quinta-feira, 24 de agosto de 2017

[TÊNIS DE MESA] - La Salle/AM domina Copa Clóvis Miranda

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Fotos: Antonio Lima/Sejel

Manaus/AM - Um olho no peixe e outro no gato! É com essa expressão tipicamente brasileira que se tenta definir a precisão dos 55 atletas que participaram neste sábado e domingo (19-20/08), da 1ª Edição da Copa Interestadual Clóvis Miranda de Tênis de Mesa. O evento, realizado na Vila Olímpica de Manaus/AM, revelou os melhores mesatenistas, e contou com apoio do Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Um dos destaques da competição foi a amazonense Brenda Macena, 16 anos (foto principal da postagem), que conquistou o 1º lugar da categoria Absoluto e o 2º na categoria Juvenil. Há sete anos praticando o Tênis de Mesa, a atleta conta que começou por incentivo do cunhado, aos 9 anos de idade, e desde lá vem construindo uma carreira sólida no esporte.

“Na época, o namorado da minha irmã que era meu professor, viu que eu tinha potencial para o esporte e me convidou para começar na modalidade. Eu topei o desafio e desde então já participei de mais ou menos uns vinte campeonatos”, contou a mesatenista, ao citar alguns títulos importantes, como o terceiro lugar por equipe no Sul-Americano, em 2014, no Peru; e no mesmo ano o quinto lugar no Latino Americano, na República Dominicana. Em 2017, ela venceu os Jogos Escolares do Amazonas (JEAs) e vai representar a Terrinha Baré nos Jogos Escolares da Juventude, em Brasília/DF, no mês de novembro.

Com uma agenda cheia, Brenda ainda cita que em setembro irá participa da Copa Brasil, em Aracaju/SE, e em outubro disputará o Brasileiro de Tênis de Mesa, em Toledo/PR. Com um currículo cheio de conquistas, a mesatenista já pensa alto, e acredita que pode realizar o sonho de seguir para as Olímpiadas de Tóquio, em 2020.

“Eu venho me preparando muito para isso, pois a Olimpíada é um sonho, mas que com muito trabalho pode ser alcançada. Espero conquistar meu espaço e chegar lá para representar o Brasil e o Amazonas. É nisso que acredito e foi me empenhar”, comentou Brenda, feliz com o resultado no Interestadual.

Para o presidente da Federação de Tênis de Mesa do Amazonas (FTMA), Israel Barreto, promover o torneio em Manaus/AM é sinônimo de profissionalismo e intercâmbio para os atletas locais. Participaram da competição atletas de São Paulo e do Amazonas.

“Essa competição vale pontos para o Ranking Nacional, e para gente é uma honra estar fazendo esse torneio, pois é uma competição de nível nacional, e nós esperamos que no ano que vem fazer uma competição melhor, com mais adeptos para que nós possamos cada dia mais alavancar o Tênis de Mesa no Estado do Amazonas”, declarou Barreto.

Ainda segundo o presidente, o evento tem como objetivo fazer com que os atletas consigam pontos para o Ranking Nacional, para que conquistem vaga para o Sul-Americano e o Latino Americano, que acontecem no decorrer dos próximos meses.

“Esse é o objetivo da competição, incentivar os atletas para que eles possam jogar e entrar no Ranking Nacional, e é uma ótima oportunidade para os atletas locais, porque nem sempre eles têm condições de competir em outras cidades, daí quando chegam na competição, pegam atletas que já estão bem à frente no Ranking e acabam não conseguindo a vitória. Com competições como essa vamos conseguir colocar os atletas amazonenses em evidencia no Ranking Nacional”, disse Barreto.

Por equipe, os grandes destaques foram: Colégio La Salle/AM, que somou 16 Medalhas, sendo três Ouros, quatro Pratas e nove Bronzes. Em segundo lugar ficou o APCEF/AM com 10 Medalhas, com três Ouros, três Pratas e quatro Bronzes. E o terceiro lugar foi conquistado pelo Centro Educacional Adalberto Valle/AM somando oito Medalhas, sendo dois Ouros, duas Pratas e quatro Bronzes.
RESULTADOS:
Mirim Masculino
1º) Flavio Shiray (Academia Arteme/SP)
2º) Luis Negreiros (APCEF/AM)
3º Milton Brelaz e Vitor Negreiros (APCEF/AM)

Infantil Masculino
1º) Felipe Scorissa (APCEF/AM)
2º) André Murchie (APCEF/AM)
3º) Flavio Shiray (Arteme/SP) e Gustavo Silva (La Salle/AM)

Juvenil Masculino
1º) Carlos Nascimento (La Salle/AM)
2º) Enzo Hideki (Arteme/SP)
3º Keven Williams e Igor Araújo (La Salle/AM)

Juvenil Feminino
1º) Isabelle Ramires (La Salle/AM)
2º) Brenda Macena (Adalberto Valle/AM)
3º) Suzi Melho (Adalberto Valle/AM)

Juventude Masculino
1º) Enzo Hideki (Arteme/SP)
2º) Carlos Nascimento (La Salle/AM)
3º André Murchie (APCEF/AM)

Classes Paralímpicos Masculinos
1º) Alexandre Alfon (APCEF/AM)
2º) Luiz Choque (APCEF/AM)
3º) Felipe Pimentel (La Salle/AM) e Goutier Rodrigues (Adalberto Valle/AM)

Categoria Absoluto A Masculino
1º) Israel Barreto (APCEF/AM)
2º) Mário Costa (La Salle/AM)
3º) Alexandre Alfon (APCEF/AM) e Sandro Aguiar (Adalberto Valle/AM)

Categoria Absoluto B Feminino
1º) Brenda Macena (Adalberto Valle/AM)
2º) Ivone Silva (La Salle/AM)
3º) Isabelle Ramires (La Salle/AM) e Raquel Monteiro (APCEF/AM)

Categoria Absoluto D Masculino
1º) Emerson Aranha (La Salle/AM)
2º) Ivan Guimarães (La Salle/AM)
3º) Igor Araújo e Hector Pereira (La Salle/AM)

Sênior
1º) Sandro Aguiar (Adalberto Valle/AM)
2º) Vivaldo Oliveira (Adalberto Valle/AM)
3º) Ivan Guimarães e Hector Pereira (La Salle/AM)

POR EQUIPES:
1º) La Salle/AM - 3 Ouros, 4 Pratas e 9 Bronzes
2º) APCEF/AM - 3 Ouros, 3 Pratas e 4 Bronzes
3º) Adalberto Valle/AM - 2 Ouros, 2 Pratas e 4 Bronzes

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[POSTAGEM DOIS MIL]

Scarlett Syssi, Eu Te Amo !!!
Raul Carlos, Eu Te Amo !!!
Maria Cecília, Eu Te Amo !!!

Amo muito toda minha Família !!!

Em Memória de Carla Alessandra...

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

[COTIDIANO] - Parecia férias... Mas foi "apenas" um final de semana !!!

Teófilo Benarrós de Mesquita
Fotos: Acervo da Família

Manaus/AM - Pense num Guri Feliz !!! Nada foi planejado. E começou assim...

Acho que pela primeira vez na vida, deixei e peguei o Raul Carlos na Catequese. Ele está numa fase maravilhosa, vivendo uma espiritualidade plena, graças, sobretudo à sua avó Sueli Caldas. Conversa direto com o Padre Danival. Fala em ser Coroinha. E vive falando com entusiasmo de sua Primeira Eucaristia, para daqui a dois anos... Isso mesmo: daqui a DOIS ANOS !!!

E essa fase plena e maravilhosa foi coroada com um fim de semana beirando a perfeição. Depois da Catequese, 611 até o Centro e o primeiro Executivo que passar rumo à Cidade Nova. Aí, eu perco alguns, pois me esforço de forma sobrenatural para enxergar, naquela poluição de informações no vidro da frente do ônibus a expressão "DB Cidade Nova". Quando eu enxergo, o carro já passou... Tem se tornado constante, no conforto do Executivo, irmos escutando músicas, eu e o Raul, um lado do fone para cada um. Geralmente, Rádio Rio Mar, 103,5 FM.

Neste sábado que passou (19/08), ao chegarmos na Buriti, o Tio Tales nos convidou para um Churrasco, lá na casa do "Sêo" Chico. Brocados, nem pensamos duas vezes. O Churrasco foi bacana, tão bom quanto à conversa, recheadas de "causos" dos antigos moradores, de sítios e de Família. Nem deu para descansar direito e, no domingo pela manhã (20/08), teve o Aniversário do Tércio, do Ciro (ausente, viajando), da Tânia Jussara e da Lana, na Housidência da Cristiane, no Parque das Nações (foto principal da postagem). Foi beleza demais. O Raul se divertia na piscina e eu na mesa de dominó, de onde sai invicto (fotos abaixo).
De lá, meio apressadamente, fomos para a Peruíbe, onde os tios Kleber e Taty nos esperavam, com o avô Francisco Caldas e os primos KKK (Kaycky, Kahuan e Karla Karolina). Também sem qualquer planejamento prévio, fomos parar no aniversário de um ano do Nicolas, onde o Raul Carlos se divertiu pintando, nos braços, uma bola de futebol e um balão de viagem (fotos abaixo). Depois, mais um pouquinho de Kaycky, Kahuan e Karla Karolina.
Quando tudo caminhava para um fechamento de final de semana espetacular, eis que o Tio Tales surpreende de novo e nos convida para saborearmos uma pizza, de novo na Buriti. Foi demais para o Guri. Voltou para casa dizendo: "Pai, esse foi o melhor fim de semana da minha vida" (ele sempre reage assim, quando está muito Feliz). Eu olhei para o serzinho, sorri e balancei a cabeça positivamente, mas no meu íntimo eu sé pensei: "foi sim, meu Filho. Pelo menos até o próximo fim de semana..."

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

terça-feira, 22 de agosto de 2017

[JIU-JÍTSU] - Copa Alvorada Kids veio para ficar

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Fotos: Antonio Lima/Sejel

Manaus/AM - A Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira recebeu neste sábado (19/08), a Copa Alvorada Kids de Jiu-Jítsu, que fez do complexo um verdadeiro parque de diversões para 465 competidores de 2 até 17 anos. Personagens infantis, como Galinha Pintadinha, Mickey, Luna, árbitros com vestimentas que lembravam mágicos, brinquedos, pipoca e balões que conceberam o cenário perfeito para muitos sentirem pela primeira vez o gostinho de disputar um torneio. O evento contou com o apoio do Governo do Amazonas, por intermédio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Um dos mais animados ao ser premiado com a Medalha de Ouro pela Copa era Miguel Alves, 5 anos. O Faixa Branca iniciou no esporte há um ano, faz parte do projeto da Nova União Kids, que fica no Alvorada, e revelou sua parte preferida da competição. “Eu gostei muito de hoje, da minha Medalha, dos meus amigos, mas amei mesmo encontrar com a Luna. Ela me abraçou e tirei uma foto com ela. Estou muito feliz”, disse o pequeno, que contou com a torcida do pai, Alírio Neto, e do tio Alilson Moura.

“Essa competição está linda, tenho certeza que todas essas crianças vão guardar com muito carinho cada momento vivido aqui. O Miguel, então, nem se fala. Não poderia estar mais feliz e ficamos orgulhosos da vitória dele, pois colocamos ele no Jiu-Jítsu com intuito de ele adquirir mais disciplina. Ele era muito hiperativo e depois de um ano já conseguimos ver uma mudança de comportamento, uma criança mais calma e responsável”, destacou o pai coruja.

Outra que também transparecia alegria era a pequena Elaine Lima, de 4 anos (foto abaixo). A Faixa Branca já é conhecida das competições e sempre está no Pódio. Apesar da pouca idade, iniciou no esporte aos dois anos, por influência da irmã Enaile Guerreiro, 7 anos, que também pratica a arte suave, e que também foi Ouro pela Copa Kids. Segurando a Medalha, o pirulito e o balão, a pequena comemorava mais uma conquista para a coleção.
“Eu tenho muitas Medalhas, gosto muito de Jiu-Jítsu e hoje ainda ganhei balão e pirulito. Depois vou brincar nos brinquedos e estou muito feliz, porque foi difícil a luta”, disse ela, que se destacou após uma finalização. Para a mãe da jovem, Eliane Guerreiro, a participação da filha nos torneios vem colaborando para a atleta ganhar experiência e participar ano que vem do Mundial.

“Ela começou muito novinha e gosta muito do esporte. Fica ansiosa para as aulas e para competir. Ela está em todas as disputas para a idade dela e ano que vem quero que ela faça o Pan Kids, que é o Mundial para os mais novos, e tenho certeza que ela já vai estar mais madura e terá chances de vencer”, destacou a mãe.

A Copa Alvorada Kids de Jiu-Jítsu também apresentou a categoria Pessoas com Deficiência (PCDs) e quem saiu de lá representando muito bem a classe foi Fabíola Barroso, de 23 anos. A portadora de Síndrome de Down começou em 2016 a praticar o esporte, com o intuito de perder peso. Na época, estava com 80 quilos, e com atualmente sete a menos, mostrou habilidade no evento e ganhou após uma chave de braço bem encaixada.

“A luta foi rápida, peguei o braço dela, mas eu estava bem nervosa. Estou bem feliz e aqui está bem bonito, cheio de desenhos e eu queria que as competições fossem sempre assim”, disse Fabíola, acompanhada da irmã Fabiana Oliveira, 22 anos, que estava orgulhosa da mana mais velha.

“Meu pai colocou a Fabíola no Jiu-Jítsu, na Nova União, porque lá tem um projeto voltado para PCDs e foi algo maravilhoso. O esporte vem ajudando ela, principalmente a perder peso, pois não queremos que ela tenha outras doenças, queremos afastar o diabetes, a depressão, a obesidade. Fiquei muito orgulhosa dela hoje e ela não parava de falar nessa Copa”, frisou Fabiana.

O jovem José Adrian (foto abaixo), portador de mielomeningocele (defeito congênito que afeta a espinha dorsal), também se deu bem ao finalizar o adversário. Assistido pelo pai Jorge Adriano Nery, que é mototaxista; e pelo irmão Vitor Nery, que é Faixa Laranja, o Paratleta fez jus à Família que tem tradição no esporte.
“A maioria da minha Família faz Jiu-jítsu. Eu já fiz, o irmão dele faz, minha irmã, o tio (Hudson Nery) mora no Rio de Janeiro/RJ e está construindo carreira lá e ele está também nesta trajetória bonita. Muita gente pensa que pela deficiência, ele não conseguiria fazer o esporte, mas pelo contrário. A arte suave dá essa liberdade e estou muito contente e emocionado de ver meu filho participando da primeira competição dele, de muitas que vão vir pela frente”, disse Adriano.

Para a organizadora do evento, Karina Dias, a Copa cumpriu seu objetivo e a ideia é torná-la tradicional. “Pensamos em cada detalhe, desde os brinquedos, aos personagens infantis, tudo para que esse dia fosse inesquecível. Ficamos surpresos com o número de inscritos e queremos que este evento se torne presente no calendário esportivo. Mais de 400 crianças participando e a certeza que todos eles estão sendo bem formados”.
Prestigiando o evento, inclusive o embate amigável entre a Galinha Pintadinha - Mickey, onde prevaleceu a astúcia da Galinha, o titular da Sejel, Fabricio Lima, elogiou a ação e afirmou que a Sejel já pensa nas próximas edições.

“Estou muito orgulhoso e feliz deste verdadeiro espetáculo que está sendo a Copa Alvorada Kids de Jiu-Jítsu. Diferente do que a gente já viu, a competição traz tudo o que os pequenos gostam e hoje aqui eles aprendem o significado de ganhar e perder com respeito, e a importância de participar. Todos estão se sentido acolhidos, motivados e parabenizo a mestre Karina Dias por todo esforço e competência. Um evento que leva o nome do bairro Alvorada, celeiro de lutadores, não poderia ser diferente e nossa intenção na Sejel é sempre apoiar eventos que contribuem para a formação dos atletas”, disse Lima.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

[BOM DIA MUSICAL] - Amanhã é 23, com Kid Abelha (Paula Toller)

Teófilo Benarrós de Mesquita
Foto: Site Oficial da Paula Toller
http://www.paulatoller.com

Manaus/AM - Dá prá acreditar??? Paula Toller Amora completa nesta quarta-feira (23/08), 55 anos. Isso mesmo: 55 anos !!!

Ano passado, o Bom Dia Musical Homenageou a Musa do Rock Nacional com essa mesma música, porém na data do aniversário dela.

Então em 2017, só de pavulagem, antecipamos a Homenagem em um dia, para que a Música (repetida) Amanhã é 23 pudesse fazer mais sentido.

Copie esse link para assistir e escutar o Clipe de Amanhã é 23 - https://www.youtube.com/watch?v=6fNWbtXBIOI

As entradas do meu rosto
E os meus cabelos brancos
Aparecem a cada ano
No final de um mês de Agosto

Há vinte anos você nasceu
Ainda guardo um retrato antigo
Mas agora que você cresceu
Não se parece nada comigo

Esse seu ar de tristeza
Alimenta a minha dor
Tua pose de Princesa
De onde você tirou

Amanhã! Amanhã!
Amanhã! Amanhã!

Amanhã é 23
São 8 dias para o fim do mês
Faz tanto tempo
Que eu não te vejo
Queria o seu beijo
Outra vez

Há vinte anos você nasceu
Ainda guardo um retrato antigo
Mas agora que você cresceu
Não se parece nada comigo...

Esse seu ar de tristeza
Alimenta a minha dor
Tua pose de Princesa
De onde você tirou

Amanhã! Amanhã!
Amanhã! Amanhã!

Amanhã é 23
São 8 dias para o fim do mês
Faz tanto tempo
Que eu não te vejo
Queria o seu beijo
Outra vez

Amanhã é 23
Faltam 8 dias prá acabar o mês
Faz tanto tempo
Que eu não te vejo
Queria o seu beijo
Outra vez


Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

[JUDÔ] - Marcelo Campbell é Ouro no Sul Americano, no Equador

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Fotos: Arquivo Pessoal/Facebook do Atleta

Manaus/AM - O atleta Marcelo Campbell é mais uma vez motivo de orgulho para o Amazonas. Isso porque, na noite da última sexta-feira (18/08), ele faturou a Medalha de Ouro no Sul-Americano de Judô, que ocorreu em Cuenca, no Equador. Com a conquista o atleta, apoiado pelo Governo do Amazonas, através da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), continua no topo do Ranking Nacional na categoria Sub-18 (90 quilos) e já mira as próximas missões. O judoca desembarca em Manaus/AM nesta segunda-feira (21/08), pela tarde.

Pela competição, Marcelo fez três lutas e na Final enfrentou o brasileiro Matheus Roque, que é o segundo do Ranking. “A minha primeira luta foi com um equatoriano, uma luta dura, comecei ganhando e depois encontrei dificuldades devido o clima e altitude e acabei cansando muito rápido, então foi muito difícil levar a luta. Ganhei com um ippon (golpe perfeito) e fui para o segundo combate contra um brasileiro. A Final também foi contra um brasileiro, um adversário muito forte e pelo fato dele ser brasileiro, isso aumentou também o nível do campeonato”, destacou o jovem de 17 anos.

Campbell vem sendo destaque na categoria de base representando o Brasil. No mês de julho, ele já havia faturado a Prata no Campeonato Pan-Americano Sub-18 e Sub-21 de Judô, em Cancún, no México. Um mês antes, ele havia conquistado o Bronze do Campeonato Brasileiro de Judô, derrotando o representante do Rio de Janeiro/RJ e até então o primeiro lugar do Ranking, Matheus Roque. Vindo de resultados importantes, o amazonense considera que a cada dia está conquistando seu espaço no esporte e abrindo caminhos para o time canarinho.

“Essa vitória do Sul-Americano é importantíssima para mim, porque atualmente sou o primeiro do Ranking e como eu acabei ganhando dos dois brasileiros, isso confirmou o lugar onde estou e tudo o que tenho conquistado. Com essa Medalha, fico no topo do Ranking até o final do ano, pelo menos, e agora vou buscar continuar participando de outras competições dentro do Brasil, para me manter no nível, pois meu foco é conseguir uma vaga na Seleção Brasileira Sub-21”, comentou o atleta.

Marcelo vem despontando entre os melhores do Estado. Em janeiro deste ano faturou prata pelo Meeting de Base Sub-18 e Sub-21, em São Paulo/SP, o que garantiu o judoca no Circuito Europeu, que aconteceu na Turquia e Croácia, de 02 a 14 de março.

Antes disso, porém, o jovem ainda passou por Pindamonhangaba/SP, quando participou por um período de cinco dias de treinamento com a Seleção Sub-18, oportunidade esta que ele carrega com muito orgulho e que, segundo ele, vem dando frutos.

“Quem me conhece sabe o quanto eu estive treinando esses últimos meses para poder representar o Brasil e melhorar meus resultados. Sei que estou crescendo como atleta através das viagens, campeonatos, treinamentos de campo com a Seleção. Agradeço a Deus e a todos que torcem e me apoiam, principalmente minha família e aqueles que estão comigo a cada dia e que sabem o quanto é difícil fazer tudo isso acontecer. Me empenho ao máximo”, destacou o atleta, que tem como treinador Aron Oliveira, da equipe Fort Judô Clube.

RESULTADOS DOS ATLETAS BRASILEIROS:
MEDALHA DE OURO
Brenda Gonzaga (63 quilos)
Thiago Cruz (60 quilos)
Gustavo Guimarães (81 quilos)
Marcelo Campbell (90 quilos)
Eduardo Silva Júnior (mais de 90 quilos)

MEDALHA DE PRATA
Izabele Oliveira (40 quilos)
Inara Santos (70 quilos)
João Jardim (50 quilos)
Gabriel Mattos (81 quilos)
Matheus Roque (90 quilos)

MEDALHA DE BRONZE
Luiza Rodrigues (40 quilos)
Fernanda Cardoso (44 quilos)
Ana Carolina Perin (48 quilos)
Thiago Guidetti (60 quilos)
Bernardo Welter (90 quilos)
Lucas Brito (mais de 90 quilos)

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita

domingo, 20 de agosto de 2017

[FUTEBOL MÁSTER] - Nacional/AM vence Remo/PA em dia de Festa da Arena Vivaldo Lima

Da Assessoria de Comunicação da Sejel
Fotos: Antonio Lima/Sejel

Manaus/AM - Uma das maiores rivalidades do futebol do Norte, o encontro dos Leões da Amazônia, Nacional/AM e Remo/PA, foi marcado por uma verdadeira festa na Arena Vivaldo Lima. No final da tarde deste sábado (19/08), os craques do passado que tanto orgulharam os torcedores voltaram a viver um pouco da carreira vitoriosa do passado. O placar de 4-2 para o Nacional/AM pouco importou. A confraternização dos jogadores e dos torcedores dentro do apoteótico Estádio empolgou a todos.

Com o apoio do Governo do Amazonas por meio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), os ídolos azulinos fizeram um jogo limpo e de dar inveja a qualquer jogador da atualidade. Os gols do Leão foram marcados por Sildomar Abtibol, Sandro, Fernandinho e Chiquinho. O Remo descontou com Nildo, duas vezes.

“É uma satisfação muito grande jogar aqui na Arena. Ficamos felizes com essa abertura dada pelo Governo do Amazonas ao Futebol Máster. Passa um filme na nossa cabeça, nós não temos mais aquele vigor físico de outrora, mas temos a maneira de tocar e de se movimentar em campo. Tá aí a torcida e espero que mais jogos possam ser feitos aqui”, disse o ex-meia-esquerda do Nacional/AM, Sildomar Abtibol.

A paixão pelo Nacional/AM mostrada em campo na década de 1970, fizeram o ex-ponta Bendelack ser um dos nomes mais lembrados pelos torcedores. Paraense nascido em Santarém/PA, interior do Pará, o ex-jogador que levantou a taça do Tetracampeonato Amazonense em 1981 com o Leão Azul comemorou o aniversário de 62 anos com os parabéns dada pelo fiel azulino.

“É a minha terceira vez que volto. A primeira, a torcida mandou me buscar em Santarém/PA; a segunda foi no encontro de ex-craques e agora estou aqui na Arena. Estou feliz e torço para o Nacional/AM ser grande. Acompanho o futebol amazonense e antes não tínhamos medo de times de fora. Batíamos em São Paulo/SP, Corinthians/SP, todo mundo aqui... E hoje os caras vem aqui de Roraima, Acre até Santarém/PA encher o saco aqui. Não pode. Quem manda aqui somos nós. O futebol Amazonense precisa voltar a ser forte”, criticou o ex-jogador cortejado pelos torcedores.

“É uma festa linda, é um reencontro. Admiramos o Bendelack, foi um grande jogador. Eu vi ele jogar e jogava demais. Ele era um coringa. Jogava por um lado, pelo outro, foi muito versátil. Era o Bendelack, Murica, o Camarão... Hoje não temos mais esses caras que jogam com amor. E olha que o Bendelack não é amazonense é paraense. Mas não queria saber, ele dava o sangue mesmo. Foi muito legal”, agradeceu o torcedor do Nacional/AM, César Medeiros.

Para um dos principais jogadores do Remo/PA e do arquirrival Paysandu/PA, com passagens pelo futebol amazonense no Nacional/AM e Rio Negro/AM, o ex-atacante Patrulheiro não escondeu a felicidade de participar do encontro.
“Fazia 27 anos que não vinha a Manaus/AM. E ter essa oportunidade é uma grande satisfação. Sempre que joguei aqui fui bem recebido, e voltar, rever os amigos é tudo de bom. Joguei um ano no Remo/PA, mas tenho uma história mais longa no Paysandu/PA. Foram 12 anos no Paysandu/PA e aqui fui campeão no Nacional/AM e Rio Negro/AM. Joguei nos dois grandes de Belém/PA e nos dois grande de Manaus/AM”, contou.

A festa e o feliz reencontro dos jogadores que no passado lutaram por um bom futuro do futebol amazonense fez com o que titular da Sejel, Fabricio Lima, que jogou os primeiros 20 minutos de jogo anunciasse duas novas partidas da categoria master na Arena. “É muito bom ver todos eles felizes. Eles que são os responsáveis pela linda e bela história do nosso futebol. Colaborei com o nosso futebol jogando pelo América/AM com o seu Amadeu Teixeira, e com esse sucesso nós vamos fazer mais dois jogos no dia 16 de setembro. Vamos colocar aqui na Arena os ex-jogadores do Fast Clube/AM contra o Sul América/AM e o time do América/AM contra o Penarol/AM. Vamos fazer de tudo para que o nosso Amadeu Teixeira comande o nosso Mequinha”, anunciou o Secretário.

O evento ainda contou com homenagens feitas ao cronistas esportivos que na época levaram e ainda levam as emoções aos milhares de torcedores em todo o Amazonas. Os radialistas Valdir Correia e Arnaldo Santos estiveram presentes na entrega da homenagem. Os jogadores do Remo/PA, Patrulheiro e Mesquita também receberam as homenagens dos organizadores do evento.

OS JOGOS
No encontro dos veteranos do futebol amazonense, São Raimundo/AM e Rio Negro/AM fizeram uma partida corrida. O Galo da Praça da Saudade abriu o marcador, mas viu o São Raimundo/AM empatar no fim: 3-3. O confronto abriu a tarde de jogos na Arena Vivaldo Lima.

No jogo de fundo, com um futebol refinado e veloz, o Nacional/AM abriu o marcador no gol do ponta Sildomar Abtibol, que de fora da área chutou firme, a bola bateu no travessão em seguida nas costas do goleiro Edmilson e entrou para o gol: 1-0. Em seguida, o Leão Paraense empatou em cobrança de falta de Nildo.

No segundo tempo, foi a vez do Leão Amazonense dominar a partida. No cruzamento rasteiro de Camarão para a área, Oscar fez o corta luz e Sandro mandou de chapa para o gol. O amplo domínio do Nacional/AM fez o time da visitante recuar e o terceiro gol saiu dos pés do meia Fernandinho (foto abaixo). Ao se antecipar dos zagueiros, o ex-jogador que já atuou em ambos os times na década de 1980, só fez empurrar para o gol e marcar 3-1.
Logo em seguida, a ajudinha da zaga remista ao fazer a linha de impedimento, deixou Chiquinho frente a frente com o goleiro que só fez empurrar para o gol, marcando o quarto. No belo chute de fora da área de Nildo, o Remo/PA marcou o segundo e o último gol do encontro na Arena Vivaldo Lima: 4-2.

Com cordiais
Saudações Fastianas!
Teófilo Benarrós de Mesquita