sábado, 17 de junho de 2017

[ATLETISMO] - Corrida Zé Gotinha na Floresta reúne corredores que abraçam a causa da doação de sangue

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Fotos: Antonio Lima/Sejel

Manaus/AM - Correr em prol da Saúde e pela Vida. Com esse pensamento, mais de 700 atletas entre profissionais e amadores participaram na manhã desta quinta-feira (15/06) da 3ª Edição da Corrida Zé Gotinha na Floresta, que incentiva os corredores a doarem sangue. O evento realizado no Círculo Militar de Manaus (Cirmman), na Chapada, Zona Centro-Sul, contou com um percurso misto de 7 quilômetros, sendo 2 quilômetros na pista e 5 quilômetros na trilha dentro da floresta. A corrida contou com o apoio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Organizado pelo Zé Gotinha, figura icônica das corridas no Amazonas - sempre com a cabeça em formato de gota de sangue - vivido pelo funcionário público Sérgio Silva, a disputa desta vez não contou com o tradicional pódio. Tudo para simbolizar a Vida e celebrar o Dia Mundial do Doador de Sangue, ocorrido na última quarta-feira (14/06). “Os verdadeiros Campeões são os que vieram e participaram da corrida. Eu só tenho a agradecer a todos que participaram, que são atletas e doadores, e aos que nos apoiaram. Essas pessoas realmente acreditam que a doação de sangue pode salvar vidas, o sangue é o combustível do corpo humano. Assim como o carro precisa de gasolina para se locomover, nós precisamos de sangue para viver”, contou Sérgio.

Outro fator solidário da prova foram as doações de alimentos. Cada corredor teve que doar 2 quilos de alimentos, o que rendeu meia tonelada de mantimentos arrecadados. “Estaremos doando essa meia tonelada de alimentos para famílias carentes, pessoas com câncer e alguns ribeirinhos”, declarou.

Com o primeiro lugar simbólico, o maranhense Juscelino Guedes, 42 anos, que vive há 16 anos na capital, conquistou pela segunda vez a Corrida. “Venci ano passado e agora de novo. Corro para colaborar com o evento que tem uma causa tão importante. E é isso aí que nos move”, contou o vencedor.

Apaixonado e adepto das corridas pedestres, o governador do Amazonas David Almeida, novamente calçou o tênis e vestiu a camisa branca e vermelha do evento. “Participo das atividades de Corrida para melhorar a qualidade de vida e participo, também, dos projetos de doação de sangue. É importante não só incentivar, mas também participar. Como sou adepto das duas coisas estou aqui nesse feriado, correndo, participando e incentivando as pessoas a praticarem esportes”, disse o Governador. “Correr uma prova mista é mais dificultoso, pois não é um terreno contínuo e o atleta sem dúvida alguma corre risco de lesão. Com cautela e cuidado a pessoa conclui a prova, como nós fizemos, sem se machucar”, comentou David (foto abaixo, com Sérgio Silva, o Zé Gotinha).
Não é comum ver um ex-craque do Futebol disputando as provas de Corrida. Mas ao contrário do que acontece com muitos que penduram as chuteiras, o ex-defensor e ex-treinador do Nacional/AM, Paulo Galvão, 67 anos, se tornou adepto da vida saudável após os campos de futebol.

Morando em Pernambuco, Galvão (foto abaixo) veio até Manaus/AM para organizar uma prova de Ultramaratona. Enquanto estuda os melhores traçados para a disputa, o ex-treinador, campeão Amazonense vestindo o manto azulino em 2002, aproveitou para abraçar a causa. “Faço parte de um grupo de Corrida, um consórcio, que nos ajuda a realizar o nosso sonho de correr em Manaus/AM e nadar no Rio Negro. Cheguei na última segunda-feira (12/06) e me deparo com uma Corrida assim, que valoriza a saúde e a doação de sangue, é muito gratificante”, contou.
Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[CAMPEONATO BRASILEIRO FEMININO 2017] - Iranduba/AM abre vantagem, mas acaba cedendo empate ao Flamengo/RJ

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Marcos de Paula/ALLSPORTS

Manaus/AM - No Jogo de Ida da Segunda Fase do Campeonato Brasileiro 2017, o Iranduba/AM deixou escapara a vitória, jogando fora de casa, contra o Flamengo/RJ, no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes, no Rio de Janeiro/RJ, na tarde desta quarta-feira (14/06). O resultado não foi ruim, pois os times farão o Jogo de Volta em Manaus/AM, na Arena Vivaldo Lima, na próxima quarta-feira (21/06), onde o Iranduba/AM venceu seis dos setes jogos que disputou - perdeu apenas quando já estava classificado. Além do mais, o Flamengo/RJ é o atual Campeão Brasileiro Feminino.

O Iranduba/AM fechou o primeiro tempo vencendo por 2-0, gols de Sorriso aos 30 minutos e Drielly aos 43 minutos do primeiro tempo. No final da partida (segundo tempo), na pressão, o Flamengo/RJ chegou ao empate, com gols de Raquelzinha aos 42 minutos e Bárbara aos 48 minutos. O empate impediu uma vantagem maior para o Jogo de Volta e quebrou duas estatísticas: foi o primeiro empate do Hulk da Amazônia na competição, pois em 15 jogos são 12 vitórias, 1 empate e 2 derrotas; e o Iranduba/AM foi o único time visitante que não venceu nos Jogos de Ida. Na Arena Barueri, o Audax/SP foi derrotado pelo Santos/SP por 0-3; em Caçador/SC, o Kindermann perdeu para o Rio Preto/SP por 0-1; e Araraquara/SP, a Ferroviária/SP perdeu para o Corinthians/SP por 1-2.

Ficha Técnica:
Flamengo/RJ 2-2 Iranduba/AM
Quarta-feira, 15 de junho de 2017, às 14 horas (de Manaus/AM)
Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes, no Rio de Janeiro/RJ
Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino
Quartas de Final (Segunda Fase) - Jogo de Ida
Árbitra: Rejane Caetano da Silva/FIFA-RJ
Assistente 1: Lilian da Silva Fernandes Bruno/RJ
Assistente 2: Carlos Henrique Cardoso de Souza/RJ
4º Árbitro: Daniel Victor Costa Silva/RJ
Analista de Campo: Cláudio José de Oliveira Soares/RJ
Cartões amarelos: Djeni 21 e Rayane 43 minutos do primeiro tempo. Mari 37 minutos do segundo tempo.
Gols: Sorriso 30 e Drielly 43 minutos do primeiro tempo. Raquelzinha 42 e Bárbara 48 minutos do segundo tempo.
Flamengo/RJ: Kaká; Raquelzinha, Ana Carol (Renata 34/2º), Maranhão e Emilião; Rayane (Patricia 12/2º), Diany, Jane e Bárbara; Flávia (Pamela 23/2º) e Ju. Treinador: Ricardo Abrantes Júnior.
Suplentes: Mike, Pamela, Raíza, Fernanda, Renata, Patrícia, Ana Carla, Karen, Daiana, Nathane, Michele, Gabrielly.
Iranduba/AM: Rubi; Monalisa, Karen, Sorriso e Letícia; Driely, Djeni, Mayara (Cris 25/2º) e Mari (Larissa Amaral 43/2º); Dany Helena (Vitória 49/2º) e Kamilla. Treinador: Sérgio Duarte.
Suplentes: Kemelli, Bruna Roberta, Larissa Amaral, Cris, Laura, Kelen, Vitória e Mica.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

quarta-feira, 14 de junho de 2017

[FUTEBOL AMERICANO] - Definido calendário para 2017; final será na Arena Vivaldo Lima

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Foto: Mauro Neto/Sejel

Manaus/AM - A temporada 2017 do Futebol Americano no Amazonas promete ser inesquecível. Isso porque, além de eventos tradicionais, como o Campeonato Amazonense e os Tryouts, a modalidade ainda contará com um evento inédito este ano. Trata-se da Copa Norte, competição que vai reunir equipes da capital amazonense e de outros estados do País. O anúncio do cronograma da Bola Oval aconteceu nesta terça-feira (13/06), na Arena Vivaldo Lima, e participaram os representantes da Federação de Futebol Americano do Amazonas (Fefaam), as equipes do circuito, e o Secretário de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Fabricio Lima.

A Copa Norte inicia no dia 12 de agosto e as Finais das Conferências – que serão nos estados vizinhos - acontecem no dia 10 de setembro. A decisão será realizada no dia 3 de dezembro, com mando de campo a ser definido pelos organizadores. De Manaus/AM, participam do torneio os times Tarumã Broncos/AM e North Lions/AM, além do Pará, Roraima e Maranhão. A competição terá o apoio da Confederação Brasileira de Futebol Americano (CBFA).

Antes da competição que tem status de Nacional, acontece o Campeonato Amazonense de Futebol Americano e o Amazonas Bowl, antigo Manaus Bowl, que caracteriza a Final do Estadual. De acordo com o Diretor Técnico da Fefaam, Renner Silva, a nomenclatura do evento mudou devido a competição estar expandido e os títulos serão unificados. Dessa forma, este ano, a decisão do Estadual segue para a 12ª edição e comemora 11 anos do surgimento do esporte no Amazonas.

Além de um novo nome, as disputas do Amazonense em 2017 também vão contar com um estreante, além dos velhos times conhecidos. Isso porque, o Manaus Raptors/AM será o calouro da temporada, que vai enfrentar os veteranos Tarumã Broncos/AM, Nortes Lions/AM, Nacional Cavaliers/AM, Ajuricaba Warriors/AM, Amazon Black Hawks/AM e Lobos FA/AM.

“O nome mudou justamente para fomentar o esporte para todo o Estado, com a criação de novas equipes em outras cidades e assim expandir ainda mais o futebol americano no Amazonas. Além do mais, este ano teremos disputas na capital e também em Iranduba/AM, onde teremos rodada dupla, e o município vai nos receber com muito carinho. E a ideia principal de cada equipe continua sendo chegar a grande Final”, disse Silva.

O Amazonense de Futebol Americano inicia dia 25 de junho e a Final está prevista 26 de novembro. A Decisão vai ocorrer na Arena Vivaldo Lima, assim como em 2016, quando ocorreu pela primeira vez a Final do 11ª Estadual. Em campo, quem levou a melhor foi o North Lions/AM, que venceu o Manaus Broncos/AM por 17-14, diante de 8.515 pessoas.

“Nossa Arena Vivaldo Lima já demostrou ano passado que consegue receber jogos do Futebol Americano, o que para o gramado funciona como uma espécie de rodada dupla. Nós queremos cada vez mais agregar os esportes e vamos apoiar o Futebol Americano com todos os nossos complexos esportivos. Em contrapartida, todas as competições terão a entrada de um quilo de alimento não perecível que serão doados à entidades que necessitam. Tenho certeza que, assim, daqui algum tempo teremos muitos mais times, a profissionalização de outros, e a final do Amazonas Bowl com muito mais público”, ressaltou o titular da Sejel, Fabricio Lima.

O atual Campeão do Estadual, North Lions/AM, promete o Bicampeonato para este ano e, para isso, conta com jogadores experientes. “Nós somos o atual Campeão e estamos mantendo a mesma base para essa temporada, sendo que temos um elenco em número maior e bem mais organizado. Podem ter certeza que vamos vir ainda mais ferozes”, destacou o representante do time, Lucas Alencar.

Para o mais novo pupilo do Estadual, Manaus Raptors/AM, a estreia não quer dizer sinônimo de desconhecimento. Pelo contrário, para a competição o time vem armado com profissionais de ponta e, assim, pretende levantar a taça. “Nosso time foi fundado em 2015 e esperamos esses anos para entrar no Estadual pois temos a meta de profissionais, ou seja, precisávamos amadurecer. E estreando estamos com dois técnicos que vão fazer a diferença no nosso desempenho, que é o americano Sean Goolsby, e o ex-Cavs Igor Martins. Estamos organizados, focados, e vamos vir com tudo. Vamos entrar para ganhar, respeitamos as outras equipes, mas sabemos que quem colhe, planta”, disse o presidente do Raptors/AM, Moises Bentes.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

terça-feira, 13 de junho de 2017

[FUTSAL] - Tuna Luso/AM e Recanto da Criança/AM estreiam na Taça Brasil Sub-20

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Foto: Mauro Neto/Sejel

Manaus/AM - A partir desta terça-feira (13/06) até sábado (17/06), oito equipes vão disputar uma das principais competições de Futsal Sub-20 do Brasil, a 34ª Taça Brasil de Clubes Masculino 1ª Divisão. O palco das competições será a Arena Amadeu Teixeira, localizada na Loris Cordovil, e a estreia do evento contará com o embate entre a Associação Atlética Desportiva de Brasília/DF (AADBRAS) - Associação Desportiva Beneficente Guarani/PA, às 15 horas. Logo após, mais três jogos acontecem, com previsão de término às 22 horas.

Organizada pela Confederação Brasileira de Futsal (CBFs), a Taça Brasil recebe apoio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e participam da disputa os seguintes times: Tuna Luso de Manaus/AM, Associação Sorriso de Futsal/MT, Grêmio Recanto da Criança/AM, Palmeiras Sport Clube/AC, Associação Evolution/RO, Esporte Clube Vivaz/RR, Associação Atlética Desportiva de Brasília/DF e Associação Desportiva Beneficente Guarani/PA.

Para a Superintendente da Federação Amazonense de Futebol de Salão (Fafs), Andreza Azevedo, a Taça Brasil na capital amazonense é sinônimo de evolução para a modalidade. “A última competição de Futsal que tivemos a nível nacional em Manaus/AM foi a Taça Brasil Sub-17 Feminina, alguns anos atrás, em 2011. Portanto, recebemos com muita alegria este evento, ainda mais por ele acontecer paralelo a Copa do Brasil, onde temos um time forte”, disse a gestora, ao se referir ao Abílio Nery/AM que garantiu lugar nas Quartas de Final da Copa do Brasil, após vencer o Evolution/RO por 6-1, no último domingo (11/06).

TIMES CONFIANTES
Um dos adversários do time amazonense Recanto da Criança/AM será o Palmeiras Sport Clube/AC, que vai participar pela primeira vez da Taça Brasil. Para o técnico do time, Wemerson Campos, a experiência de alguns atletas pode ajudar a equipe na estreia da competição, que já participou de torneio de Base e agora terá a oportunidade de disputar um evento de Primeira Divisão.

“O time tem bagagem e experiência de outras competições de Base, como o Sub-17, Sub-20 e jogadores de Seleção Acriana. Logo, acredito que isso possa agregar durante a competição para sairmos com resultado positivo e estamos felizes de estar aqui”, disse o comandante do time que tem três anos de fundação e que na tarde desta segunda, 12, fez a primeira preparação na Arena Amadeu Teixeira.

Outro time que estreia na competição é a Associação Sorriso de Futsal/MT, que enfrenta na primeira rodada o time da casa, Recanto da Criança/AM. O técnico da equipe mato-grossense, Geison Coelho, espera um bom desempenho do elenco. “Estamos esperançosos e confiantes que nossa equipe possa estrear com pé direito. Queremos deixar uma ótima impressão para o município de Sorriso/MT e também para Manaus/AM, que está nos recepcionando muito bem”, disse Geison.

TABELA DE JOGOS
1ª Rodada - 3ª Feira (13/06)
15 horas - Grupo A - AADBRAS/DF - Guarani/PA
17 horas - Grupo B - Associação Evolution/RO - Esporte Clube Vivaz/RR
19 horas - Grupo A - Tuna Luso/AM - Sorriso/MT
21 horas - Grupo B - Recanto da Criança/AM - Palmeiras/AC

2ª Rodada - 4ª Feira (14/06)
15 horas - Grupo A - Sorriso/MT - Guarani/PA
17 horas - Grupo B - Vivaz/TT - Palmeiras/AC
19 horas - Grupo A - Tuna Luso/PA - AADBRAS/DF
21 horas - Grupo B - Recanto da Criança/AM - Evolution/RO

3ª Rodada - 5ª Feira (15/06)
15 horas - Grupo A - AADBRAS/DF - Sorriso/MT
17 horas - Grupo B - Palmeiras/SP - Evolution/RO
19 horas - Grupo A - Tuna Luso/AM - Guarani/PA
21 horas - Grupo B - Recanto da Criança/AM - Vivaz/RR

SEMIFINAL - 6ª Feira (16/06)
19 horas - 1º colocado do Grupo A - 2º colocado Grupo B
21 horas - 1º colocado do Grupo B - 2º colocado grupo A

DECISÃO - Sábado (17/06)
19 horas - Vencedor da 1ª Semifinal - Vencedor da 2ª Semifinal

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

domingo, 11 de junho de 2017

[CAMPEONATO AMAZONENSE 2017] - Manaus FC/AM conquista seu primeiro título na Elite, com apenas 4 anos de fundação

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Fotos: Antonio Lima/Sejel

Manaus/AM - A Arena Vivaldo Lima conheceu, na tarde deste sábado (10/06), o Campeão da 101ª Edição do Campeonato Amazonense - Série A. Em um jogo disputado, o ainda novinho Manaus FC/AM venceu o centenário Nacional/AM e conquistou seu primeiro título do Estadual, após empate em 1-1 no Jogo de Volta, uma vez que no Jogo de Ida o Gavião havia marcado 1-0 em cima do Leão. Negueba balançou a rede, aos 22 minutos do primeiro tempo e no finalzinho da segunda etapa Jefferson Siqueira descontou. A temporada de competições recebeu apoio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

O técnico Aderbal Lana, que assumiu o time no meio da competição, agradeceu a todos que acreditaram em seu trabalho e festejou a conquista, bem como seu nono título pela competição. “Gostaria de agradecer a Diretoria, aos jogadores e principalmente ao Igor (Cearense), que começou um trabalho. Todos temos méritos. O projeto deu certo e fomos agraciados com esse título. Fizemos história”, disse Lana.

Para o comandante do Nacional/AM, Arthur Bernardes, que assumiu o time em fevereiro, o segundo lugar não foi tão amargo, uma vez que a classificação superou a expectativa do clube. “O Nacional/AM foi além do que era para ir, pois a previsão era para ele não cair. Chegamos aqui para começar um trabalho que já estava em andamento, contratar alguns jogadores, eu não conhecia os atletas daqui, trouxe dois, e foi um desafio muito grande e a gente correspondeu. Tivemos uma boa classificação, foi uma infelicidade a perda, e o pênalti foi um momento decisivo. Não era para ser, é assim mesmo”, disse Arthur.

Precisando do resultado, o Nacional/AM foi pra cima e tomou as primeiras ações do jogo, especialmente pelo lado direito com investidas de Peter e Charles, mas não foram eficientes. Já o time do Manaus FC/AM apostava nos contra-ataques, deixando o adversário com a posse de bola. Com tanta insistência, deu resultado.

Aos 17 minutos, Peter avançou na área e numa disputa com o zagueiro Élton, caiu na área e o árbitro marcou pênalti. Alexsandro chamou a responsabilidade, partiu para a cobrança e jogou a bola para fora. Alegria para a torcida do Manaus FC/AM que estava atrás do gol da meta do goleiro Jonathan, que ainda foi no mesmo canto e comemorou muito a chance desperdiçada pelo Nacional/AM. E o ditado de quem não faz, leva, aconteceu na partida. Aos 22, falta para o Manaus FC/AM, Negueba cobra, a bola quica e o goleiro Marcelo Valverde aceita. Um a zero para o Gavião do Norte para o delírio da torcida e balde de água fria para a torcida e o time do Nacional/AM.

No segundo tempo, o Nacional/AM foi para o tudo ou nada, com cruzamentos, lançamentos e arremates de fora da área. Com isso, deixava espaços para o time do Aderbal Lana que investiu em ataques rápidos, mas errava na conclusão das jogadas. Nos acréscimos, o Nacional/AM empatou com zagueiro Jeferson Siqueira e colocou fogo no jogo, mas não foi suficiente. Fim de jogo e história para o futebol do Amazonas.

“Graças a Deus, fui muito feliz na cobrança de falta e ajudei minha equipe a fazer história. Nossa equipe estava muito focada neste jogo, o Nacional/AM é um time muito forte, mas humildemente chegamos aqui na Arena e conseguimos o título. Manaus FC/AM é novo, mas agora é Grande”, comemorou Negueba, que foi parabenizado por toda a torcida no fim do jogo.

Após ficar fora do primeiro jogo na última terça-feira (06/06), na Arena Vivaldo Lima, Hamilton teve motivos de sobra para comemorar o segundo duelo das Finais do Amazonense. Reintegrado ao elenco, o meia-atacante ganhou o dia após uma conturbada semana. “Estou muito feliz por esse título. A equipe está de parabéns, ganhamos com união. Agora vamos ver o que vai vir pela frente, agora vou levar a bola para casa de recordação”, disse.

Presente na Decisão, o titular da Sejel, Fabricio Lima, destacou a importância do título inédito para o Manaus FC/AM e ainda afirmou que a Arena vem sendo democrática aos times. "O jogo foi bonito, a torcida que compareceu torceu até o último minuto e o Manaus FC/AM fez jus a competição e levantou sua primeira Taça. Essa é a terceira Decisão do Amazonense que a Arena recebe; em 2015 o Nacional/AM venceu, depois o Fast Clube/AM e em 2017 o Manaus FC/AM. Ou seja, a Arena vem tendo Campeões diferentes e disseminando o futebol local. Apoiamos toda a temporada com muita responsabilidade, sempre visando o bem do esporte, e continuaremos nesta missão", ressaltou.

Quem estava feliz da vida pelo título novinho em folha do Manaus FC/AM era Alonso Silva, que acompanhado da filha Sofia, de 5 anos, pode comemorar este momento histórico para o Gavião do Norte. “A temporada do Manaus FC/AM foi de muita superação, jogadores que vieram da base, muita história, por isso é muito bom ver que este time está podendo colher toda a dedicação dele. Estou muito contente em dividir isso com a minha filha, pois tenho certeza que esse desfecho vai nos fazer querer em sempre lutar e prestigiar esse time”, destacou.

Conformado com a derrota do Leão, mas sem deixar o amor de lado pelo time, estava Alfredo Augusto, 31 anos. Morador do Parque Dez, o torcedor conta que acompanha o Nacional/AM desde 2002 e lembra a primeira vez que viu o clube atuar, num jogo entre Nacional - Fast Clube, no antigo Vivaldão. Desde lá, entre perdas e vitórias, ele continua firme e forte perante a estrela azul. “Eu achei que apesar deste resultado o Nacional/AM surpreendeu este ano, porque não estava com um bom elenco e achei que eles nem chegariam até aqui. Ficou aquele gostinho de querer ver a Taça erguida, mas nem tudo foi ruim e temos que reconhecer isso. Vou continuar valorizando meu time e torcendo por mais títulos”, destacou Alfredo.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita