sexta-feira, 7 de abril de 2017

[CAMPEONATO AMAZONENSE 2017] - Em jogo eletrizante, Rio Negro/AM e Penarol/AM empatam

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Antonio Assis/Site Oficial da FAF
fafamazonas.com.br


Manaus/AM - A quinta rodada do Campeonato Amazonense 2017 começou em alto estilo, com Rio Negro/AM e Penarol/AM abrindo a rodada dupla na noite desta terça-feira (04/04) no Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/AM, em alto estilo. Numa partida cheia de reviravoltas e alternativas, os times empataram em 3-3, com todos os gols marcados no segundo tempo.

O primeiro tempo foi de muito equilíbrio. A primeira chegada perigosa foi do visitante, o Penarol/AM, aos 11 minutos, quando Rodrigo Marajó avançou pela direita e tocou para Cleiton bater para o gol, mas travado pelo marcador, com a bola chegando fraca e facilitando a defesa de Jairo. O Rio Negro/AM respondeu e três minutos depois, após tentativa de Paulinho, Rodrigo Ítalo pegou o rebote e chutou forte, mas por cima. Aos 16 minutos, Leonardo construiu boa jogada pela direita e cruzou rasteiro, com Arthur chegando atrasado, de carrinho.

Atuando pela primeira vez como titular no Rio Negro/AM, Paulinho saiu machucado aos 19 minutos, substituído por Cristiano, deixando o time mais ofensivo. O Penarol/AM teve ataque perigoso pela direita, aos 28 minutos, com Rodrigo Marajó recebendo e batendo de primeira, mascado com a defesa, ganhando escanteio. Cristiano, em cobrança de falta, aos 31 minutos, assustou Paulo Wanzeler. Quatro minutos depois a chegada rionegrina foi com Arthur, que recebeu, girou e bateu com perigo, ganhando escanteio.

A melhor chance do primeiro tempo foi do Penarol/AM, aos 44 minutos, quando Roger ganhou a disputa no meio de campo contra Rafael Vitor, encontrando a defesa adversária desarrumada e lançando Rodrigo Marajó, pela direita, com o atacante batendo forte e raspando o travessão. Nos acréscimos, aos 46 minutos, em jogada do meio para a direita, Wágner Diniz recebeu de Cristiano e cruzou para Arthur, que dominou e bateu para defesa segura de Paulo Wanzeler.

No retorno do intervalo, Kitó veio no lugar de Ronni, na primeira mudança de Ruy Aparício no Penarol/AM. Mas o Rio Negro/AM começou melhor e aos 7 minutos Cristiano cruzou da esquerda para perigosa cabeçada de Leonardo, que foi desviada para escanteio no meio do caminho. Na cobrança, novo escanteio. E na segunda cobrança, Rafael Vitor, de fora da área, aproveita o rebote para acertar um balaço, no ângulo superior direito de Paulo Wanzeler, abrindo o marcador na Colina. Dois minutos depois Rodrigo Marajó, de cabeça e após cruzamento da esquerda, quase empatou.

Aderbal Lana sacou Arthur e colocou Marcelo em campo, aos 11 minutos, enquanto Ruy Aparício trocou Cleiton por Edicleber, que em poucos minutos se transformou no protagonista da partida. Porém, antes do meia penarolense entrar em ação, o Rio Negro/AM chegou duas vezes. Na primeira, aos 13 minutos, Marcelo tabelou na direita com Wágner Diniz, que entrou na área e foi travado na hora da conclusão final, ganhando escanteio. Na cobrança, a bola passou de forma incrível na frente de Rafael Paulista e Leonardo, sem que nenhum conseguisse tocá-la para o fundo das redes.

Aí sim, começou a brilhar o talento de Edicleber. Aos 18 minutos ele sofreu pênalti que Jamesson cobrou no canto direito baixo de Jairo, empatando o jogo. Nem bem acusou o golpe, e o Rio Negro/AM levou o segundo gol, aos 20 minutos, com Rodrigo Marajó recebendo na intermediária de Edicleber, girando e batendo no ângulo superior esquerdo de Jairo, adiantado, marcando um golaço.

Aos 24 minutos, em contra-ataque, Edicleber toca de letra para Kitó, que erra o último passe, buscando Rodrigo Marajó. Na resposta imediata, em cruzamento da direita de Marcelo, Leonardo, de cabeça e sem precisar se esforçar muito, empatou a partida. O Galo quase vira o placar aos 27 minutos, quando Delciney recebe livre na entrada da área, pela direita e com liberdade, acertando a trave direita de Paulo Wanzeler.

O Penarol/AM, porém, voltou a ficar à frente do marcador aos 31 minutos, em outro bonito chute de fora da área, em outro golaço. Três minutos depois, Edicleber cruzou da direita para Roger, que perdeu cara a cara contra Jairo, que fez boa defesa. aos 39 minutos, Paulo Wanzeler fez difícil defesa na cabeçada à queima-roupa de Thiago Verçosa. No rebote e na disputa aérea, Samir cometeu pênalti em Verçosa. Cristiano cobrou no canto esquerdo, empatando a partida.

Em jogada na área rionegrina, aos 41 minutos, muita reclamação dos jogadores e reservas do Penarol/AM, de possível pênalti. Aos 46 minutos Leonardo entrou na área adversária, mas bateu fraco. Wágner Diniz ainda tentou uma última vez, aos 48 minutos, ganhando no máximo escanteio. Final de jogo e um eletrizante empate em 3-3, recheado de gols bonitos, todos marcados no segundo tempo.

Ficha Técnica:
Rio Negro/AM 3-3 Penarol/AM
Terça-feira, 4 de abril de 2017, às 19 horas (de Manaus/AM)
Estádio Ismael Benigno, a Colina, em Manaus/AM
Campeonato Amazonense 2017
Sexta Rodada da Primeira Fase
Preliminar de São Raimundo/AM 1-4 Nacional/AM
Árbitro: Weden Cardoso Gomes/AM
Assistente 1: Ivo Fernando da Costa de Sousa/AM
Assistente 2: Elivane Trindade da Costa/AM
4º Árbitro: Luizinho de Souza Lima/AM
Delegado: Lázaro D'Ângelo Pinheiro/AM
Renda: R$ 6.820,00
Público pagante: 597 (682 presentes)
Cartões amarelos: Arthur 24 minutos do primeiro tempo. Rodrigo Marajó 21, Samir 31 e Roger 33 minutos do segundo tempo.
Gols: Rafael Vitor 9, Jamesson (pênalti) 19, Rodrigo Marajó 20, Leonardo 24, Edicleber 31 e Cristiano (pênalti) 40 minutos do segundo tempo.
Rio Negro/AM: Jairo; Wágner Diniz, Érick, Rafael Vitor e Charles; Delciney (Thiago Verçosa 33/2º), Rafael Paulista, Paulinho (Cristiano 19/1º) e Rodrigo Ítalo; Leonardo e Arthur (Marcelo 11/2º). Treinador: Aderbal Lana.
Suplentes: Pedro Vinícius, Pablo, Marcelo, Brendo, Makeka, Batista, Thiago Verçosa, Patrick, Paulo Ferreira, Elkson e Cristiano.
Penarol/AM: Paulo Wanzeler; Jamesson, Preto Marabá, Samir e Rafael Vieira; Ronni (Kitó, no intervalo), Marlon, Clóves e Cleiton (Edicleber 12/2º); Roger e Rodrigo Marajó (Alex Piauí 33/2º). Treinador: Ruy Aparício (interino).
Suplentes: Paulo Roberto, Júnior, Jorginho, Léo Silva, Alex Piauí, Alex, Edicléber e Kitó.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[ESPORTES PARAOLIMPICOS] - Amazonas conquista 13 Medalhas em Recife/PE

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Foto: Divulgação

Manaus/AM - O Amazonas mostrou, mais uma vez, a força do Paradesporto em competições nacionais. Desta vez, cinco paratletas locais conseguiram 13 Medalhas na disputa do Regional Norte Nordeste do Circuito Brasil Loterias Caixa, o primeiro do ano de 2017, na cidade de Recife/PE. Entre Ouro, Prata e Bronze, três atletas que recebem apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), obtiveram índice e conseguiram vaga para participar do Campeonato Brasileiro.

Um dos maiores nomes do Paratletismo do Estado, Dernival Souza, 41 anos, devastou os adversários. Nas três modalidades em disputa, Lançamento de Dardo e Disco e no Arremesso de Peso (Categoria F12/baixa visão), Souza faturou o Ouro nas três provas, ocorridas no último final de semana. “Foi uma competição muito boa e bastante disputada. Os concorrentes de Recife/PE, Fortaleza/CE e Natal/RN estão ficando fortes. Foi muito disputado, mas conquistei as Medalhas de Ouro e estou muito feliz com o resultado. Todo o esforço valeu”, comentou o paratleta, para em seguida anunciar a conquista da vaga para o Brasileiro que ocorre no mês de junho.

“Consegui conquistar a vaga no Brasileiro no Lançamento do Disco. Fiz a marca de 26,57 metros quando era preciso fazer 26. Agora para o Nacional vai ser preciso fazer 28 e estou trabalhando em cima disso”, comentou Dernival, que treina das 7 horas às 11h30min, no Complexo de Atletismo da Vila Olímpica de Manaus/AM, no Dom Pedro.

Das piscinas também saíram Ouro, Prata e Bronze, além de vagas para o Brasileiro. Os responsáveis pelo feito foram os paratletas Jean Dias, 42 anos, e Simplício Campos, 30 anos (foto da postagem), que novamente colocaram o Amazonas em destaque na Natação. “Fiquei com duas Pratas nos 200 metros Medley e nos 100 Borboleta, o Bronze foi nos 100 metros Peito. O importante da competição era conquistar o índice para as três etapas do Brasileiro, em junho, agosto e em novembro, em São Paulo. Já fui Campeão Brasileiro em 2010 no Borboleta e Peito e agora é treinar para fazer um bom Brasileiro e conquistar a vaga no Mundial do México”, avaliou Simplício que competiu nas classes S8, SB8, SM8 (limitações físico- motoras).

Na Natação (S6/paralisia cerebral), o experiente Jean Cláudio Dias também fez bonito. O nadador conquistou o Ouro nos 400 metros Livre e o índice para o Brasileiro, e ainda teve fôlego para trazer a Prata nos 100 metros Livre. “Foi muito difícil. Agora vou precisar treinar mais, até mais do que já treino pela manhã, tarde e à noite, para conquistar o Ouro no Brasileiro. Tenho certeza que representamos muito bem nosso Estado”, afirmou.

RESULTADOS
Jean Dias
400 metros Livre - Ouro - Índice
100 metros Livre - Prata

Simplício Campos
200 metros Medley - Prata - Índice
100 metros Borboleta Prata - Índice
100 metros Peito - Bronze - Índice

Cheine Araujo
Arremesso de Peso - Ouro
Lançamento de Disco - Prata

Dernival Santos
Lançamento de Disco - Ouro - Índice
Lançamento de Dardo - Ouro
Arremesso de Peso - Ouro

Fernanda Souza
Lançamento de Disco - Prata
Arremeso de Peso - Prata
Lançamento de Dardo - Bronze

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

quarta-feira, 5 de abril de 2017

[BOM DIA MUSICAL] - Severina Xique Xique, com Genival Lacerda

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Divulgação

Manaus/AM - São 85 anos de irreverência, nas letras e no figurino, principalmente. De carreira, são 62 anos, desde o lançamento do primeiro disco, em 1955. Demorou 20 anos e só em 1975, com Severina Xique Xique, o sucesso de seu talento estourou em todo o Brasil. Forrozinho gostoso, com letra de duplo sentindo, embora inocente é com ele mesmo - Genival Lacerda, paraibano de Campina Grande/PB, aniversariante do dia e Homenageado no Bom Dia Musical desta quarta-feira (05/04).

Escute Severina Xique Xique https://www.ouvirmusica.com.br/genival-lacerda/173135/

Ele tá de olho é na boutique dela!

BOM DIA SEVERINAS E PEDROS CAROÇOS

Quem não conhece Severina Xique Xique
Que botou uma boutique para a vida melhorar
Pedro Caroço, filho de Zé Fagamela
Passa o dia na esquina fazendo aceno pra ela

Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!

Antigamente Severina
Coitadinha, era muito pobrezinha
Ninguém quis lhe namorar
Mas hoje em dia só porque tem uma boutique
pensando em lhe dar trambique
Pedro quer lhe paquerar

Ele tá de olho é na boutique dela!
Ele tá de olho é na boutique dela!


Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

terça-feira, 4 de abril de 2017

[FUTEBOL AMADOR] - Campeonato de Futebol dos Advogados terá 15 participantes

Texto e Arte: Site da Caixa de Assistência dos Advogados
http://www.caaam.org.br

Manaus/AM - A Caixa de Assistência dos Advogados do Amazonas (CAAAM), órgão vinculado a Ordem dos Advogados do Brasil, Secção Amazonas, OAB/AM, que atua como braço social da instituição, com o objetivo de estimular a prática de atividade física, esporte e lazer para os advogados do Amazonas, através do futebol, combatendo estresses, doenças ocupacionais, desgastes físicos, contribuindo para ampliar as vivencias sociais e culturais, em busca de proposições inovadoras no sentido de que os profissionais da classe ampliem as possibilidades de melhorias na saúde e qualidade de vida, além do congraçamento esportivo dos advogados, realiza desde 2013, o Campeonato de Futebol dos Advogados do Amazonas.

O Campeonato vem conquistando notoriedade nesses quatro anos de existência, e é considerado hoje, o maior evento esportivo da categoria jurídica. Com o intuito de reunir advogados, estagiários e dependentes associados a Caixa de Assistência tem alcançado cerca de 2.000 pessoas a cada ano. Contando com a estrutura de 15 times com 30 jogadores em cada. O Campeonato de Futebol de Futebol da CAAAM surpreende pelo profissionalismo, pois conta com as regras oficiais Fifa de Futebol de Campo, são realizados nos principais gramados oficiais da cidade, com premiação em grande estilo ao Campeão, Vice e terceiro lugar.

A identidade do Torneio merece destaque, e chama a atenção pela utilização de termos jurídicos nomeando os times participantes. Os 15 times inscritos são Agravo, Apelação, Contestação, Embargo, Erga Omnes, Habeas Corpus, Habeas Data, Mandado de Segurança, Memoriais Escritos, Pensão Judicial, Prerrogativa, Recurso Ordinário, Recurso Extraordinário, Revisão Criminal e Rescisão.

Em sua quinta edição, o certame fará uma justa homenagem ao vice-presidente da CAAAM, Messias Sampaio, Advogado, Jornalista, Radialista e Professor, idealizador do projeto com experiência em outros eventos desportivos de sucesso da capital desde 1973.

Além do caráter qualitativo, e dos benefícios psicológicos e físicos que proporcionam aos advogados amazonenses, o certame impacta diretamente no bom convívio social e nas atividades laborais. “Apoiar o esporte entre a classe advocatícia, nesse caso mais especificamente, o futebol, que é fonte de emoção de milhares de torcedores e motivo de orgulho para muitos amazonenses é uma motivo de orgulho para nós, afirma Messias Sampaio, vice-presidente da CAAAM.

O Campeonato realizará no próximo dia 13 o Congresso Técnico e o Sorteio das Chaves, no dia seguinte, 14, realizará o tradicional Torneio Início, evento disputado em um único dia, reunindo os 15 times inscritos, com jogos de curta duração, lançando o Campeão do Torneio e oferecendo aos expectadores uma prévia do certame que se inicia.

Os jogos, começam partir do dia 22, serão realizados nos campos oficiais dos Estádios Carlos Zamith e Colina. A novidade deste ano será a partida final disputada em grande estilo na Arena da Amazônia. A competição poderá ser apreciada pelo público amazonense que poderá compartilhar momentos de pura emoção e amor ao esporte.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[JOGOS UNIVERSITÁRIOS BRASILEIROS] - Manaus/AM vai sediar competição, pela primeira vez

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Foto: Mauro Neto/Sejel

Manaus/AM - Manaus/AM definitivamente vai respirar esporte nos meses que vem pela frente. Isso porque, o titular da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Fabricio Lima, acordou neste final de semana a vinda dos Jogos Universitários Brasileiros (JUBs) e do Beach Games para outubro e novembro deste ano, respectivamente. Os eventos, inéditos na terrinha baré, são considerados os principais das instituições de ensino superior e vão disseminar várias modalidades, como também contribuir com a economia local.

“Estive com o presidente da Confederação Brasileira de Desporto Universitário (CBDU), Luciano Cabral, e conseguimos superar outros locais que também queriam receber o evento, como Goiânia/GO, João Pessoa/PR e São Paulo/SP. Nossa cidade se destacou em relação a estrutura e receptivo e não tenho dúvidas que vamos ser um capítulo muito bonito na história do JUBs, que pela primeira vez será realizado na região Norte, descentralizando a competição”, destacou Lima.

O JUBs e o Beach Games, juntos, vão movimentar uma média de 16 mil pessoas, ao contar atletas e comissão técnica, algo que vai beneficiar o turismo esportivo. Para tanto, o secretário Fabricio afirma que vai trabalhar em prol de parcerias, para que além de atuarem pelas competições, as delegações possam conhecer e desfrutar da cultura e costumes do Estado.

“Muitas pessoas tem curiosidade pelo Amazonas, querem saber de sua comida, seus temperos, pontos turísticos e queremos aproveitar isso para injetar a economia local. O JUBs e o Beach Games vão muito além das competições e resultados e acredito que vamos movimentar muito bem nossa economia e comércio, direta e indiretamente”, disse.

O JUBs e o Beach Games são uma realização da CBDU e o Brasileiro ainda recebe apoio do Ministério do Esporte, através do investimento de R$ 8 milhões. A contrapartida do Governo do Amazonas, via Sejel, será a estrutura física das competições, o quer vai envolver a Vila Olímpica de Manaus/AM, Ginásio Renné Monteiro e Arena Amadeu Teixeira, dentre outros.

“Para o JUBs vamos disponibilizar uma média de vinte praças esportivas, além da rede hoteleira da cidade, que também vai se movimentar para a chegada do evento”, destacou Lima. Ainda pelo Brasileiro, serão disputadas 17 modalidades esportivas, sendo 13 individuais e quatro coletivas, como Badminton, Basquete 3x3, Judô, Corrida de Rua, Natação, Vôlei de Praia, Tênis, Tênis de Mesa, Xadrez, Basquetebol, Futsal, Handebol e Voleibol.

O maior evento realizado pela CBDU são os Jogos Universitários Brasileiros (JUBs), que em 2017 chega a sua 65ᵃ Edição. Ao longo dos anos, o JUBs cresceu e se estruturou no que hoje é conhecido como a maior competição universitária da América Latina.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[BOM DIA MUSICAL] - Pro Dia Nascer Feliz, com Barão Vermelho (Cazuza)

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Divulgação

Manaus/AM - Léo Jaime foi quem o indicou para compor, como vocalista, a Banda Barão Vermelho, em 1981. Nos anos posteriores, dois lançamentos - Barão Vermelho e Barão Vermelho 2. Do Barão Vermelho (1982) sobressaiu Todo Amor Que Houver Nessa Vida, uma Balada Romântica, e do Barão Vermelho 2 (1983), o destaque demorou a emplacar: Pro Dia Nascer Feliz, que só ganhou destaque após Ney Matogrosso também gravar a música, gerando um curioso fenômeno - a música tornou-se sucesso e muito tocada, tanto com Barão como com Ney.

Intenso, Cazuza, o vocalista indicado por Léo Jaime, demorou pouco no Barão Vermelho, que começou a se consolidar em 1984, com o LP Maior Abandonado e atingiu o ápice em 1985, com a participação no Rock in Rio.

Intenso, Cazuza teve vida breve, falecendo aos 32 anos, por complicações decorrentes da AIDS.

Intenso em sua obra, foi mais uma vez difícil escolher apenas uma música e o Bom Dia Musical desta terça-feira (04/04) Homenageia Agenor de Miranda Araújo Neto, o Cazuza, que se vivo fosse, estaria comemorando 59 anos, com o primeiro grande sucesso do Barão Vermelho, Pro Dia Nascer Feliz.

Escute Pro Dia Nasce Feliz em https://www.youtube.com/watch?v=7TRFQsSqDLA

Procurando vaga uma hora aqui, a outra ali, no vai-e-vem dos teus quadris. Nadando contra a corrente só pra exercitar, todo o músculo que sente; me dê de presente o teu bis, pro dia nascer feliz. O mundo inteiro acordar e a gente dormir...

Todo dia a insônia me convence que o céu
Faz tudo ficar infinito
E que a solidão é pretensão de quem fica
Escondido fazendo fita

Todo dia tem a hora da Sessão Coruja
Só entende quem namora
Agora vão bora
Estamos meu bem por um triz

Pro dia nascer feliz
O mundo acordar e a gente dormir, dormir
Pro dia nascer feliz
Essa é a vida que eu quis
O mundo inteiro acordar e a gente dormir

Todo dia é dia e tudo em nome do amor
Essa é a vida que eu quis
Procurando vaga uma hora aqui, a outra ali
No vai-e-vem dos teus quadris

Nadando contra a corrente só pra exercitar
Todo o músculo que sente
Me dê de presente o teu bis

Pro dia nascer feliz
O mundo inteiro acordar e a gente dormir, dormir
Pro dia nascer feliz
O mundo inteiro acordar e a gente dormir

Todo dia é dia e tudo em nome do amor
Essa é a vida que eu quis
Procurando vaga uma hora aqui, a outra ali
No vai-e-vem dos teus quadris

Nadando contra a corrente só pra exercitar
Todo o músculo que sente
Me dê de presente o teu bis

Pro dia nascer feliz
O mundo inteiro acordar e a gente dormir, dormir
Pro dia nascer feliz
O mundo inteiro acordar e a gente dormir


Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

segunda-feira, 3 de abril de 2017

[COTIDIANO] - A Senhorinha da Linha 129

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Cláudio Sobral
Site Ônibus Brasil
http://onibusbrasil.com

Manaus/AM - Essa faz algum tempo que aconteceu. Mas não podia deixar de relatar aqui no Blog do Teófilo.

Tem um preâmbulo, que é assim: no domingo (26/03), deitado na rede ao lado da cama da minha Mãe, ela me questionava, meio cética, se eu estava mesmo gostando de andar de ônibus, rotina que retomei desde novembro de 2016. Respondi a ela que sim, e paciente e didaticamente, expliquei os porquês, que podem se resumir em um único: o convívio direto com pessoas, a maioria muito humildes, no corre-corre, às vezes até na ignorância, tudo para cumprir rotinas e horários.

Suas angústias e aflições.
A irreverência e o bom-humor de uma minoria guerreira.
A indiferença e o individualismo dos que passam a viagem em seus WhatsApps, cabeças baixas, ignorando gestantes e idosos que ficam de pé nos desconfortáveis coletivos.
A doce atitude de uma Mãe de dois pequenos, de rosto extremamente sofrido, que atraí para si olhares de repulsa, mas que procura um cantinho para, suavemente, abrir sua surrada bolsa e tirar quatro bolachas cream crak e dois iogurtes de sachê e alimentar, vagarosamente, seus rebentos, antes de retomar seu destino...

Ahhhhh... Tem também os impagáveis pedintes. O pastor e os palhaços. O aidético e o desabrigado. E aquele que nem se toca que já está manjado, e pede ajuda para completar o seu aluguel de R$ 380,00, que vence naquele dia, embora ele esteja usando o mesmo argumento de três dias antes (gente isso não é julgamento, infelizmente; é a mais pura constatação. Quem anda de ônibus, sabe!!!)

E, menos de 24 horas depois dessa conversa filosófica com minha Amada Mãe, estou eu, na manhã de segunda-feira (28/03), dentro do 129 das 8h50min. Por algum motivo que agora eu não me recordo, estava fora do meu horário. Levemente atrasado. Não era o 129 que tem como cobrador um haitiano que passa o trajeto todo com seus fones de ouvido, talvez a melhor opção que ele encontrou para suportar a dura jornada profissional.

E eis que do nada, uma Senhorinha levanta de uma das cadeiras destinadas a idosos, antes da catraca. Saúda a todos com um bom dia e recebe a resposta de forma tímida; na verdade, poucos prestam atenção a ela.

Aí ela começa: "gostaria de pedir um minuto da atenção de vocês". Penso logo que é mais uma pedinte e fico imaginando como ela vai fazer a coleta, estando antes da catraca. Ela emenda: "quero pedir licença para falar de Jesus Cristo para vocês". Continuo pensando que depois de falar de Jesus, ela virá com o pedido. Ela começa o Pai Nosso e tento acompanhar, apesar do barulho dos vidros e dos ferros velhos do ônibus não me permitir escutá-la bem.

Devagarzinho, aquela Senhorinha com aparência típica de Evangélica vai me calando, desfazendo meus julgamentos. Ela fala de Deus, com certeza. Não posso escutá-la. Mas sinto.

Termina, volta a sentar e um pouquinho adiante, na Praça da Glória, toca o sinal, desce do ônibus, ajeita seus óculos, seu jaleco preto por cima da blusa pólo branca, que conjuntamente com a calça branca, me faz acreditar que ela seja servidora da área de Saúde e segue seu caminho, a pé, em direção ao Prosamin do São Raimundo.

E estou, até hoje, com essa imagem na memória e na retina.

Uma Oração, em meio a um turbilhão.

Fiquei a pensar se a Senhorinha do 129 faz isso todos os dias.

Humildemente, pede atenção, mesmo sem tê-la.
Fervorosamente, faz sua Oração, a favor de tantos que ela nem conhece.

Queria ter essa coragem !!!
Queria ter essa ousadia !!!
Queria ter esse fervor !!!

Às vezes penso até em, deliberadamente, me atrasar uns minutos, só para reencontrar a Senhorinha da Linha 129.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[WRESTLING] - Primeira Etapa do Campeonato Amazonense acontece dia 15/04

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Foto: Mauro Neto/Sejel

Manaus/AM - Chegou a hora dos lutadores das categorias Cadete e Junior do Wrestling entrarem no dojô em busca de uma vaga para o Campeonato Brasileiro. Isso porque, no dia 15 de abril, a partir das 9h30min, acontece a 1ª Etapa do Campeonato Amazonense de Wrestling 2017, que vale vaga para a disputa nacional que ocorre no Rio de Janeiro/RJ, no mês de maio. As inscrições para o evento estão abertas e recebe apoio do Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

De acordo com o presidente da Federação Amazonense de Luta Livre Esportiva (Falle), Waldeci Silva, aproximadamente 90 atletas do Amazonas vão estar na disputa. Entre eles destacam-se competidores experientes, que conquistaram medalhas em competições nacionais e internacionais. “Vamos ter uma média de 90 atletas na competição e são lutadores que estão treinando todos os dias para essa disputa, entre os destaques podemos citar o Christian Lima, 16 anos, e Diana Lira, 15 anos. Já na categoria Junior, estamos apostando no David Moreira, 19 anos, e Andria Pimentel, 19 anos, que são atletas que já conquistaram medalhas no Brasil e exterior”, disse Silva, ao cometar que a qualidade técnica deve prevalecer no Amazonense.

“O campeão precisa se manter treinando, mostrar uma boa qualidade técnica, até porque não podemos levar qualquer atleta para a competição sem perspectiva de medalhas. Por isso, esperamos competidores de alto nível no Estadual”, analisou.

Os atletas interessados em disputar o Amazonense podem se inscrever até o dia 14 de abril, mediante pagamento do valor de R$ 70,00, na Vila Olímpica de Manaus/AM, de segunda a sexta-feira, das 9 horas ao meio-dia. A categoria Cadete compreende de 15 a 17 anos e a Junior reúne atletas dos 18 a 20 anos, tanto no naipe Feminino quanto Masculino. A pesagem para a competição será realizada no dia 14 de abril, das 9h30min às 11h30min.

Além de valer vaga para o Brasileiro, o Amazonense de Wrestling também possibilitará ao Campeão das categorias se credenciar para o Bolsa Atleta Federal. “Se o atleta medalhar no Campeonato Brasileiro ele tem a possibilidade de entrar no Bolsa Atleta Federal, então é um investimento que ele está fazendo na própria carreira. Nós com certeza estaremos montando uma das melhores seleções que o Amazonas já teve”, finalizou.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita