM

Teófilo Benarrós de Mesquita

Manaus/AM - No último dia 23 de janeiro, o Fast Clube/AM apresentou 29 jogadores, para iniciar a temporada 2017, que incluía duas competições da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) - Copa do Brasil e Copa Verde. Após a eliminação das duas competições, o elenco foi reduzido e, nas últimas três partidas tem apresentado um banco de reservas extremamente regional.

No Jogo de Volta da Copa Verde, contra o Santos/AP, em Macapá/AP, dia 19 de março, apenas seis atletas foram relacionados: os amazonenses Guanair Júnior, Bianor, Renê, Werley e Edinho Canutama, além do sul-matogrossense Emerson Tavares, que há mais de dez anos defende clubes do futebol local (Libermorro/AM, Sul América/AM, Manaus FC/AM, Cliper/AM, Princesa do Solimões/AM e Fast Clube/AM).

Os dois jogos seguintes, pelo Campeonato Amazonense, quase os mesmos suplentes amazonenses: Guanair Júnior, Velho, Renê, Werley e Edinho Canutama. O estrangeiro foi Fábio Gomes, paraense que mora em Manaus/AM desde os 12 anos, com passagens por Libermorro/AM, Nacional/AM, Rio Negro/AM, Nacional Borbense/AM, Penarol/AM, Manaus FC/AM, São Raimundo/AM e Fast Clube/AM.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

segunda-feira, 27 de março de 2017

[ATLETISMO] - Atletas militares dominam Torneio Valeria Junia

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Fotos: Mauro Neto/Sejel

Manaus/AM - A chuva que caiu na manhã deste sábado (25/03) até que atrapalhou os atletas que disputaram o Torneio Valeria Junia de Atletismo, nas provas de Corrida, Arremessos, Lançamentos e Saltos. Mas os mais de 100 competidores, entre iniciantes e experientes, tiveram que colocar a raça e força de vontade para superar cada gota que caia no Complexo de Atletismo da Vila Olímpica. O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) apoiou o evento.

Na busca de superar marcas e obter pontos no Ranking, os atletas não encontraram facilidades, principalmente nas provas de velocidade. O destaque nas provas dos 800 metros, 400 metros e 100 metros ficou por conta do Clube Fera/RR que conquistou quase 10 medalhas.

“Não deu para ultrapassar a minha marca, o meu tempo, por conta das condições do climáticas, mas dei o meu melhor. Consegui vencer os 800 metros, na sexta-feira, e os 400 metros e 100 metros neste sábado. Ao todo nossa equipe conquistou nove medalhas”, disse o atleta Deyvisson Deluan, de 20 anos, feliz ao lado da equipe formada por 14 membros.

“Estou muito feliz, principalmente porque tive que correr atrás dos patrocinadores para todos os atletas e conseguimos muitas medalhas. A Força Nacional/RR, que está alojada na nossa Vila (Olímpica, de Roraima) nos ajudou e isso é uma motivação grande”, contou Deluan, que ao lado do grupo fez questão de prestar continência ao receber a premiação.

Se o tempo atrapalhou a maioria dos atletas, para a pequena Ana Clara, de 14 anos, a chuva foi de bênção. A aluna da escola do 3º Colégio Militar da Polícia Militar (CMPM), Waldocke Fricke de Lyra, no Tarumã, Zona Oeste, conquistou a primeira Medalha de Ouro no arremesso de peso, justamente na primeira disputa da carreira. “Foi um pouco difícil. Agradeço a Deus por me ajudar a conquistar o primeiro lugar e ao meu professor que sempre me incentiva. É a minha primeira competição e estou muito feliz. Para mim é muito bom obter essa medalha que não foi nada fácil”, contou a atleta.
Recuperada de uma lesão na perna direita, a atleta Tayna Oliveira, de 15 anos, retornou de forma triunfal aos 100 metros rasos. Com a pista molhada, a velocista deixou para trás as sete competidoras e ficou com o Ouro, com o tempo de 14s20. “A chuva atrapalhou um pouco, até porque não sou acostumada a correr na chuva. Estou voltando de lesão e agora vou ver com o meu treinador quais as próximas competições que vou participar. Mas estou feliz por mais uma medalha conquistada”, comemorou a aluna do 4º Colégio Militar da Polícia Militar (CMPM), Áurea Pinheiro Braga, na Zona Leste.

Para a presidente Federação Desportiva de Atletismo do Amazonas (Fedaeam), Marleide Borges, a chuva atrapalhou os atletas experientes, mas consagrou os competidores iniciantes. “A chuva atrapalhou um pouco, mas as escolas com os alunos-atletas novatos tiveram uma boa participação. Teremos um outro torneio no dia 8 de abril para os atletas melhorarem as marcas e índices”, frisou.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[BOM DIA MUSICAL] - Monte Castelo, com Legião Urbana

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Divulgação

Manaus/AM - A década de 80 do Século passado foi de efervescência cultural e musical, a partir do movimento de artistas a partir do Grupo Teatral Asdrúbral Trouxe o Trombone, composto por Evandro Mesquita, Regina Casé, Luis Fernando Guimarães e Patrícia Travassos entre outros. O entusiasmo cultural acabou originando uma nova onda no Brasil, em termos musicais, denominado por New Wave, tirando do anonimato uma geração de grandes músicos e compositores. Já em meados dos Anos 80, direto do Distrito Federal, explodiu nas Rádios FMs do Brasil a banda Legião Urbana, sucessora do Aborto Elétrico, tendo como líder Renato Russo, um ícone de uma geração e seus descendentes. Autor de letras panfletárias, num cenário de pós-Ditarura Militar e início de Abertura Política e de Pensamentos, Renato Russo logo arregimentou uma Legião de fãs e seguidores, que se multiplicam, mesmo após sua morte, aos 36 anos, em 11 de outubro de 1996. Se vivo ainda fosse, Renato Manfredini Júnior, seu nome de batismo, completaria nesta segunda-feira (27/03), 57 anos de idade.

O Blog do Teófilo arriscou selecionar, dentre tantas Obras Primas, uma única composição do Legião Urbana para o Bom Dia Musical, ciente que a tarefa foi árdua e ingrata. Apresentamos Monte Castelo, que traz citações do poeta português Luís Vaz de Camões e da Carta de São Paulo aos Coríntios, livro da Bíblia.

Escute Monte Castelo em https://www.youtube.com/watch?v=AKqLU7aMU7M

O amor é o fogo que arde sem se ver, é ferida que dói e não se sente... É um contentamento descontente. É dor que desatina sem doer

Ainda que eu falasse
A língua dos homens
E falasse a língua dos anjos
Sem amor eu nada seria

É só o amor! É só o amor
Que conhece o que é verdade
O amor é bom, não quer o mal
Não sente inveja ou se envaidece

O amor é o fogo que arde sem se ver
É ferida que dói e não se sente
É um contentamento descontente
É dor que desatina sem doer

Ainda que eu falasse
A língua dos homens
E falasse a língua dos anjos
Sem amor eu nada seria

É um não querer mais que bem querer
É solitário andar por entre a gente
É um não contentar-se de contente
É cuidar que se ganha em se perder

É um estar-se preso por vontade
É servir a quem vence, o vencedor
É um ter com quem nos mata a lealdade
Tão contrário a si é o mesmo amor

Estou acordado e todos dormem
Todos dormem, todos dormem
Agora vejo em parte
Mas então veremos face a face

É só o amor! É só o amor
Que conhece o que é verdade

Ainda que eu falasse
A língua dos homens
E falasse a língua dos anjos
Sem amor eu nada seria


Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita